RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador retirada. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador retirada. Mostrar todas as postagens

7/21/2018

Entidades defendem retirada de animais do Parque 13 de Maio

Todo nosso apoio...... 
------------
Um ato pleiteando a saída dos bichos foi realizado no parque. Prefeitura do Recife busca regularização dos criadouros na CPRH

Entidades de defesa dos animais reivindicam a retirada dos bichos existentes no Parque 13 de Maio, situado

6/30/2018

RETIRADA: Ibama é acionado para analisar retirada de jacarés da Lagoa Maior

Quero ver o que o Ibama vai dizer sobre este caso.... affe!!!!
----------------
Atualmente existem 140 animais no espaço de lazer da população
A Lagoa Maior, um dos principais atrativos do município de Três Lagoas, registra na atualidade a existência de 140 jacarés vivendo no local. O alto número de animais motivou uma ação pública movida pelo Ministério Público Estadual, que solicita a retirada dos animais do local público.

Conforme informações do site JP News, entre as justificativas apontadas, está um levantamento da Secretaria do Meio Ambiente, identificando que existem três jacarés adultos com mais de dois metros de comprimento e nove de porte médio habitando na lagoa.

No entanto, a prefeitura municipal discorda e declarou que o local é o habitat dos repteis, sem contar que a retirada dos exemplares do local provocaria o desequilíbrio da cadeia alimentar e do meio ambiente. A preocupação da secretaria do meio ambiente também se deve pela quantidade de capivaras existentes na lagoa e que são presas naturais dos jacarés.

Diante do impasse, a juíza da Vara da  Fazenda e Registros Públicos de Três Lagoas, Aline Beatriz de Oliveira Lacerda, solicitou parecer do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), à respeito da retirada dos animais.

No ano passado, por medidas de segurança e cuidado com os animais, a Secretaria de Meio Ambiente retirou três jacarés grandes da espécie do papo-amarelo da Lagoa, e levou para uma área de reserva da Companhia Energética de São Paulo (Cesp), em Brasilândia.

FONTE: correiodoestado

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪