RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador morador de rua. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador morador de rua. Mostrar todas as postagens

7/02/2019

Morador de rua é preso por maltratar cachorro

Que serviço legal esta Prefeitura oferece a sociedade, não?
---------------- 
A Guarda Municipal de Balneário Camboriú prendeu na manhã deste sábado (29) A.G.D.S.H, por por maus-tratos a animais. O homem, que é morador de rua, estava embriagado e mantendo o cão com um saco de lixo

5/27/2019

Morador de rua e seu cachorro morrem de frio e são encontrados abraçados

 ATUALIZAÇÃO:
Devido comentário de leitores, fui pesquisar a foto e encontrei a citação mais antiga em 2012 no site Taringa  https://www.taringa.net/+mascotas/si-ellos-los-que-nunca-te-abandonan_134mxz . Ou seja, de lá pra cá existem dezenas de matérias citando a mesma (com outras sobre o mesmo tema) e criando histórias a respeito. Sinto muito não ter pesquisado a veracidade do fato. Agradeço a quem nos enviou informações por e-mail e por comentários aqui no blog. 
=====================

4/10/2019

Morador de rua ganha novo visual e oportunidade de trabalho em SP

Tomara dar certo.... Geralmente, são alcoólatras e não conseguem reagir ao vício....
-----------------
Natalino, de 45 anos, mora nas ruas de São Paulo há alguns anos. Ao lado de seu fiel escudeiro, Faísca, um cãozinho vira-lata com quem divide tudo, eles

3/29/2019

Morador de rua usa dinheiro de esmola para comprar comida para cães em Goiânia

O que dá pena é que, geralmente, estes moradores de rua são alcoólatras. Por mais que se ajude, acabam voltando para as ruas......
---------------
Ao ver quase todos os dias a mesma cena se repetir, o gerente de segurança Damasceno Júnior, de 46 anos, resolveu filmar quando o morador de rua Isaías Lourenço, de 50 anos, usa o dinheiro que ganha de esmola para comprar comida

3/21/2019

Grupo de proteção de animais denuncia espancamento de gato em Amargosa - BA

Tem morador de rua que é muito bom para os animais, mas, tem outros que só cobrindo de muita porrada.... Olha a vítima de um destes mequetrefes....
--------------
O grupo de proteção de animais de Amargosa denuncia mais um caso de espancamento na cidade amargosense durante a semana.

De cordo com informações, um gato foi espancado por um morador de rua e ficou as patinhas traseiras machucadas. O animal ficou rastejando após o espancamento.

1/24/2019

Engenheiro se compromete a construir casa para morador de rua 'despejado' de praça e que cuida de 30 animais - GO

Muito legal quando há união para o bem comum.....
----------------- 
Força-tarefa foi montada para encontrar um lar para José Antônio Ananias. Ele não quer ir para um abrigo porque teria de abandonar os 18 cães e 16 gatos que adotou.

Um engenheiro se comprometeu a construir uma casa para

1/11/2019

Cães de morador de rua picado por escorpião 'fazem plantão' na porta de hospital à espera de paciente

Mais um caso de demonstração de fidelidade dos animais..... É lindo ver isto, né mesmo?
---------------------
Quatro cachorros "fizeram plantão" na porta do Hospital São Vicente de Paulo, em Jundiaí (SP), na quarta-feira (9). Segundo a unidade, os animais esperavam o dono, um morador de rua.

O paciente havia dado entrada no atendimento depois de ser picado por um escorpião. Ele foi medicado e teve alta no mesmo dia.

Segundo uma publicação do hospital nas redes sociais, assim que o paciente saiu pela

1/05/2019

Morador de rua é internado, e cachorros aguardam por ele na entrada de hospital em Cianorte

O que dá para ficar mais tranquila é que temos companheiras da proteção que acompanham o Luiz. Axé, para a galera da ONG Amigos de Patas Cianorte
---------------
Homem sofreu um princípio de AVC e foi internado na quarta-feira (2). Cães só deixaram a instituição depois de homem receber alta, na quinta-feira (3).
Seis cães de um morador de rua de Cianorte, no noroeste do Paraná, ficaram um dia inteiro na frente do hospital Santa Casa após o dono ser internado.

12/16/2018

Cães aguardam na porta de hospital após dono dar entrada na unidade em SC

Quem desconhece onde há amor de verdade, pode ajoelhar e rezar vendo esta matéria.... É de abrir o berreiro.... Só me preocupa se o morador de rua ficar doente..... O que será destes fieis companheiros?
----------------
Quatro cães ficaram de plantão na porta do Hospital Regional Alto Vale, em Rio do Sul, no Vale do Itajaí, depois que o dono deles, um morador de rua, precisou de atendimento. O caso ocorreu na madrugada de segunda-feira (10), depois

12/26/2017

Morador de rua reencontra cão equilibrista em Sorocaba

Eu acredito no sentimento dele e o quanto o cão ajuda na sua sobrevivência.... As imagens não mostram a verdadeira relação dele com o cão.... Então, fica difícil avaliar se eles são, realmente, felizes juntos....
-------------
Junior ficou conhecido nas ruas de Sorocaba (SP) por pedir esmola com o Spyke sobre os ombros. Cachorro desapareceu na semana passada, mas foi devolvido ao rapaz dois dias depois.

Há quem duvide da magia do Natal, mas esse não é o caso do Wilson Aparecido da Silva Junior, morador de rua que havia perdido o seu maior parceiro na semana passada: o cachorro Spyke. O G1 conversou com ele. (Assista ao vídeo abaixo)

Junior, como ficou conhecido pelas ruas de Sorocaba (SP) por pedir esmola equilibrando seu pet nos ombros e cabeça – manobra chamada por ele de “a arte do Spyke” -, agora está com o sorriso estampado no rosto ao reencontrar o amigo e saber que terá sua companhia durante a noite de Natal.

“Agora é só alegria. Estou muito feliz de terem encontrado o Spyke e me devolvido. Tenho ele desde os quatro meses de vida. Ele é meu amigão”, diz o rapaz, de 23 anos. Spyke sumiu na madrugada de quinta-feira (14) enquanto Junior dormia na calçada sob a cobertura de um comércio no bairro Campolim, na zona sul da cidade.


O apelo para encontrar o Spyke foi feito pelo publicitário Deijivan Hanavan, que ao ver a preocupação do homem sem saber o paradeiro do animal, resolveu ajudá-lo. "Ele estava parando as pessoas no sinal com uma foto do Spyke na mão para perguntar se alguém o viu. Também estava muito triste e disse que ninguém tinha visto o cão", relatou o publicitário no dia que postou o vídeo em uma rede social.



De casa para as ruas
Junior conta que saiu de Nova Fátima, cidade com pouco mais de 8 mil habitantes no interior do Paraná, para tentar a sorte em um município com mais oportunidades. Com 18 anos, ele conta que deixou a casa dos pais em busca de espaço, tanto no mercado de trabalho quanto “físico”. “A gente é pobre e a casa é pequena. Não tem muito espaço. Eu quis tentar uma vida melhor.”

O rapaz deixou a cidade paranaense com uma densidade demográfica de 28,75 habitantes por quilômetro quadrado e escolheu Sorocaba, com quase 700 mil pessoas, e mais de 1,3 mil habitantes por quilômetro quadrado, segundo Censo do 2010 do IBGE.

Morador de rua tem nome de cão tatuado no peito (Foto: Arquivo pessoal) 

A escolha foi por ter parentes na cidade paulista. E foi uma tia de Sorocaba que lhe deu o Spyke, ainda com quatro meses de vida. Entretanto, Junior relata que logo depois teve desentendimentos e precisou deixar a casa, ganhando as ruas junto com seu novo amigo.

“Não sou criado com a família daqui [Sorocaba]. Existe uma certa diferença... Como meu pai me falou: ‘Mesmo que a gente esteja certo, a gente tem que ficar quieto, escutar e deixar.’”

Foi neste momento que ele deixou tudo para trás, menos o Spyke, e passou a conviver na rua entre os carros em busca de algumas moedas. “Eu tento levar para as pessoas o amor entre um cachorro e um homem. Porque, às vezes, quanto mais eu conheço o ser humano, mais eu amo o meu cachorro. Quanto mais eu vivo nessa vida, mais eu amo o Spyke.”


Em busca de trabalho
Apesar da escolha de viver nas ruas, o dono do Spyke afirma que deseja sair dessa rotina e ter um lar onde possa morar com seu “amigão". Mas para isso precisa de um emprego para se manter financeiramente. Há cinco anos em Sorocaba, Junior conta que chegou a trabalhar como servente de pedreiro, ajudante e limpador de vidro, este último diz ter até especialização.

“A gente que tem só segundo grau e não tem muito curso, é muito difícil arrumar emprego. Já cheguei a entregar 40 currículos e não fui chamado.”


Enquanto aguarda uma oportunidade de trabalho e chance de mudar sua vida, ele continua apresentando aos motoristas em Sorocaba a “Arte do Spyke” por uns trocados. Sem saber onde vai estar na noite de Natal e como será sua ceia, uma coisa ele diz ter certeza: vai ser na companhia do Spyke. “Meu amigão está de volta. Estamos aí na atividade, levando o nosso amor, nosso carinho para as pessoas. Todo mundo tem problemas, o resto é o resto”, finaliza.

Fonte: G1 

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪