RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador transporte. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador transporte. Mostrar todas as postagens

12/25/2018

Cachorro morre ao ser transportado em bagageiro de ônibus, na PB

Olha, a dona do animal devia saber que estes cães não suportam ser transportado desta forma. Agora, a empresa que teria obrigação de saber e aceitou transportar o cachorro, deve pagar tudo.
-------------------------- 
Empresa informou que permite o transporte de animais, desde que seja de concordância de todos os passageiros; Polícia Civil vai investigar o caso.
Um cachorro morreu na manhã deste domingo (23), após ser transportado durante uma viagem de 440 km entre a cidade de Sousa, no Sertão paraibano, e João Pessoa, no bagageiro de um ônibus de viagem da empresa Expresso Guanabara. Segundo informações da proprietária do animal, o motorista do veículo não permitiu

11/16/2018

Homens são presos em flagrante transportando 16 ovelhas dentro de carro em Uruguaiana

Desgraçados malditos!!!!!! a ambição matou 7 ovelhas por sufocamento.... é mole gente? tinha que por a mãe dos dois para viajar junto com as pobrezinhas... e ainda levar uma coça de assar o traseiro.....
--------------
Caso ocorreu na manhã deste sábado (10), na BR-472. Dupla vai responder por maus tratos e abigeato.

10/15/2018

Motorista é autuado ao transportar cerca de 40 bezerros em ônibus escolar em MG

É uma nojeira mesmo o tal "serumano".... Às vezes, me dá vontade de desabafar um monte de palavrão.... mas, quando penso que isto não vai resolver nada, me conformo somente em cobrar da justiça uma penalidade decente...... Pobrezinhos.... Marquei uma frase na matéria para todos lembrarem que os bezerrinhos machos são "descartados" das diversas maneiras:

8/24/2018

Cão embarca em “vôo de liberdade” e fica demasiado animado para permanecer no seu assentoa

Que barato, gente!!!!! a criaturinha queria ser só o co-piloto!!!!! Vai entender? deveria estar morrendo de medo, né? que nada... feliz que nem pinto no lixo!!!!! Todo Axé do mundo para Paul, o resgatista de ouro da nossa causa....
-----------------
A primeira vez que Woody, um Cão de montanha dos Pirenéus, andou de avião,

8/06/2018

Punidos pela compaixão: equipe do Samu é demitida após transportar cachorro

Eu me nego a acreditar nisto!!!!! vou ligar para lá e saber se isto é verdade..... Se for, juro que vou soltar as cachorras e todas as lombrigas em cima deles....
------------------
Em nota, a Prefeitura de Taubaté se limitou a confirmar a demissão dos colaboradores informando que a presença do animal no veículo infringe normas do Ministério da Saúde.

Uma equipe formada por três colaboradores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) da cidade de Taubaté, no interior de SP, foi desligada injustamente após se solidarizar com um cãozinho assustado que interrompia o tráfego de uma pista. Motoristas de um carro, uma moto e um caminhão tentavam afastar o cachorro do meio da via, mas sem sucesso.

7/05/2018

SEGURANÇA NO TRANSPORTE: Já pode viajar com o seu cão sem problemas graças a este cinto de segurança

Que bonitinho.... mas, não dá impressão que ficam desconfortáveis?
--------------------
Crianças não podem viajar dentro de veículos automóveis sem sistemas de retenção próprios, mas para o transporte de animais de estimação, a tendência é para deixá-los andar um pouco à solta.

Isto é um perigo tanto para o condutor como para os animais, que não só não estão seguros por um cinto de segurança, nem sequer consideram a ideia de que o veículo em que viajam pode sofrer um acidente.

Para os donos, já há uma maneira de assegurar a segurança dos seus companheiros preferidos. A Rocketeer Pack é um cinto de segurança criado pela Zugopet que pode ser acoplado ao banco de um automóvel, ficando ancorado pelo encosto de cabeça. Do outro lado, uma espécie de colete serve para segurar o cão pelo torso. Também é compatível com gatos.

A Zugopet não recomenda que a Rocketeer Pack seja usada para animais com mais de 12 kg de peso. Existem cinco tamanhos disponíveis, Extra Small (até 28 cm), Small (até 33 cm), Medium (até 38 cm), Large (até 43 cm) e Extra Large (até 48 cm). Este cinto de segurança também pode ser usado para transportar um animal ao colo.

Este cinto de segurança para animais está à venda no site da marca, por 175 dólares (150 euros), mas pode não ser totalmente recomendável, pois em viagens longas promete tornar-se progressivamente desconfortável para os animais. É pouco provável que seja compatível com a legislação europeia para transporte dentro de automóveis, podendo necessitar de ser homologado antes.

FONTE: motor24

5/31/2018

GREVE: Grupo de bem-estar animal critica bloqueio de veículos de transporte de ração

Realmente, a coisa pegou, mas, tirando o sofrimento dos animais por morrem de fome, adorei o prejuízo desta cambada toda que explora a industria da carne....
-------------
São Paulo, 28 - O Instituto Certified Humane, que representa no Brasil a Humane Farm Animal Care (HFAC), divulgou nesta segunda-feira, 28, carta de repúdio ao bloqueio de veículos de transporte de ração animal durante a greve dos caminhoneiros.

A HFAC é uma organização internacional voltada para a certificação de bem-estar dos animais de produção.

Segundo o Certified Humane, o bloqueio está afetando intensamente o bem-estar dos animais de produção no País. "É inaceitável que milhões de animais morram de fome como consequência desta greve", afirma o instituto na carta de repúdio. "As condições estão extremamente críticas."

O diretor executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ricardo Santin, disse no domingo que a paralisação dos caminhoneiros já provocou um prejuízo de R$ 3 bilhões ao setor e levou ao sacrifício de 64 milhões de aves adultas e pintinhos.

"O Instituto Certified Humane lamenta muito todo este contexto", diz a carta. "Não estamos aqui nos posicionando sobre a legitimidade da greve dos caminhoneiros. E sim, intervindo por quem não tem o poder de falar, mas merece nosso respeito."

O instituto pede aos caminhoneiros que liberem a passagem dos veículos que transportam a ração para granjas e fazendas brasileiras. "Não podemos ficar alheios a esta situação. Uma atitude imediata é imprescindível para que a morte dos animais seja descontinuada."

FONTE: EM

5/30/2018

GREVE DOS CAMINHONEIROS: Mineiros usam mulas como meio de transporte no Alto Paranaíba

Se a moda pega, heim?
------------
Dois rapazes moram no distrito de Alagoas e trabalham na cidade, para onde viajavam de moto. Paralisação dos caminhoneiros chega ao 8º dia
A falta de combustíveis, consequência da greve dos caminhoneiros, que entrou para o oitavo dia nesta segunda-feira, fez surgir um costume antigo no interior de Minas: o deslocamento no lombo de animais para chegar ao trabalho.

O uso deste meio de transporte foi a alternativa encontrada pelos jovens Gabriel Pinheiro e Gustavo Araújo, do município de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, na manhã desta segunda-feira. Também na cidade, muitos moradores passaram a andar de bicicleta.

Os dois rapazes moram no distrito de Alagoas e trabalham na cidade, para onde viajavam de moto. Mas, nesta segunda-feira, como ficaram sem gasolina por causa da greve dos caminhoneiros, decidiram a recorrer a um antigo meio de transporte no deslocamento nos cerca de 20 quilômetros entre Alagoas e a sede urbana. Gabriel fez a distância no lombo da mula “Periguete” e Gustavo recorreu ao burro “Rochedo” para chegar ao trabalho, uma marmoraria.

Conforme registro em vídeo que circula na redes sociais, do site “Patos Hoje”, os dois chamaram atenção ao percorrerem a Avenida Paracatu, uma das mais movimentadas de Patos de Minas, mas que nesta segunda-feira amanheceu quase vazia, diante da falta de circulação de veículos, motivada pelo desabastecimento de combustíveis.

No vídeo, o interlocutor fala, em tom de brincadeira: “Não tem gasolina, o que o povo está fazendo? Voltando à época dos animais nas ruas. E ainda aproveita e se diverte um pouquinho também”. Mas, aí, Gabriel explica que,verdade eles estavam indo para o trabalho e que recorreram aos animais porque “acabou a gasolina”.

Assim como em outras cidades mineiras, desde sexta-feira passada, a população de Patos de Minas enfrenta o desabastecimento de combustíveis devido a paralisação dos caminhoneiros. O transporte publico de passageiros é mantido na cidade, mas com frota e horários de ônibus reduzidos, equivalente a escala de sábado. A Prefeitura anunciou que devido ao desabastecimento de combustíveis, a coleta de lixo está garantida somente até esta terça-feira.

Ainda em função do movimento dos caminhoneiros, o Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam) decidiu suspender as aulas por toda semana.


FONTE: EM

5/14/2018

VAI FUNCIONAR? Ibama muda regra de transporte de animais silvestres para evitar fraudes

Olha, a atitude é legal, mas, será que terá fiscalização suficiente? a Polícia Federal faz parar carros em amostragem.... O transportador ilegal terá muito azar se for parado....
--------------
Notas fiscais eram fraudadas para dar aparência de legalidade a animais retirados irregularmente da natureza. Agora, será preciso pagar taxa e emitir autorização pelo instituto.

O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis) mudou a regra para o transporte de animais silvestres entre estados no Brasil. Agora, o transporte de animais vivos ou abatidos deve ser feito mediante autorização de transporte e pagamento de boleto por meio do SISFauna, sistema de controle da fauna silvestre brasileira.

Se o sistema não funcionar, o Ibama orienta para que o autorização seja emitida em qualquer unidade do instituto. A nova portaria foi publicada nesta semana no Diário Oficial da União e substitui regra de 1997.

A norma anterior exigia apenas a apresentação de Nota Fiscal emitida pelo Ministério da Agricultura e do Abastecimento, informa o Ibama. Segundo o instituto, no entanto, notas falsas eram utilizadas para regularizar animais retirados da natureza.

"A mudança foi proposta a partir da constatação de que notas fiscais falsas eram usadas para dar aparência de legalidade à venda de animais retirados irregularmente da natureza", informou o Ibama.
Atualmente, animais silvestres só podem ser adquiridos em criadouros autorizados pelo órgão ambiental competente. Não há autorização para a retirada livre da natureza, diz o Ibama.

Além da AT (Autorização de Transporte) e pagamento do boleto, o responsável deverá apresentar o Guia de Trânsito Animal, documento que atesta a regularidade sanitária do animal, informa o institutod.

O transporte de animais de estimação que não pertençam à fauna silvestre, como cães e gatos, não é afetado pela nova exigência, informa o Ibama. O instituto "normatiza apenas a comercialização e o transporte de animais da fauna silvestre brasileira procedentes de empreendimentos de fauna registrados no Ibama", diz o instituto.

Animais silvestres no Brasil
Segundo a ONG WWF, o Brasil é um dos países que mais exporta animais silvestres ilegalmente no mundo. O transporte desses animais movimenta 1 bilhão de dólares anualmente, diz a ong. Diferente de cães e gatos, o animal silvestre não é doméstico e reage à presença do ser humano. O papagaio, a arara, o mico e o jabuti são exemplos de animais silvestres.

FONTE: G1

4/15/2018

O que aconteceu com o UberPET e como transportar animais de estimação no Uber

Lembro bem que comemoramos este serviço e lamentamos quando "sumiu" sem explicações.....
---------
Provavelmente você não consegue pedir mais um UberPET, mas ainda tem como andar com o seu bichinho no carro
Já faz um tempo que a opção UberPET sumiu do app do Uber. Em algumas cidades, ela fazia companhia às opções UberX, UberBlack, UberBAG e outras modalidades do Uber. Basicamente, ela servia para transportar o seu animal de estimação no carro.

Os carros do UberPET tinham uma capa que protegia o banco traseiro do carro para evitar sujeiras, mas esse serviço foi silenciosamente encerrado a empresa. Em um comunicado na época, a Uber disse que “todos os serviços da Uber são pet friendly“. Isso significa que é só pedir qualquer carro da Uber e entrar com o seu cachorro, por exemplo? Não exatamente. O motorista pode negar a sua entrada no carro por você estar com um animal de estimação.

O que fazer
A Uber tem algumas recomendações para você que ainda quer viajar com o seu pet. Se ele é um cão-guia, o motorista é obrigado a aceitar a corrida. Caso contrário, veja como transportar seu animal de estimação caso o seu pet não seja um animal-guia:
  • Ligue para o motorista que aceitar a corrida. Na ligação ou chat, informe que você está com um pet, precisa transportá-lo no carro e pergunte se o motorista está confortável com isso.
  • Coloque-o dentro da caixa de transporte. A casinha ou caixinha de transporte do seu bichinho de pequeno ou médio porte pode fazer com que o motorista não se incomode com a presença do animal de estimação.
  • Carregue uma toalha ou cobertor. É mais fácil convencer o motorista de transportar um animal de estimação se você levar uma toalha ou cobertor para forrar o assento enquanto o seu pet está no carro.
  • Leve-o na coleira. Outra dica é levar o animal na coleira, já que a preocupação de alguns motoristas pode ser o movimento excessivo ou o fato do pet estar solto no carro.
  • Tente pedir um Uber maior. Alguns motoristas podem negar a corrida se o carro for muito pequeno para o seu pet, por isso pode ser uma boa ideia optar por carros maiores no UberBAG.
Com o encerramento do UberPET, pode ser bem mais complicado de conseguir um motorista que aceite a corrida. O que complica é você precisar falar com o motorista depois de já ter pedido um carro, mas a persistência é a chave para o sucesso.

FONTE: tecnoblog

4/12/2018

Vídeo mostra motociclista transportando cachorro na garupa de moto

É impressionante a falta de responsabilidade das pessoas..... se o pobrezinho cai e é atropelado por outro carro....
------------
Flagrante foi feito na região central de Palmas. Cena dividiu opiniões, pois o transporte pode ser arriscado tanto para o motociclista quanto para o animal.

Um homem foi flagrado transportando um cachorro na garupa de uma motocicleta. O vídeo foi feito em uma rotatória de Palmas, próximo da igreja São Judas Tadeu, na região central da cidade. A imagem chamou atenção de quem passava pelo local.

O vídeo, gravado na tarde de quinta-feira (5), mostra o animal se equilibrando na garupa da moto em movimento. Com as patas da frente, ele segura o pescoço do homem.

O técnico de manutenção hospitalar Adryano Dourado disse que gravou o vídeo porque achou a cena perigosa. "Ao mesmo tempo em que achei engraçado o cachorro assim, achei perigoso. O animal poderia ter caído e se machucado, ou provocado um acidente. Apesar de parecer supertranquilo, achei perigoso", conta.

O Código de Trânsito Brasileiro não considera infração o transporte de animais em veículos automotores, mas os bichos precisam ser transportados com segurança. Neste caso, o transporte pode colocar tanto o animal quanto o motorista em risco.


FONTE: G1

3/28/2018

ESPETACULAR!!!!! Proibição de transporte de cargas vivas vai virar lei em Santos

Autor do PLC sendo cumprimentado após votação unanime
Gente, estou muito feliz porque um certo PLC (muito inteligente) em Santos foi aprovado. Mas, é preciso saber que não tem nada a ver com o Porto de Santos cuja legislação só pode ser feita pela União (governo federal). 

Sabiamente, o projeto complementa o Código de Posturas do Município de Santos dizendo que "é proibido o trânsito de veículos, sejam eles motorizados ou não, transportando cargas vivas nas áreas urbanas e de expansão urbana do município". Na verdade, forma inteligente de jogar pesado. O autor do PLC aproveitou e enfiou outras coisinhas bem interessantes na mesma legislação a favor dos animais. Muito bom!

Gosto muito disto!!!!!! Ou seja, os caminhões não podendo chegar ao porto atravessando a cidade vão fazer o quê? kkkkk..... Show! Não sei se o Prefeito de Santos vai ter peito de sancionar, mas, se tiver, vou ligar pessoalmente para ele para parabenizá-lo. A pressão em cima será grande, acredito eu!!!!! 
-----------
Proibição de transporte de cargas vai virar lei
A Câmara Municipal de Santos aprovou, em definitivo, Projeto de Lei Complementar nº 07/2018, que proíbe o transporte de cargas vivas na área urbana da cidade. A matéria segue para sanção do prefeito Paulo Alexandre Barbosa. A lei será pioneira no país ao impedir este tipo de transporte na malha urbana.

De iniciativa do vereador Benedito Furtado (PSB), a proposta visa acabar com o embarque de animais pelo Porto de Santos, atividade que voltou a ocorrer em dezembro de 2017, após 17 anos. "Em uma reunião ocorrida no dia 15 de janeiro deste ano, com protetores da causa animal, o prefeito assistiu a um vídeo mostrando a situação dos animais dentro do navio e disse que não queria ver este crime sendo cometido em nossa cidade", afirma Furtado.

"Este é um marco na história desta Casa. Não é a primeira vez que a Câmara faz isso. Já fez quando aprovou a primeira lei, no Brasil, proibindo animais em circos, também aprovamos recentemente a única lei no país que proíbe a utilização de vidros reflexivos nas novas construções para preservar os pássaros. Agora, esta lei abrirá um procedente muito importante, pois este é o maior Porto da América Latina. A partir de então não é o Porto que impede, é a cidade, é a municipalidade, o povo que impede que a gente não veja mais aquele espetáculo grotesco", finaliza.

Histórico
Cerca de 27 mil filhotes de bois foram encaminhados, vivos, para a Turquia, em um navio de 12 andares, em condições inadequadas, gerando a revolta de ativistas e protetores da causa animal. Desde então, Furtado, que preside a Frente Parlamentar Regional Para o Bem-Estar Animal, apresentou diversos trabalhos na Câmara Municipal, iniciou uma série de reuniões com ativistas, protetores e o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, para tentar impedir este tipo de embarque.

VEJA O TEXTO DO PROJETO:
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N.º _________
Altera e acresce dispositivos da Lei nº 3.531 de 16 de abril de 1968, que instituiu o Código de Posturas do Município de Santos, e dá outras providências:
Art. 1º. Fica alterado o caput e acrescido o parágrafo único ao artigo 290 da Lei nº 3531, de 16 de abril de 1968 – Código de Posturas do Município de Santos, que passa a vigorar com a seguinte redação:
Art. 290. É proibido o trânsito de veículos, sejam eles motorizados ou não, transportando cargas vivas nas áreas urbanas e de expansão urbana do município.
Parágrafo único. Excetua-se o disposto no caput deste artigo o transporte de animais domésticos, previstos nos termos da legislação municipal vigente.
Art. 2º. Fica alterado o caput do artigo 293 da Lei nº 3531, de 16 de abril de 1968 – Código de Posturas do Município de Santos, que passa a vigorar com a seguinte redação:
Art. 293. Os animais portadores de doenças e/ou ferimentos considerados graves e/ou clinicamente comprometidos, caberá ao médico-veterinário da Coordenadoria de Defesa da Vida Animal – Codevida, após avaliação e emissão de parecer técnico decidir o seu destino.
Art. 3º. Ficam alterados os incisos V e VIII e acrescidos os incisos XVI ao XXI do artigo 300 da Lei nº 3531, de 16 de abril de 1968 – Código de Posturas do Município de Santos, que passa a vigorar com a seguinte redação:
Art. 300. É proibido a qualquer pessoa maltratar animais ou praticar ato de crueldade contra os animais, a exemplo dos seguintes:
(...)
V – obrigá-los a trabalhos excessivos ou superiores às suas forças;
(...)
VIII – castigá-los com rancor e excesso, ainda que para aprendizagem e/ ou adestramento;
(...)
XVI – submetê-los a qualquer prática que cause ferimentos, golpes ou morte;
XVII – transportá-los de forma inadequada ao seu bem-estar, como por exemplo em gaiolas, veículos, entre outros;
XVIII – utilizá-los em rituais religiosos, e em lutas entre animais da mesma espécie ou de espécies diferentes;
XIX – abatê-los para consumo;
XX – sacrificá-los com métodos não humanitários;
XXI – soltá-los ou abandoná-los em vias ou logradouros públicos e privados, nos termos do artigo 32 da Lei Complementar nº 533, de 10 de maio de 2005, que disciplina a criação, propriedade, posse, guarda, uso e transporte de cães e gatos no Município de Santos.

Art. 4º. Esta lei complementar entra em vigor na data da publicação:
S.S.      de                           de 2018
Benedito Furtado
Vereador PSB

3/01/2018

Motoristas da China transportam aves de consumo do lado de fora dos carros

Caraca, é de uma indiferença pela vida animal que chega dar vontade de vomitar....
--------------
Vídeos mostram os motoristas da China transportando aves de consumo ao ar livre amarradas do lado de fora dos seus carros no último dia do Festival da Primavera. O vídeo, filmado na cidade de Guangzhou, na província de Guangdong, no sul de China, em 21 de fevereiro, mostra os carros sendo dirigidos em rodovias transportando patos e galinhas amarradas na parte traseira de carros ou imprensadas em pequenas cestas.

1/17/2018

Projeto garante castração a animais abandonados

Olha, com interesse ou não em politicagem, acho que tudo deve ser aproveitado em benefício para os animais... Eu não conheço a pessoa, mas, se está fazendo, ótimo. Cabe aqueles que se utilizam  dos serviços prestados se vale a pena, né mesmo?
-----------
Van personalizada do empresário atende em Americana

O sonho de acabar ou reduzir o sofrimento animal vem se tornando realidade, ao menos em Americana. Isso porque o empresário da cidade Gilberto Bento, de 48 anos, têm investido fortemente em um projeto de castração gratuita de animais abandonados.

Desde dezembro de 2016, Gilberto Boby Boby, como é conhecido, dedicou-se ao projeto de castrações aos animais de rua. Na época, ele se uniu-se com amigos para fazer com que a ideia saísse do papel. Atualmente, a equipe é formada por 12 pessoas, entre parceiros e veterinários, que doam tempo, recursos e serviços especializados. Além da equipe, o empresário montou uma estrutura para recolher os animais e leva-los ao procedimento cirúrgico.

Gilberto Boby Boby passa alguns dias em frente ao Jardim Botânico para buscar os animais em situação de rua. Os atendimentos são realizados de acordo com a demanda de cada região. Exemplo prático relatado pelo empresário foi a castração dos animais dos moradores de rua. Ele percorria os pontos onde era solicitado e os veterinários faziam a castração.

“Eu não tenho um tempo específico para estar no local, depende da demanda, quando a gente zera as castrações, mudamos para outro foco”, explica Boby. “Eu conversei com muitos protetores, eles me indicam o local, ou então as pessoas me procuravam.”

Ele conta que praticamente todos os animais que acompanham os moradores de rua em Americana estão castrados. “Praticamente zerou todos os pedidos de castração, e agora estou no botânico, porque muitas pessoas disseram que seria um local adequado para dar atendimento a esses animais”.

Atualmente existem projetos na cidade para proteção animal como a colocação de suportes para alimentação de animais, também existem casas para abrigos de animais de rua. Algumas ONGs (Organização Não Governamental) realizam periodicamente algumas castrações gratuitas, porém, uma ação constante, como essa que é realizada pelo projeto de Gilberto Boby Boby traz uma nova página para a solução a médio e longo prazo de animais nas ruas, já que depois de castrados, esses animais de não proliferarão nas vias.

Como tudo começou
Gilberto Boby Boby um dia sonhou ser veterinário, mas hoje, como empresário sabe que tem mais condições de ajudar a causa animal. Antes de ter a van e a equipe que o apoia nas castrações, ele fazia vídeos de conscientização sobre sofrimento animal. Segundo relato, há 20 anos, ele viajou para Jales e notou que muitos animais eram atropelados nessa região, então decidiu fazer algo que pudesse conscientizar as pessoas, então surgiu a ideia de se unir aos amigos, que assim como ele, queriam trazer uma melhora na vida dos bichanos.

“Um dia eu conversando com um amigo, contei a ele que eu tinha vontade de fazer algo para mudar essas atrocidades com os animais, e ele me questionou o porquê eu não fazia, já que muita gente me conhecia e sabia da minha ligação com os animais, e foi então que tirei o projeto do papel.”

Além da van para castrações, o empresário disponibilizou seus vídeos de conscientização de bem-estar animal para escolas do Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul.

FONTE: liberal

12/17/2017

Juiz pede inspeção para avaliar condições de exportação de gado

Gente, o Fórum e o Veddas estão trabalhando no tema. Vamos apoiá-los no que precisarem. É um assunto que depende de muito esforço.... É preciso determinação!!!!
---------
Segundo Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, deslocamento de animais por longas distâncias é “desnecessário e cruel”
As práticas adotadas pelo Brasil para a exportação de animais vivos foram parar na Justiça. Diante do iminente embarque de mais de 20 mil bois com destino à Libéria e a Singapura, o juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal do DF, determinou, nesta terça-feira (12/12), que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Ministério da Agricultara, Pecuária e Abastecimento verifiquem as condições de transporte dos milhares de bichos em navios atracados no Porto de São Sebastião (SP).

A decisão foi motivada por pedido do Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, o qual considera o deslocamento por longas distâncias, em mar aberto, “desnecessário e cruel”. “A não se conceder a tutela de urgência, o Brasil estará diante de mais uma viagem para a barbárie, sem que as autoridades governamentais tomem qualquer tipo de providência para impedi-la”, afirma a entidade na petição inicial.

Ao ordenar a realização da inspeção por representantes dos órgãos federais, o juiz estabeleceu que a diligência ocorra em 24 horas e com o acompanhamento de veterinários credenciados. Caso haja qualquer infração, segundo o magistrado, “deverão ser adotadas as medidas administrativas cabíveis”.

Condições precárias, diz entidade
No documento enviado à Justiça, o Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal destaca que, por terra ou por mar, é evidente “o sofrimento causado por traumas, temperaturas adversas, falta de alimentação e água, exaustão e falta de condições higiênico-sanitárias”. Além disso, conforme a instituição, os navios causam grave impacto ambiental durante toda a viagem, porque despejam no mar dejetos e carcaças de bichos mortos.

“O Código Sanitário de Animais Terrestres da OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) estabelece padrões em relação a responsabilidades de exportadores quanto a períodos de descanso, densidade de rebanhos e provisão de alimento/água. Por não haver fiscalização para garantir a conformidade aos padrões ou o atendimento de demandas de bem-estar animal, ocorrem violações graves nessas viagens”, adverte.

Ainda de acordo com a entidade, o estresse prejudica a função imunológica dos bichos transportados, o que pode causar a incidência e disseminação de doenças infectocontagiosas, problemas respiratórios e intoxicações. “Além disso, o risco de acidentes é extremamente elevado. Há incontáveis registros de incêndios e naufrágios das embarcações, provocando sufocamento ou afogamento dos animais e profissionais envolvidos”, afirma o fórum.

Apesar de determinar a realização de diligência, na decisão, o juiz Waldemar Cláudio de Carvalho declinou da competência para analisar o caso. Segundo o magistrado, a ação deve ser enviada à 35ª Subseção Judiciária da Justiça Federal de Caraguatatuba (SP), que abrange o município de São Sebastião, onde fica localizado o porto.

FONTE: metropoles

11/18/2017

Off-topic - Transporte no Japão

Se tem uma civilização oriental que me encanta é a japonesa. A pena é que eles matam baleias e mesmo com o mundo inteiro pedindo, eles mantem o que chamam de "tradição".... é, porque a alegação de "pesquisa científica" foi recentemente desmentida.

Gosto deles porque são organizados, inteligentes e pensam no coletivo, sempre. Os filhos são criados para servir a pátria. Respeitam os idosos e são trabalhadores. Eu também sei que nada é perfeito, mas, gosto de gente limpa, trabalhadora, educada e inteligente.....  Vejam dois vídeos que me encantaram. Torço para que, numa hora em breve, parem de matar as baleias....

Transporte no interior do Japão

Como funciona um trem no Japão

11/17/2017

Mulher é flagrada duas vezes no mesmo dia ao transportar macacos em mochilas

A certeza da impunidade revolta qualquer cristão. O policial tenta amenizar a aplicação da lei, mas, não dá para aceitar.... e vai ser sempre assim... Detalhe que nem o nome da bandida a gente merece saber...... Que paizinho este nosso!!!!
-------------
Moradora é de Mirassol (SP) e, segundo a polícia, é conhecida por traficar animais. Suspeita foi multada em R$ 60 mil por maus-tratos.
Uma mulher foi flagrada duas vezes no mesmo dia, nesta quarta-feira (15), tentando levar macacos do noroeste paulista para São Paulo dentro de mochilas. A moradora é de Mirassol (SP) e, segundo a polícia, já foi pega outras vezes traficando animais silvestres.


De acordo com a polícia, ela foi abordada quando passava por Catanduva (SP) levando um macaco prego. O animal foi apreendido e a mulher foi solta, mas à noite tentou cometer o mesmo crime novamente. Na segunda abordagem, ela foi flagrada pela Polícia Rodoviária Estadual passando por Cedral (SP) com quatro macacos da mesma espécie. 


Ela foi multada em R$ 60 mil por maus-tratos e transporte de animais silvestres. Ainda de acordo com a polícia, o valor é considerado alto, já que ela é reincidente, ou seja, cometeu outras vezes o mesmo crime. Os macacos foram levados para o hospital veterinário em São José do Rio Preto (SP) e serão soltos na natureza.


Fonte: G1 - TV TEM

11/13/2017

Angolana TAAG em campanha internacional contra transporte de animais selvagens

Isto é muito bom!!!!!! com certeza só foi conseguido por pressão de ativistas..... Temos que pressionar todas que ainda se prestam a fazer este desserviço!!!!!
--------

A TAAG - Linhas Aéreas de Angola é a mais recente companhia a juntar-se à iniciativa "tolerância zero" no transporte ilegal de animais selvagens e seus produtos, promovida pela Fundação Real do Reino Unido.

Em comunicado, a que agência Lusa teve hoje acesso, a transportadora aérea angolana refere que a iniciativa United for Wildlife (Juntos pela Vida Selvagem), liderada pelo duque de Cambridge, príncipe William, número dois na linha de sucessão ao trono, conta igualmente com a adesão de outras 72 companhias aéreas e entidades internacionais.

O ato de adesão, ocorrido no início deste mês, em Londres, contou com a presença do membro da Comissão Executiva da TAAG, William Boulter, que assim se compromete a cumprir com os 11 compromissos, que engajará a companhia a detetar o transporte ilícito de animais selvagens e produtos, a partilhar informação e melhores práticas na indústria, bem como elevar a consciência dos seus trabalhadores e passageiros sobre estas práticas ilícitas.

"Desta forma, a TAAG compromete-se indefectivelmente com o futuro, promovendo a sustentabilidade e apoiando o combate a esta atividade ilegal e cruel", refere a nota.

Em junho deste ano, as autoridades angolanas queimaram cerca de 1,5 toneladas de marfim, quantidade que a ser comercializada no mercado negro rondaria um milhão de euros.

O marfim destruído, entre dentes em bruto e algumas peças trabalhadas, foi apreendido em diversos pontos do país, entre 2016 e 2017, tendo a maior parte das apreensões ocorrido no aeroporto internacional 04 de Fevereiro, em Luanda, ponto principal da saída deste comércio ilegal, sobretudo para os países asiáticos.

Angola é signatária da Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Ameaçadas de Extinção (CITES), tendo assumido o compromisso de acabar com o comércio de marfim no país, bem como aumentar o controlo do tráfico no aeroporto internacional da capital, Luanda.

FONTE: dn.pt

11/12/2017

Concentração exigiu fim do transporte de gado para o Médio Oriente - Portugal

Nossos companheiros portugueses andam fazendo um bom trabalho na luta contra o transporte de gado vivo em navios para o oriente médio. O Brasil tem muito mais território e presumivelmente muito mais ativistas. Mas, tirando o Fórum de Proteção Animal ninguém tem se interessado neste tema. Aliás, nem mesmo apoiar o Fórum a galera tem se prontificado. Vejam Portugal e copiem, gente!!!! não fosse meus 70 anos e a sequela de um AVC, estaria solta na buraqueira. Vamos lá gente, o sofrimento dos animais não pode esperar!!!!!! A luta não é só cachorro e gato não.... tem muitos animais que dependem de nós!!!!
--------- 

Cerca de cem pessoas protestaram em frente ao Ministério da Agricultura para denunciar a crueldade do transporte de animais vivos por via marítima, que é feito sobretudo para o mercado israelita. Empunhando cartazes com fotografias de vacas e bezerros enjaulados e maltratados, os ativistas da campanha contra o transporte de animais vivos voltaram a denunciar os maus-tratos infligidos ao gado que é embarcado nos portos de Sines e Setúbal com destino a países como Israel.


"Há animais que, inclusive, viajam feridos, com os cornos partidos. Depois da viagem, ficam moribundos, muitos morrem. Há animais que chegam [ao destino] cegos porque são mutilados pelos cornos dos outros animais, não têm espaço", afirmou à agência Lusa a porta-voz da Plataforma Antitransporte de Animais Vivos, Isabel Carmo.

A plataforma ainda espera medidas concretas do governo para garantir acompanhamento veterinário e proibir o transporte de animais vivos para países que "não respeitem normas de bem-estar”, depois de ter reunido em agosto com o ministro Capoulas Santos.


Entre as palavras de ordem entoadas neste protesto, ouviu-se “Animais para o Oriente, nunca mais” e “Calados nos querem, nos portos nos terão. Perante esta vergonha, queremos uma explicação!”.

A deputada bloquista Maria Manuel Rola também esteve presente para dar apoio a esta causa e considerou "inaceitável a falta de resposta por parte do Governo”. Até ao início do próximo ano, o Bloco de Esquerda apresentará uma proposta para regulamentar as viagens de longo curso e tornar mais efetiva a fiscalização das condições em que o transporte dos animais é feito.

Fonte: Esquerda Net

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪