RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador rodeio. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador rodeio. Mostrar todas as postagens

8/26/2019

VÍDEO: Peão morre após ser pisoteado por touro em rodeio de Rondônia

Ô coitado!!!! Queridos leitores, vocês já conhecem.... levanta o dedinho quem está com pena do peão!!!! 
----------------
Um peão de 33 anos, identificado como Gelison Mendes, morreu neste sábado (24) após ser pisoteado por um touro durante montaria no rodeio da 16ª Exposição Agropecuária de São Domingos do Guaporé, no município de Costa

8/24/2019

Sorocaba comemora depois de voltar a montar em rodeios e é criticado: ''Pobres animais!''

Bem feito!!!!!!!!!!!!! foi esculhambado geral!!!!
--------------
Sorocaba usou sua rede social nesta sexta-feira, 23, para comemorar sua volta às pistas de rodeio. Em seu Instagram, ele compartilhou uma foto em que aparece montando em um cavalo.
"Voltando às pistas! Feliz em participar depois de tanto tempo do Potro do futuro

8/16/2019

DEBOCHE: 'Se não estivesse no rodeio, o touro já teria virado bife', diz peão mais famoso de Barretos

Pois é, ler um texto debochado deste mostra que estamos certos ao nos posicionarmos contra qualquer "esporte" que explore animais...... é muito nojento!!!!
---------------
RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - Em 1979, um jovem passou a viajar pelas principais festas de peão do país divulgando uma invenção dos norte-americanos: em vez da tradicional

7/31/2019

OAB usará todos os meios jurídicos para evitar o Rodeio

Muito bom! o envolvimento da OAB só traz prestigio e seriedade para a causa!!!! Fico muito feliz que um novo consenso sobre o direito dos animais dentro da sociedade está sendo cultivado..... Muito bom!!!!
------------------
Na noite desta segunda-feira (29), o presidente das Comissões de Defesa dos Animais da OAB, Regional e Federal,

7/27/2019

OAB, com Darwin, consegue parar Rodeio de Araruama/RJ

Muito bom!!!! argumentação impecável!!!! pena que só aqueles deputados federais ruralistas e vendidos não entendem ou não querem entender.....
---------------
Ao que tudo indica o naturalista inglês Charles Darwin ajudou a cancelar o Rodeio que seria realizado no Município de Araruama, no Rio de Janeiro. Pelo menos foi este o entendimento da Justiça Federal em Ação promovida pela Ordem dos Advogados do Brasil do

7/19/2019

Justiça libera provas com animais em evento em Jacareí, SP

Que patifaria!!!!!!
-------------
A Justiça liberou a realização de provas com animais na Jacareí Expo Agro. A decisão foi expedida no fim da tarde desta quinta-feira (18) após a organização apresentar recurso contra a liminar que proibia a prática. O caso teve início após uma ação da Associação Passofundense de Proteção aos Animais (Compata).

A decisão, assinada pela juíza Rosângela

6/19/2019

Eduardo Bolsonaro faz campanha para regulamentar rodeio e vaquejada

Vontade de me rasgar toda!!!!!!!!!!!!!!! não dá para controlar minha revolta do que fazem com a causa animal sem nenhuma consideração das pessoas que lutam em sua defesa....
-------------------
Eduardo Bolsonaro faz campanha para regulamentar rodeio e vaquejada
Apoiador de rodeios e vaquejadas, assim como seu pai, Eduardo Bolsonaro defende projeto de lei pró vaquejadas e diz que "os cavalos melhores cuidados", são os que participam de esportes equestres.

3/06/2019

Maus-tratos a animais são flagrados em rodeio no interior de Alagoas

Este infeliz do dono da companhia de rodeio é um abusado, descarado e safado..... Mesmo com as imagens comprovando os maus-tratos nos animais e com a OAB abrindo a denúncia, ele disse que vai continuar....... Minha Santa dos Calos Inflamados, detona este cramunhão pros infernos!!!!!
-------------------

1/12/2019

Em meio a polêmica, Guaratuba vai receber festa que inclui rodeios - PR

A verdade é que a bancada ruralista é que conseguiu enfiar isto na Constituição Brasileira graças a uma tremenda mancada da proteção animal. Agora, esta mesma bancada está MANDANDO..... alguém tem ideia do que vem pela frente? vou para Plutão!!!!!!
----------------
Em meio a polêmica, Guaratuba, no litoral

12/13/2018

LEITURA INDISPENSÁVEL: Senador reconhece em plenário que vaquejada e rodeio provocam maus-tratos....


Há uns dias este senador nojento, Telmário Mota,  deu um xilique, também em plenário, contra os veterinários e ambientalistas. Lembre aqui: Senador chama ambientalistas e veterinários de "calça suja" e "maconheiros" . Ele é um rinheiro de marca maior e reconhecido como tal em seu estado. OU SEJA, amigos: temos documentação convincente para enfiar nas ações contra rodeio e vaquejada que é a palavra de um "senador da república", embora um criminoso confesso que cria galos de rinha.

12/05/2018

Touro quebra a pata em rodeio - Austrália

Este vídeo tem, precisamente um ano que foi publicado. Pergunto eu à estes mequetrefes que defendem rodeios se, realmente, os animais não sofrem nestes eventos...... O pobre touro quebra a pata, sai da arena sem nenhuma ajuda e aí sabemos o que vai acontecer com ele, né mesmo? Fico revoltada e preocupada com este novo governo cujo representante diz que IBAMA é xiita e rodeios e vaquejadas são manifestações culturais......

11/19/2018

Peão morre após ser pisoteado por touro em Guaimbê

Deus que me perdoe, mas, UEBÁÁÁ!!!!! menos um a torturar os bichos..... Aconteceu outro caso no Paraná no sábado: Peão fica em estado grave após ser pisoteado por touro em rodeio no PR.... Ô coitados!!!!! Quem está com peninha, levanta o dedinho.....
=============
Guaimbê - O peão Edson Oliveira de

8/28/2018

IMPERDÍVEL: 'Peço perdão se incentivei a maltratar os animais', diz Asa Branca

Gente, nesta matéria imperdível ficamos sabendo de um monte de coisas que servem para defender nossa causa...... Fiquei de cara no chão!!!!! Queria muito ver este documentário.... Pior que estreou em Barretos há dois dias.... como terá sido a repercussão?
-------------
Locutor de rodeios sobreviveu a explosão de avião e de carro, ao câncer e a tiros e convive com Aids

7/12/2018

Após morte de peão, ativistas criticam realização de rodeios em MS

Responde aí: quem está com pena do peão levanta o dedinho!!!! Eitcha touro bão!!!!
----------
Defensores de animais reclamam de maus-tratos aos touros que participam destes eventos
Após a morte de um peão em Paranaíba, membros de instituições e ativistas na luta pelo fim dos maus-tratos animais criticam a prática de rodeio e vaquejadas no país e destacam que fica cada vez mais claro que os eventos não podem ser considerados parte da cultura brasileira.

6/27/2018

PROVA DE RODEIO: Laço ao bezerro pode causar morte do animal

Agora, vejam só..... os imbecis donos de companhia de rodeio dizem que isto não é maltrato.....
========== 
IMA proíbe prova de laço ao bezerro em Arcos; ação pode causar morte do animal
O Instituto Mineiro de Agrupecuária (IMA) proibiu a realização de uma prova de laço ao bezerro em Arcos, no Centro-Oeste do estado, no próximo dia 30. O IMA irá fiscalizar o local onde a prova seria realizada no dia 30 de junho, para evitar que a determinação seja descumprida. A proibição foi solicitada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

Nas provas de laço, são utilizados instrumentos e realizadas ações que causam sofrimento aos animais. As provas utilizam bezerros com cerca de 40 dias de vida, que são separados das mães precocemente e sofrem agressões físicas e psíquicas desde os momentos anteriores à prova até o final.

Conforme apontado pelo MPMG, o bezerro pode ter sua cauda puxada  pelo peão para estimulá-lo a correr, causando diversas lesões internas e dor. Uma vez liberado na arena, o animal encontra-se assustado pela situação e corre para tentar fugir de seus perseguidores, o que revela sofrimento mental ou psíquico.

Além disso, a laçada brusca no pescoço do animal, a queda abrupta e violenta no solo, a suspensão e nova queda e o ato de laçar suas patas podem causar lesões nos sistemas respiratório e circulatório, na coluna vertebral, nos tecidos cutâneos e na musculatura, além da possibilidade de atingir ossos e órgãos internos, causando sua morte. Na prova de laço de bezerro, o laço que atinge o pescoço do animal o faz estancar abruptamente, sendo tracionado para trás, em sentido contrário ao que corria. Ele então é erguido do solo até a altura da cintura do peão, que o atira violentamente ao chão, sendo três de suas patas amarradas juntas.

Já no laço em dupla, segundo apurado pelo MPMG, um peão laça a cabeça de um garrote enquanto outro laça suas pernas traseiras. Em seguida, os peões o esticam entre si, resultando em sérios danos à coluna vertebral e lesões orgânicas, já que o animal é tracionado em sentidos opostos. Em outra modalidade, chamada de bulldogging, o peão desmonta de seu cavalo em pleno galope, atirando-se sobre a cabeça do animal em movimento, devendo derrubá-lo ao chão, agarrando-o pelos chifres e torcendo violentamente seu pescoço. Ocorre assim, deslocamento de vértebras, rupturas musculares e diversas lesões.

A recomendação frisa que, ao contrário do que alegam os defensores das provas de laço, no sentido de que seriam atividades próprias das fazendas, as laçadas e derrubadas são consideradas ultrapassadas pelas atuais técnicas de produção pecuária justamente por elevarem o risco de morte e lesões irreversíveis, desvantajosas ao pecuarista. “Se as referidas práticas são condenáveis até mesmo nas fazendas, com muito mais razão não podem ser admitidas como mero entretenimento”, afirmam as promotoras de Justiça Juliana Amaral de Mendonça Vieira e Luciana Imaculada de Paula, que assinam a Recomendação.

FONTE: bhaz

6/14/2018

CONDENAÇÃO: TJ mantém condenação de empresas por maus tratos a animais em rodeio

Aplausos.... mil aplausos....
-------------
Os desembargadores da 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) mantiveram a condenação das empresas organizadoras da XXI Festa de Peão Boiadeiro de Volta Redonda, realizada em abril de 2010, pela prática de maus tratos e tortura dos animais participantes do rodeio.

As empresas Kavallus Empreendimentos Artísticos Ltda e Proson Agência de Viagens, Turismo e Eventos Ltda foram condenadas ao pagamento solidário de indenização no valor de R$ 100 mil, a título de danos coletivos. As empresas também estão proibidas de realizar ou permitir a apresentação de animais em rodeios mediante a utilização de aparelhos de choque, sob pena de multa de R$ 20 mil por cada animal envolvido.

Os magistrados acompanharam, por unanimidade, o voto do relator, desembargador Adolpho Andrade Mello, que negou os recursos das empresas promotoras do rodeio, que requereram a anulação da sentença de condenação na primeira instância. Também foi indeferido o recurso do Ministério Público, que queria majorar o valor da indenização. O relator, em seu voto, destacou as provas apresentadas no inquérito civil.

“Também do inquérito civil verifica-se a existência de fotografias e vídeos de agressões praticadas contra os animais praticadas pelos prepostos da primeira apelante. Das imagens de nº 0007, 0086, 0089 e 0386, assim como o vídeo de nº 1122, é possível identificar animais com ferimentos expostos sem sinais de terem sido objeto de intervenção veterinária, sendo que da imagem de nº 0014 verifica-se a insuficiência do espaço que servia de abrigo para os animais”, ressaltou o desembargador.

Processo nº: 0009776-93.2015.8.19.0066

FONTE: tjrj.jus.br

5/23/2018

TOUROS PARA RODEIO: Como touros de rodeio são selecionados

Bom, eu acho que não precisa comentários..... as imagens são comprobatórias.... repara no aparelho de choque do camarada em cima da cerca..... Um belo "serumano" asqueroso não? Pior que a reportagem não achou nada demais já que nem tocou no assunto.... Repara, também, que os touros que conseguem se livrar do sedém, param de pular.... Quem tem dúvida do maus-tratos? segundo estes mequetrefes que exploram o rodeio, o sedém só provoca "cócegas"..... Deixa eu amarrar suas "partes" para ver se sente cócegas, seu nojento filho do capeta!!!!!!
-------------------
Equipe do JR investiga como os animais são tratados em rodeios pelo Brasil
Em reportagem especial, a equipe do Jornal da Record mostra como são descobertos os touros puladores, que dão adrenalina às provas e tornam difícil a vida dos competidores.

Fonte: Notícias R7

5/15/2018

RODEIO: Peão morre ao ser pisoteado por touro

Eu não sei como este "suposto esporte" pode promover tanto estrago!!!! Não deveria ser proibido? Ô, coitado do peão que se mandou ontem!!!!! Quem está com peninha dele, levanta o dedinho..... Pois é, este daí ainda teve um aviso já que tinha voltado de uma recuperação de um ano por conta de um tombo anterior..... Morreu porque quis!!!!!! Gente, eu não consigo ter pena de toureiro, de peão de rodeio ou vaquejada e de caçador..... Pra mim, toda tragédia é pouco para eles!!!! Jesus, livra meu karma!!!!! Penso assim porque eles maltratam demais os animais!!!!!!
---------------
Um peão de 24 anos morreu, na noite de domingo (13), depois de ser pisoteado por um touro em uma montaria na 46ª edição da Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá (Expoingá), em Maringá, no norte do Paraná.
A morte de Giliard Antônio foi confirmada, na madrugada desta segunda-feira (14), pela empresa que promove competições de montaria em touros, a Professional Bull Riders Brasil (PBR), e pela Sociedade Rural de Maringá.  

A empresa responsável pela competição cedeu as imagens que mostram Antônio montando no touro até o momento que ele cai na arena de rodeio. O peão ficou em cima do animal por sete segundos e, após se desequilibrar, ele cai, mas uma das mãos fica presa. Ele é pisoteado nesse instante. O peão se solta do touro, levanta e desmaia na sequência.

A equipe de socorro que atendeu Antônio logo após ser pisoteado informou que o peão desmaiou e foi atendido poucos minutos depois do fato. Por 40 minutos os socorristas tentaram renimá-lo dentro da ambulância, mas ele não resistiu e morreu. Segundo o Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá, o peão sofreu um trauma no peito o que provocou uma lesão no coração. Um músculo do órgão se rompeu, provocando a morte.

Retorno às competições
Giliard Antônio tinha voltado a competir pela PBR Brasil há duas semanas. Ele ficou afastado das arenas por um ano e dois meses depois de sofrer uma lesão na musculatura da bacia. Segundo a PBR Brasil, durante o período de recuperação ele precisou usar cadeira de rodas por um mês. No dia 27 de abril deste ano, o peão voltou a montar em touro na etapa da competição realizada em São José do Rio Pardo, no interior de São Paulo.

Velório
O peão é do distrito de Jureia, em Monte Belo, na região sul de Minas Gerais. Após ser liberado do Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá, o corpo será levado para o distrito de Jureia onde será velado. O sepultamento está previsto para a manhã de terça-feira (15).

Veja a íntegra da nota emitida pela PBR:
"É com pesar que a PBR (Professional Bull Riders) Brasil e a Sociedade Rural de Maringá informam o falecimento do competidor Giliard Antonio, 24 anos, ocorrido durante o Monster Energy PBR em Maringá (PR), na noite de domingo, 13 de maio de 2018. 
Todos os procedimentos necessários foram tomados pela equipe médica no local. A PBR Brasil e a Sociedade Rural de Maringá estão dando todo suporte à família do competidor. Pedimos aos fãs muitas orações".

Fonte: G1

5/08/2018

RODEIO: Câmara de Botucatu rejeita PL que permitiam volta dos rodeios na cidade

O safadinho do Prefeito deve ter levado uma graninha pra fazer o Projeto, não? ou até mesmo pode ter interesses pessoais..... De qualquer maneira, um bobalhão.... Toma!!!!!
---------------
Votação do projeto que instituía o bem-estar animal, de autoria do prefeito Mário Pardini, foi rejeitado por seis votos a quatro.
A Câmara de Botucatu (SP) rejeitou, nesta quarta-feira (2), o projeto de lei sobre bem-estar animal que trazia emendas que permitiriam a volta dos rodeios na cidade. A votação do projeto, de autoria do prefeito Mário Pardini, terminou com seis votos contrários e quatro à favor.

Todos os 11 vereadores estavam presentes e outras 100 pessoas acompanharam a sessão. Também haviam várias pessoas do lado de fora, que assistiram aos votos por um telão. "A gente quer que tenha uma lei que possa punir realmente quem está maltratando os animais, seja da área rural, seja da área urbana”, destaca o autônomo Oladis Casagrande, que acompanhou a votação na Câmara.

O texto foi protocolado em dezembro do ano de 2017, e instituía a "Política de Bem-Estar Animal". No entanto, causou polêmica por trazer emendas que permitiriam a realização de rodeios na cidade. Além do texto original, a matéria contava com cinco emendas propostas pelos vereadores, uma delas, a mais polêmica, pedia mudança no artigo 9º do projeto de lei e a flexibilização do uso do sedém, uma espécie de cinta, passada no animal, para estimulá-lo.

O projeto já havia sido pautado outras quatro vezes em sessões da Câmara, mas continuava sendo adiado. Para os produtores rurais e o representante do prefeito a discussão não tem fundamento. "A questão do sedém é uma questão polêmica, mas uma questão que não existe. Trabalhamos em cima de pesquisas, em cima de leis”, afirma o produtor rural André Sacamone. "Vários estudos falam que o sedém não causa dor, nem trauma e nem desconforto. Então vamos fazer emenda no momento oportuno, projeto de bem-estar animal", completa o vereador Ednei Lázaro da Costa Carreira.

Com a rejeição do projeto na sessão desta semana, a Lei Municipal de 4904/2008, que classifica como maus-tratos as provas de rodeio e espetáculos semelhantes, continua valendo. Essa lei também proíbe o uso do sedém, esporas, aparelhos de choque e outros objetos que possam alterar o comportamento dos animais.

FONTE: G1

4/27/2018

Agressão a cavalo em rodeio no interior de SP causa revolta em redes sociais

Que cara nojento.... Na verdade, todos eles são nojentos inclusive os políticos que colocaram na Constituição Brasileira como esporte sadio e sem crueldade. Confere:
( art. 225: § 7º Para fins do disposto na parte final do inciso VII do § 1º deste artigo, não se consideram cruéis as práticas desportivas que utilizem animais, desde que sejam manifestações culturais, conforme o § 1º do art. 215 desta Constituição Federal, registradas como bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro, devendo ser regulamentadas por lei específica que assegure o bem-estar dos animais envolvidos.) (Incluído pela Emenda Constitucional nº 96, de 2017)
---------------
Imagens mostram rapaz de chapéu dando tapas, chicotadas e chutes no cavalo, montado pelo peão, para obrigar o animal a entrar no picadeiro
SOROCABA – Um funcionário da organização do rodeio Abril Fest, que aconteceu em Araçoiaba da Serra, interior de São Paulo, foi filmado agredindo e chutando um cavalo. A agressão aconteceu na última segunda-feira, 23, terceiro dia do evento. O vídeo foi postado em redes sociais e já somava mais de cem mil visualizações na tarde desta quinta-feira, 26. As imagens, registradas por uma jovem que assistia ao rodeio, mostram um rapaz de chapéu dando tapas, chicotadas e chutes no cavalo, montado pelo peão, para obrigar o animal a entrar no picadeiro.

As agressões só param quando o cavalo deixa a baia e entra aos saltos na pista. "Animais são esses 'seres humanos' que se dizem racionais e agridem um ser inofensivo e que ainda serve aos homens, como o cavalo", postou um internauta. "Isso repercutiu porque foi filmado, mas nos bastidores, quantos não são maltratados como este aí", afirma outro.

Em nota, a Comissão de Proteção Animal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Sorocaba, repudiou a prática de rodeios e demais atividades que se utilizam da exploração e sofrimento animal como diversão e esporte. A comissão informou ainda que vai pedir a apuração dos maus tratos contra o animal ao Ministério Público Estadual. 

A Prefeitura de Araçoiaba da Serra informou que, ao tomar conhecimento do vídeo, oficiou ao Escritório de Defesa Agropecuária, responsável pela fiscalização das competições realizadas com animais. "A Prefeitura oficiou aos organizadores do evento para que todas a providências sejam tomadas e que prestem esclarecimentos", diz a nota. 

A empresa Luz Estruturas e Iluminação, responsável pelo Abril Fest, informou ter contratado uma terceirizada para organizar os rodeios com 15 cavalos e 20 touros e que, em função do acontecido, rescindiu o contrato.

Outra empresa foi contratada para dar sequência ao evento. O agressor foi identificado e proibido de entrar no recinto. A Abril Fest informa que "não é conivente com o mau comportamento do agressor" e vai representar contra a terceirizada em razão dos maus tratos.

Fonte: Estadão

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪