RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador ursos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ursos. Mostrar todas as postagens

6/15/2019

Juíza determina transferência dos ursos Dimas e Katia para Joanópolis-SP

Que bom saber que os grandões vão para o Rancho dos Gnomos. Lá vão ter o amor que merecem....
---------------
Laudos e pareceres técnicos do Ibama, Semace e de representações de Medicina Veterinária, indicavam em 2018 que os animais tinham condições de permanecer no zoológico.

5/14/2019

Homem encontra dois ursos lutando nos fundos da sua casa em New Jersey

Caramba!!!!! MMA entre ursos?
--------------
Um homem de New Jersey, nos Estados Unidos, não ganhou para o susto quando, depois de ter sido alertado por um vizinho para a presença de um urso nas traseiras da sua casa, foi verificar e descobriu que afinal se tratavam de dois ursos negros e que estavam a lutar um com o outro. "Quando saí para procurar, ouvi as bocas dos ursos a colidir como se estivessem a lutar e rosnar um para o outro", explicou Corey Bale a um jornal local. 

4/02/2019

Cinco ex-ursos usados na retirada de bílis estão finalmente seguros - China

Gente, não é fácil o trabalho destas ONG´s..... Tomara que um dia tenhamos uma aqui no Brasil com cacife para encarar uma destas...... né mole não.....
------------------
Keo, Lim, San, Dieu e Khoái lang foram mantidos em fazendas biliares há anos e sofreram incrivelmente. Em 14 de março de 2019, os 5 ursos chegaram em segurança no santuário de urso na cidade de Ninh Binh (Vietnã) depois de 48 horas de carro. Os ursos negros asiáticos estão atualmente na estação de quarentena,

3/25/2019

Menores ursos do mundo têm mesma habilidade de comunicação que humanos

Estes estudos me causam tanta curiosidade...
--------------
Um estudo identificou que uma espécie de ursos, natural do sudeste asiático, tem uma forma de comunicação tão sofisticada que acreditava-se anteriormente que apenas humanos e alguns símios tivessem. A pesquisa descobriu que os ursos-do-sol podem

2/14/2019

Ursos polares invadem ilhas russas e causam pânico

E tem uns panacas aí que ainda acham que não há alteração climática nenhuma provocada por humanos, principalmente, os carnívoros.....
--------------
As autoridades no arquipélago russo de declararam estado de emergência. Apesar de serem uma espécie protegida na Rússia, as autoridades locais admitem que o abate poderá ser a única solução se o nível de ameaça aumentar.

10/04/2018

Instituto Luísa Mell faz campanha para resgatar ursos pardos de zoológico em Canindé

Aos trabalhos, minha gente!!!!! vamos ajudar estes animais!!!!
---------------------
Segundo uma das articuladoras da campanha, os animais não sofrem maus-tratos, mas vivem em local inapropriado. A movimentação tem o intuito de levar os animais para um local mais frio e longe de exposições.

Dois ursos pardos siberianos, o Dimas e a Kátia, estão vivendo no Zoológico São Francisco em Canindé, distante 116 km de Fortaleza. O Instituto Luísa Mell, organização não governamental (ONG) de proteção animal, está se movimentando

2/02/2018

Estes ursos feridos se recuperando vão derreter seu coração

Gente, não estou exaltando os curativos de tilápias não e sim a recuperação dos ursos queimados....
----------
Você se lembra do inovador tratamento para queimaduras desenvolvido pela Universidade Federal do Ceará e anunciado em 2017?

Nele, pele de tilápia esterilizada é colocada sobre a pele do paciente queimado e funciona como um curativo que dura até dez dias, acelerando o tratamento e diminuindo custos.

Pois este tratamento acaba de ajudar duas ursas e um leão da montanha a se recuperarem mais rápido depois de um dos incêndios que atingiu a Califórnia recentemente. Os veterinários aprovaram os resultados e pretendem usar a técnica em vítimas de incêndios futuros.

No dia 4 de dezembro de 2017, o incêndio Thomas atingiu o sul do estado da Califórnia. Ele só foi controlado cinco semanas depois, e afetou milhares de pessoas e de animais selvagens. Duas ursas e um leão da montanha de cinco meses foram encontrados com queimaduras de terceiro grau nas patas, e uma das fêmeas estava com tanta dor que nem conseguia se levantar. Os animais foram resgatados e levados ao Departamento de Peixes e Vida Selvagem da Califórnia.

Uma das médicas veterinárias da Universidade da Califórnia que examinou o urso em pior estado estimou que levaria entre quatro e seis meses para ela se recuperar o suficiente para ser libertada. Este período é muito longo para manter ursos em cativeiro, especialmente considerando que uma delas estava esperando filhotes e poderia rejeitá-los se continuasse em um ambiente estressante.

Na corrida contra o tempo, a veterinária Jamie Peyton leu sobre a técnica brasileira que usa pele de tilápia, e resolveu testar o tratamento nos animais. Essas peles isolam a pele do paciente do exterior, evitando a contaminação e que a pele perca líquido e proteínas. Esta perda causa desidratação e prejudica a cicatrização.

Os ótimos resultados do tratamento foram quase imediatos. Logo após a aplicação da pele nas patas da ursa mais ferida, ela conseguiu se levantar pela primeira vez. Neste caso, as peles foram costuradas na pele da ursa e envoltas em papel de arroz para que ela não arrancasse a atadura tão rapidamente.

Em poucas semanas, a pele dos três animais se recuperou e eles estavam prontos para voltar para a natureza. No dia 18 de janeiro, as duas ursas foram liberadas na região vizinha a do incêndio, para que elas continuassem no mesmo habitat em que viviam antes. Os dois animais foram soltos a 8km de distância um do outro, colocados anestesiados em tocas construídas pela equipe do Departamento de Vida Selvagem da Califórnia. Já o filhote de leão da montanha foi levado para um santuário de vida selvagem.

Para Peyton, o mais importante nesta história foi a experiência da equipe com a técnica brasileira. “Esses animais contribuíram com a forma que vamos tratar queimaduras no futuro”. Com a mudança climática que tem causado incêndios cada vez mas frequentes no oeste estadunidense, é esperado que haja mais animais domésticos e selvagens queimados, e este provavelmente será o tratamento escolhido daqui para frente.

O incêndio Thomas afetou mais de mil quilômetros quadrados, destruiu mais de mil construções e forçou mais de 100 mil pessoas de Santa Bárbara e Ventura a deixar suas casas.

No tratamento desenvolvido no Brasil, as peles de tilápias são retiradas e lavadas em água corrente, esterilizadas inicialmente e enviadas ao Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen) da Universidade de São Paulo (USP), onde são radioesterilizadas para eliminar qualquer vírus que poderia causar problemas. Essas peles esterilizadas podem ser refrigeradas e usadas em até dois anos.

Veja no vídeo abaixo como o tratamento com os animais foi feito:


FONTE: hypescience

1/27/2018

Ursos e raposas atacadas repetidamente por cães de caça em "Estações de isca" na Rússia

É lamentável saber que existem humanos capazes de tamanha covardia....
------------
Ursos e raposas atacadas repetidamente por cães de caça em "Estações de isca" na Rússia
Imagens de ursos, raposas e outros animais selvagens sendo amarrados e atacados por cães de caça na Rússia horrorizaram os russos e as pessoas em todo o mundo. As fotos foram liberadas depois que uma proibição proposta de usar ursos como iscas foi derrubada pelo tribunal superior do país.

Vídeos e fotos lançados pelo grupo de direitos de animais Zoo Defense incluem cães mordendo e atacando raposas com os focinhos amarrados, os ursos acorrentados e os texugos esgotados em "estações de isca", instalações onde cães de caça são treinados para perseguir e matar animais selvagens. Existem cerca de 200 na Rússia.


12/26/2017

Ursos polares invadem pista de aeroporto no Alasca

Gente amiga, olha que tristeza ter que assistir o desespero dos animais em busca de comida no meio de humanos que destruíram seu habitat.... 
-------------
Dois ursos polares foram filmados por um funcionário do aeroporto Will Rogers-Wiley Post Memorial, no Alasca, na zona da pista.


Os dois animais, que podem ser perigosos para pessoas e aeronaves, acabaram por sair do recinto antes da chegada dos primeiros aviões do dia, na última quinta-feira, mas não sem antes assustar Scott Babock, funcionário do aeroporto.


"Estavam à procura de comida. Procuram tudo o que conseguirem encontrar, como qualquer urso. Se encontrarem alguns restos no chão, é mais fácil do que matar uma foca", disse Scott, que os conseguiu afugentar com os faróis do carro.

Ainda assim, os funcionários do aeroporto mais a norte dos EUA sabem que não podem colocar os ursos em risco, já que são uma espécie protegida.


Quase todos os aeroporto do mundo têm preocupações com a vida selvagem, mas o caso torna-se especial no Will Rogers, em Utqiagvik, já que neste local pode ser preciso lidar com um urso ou um leão-marinho.

Fonte: Jornal de Notícias - PT

11/05/2017

Depois de 10 anos em jaulas submersas e enferrujadas, ursos são libertados - Armênia

É deprimente saber que ainda existem vários animais nesta situação de maus-tratos e humilhação. Quando desrespeito pela vida animal, meu Deus!!!!! Que bom que esta ong vai libertar todos eles com ajuda do próprio governo da Armênia..... Axé para todos!!!!! Muita força!!!! Não deve ser fácil não, gente!!!!! 
-----------
Dois ursos morrendo de fome finalmente provaram a liberdade depois de passarem suas vidas em gaiolas soldadas assistindo as famílias a jantar em um restaurante ribeirinho. Misha e Dasha haviam ficado atrás das grades em um recinto apertado perto da capital da Armênia, Erevan, nos últimos dez anos, implorando por restos de clientes de restaurantes.


Mas depois que MailOnline destacou esta situação, os leitores doaram milhares de libras e os dois animais desnutridos e traumatizados finalmente foram libertados. As fotos mostram que os bombeiros abrem suas gaiolas antes que os socorristas britânicos e armênios os sedassem e os transportassem para um vasto recinto novo, no alto das montanhas, onde viverão o resto dos dias. 


Não é incomum detectar um urso em uma pequena gaiola em um restaurante, depósito de ônibus, shopping center ou uma fábrica. Eles são muitas vezes pegos como filhotes e passam suas vidas em cativeiro para atrair turistas ou simplesmente entreter seus donos. No entanto, a ong de proteção animal britânica International Animal Rescue (IAR) está lançando The Great Bear Rescue, com o objetivo de libertar dezenas de ursos enjaulados na Armênia.



Misha e Dasha, que tinham sido mantidas para a diversão de clientes em uma gaiola semi-submersa em água em um restaurante ribeirinho, foram carregadas em um caminhão para ser transportado para um santuário especialmente construído nas montanhas. Lá, eles viverão o resto de suas vidas em paz em um vasto recinto - não dependem mais dos restos que lhes são lançados pelos comensais.


Se tudo der certo, Dasha, uma fêmea, e Misha, um macho, serão os primeiros de até 80 ursos que a  ong de proteção animal libertará destas condições miseráveis em toda a Armênia nos próximos meses.


Grandes progressos na educação e nas condições sociais foram alcançados na antiga República soviética desde que o comunismo caiu. Mas a manutenção dos ursos - nas fábricas, nos restaurantes e mesmo nos shopping centers - persiste.   


Agora, o governo prometeu seu apoio ao IAR para libertar os ursos de seus sofrimentos. Milhares de libras foram doadas pelos leitores MailOnline depois que sua situação foi destacada há uma semana e esse dinheiro está sendo gasto no programa de resgate.


O diretor geral do IAR, o ator Neil Morrissey, disse: "Agora que a situação desses ursos apareceu, eu sei que o IAR não vai voltar suas costas para eles. Estou com eles todo o caminho nesta missão de resgate. Muitos deles aliviam o tédio e a frustração passando de um lado para o outro em suas jaulas, batendo a cabeça contra as paredes ou subindo as barras, procurando freneticamente uma rota de fuga. É doloroso e estamos determinados a acabar. Depois de anos de miséria e negligência, o fim do sofrimento dos ursos vai chegar em breve. 


O Sr. Knight completou: "Não posso deixar de agradecer o governo armênio o suficiente, particularmente o Ministério do Meio Ambiente, por sua ajuda para permitir que esses resgates sejam feitos brevemente.  Eu também devo agradecer aos nossos parceiros FPWC por seus esforços incansáveis ​​para libertar esses ursos.





Fonte: Daily Mail
Tradução livre do Google para "O Grito do Bicho"

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪