RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador rinha. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador rinha. Mostrar todas as postagens

3/20/2019

Polícia fecha rinha de galo durante fiscalização em fazenda de João Ramalho - SP

Noutro dia soube de um "twuitaço" de galistas pedindo ao Bolsonaro a liberação das rinhas..... Minha Santa dos Malucos Soltos, ajuda a gente nessa....
-------------------
No local foram encontrados 40 animais confinados em pequenas gaiolas, sem higiene, água, alimentação e com pouca ventilação e luminosidade.

A Polícia Militar Ambiental fechou uma rinha de galo durante fiscalização em uma fazenda na cidade de João Ramalho (SP).

2/13/2019

Crime Ambiental: PRF flagra ciclista transportando animais que seriam utilizados em “rinhas”

Galos enclausurados em gaiolas e pássaros presos também foram encontrados pelos policias
Ontem,10, por volta das 8h35, em fiscalização nas proximidades do km 35 da BR-116, em Horizonte/CE, policiais rodoviários federais visualizaram um ciclista transportando numa embalagem de tecido algo que parecia ser um galo utilizado em “rinhas”. Ao tentar abordar o indivíduo, ele ignorou a ordem de parada e fugiu

1/06/2019

Aves resgatadas de rinhas pela PM ganham tratamento em Ituiutaba

Pelo que sei, estes animais criados juntos saem na porrada o tempo todo.....
--------------------
Elas serão doadas para um morador da cidade e devem viver em uma fazenda. Polícia fechou dois locais de brigas de galo nos últimos dias.

A Polícia Militar (PM) de Meio Ambiente fechou duas rinhas de galo em Ituiutaba nas últimas semanas.

Ao todo, foram apreendidos 14 galos e

12/13/2018

LEITURA INDISPENSÁVEL: Senador reconhece em plenário que vaquejada e rodeio provocam maus-tratos....


Há uns dias este senador nojento, Telmário Mota,  deu um xilique, também em plenário, contra os veterinários e ambientalistas. Lembre aqui: Senador chama ambientalistas e veterinários de "calça suja" e "maconheiros" . Ele é um rinheiro de marca maior e reconhecido como tal em seu estado. OU SEJA, amigos: temos documentação convincente para enfiar nas ações contra rodeio e vaquejada que é a palavra de um "senador da república", embora um criminoso confesso que cria galos de rinha.

11/24/2018

Ministério da Agricultura revoga portaria favorável ao Manual de Criação de “Galos de Combate”

No ultimo dia 17 deste mês publicamos a postagem:  Ministério da Agricultura reconhece manual de criação de ''Galo de Combate'' . Procurei de todo jeito pela internet e até no próprio Ministério este tal "manual" e não consegui descobrir. Acontece que o atual Ministro Blairo Maggi, atendeu a quantidade de pessoas que protestaram contra a tal Portaria e revogou a "mardita"...... A origem de toda encrenca foi aquele

11/17/2018

Ministério da Agricultura reconhece manual de criação de ''Galo de Combate''

Aquele Senador rinheiro mequetrefe, depois de chamar os ambientalistas e veterinários de maconheiros e calça suja, recorreu ao ministro ruralista nojento Blairo Maggi para aprovar a regulamentação da criação de galos de briga.  Pior que não achei o tal "Parecer" citado de jeito nenhum. Quem achar, me manda? Veja ao final os locais de pesquisa.
-----------------

6/16/2018

RINHA: PM prende mais de 30 pessoas em rinha de galo em Duque de Caxias, RJ

Olha a quantidade de armas..... alem de rinha os caras devem caçar animais silvestres, não? Pior é que vão responder soltos e ainda debochando dos policiais que se empenham em combater o crime.... Este nosso país precisa ser lavado com água sanitária e desinfetante..... 
----------------
Policiais encontraram 70 galos e apreenderam 5 armas em local para disputas e apostas de briga de galo. Responsáveis pela área vão responder por contravenção penal e porte ilegal de armas.

Policiais militares do Comando de Polícia Ambiental prenderam, neste domingo (10), 36 pessoas que participavam de uma rinha de galo, em Xerém, distrito de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, Região Metropolitana do Rio.

Os PMs informaram ter encontrado 70 galos e três pássaros silvestres acondicionados em locais apertados e insalubres, o que caracterizaria abuso e maus-tratos aos animais. No local ainda havia ainda ringues para as disputas. Ainda foram aprendidas cinco armas, sendo três carabinas e dois revólveres, de calibres 38 e 32, de diversos calibres.

Todos os presos, as armas e o material apreendido foram levados para a 59° DP (Duque de Caxias). Os envolvidos vão responder por posse irregular de armas de fogo e contravenção penal pela exploração de jogos de azar.

FONTE: G1

1/11/2018

Polícia Ambiental localiza sítio usado para rinha de galos em São Roque

Os galos ficam em caixas, gente!!!! olha que absurdo.... Pelo menos nesta matéria informaram o que foi feito dos bichos..... tinha que dar é um sumiço nesta praga de gente que existe neste mundo.... nojentos!!!!
----------
Mais de 20 aves e armas foram encontradas no imóvel após uma denúncia anônima. Além do caseiro, 11 pessoas foram levadas para a delegacia e vão responder por maus-tratos aos animais.

A Polícia Ambiental de Sorocaba localizou na manhã deste sábado (6) um sítio usado para rinhas de galo em São Roque (SP). As equipes chegaram ao local após uma denúncia anônima.

No local, os policiais encontraram 28 galos, dois pássaros trinca-ferro, uma carabina calibre 38 e uma espingarda de pressão.

As aves estavam em caixas de papelão empilhadas nos cômodos. Os policiais encontraram também ringues montados e anotações em lousas feitas durante as rinhas.

No sítio havia ainda tesouras, linha, esporas de plástico, biqueiras de ferro e medicamentos a base de paracetamol e cafeína.

Ainda durante a ocorrência, 11 pessoas que estavam no sítio foram encaminhadas para a delegacia de São Roque e vão responder pelo crime de maus-tratos aos animais.

O caseiro do sítio foi preso e também vai responder por porte ilegal de arma de fogo.

As aves foram levadas para a sede da Polícia Ambiental em Sorocaba e serão encaminhadas para um centro de tratamento de animais.





FONTE: G1

12/05/2017

Polícia Ambiental fecha rinha de galo e prende 40 pessoas em VG

E aí? para onde foram as aves? ficaram lá mesmo? provavelmente sim.... nunca têm onde colocar os animais apreendidos.... ô nojo!!!
-----------
Na presente data, a guarnição policial do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA), deslocou por volta das 15 horas no bairro Capão Grande, Várzea Grande – MT, fins de apurar uma denúncia de rinha clandestina e maus
tratos contra animais, informações esta passada pela Agência Local de Inteligência do BPMPA.

Ao chegar no local da denúncia, a guarnição policial deparou com aproximadamente 45 pessoas (apostadores e proprietários de galos), sendo que algumas pessoas tentaram evadir, mas foram contidas, com apoio da ROTAM e do CIOPAER.

Durante a fiscalização nesta propriedade particular foram averiguados: 03 (três) rinhas de galos, 34 (trinta e quatro) galos, sendo que esses estavam aparentemente lesionados, com características de maus tratos e estavam presos em gaiolas, e nos fundos foram observadors: esporas artificiais, “bicos de prata”, caderno com anotações de apostas, balança para pesagem e medicação.

Ainda no local foi feito busca veicular e pessoal, sendo que nos carros foram constatados: 02 (dois) galo no veículo (S10) proprietário Sr. T. M. O. e 01 (um) galo no veículo (montana) proprietário Sr. L.R.; e no decorrer da abordagem pessoal com Sr. O.D.V. “bicos de prata”, este afirmou que confecciona o referido apetrecho, com o Sr. G.C.S. estavam “bicos de prata”, esporas e medicação, assim, todos foram conduzidos para delegacia.

Segundo informações obtidas no local, o Sr. J.F.G. arrendou o sítio e o Sr. A.A.C promovia a rinha clandestina. Portanto foram conduzidos 45 (quarenta e cinco) pessoas, sendo dois menores de idade, em que foram tipificados por maus tratos contra os animais, ressalta-se que é crime, previsto na Lei de Crimes Ambientais (Lei Federal nº 9.605).

No caso de denúncias, sejam elas de maus tratos ou criação irregular de animais, ou ainda quaisquer ações que resulte em danos ao meio ambiente entre em contato com Polícia Militar do Estado de Mato Grosso (PMMT) – 190 e/ou Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA) – 065.999874024/ 065.36841633.

FONTE: 24horasnews

10/30/2017

Polícia fecha rinha de galo, resgata 60 animais e autua 21 pessoas

Gente infeliz estes caras que se intitulam "galistas".... Tinham mais é que passarem as férias com os primos do inferno!!!!
------------ 
A Polícia Militar Ambiental de Campo Grande fechou na tarde de ontem, rinha de galo que funcionava com apostadores e expectadores em uma chácara do Jardim do Veraneio. Foram resgatados 60 animais, muitos deles mutilados em razão dos acessórios pontiagudos utilizados durante as lutas. A polícia autuou 21 pessoas, entre elas, o homem identificado como Eurimar Gondim Souza, 41, dono da propriedade.

De acordo com o boletim de ocorrência, após denúncia anônima, os policiais foram até à chácara Vô Aldo. Quando a equipe chegou ao local, várias pessoas fugiram em direção a uma mata nas proximidades, entretanto, outras foram detidas. Eurimar se apresentou como responsável e confessou realizar eventos de rinha com certa frequência. Tudo era mantido com incentivo financeiro de apostadores.


Alguns animais estavam gravemente feridos. A PMA constatou que tais lesões eram provocadas graças ao uso de bicos de aço e esporas, materiais apreendidos juntamente com balanças de precisão, armações em aço, lonas para confecção de ringues, gaiolas e materiais hospitalares como como seringas, agulhas, analgésicos e anti-inflamatórios. Também foram resgatados 60 galos que eram mantidos em cativeiro para lutas.

A polícia tentou encaminhar os animais para o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), mas foram informados pela veterinária plantonista que não seria possível, já que a unidade não teria condições de abrigar a todos. Por este motivo, o proprietário da chácara foi mantido como fiel depositário. Estiveram no local ainda a perícia técnica da Polícia Civil e equipe da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro.


EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪