RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador salvar. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador salvar. Mostrar todas as postagens

4/11/2019

Garoto de 16 anos salva 14 cavalos de um celeiro em chamas

Um garoto de 16 anos está sendo saudado como um verdadeiro herói depois que ele usou a sua habilidade de pensamentos rápidos para salvar a vida de 14 Cavalos. Macom Martin estava em casa com sua família, há cerca de 96 quilômetros de Atlanta, quando sua casa foi atingido por um raio em uma noite.

Shannon, a mãe de Macon, explica que o sacudido do raio abalou a casa. Ela se lembra de que, no momento, estava dormindo em sua cama. E pouco tempo depois, ela estava de pé ao lado

4/10/2019

Mulher luta para salvar cão que foi despejado nas ruas e deixado para morrer

Emocionante..... Ainda tem pessoas muito boas neste mundo.... Olha o estado do pobre cão....
-----------------------
Durante o fim de semana perto de um Natal, uma mulher chamada Pia estava andando pelas ruas de Buenos Aires, na Argentina, quando viu um cão esquelético e frágil, abandonado e coberto de feridas por todo o corpo, esperando submissamente para morrer. Pia instantaneamente sabia que ela tinha que ajudá-lo.

2/12/2019

Mulher sofre derrame e é salva por seus cães que chamaram a vizinha

As pessoas tem a impressão que cães não raciocinam... eu hein..... Está aí uma prova....
------------
A americana Maureen Hatcher estava tomando banho quando sofreu um derrame. Imediatamente suas duas cadelas da raça labrador, Bella e Sadie, saíram correndo e latindo rumo à casa da vizinha, avisando que algo estava errado. A vizinha encontrou Maureen quase inconsciente e logo chamou o socorro. A atitude dos cães salvou a vida da

1/23/2019

Catador de BH emociona ao impedir assassinato de cães e gatos: ‘É um anjo’

Coitado do moço!!!! e que valor este moço tem perante a vida animal...... Minha Santa Querida, ajuda a ele!!!!!
----------------
Quem vê o catador de matérias recicláveis Emerson Carneiro andando pelas ruas da capital com um carrinho de compras rodeado de cães e gatos pode imaginar o quanto ele ama os animais. Mas, por trás da cena que comove há uma triste constatação: o homem carrega os

1/20/2019

Vegetarianos salvam as vidas de até 582 animais por ano

Os mais ameaçados são os animais marinhos, vítimas das redes de pesca que capturam acidentalmente diversos seres que não são utilizados para o consumo, como os golfinhos

De acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE), o número de vegetarianos no Brasil quase dobrou de 15,2 milhões para 29,2 milhões, entre os anos de 2012 e 2018, chegando a corresponder a 14% de população. Dentre as causas do corte de

1/11/2019

Baleia se lança contra mulher, o motivo vai levar você a lágrimas

E tem gente que acha que os animais não raciocinam..... E uma droga a gente saber de tanta coisa e as pessoas não acreditarem....
--------------
Nan Hauser é uma bióloga marinha, que tem mergulhado junto de baleias por quase 30 anos. Recentemente, um acontecimento curioso aconteceu com ela. Uma baleia selvagem se lançou contra ela

10/13/2018

Cachorro amarrado dentro de sacola se recupera após ser salvo: 'Não conseguia respirar'

Que bom que o cachorrinho encontrou um anjo que o recolheu....
---------------
Secretária que voltava do trabalho encontrou o animal perto da casa dela em Catanduva (SP). Cão tinha dificuldade de andar, mas se recuperou e ganhou nova família.

Um cachorro está internado e se recuperando em um hospital veterinário de Catanduva (SP) depois de ser encontrado dentro de uma sacola amarrada no bairro Vila Paulista. Ele foi achado por uma mulher que passava pelo local na última quarta-feira (26).

5/19/2018

TECNOLOGIA: Abelhas robóticas ajudam a salvar abelhas verdadeiras da extinção

Ainda bem que tem gente se importando..... É uma preocupação grande com o sumiço das abelhas no mundo.... é a maior comprovação que nosso planeta está em plena decadência por causa das ações humanas...... 
-------------
A queda do número de abelhas por todo o mundo tem sido motivo para alarme entre várias indústrias e entre a comunidade científica. É importante inverter esta tendência, pois as abelhas são dos principais agentes polinizadores, e sem elas muitas plantas não se poderiam reproduzir, incluindo algumas que são importantes para a indústria agrícola e alimentação humana.

Antecipando a eventual extinção destes insetos, já foi proposta uma solução mecânica, em que drones mecânicos com forma de abelha poderiam cumprir a função polinizadora, embora isso não fosse uma solução para substituir a produção de mel. Além do mais, as abelhas não estão condenadas inevitavelmente, pelo que a Universidade de Graz, na Áustria, encontrou uma solução para usar as abelhas robóticas de maneira a ajudar as verdadeiras.

A universidade austríaca participou num estudo que durou cinco anos, com o objetivo de identificar comportamentos em animais sociais, e usar drones com inteligência artificial para aprenderem estes comportamentos, adaptarem-se a eles e usarem-nos para se integrarem na estrutura social em grupos de abelhas e de peixes-zebra. Isto vai permitir aos investigadores usarem os robôs para direcionarem o comportamento destes animais, de uma forma que seja vantajosa para a propagação da espécie.

A experiência foi mais além de colocar um simples “espião drone” em colmeias, e também beneficiou a comunicação entre inteligências artificiais. Foi preciso incluir um grande grupo de abelhas robóticas, de modo a que estas pudessem funcionar como uma unidade, e durante a experiência dois grupos diferentes puderam unir esforços e trabalhar em conjunto. Mas, para já, o objetivo é usar os dados recolhidos através dos drones para detetas as pressões ambientais que estão a contribuir para a redução da população de abelhas.

Fonte: Motor 24

5/01/2018

CONSCIÊNCIA: Destruiu um Ferrari 458 para salvar um guaxinim

Engraçado é que colocam em confronto todos os casos de atropelamento de animal.... A resposta, na sua maioria, é matar o animal para que "suas vidas ou patrimônio" não corram risco. O motorista da Ferrari pensa diferente. A vida do animal é muito mais importante...... Nem tudo está perdido....
----------------
Imagine-se a conduzir a meio da noite quando, de repente, um guaxinim se atravessa no caminho. Qual a opção mais inteligente: desviar-se e colocar em risco os que seguem a bordo, ou salvar o animal?

Os carros autónomos, a ser desenvolvidos basicamente por todas as marcas, bem como pelos principais tecnológicas, a começar pela Google, estão a “ensinar” os seus sistemas de inteligência artificial sobre quem atropelar primeiro em caso de despiste. E, neste momento, a aposta está em matar um indivíduo em vez de dois, um velho em vez de um jovem e, obviamente, um animal em vez de uma pessoa. 

Vem isto a propósito do que aconteceu ao condutor de um Ferrari 458, que se deslocava de noite, através do sul da Califórnia, quando lhe saiu ao caminho um guaxinim, ou raccoon para os americanos. Na ânsia de proteger o animal, que efectivamente ia à sua vida, tanto mais que caça de noite e ainda por cima está na época de acasalar, o condutor desviou-se e acabou na ribanceira.

Escapou com umas escoriações e uma conta enorme para pagar, mas felizmente e desta vez, não matou ninguém. Nem mesmo o bicho. Isto segundo o responsável pela polícia no Orange County, o agente G. Bautista, como pode constatar no vídeo:


É certo que quem tem um ‘fraquinho’ por animais olha com paixão para os veados, sem esquecer que são descendentes do Bambi, dos filmes da Disney que vimos sozinhos ou em companhia dos nossos filhos. Mas daí a circular por essa estrada fora acompanhado pela família ou amigos, a um ritmo dentro da lei, para depois decidir, ao ser surpreendido por um Bambi, Tambor (aquele coelho maluco que idolatrava o veadinho, aqui não no significado brasileiro do termo) ou companhia, desviar-se e atirar carro e pessoas ribanceira abaixo, vai uma grande distância. E até mesmo o que pode considerar-se uma estupidez.

FONTE: observador.pt

3/31/2018

Cachorro acorda os donos e salva família de incêndio

Agora, vê você: o que este cachorro merece depois disto, né?
----------
Cachorro acorda os donos e salva família de incêndio
Uma família de seis pessoas foi salva de um incêndio na madrugada da última segunda-feira, 26, no Tennessee, nos Estados Unidos, graças ao seu cachorro. Titan acordou a família para que eles pudessem fugir das chamas.

Erich Buehring, o pai da família, contou que despertou por volta das duas horas da manhã com os barulhos que o animal fazia. Ele chorava e andava de um lado para o outro.“Eu lembro de dizer ‘Cala a boca, Titan. Você vai acordar todo mundo’”, falou Eric à People. Como o animal não se acalmou, ele saiu do quarto e encontrou a casa cheia de fumaça. “Eu imediatamente gritei para minha mulher ‘A casa está pegando fogo’”.

Ele foi despertar seu filho adolescente, Brandon, e saiu com ele e Titan. Enquanto isso, sua mulher Sarah garantiu que os três filhos pequenos também saíssem com segurança da residência. Um vizinho ligou para o número de emergência. Por ora, os Buehrings vivem num trailer em uma propriedade rural onde criam alguns animais e onde mantêm mais três cachorros. Eles vão permanecer lá até que saibam como reconstruir a casa. “Se não fosse pelo Titan, estaríamos mortos”, disse Eric. Como recompensa, a família lhe deu uma pizza inteira de salsicha. “Titan ama comida, então foi uma grande recompensa”, falou Sarah.

FONTE: R7

2/22/2018

Holandeses se unem para salvar vaca que fugiu da morte

Pois é..... que diferença.....
------------
Na Holanda, uma vaca que fugiu para um bosque na hora que estava indo para o matadouro está gerando uma onda de solidariedade. O nome dela é Hermien, ela está sozinha e só chega perto de algumas propriedades para conseguir comida. Internautas foram para as redes sociais pedir para não matarem a vaca.

2/20/2018

Gatinho abandonado encontrado à beira de estrada é salvo por cães

É muito lindinho....
-----------
Rilu, o gatinho, foi encontrado muito assustado e magrinho ao lado de uma rodovia com apenas dois meses de idade. Ele foi pego pela equipe do Howl Of A Dog, mas havia um problema: O abrigo estava cheio de cães. Mas o que aconteceu depois foi um ato de pura amizade.

Os primeiros encontros entre o gatinho e os cães foram cheios de timidez, passinhos hesitantes e até alguns tapinhas. Mas após se conhecerem melhor, todos os cães adotaram o gatinho para cuidá-lo. Rilu está muito agradecido por ter sido acolhido pelos cães.


FONTE: wamiz

2/09/2018

Jovem morre afogado após tentar salvar cadela em cachoeira de Teresópolis, no RJ

Pior que a matéria nem colocou o nome do rapaz para fazermos uma prece por ele.... O cara era do bem animal!!!!!
----------
Segundo a Polícia Civil, caso aconteceu na tarde deste domingo (4), em Vieira.
Um jovem de 24 anos morreu afogado após uma tentativa de salvar uma cadela neste domingo (4) em uma cachoeira na RJ-130, altura de Vieira, em Teresópolis, na Região Serrana do Rio.

Segundo o Corpo de Bombeiros, testemunhas informaram que antes de conseguir pegar o animal, o jovem escorregou e bateu com a cabeça em uma pedra, caindo no riacho em seguida.

O acidente aconteceu por volta das 12h30. O corpo do jovem foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Teresópolis. Os militares informaram que não viram a cadela quando chegaram no local.

O caso foi registrado na 110ª Delegacia de Polícia. Segundo a Polícia Civil, o laudo comprovou que a causa da morte do jovem foi "asfixia por afogamento". O sepultamento deverá ocorrer às 10h desta terça-feira (6), no Cemitério de Vieira.

FONTE: G1

2/05/2018

O homem que arrisca a vida para salvar botos-cor-de-rosa na Amazônia

Pior que este tipo de gente está sendo extinta no planeta graças a mudança de valores que passaram a ser os mais medíocres possíveis....
----------
Fernando Trujillo tem dedicado sua vida a proteger esses animais; missão não é fácil, diante da pesca excessiva e do avanço da população humana na região.

O biólogo colombiano Fernando Trujillo tem dedicado sua vida a tentar proteger os botos-cor-de-rosa do rio Amazonas. (Assista ao vídeo)

A pesca comercial de um peixe carnívoro chamado piracatinga (Calophysus macropterus, também conhecido como douradinha no Brasil e mota na Colômbia) levou à intensificação da caça a esses animais nos últimos anos para uso de sua carne e gordura como isca. No Brasil, estima-se que essa atividade mate 1,5 mil botos por ano. A pesca da piracatinga foi proibida no país por isso. Porém, a matança dos botos aumentou em vizinhos como Peru, Bolívia e Colômbia.

A espécie enfrenta ameaças à sua fonte de alimentos e ao habitat em que vive, o que tem mobilizado há décadas Trujillo, considerado uma das principais autoridades do mundo em botos-cor-de-rosa.

Além da pesca excessiva, o animal sofre com o crescimento da população humana na Amazônia – impulsionado por fatores como exploração de petróleo, mineração, grandes cultivos de soja, fazendas de gado e hidrelétricas, que levam à expansão de bairros nos arredores de estradas.

A pesca como vilã
"Por toda a minha vida eu trabalhei com botos. Mas só então me dei conta: agora questão não são eles, mas sim a pesca", disse Trujillo em entrevista à BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC.

Ele começou a investigar o consumo da piracatinga suspeitando que, pelo fato de se tratar de um peixe carnívoro, sua carne poderia ter altos índices de mercúrio, efeito da exploração ilegal de ouro na região. Após estudos oficiais, o governo colombiano acabou condenando em 2015 o consume do peixe e, em setembro de 2017, proibiu permanentemente sua captura e comercialização.

O impacto da proibição na população de botos ainda não é estimado, mas a medida fez com que o biólogo se tornasse alvo de ameaças e precisasse usar coletes à prova de balas e proteção especial para voltar à região onde trabalhou por décadas.

Trujillo atua há 30 anos em áreas perigosas da Amazônia para preservar os botos-cor-de-rosa.
"Durante anos circulei por áreas com guerrilhas e forças militares, mas o fato de estar fazendo algo positivo para a conservação sempre me ajudou bastante, e me protegeu", diz ele.

Em 2017, o biólogo venceu o prêmio da Whitley Fund for Nature (WFN), uma espécie de Oscar do meio ambiente que reconhece pessoas que lutam pela preservação nos países em desenvolvimento.

FONTE: G1

10/30/2017

Mulheres e cães são salvas após 5 meses à deriva

Caramba, que sorte tiveram de pescadores terem avistado a embarcação delas... Os cachorros estavam bem, mas, sinceramente..... não gosto de ver animais correndo risco deste jeito.... vai que um cai na água e morre.... Ah, não.... que irresponsabilidade levar cães para barcos.... 
----------------
Como americanas resgatadas sobreviveram 5 meses à deriva no Pacífico
Duas velejadoras e seus cachorros foram resgatados pela Marinha dos EUA após viagem partindo do Havaí dar errado.


Após passarem aproximadamente cinco meses à deriva, duas velejadoras americanas e seus dois cachorros foram resgatados pela Marinha dos Estados Unidos, no Oceano Pacífico. Jennifer Appel e Tasha Fuiaba partiram do Havaí para o Taiti em um pequeno barco à vela, mas durante a viagem o motor foi afetado pelo mau tempo e acabou falhando. A embarcação ficou, então, flutuando no mar cerca de 1.500 km a sudeste do Japão.


Elas foram resgatadas após uma embarcação pesqueira alertar autoridades americanas. A Marinha informou, por meio de um comunicado, que a dupla achou inicialmente que poderia alcançar terra firme contando com vento e velas. "Mas dois meses depois de iniciada sua jornada, quando originalmente estimaram que chegariam ao Taiti, elas começaram a fazer chamadas de socorro", acrescentou o comunicado.


Segundo a Marinha americana, as mulheres continuaram emitindo pedidos de socorro diários, mas seus sinais não eram captados porque elas não estavam perto o suficiente de outros veleiros ou de estações em terra.

O barco da Marinha dos EUA, o USS Ashland, estava na área e chegou no dia seguinte para resgatar as velejadoras - ambas de Honolulu - e seus cachorros. "Eles salvaram nossas vidas", disse Appel, acrescentando: "O orgulho e os sorrisos que demos ao vê-los (a Marinha dos Estados Unidos) no horizonte foi puro alívio".  A tripulação à deriva conseguiu sobreviver a esse período graças a um purificador de água e a uma grande quantidade de alimentos secos, como aveia e macarrão.

Fonte: Terra e MSN

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪