RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador proteção. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador proteção. Mostrar todas as postagens

1/24/2019

Grupo se organiza em proteção ao boto pescador em Laguna

Iniciativa valorosa....
-------------
A morte de 16 golfinhos da espécie Tursiops truncatus no ano passado, conhecidos na região de Laguna como boto pescador, acendeu o alerta também na sociedade civil. Um grupo de moradores, lideranças e pesquisadores da espécie estão mobilizados para discutir maneiras de proteger esses animais. O movimento Boto Vivo produziu um

12/09/2018

"Senti que precisava ajudar de alguma forma", diz estudante que protegeu cães de chuva

Gente filho do Deus Bom, é assim mesmo.... Engraçado é que as pessoas se assustam com a sensibilidade que nós temos com referência aos animais... sabe nada.....
------------
O POVO Online conversou com a jovem, que afirma esperar que atitude seja replicada tanto com animais quanto com pessoas vulneráveis

Bruna Farias, de 20 anos, que sensibilizou internautas ao proteger dois cães da chuva na Universidade de Fortaleza (Unifor), relata ter procurado abrigo para os animais no Abrigo São Lázaro e no Lar Tin Tin.

9/27/2018

A conversa entre abelhas e robôs que pode proteger o ambiente

Acho a tecnologia algo espetacular.... a mente humana é fabulosa.... pena que não são todos os povos que estimulam tal habilidade..... Quando penso nos países árabes e africanos sinto uma pena enorme....
---------------
Pode um robô aprender a comunicar com um animal? E pode um animal aprender a interagir com um robô?
Por mais improvável que possa parecer, é

9/16/2018

Nova realidade virtual retrata a vida aos olhos de bezerros nascidos e criados em fazendas de laticínio

Era bom usarmos por aqui este projeto, principalmente, nas escolas de segundo grau e universidades.....
------------------
O projeto, intitulado "Eu, Bezerro", usa imagens filmadas combinadas com animação por computador para contar a história verdadeira de "uma vaca mãe desesperada para proteger seu filhote"

Consumidores de laticínios em Saint Paul, no estado de Minnesota, foram recentemente desafiados a dar uma

8/15/2018

O jovem que inventou, aos 11 anos, sistema para proteger vacas de leões

Um rapaz deste tinha que receber todo apoio do governo pelo interesse em ajudar a resolver os problemas que até então tem sido resolvido  matando os pobre leões....
------------------
Sistema de iluminação movido a energia solar ajuda a manter felinos selvagens longe dos currais e tornou Richard Turere o mais jovem detentor de patente do Quênia.

8/07/2018

Projeto que protege papagaios Charão tem um excelente resultado

Nosso blog acompanha este casal que há algum tempo mostra um belo serviço. Confira AQUI. É um trabalho maravilhoso!!! Muito Axé para eles e para os lindos papagaios.....
------------------------
Dois biólogos gaúchos se alarmaram ao descobrir, quase 30 anos atrás, que revoadas com milhares de aves tinham desaparecido do RS.

1/09/2018

No Canadá, até os pinguins são protegidos do frio extremo

Pessoal dos EUA deviam aprender com esta turma do Canadá porque lá os bichos estão morrendo adoidado de frio....
-------
Animais foram realocados em recinto com temperatura limitada a - 25 graus Celsius

Naturais da Antártica, os pinguins rei certamente são adaptados ao frio, mas por precaução, cuidadores do Zoológico de Calgary, em Alberta, no Canadá, resolveram colocar a coleção de animais numa área protegida por causa das baixas temperaturas na região. Na véspera do Ano Novo, o frio alcançou - 30 graus Celsius, com sensação térmica abaixo de - 40 graus Celsius.

Segundo Malu Celli, curador do zoológico, entre as cinco espécies de pinguins mantidas pelo zoológico os pinguins rei são os que mais suportam o frio, mas como existe um filhote de apenas cinco meses no grupo, foi decidido limitar a temperatura mínima em - 25 graus Celsius.

Por isso, os dez exemplares foram retirados do habitat a céu aberto onde ficavam e transferidos para um recinto com calefação. Eles ainda podem ser vistos pelos bravos visitantes que conseguirem enfrentar o frio extremo que atinge o país.

Assim como os EUA, o Canadá, país mais ao norte das Américas, passa por uma semana de frio atípico até mesmo para o inverno. Ao meio-dia de segunda-feira, a temperatura mais baixa no país foi registrada em Eureka, no território de Nunavut, com - 40,5 graus Celsius. A mais alta, no mesmo horário, foi em Prince Rupert, na Colúmbia Britânica, com -7,5 graus Celsius.

Segundo a agência de previsão meteorológica do país, existe a “tendência de aquecimento gradual e temperaturas mais estáveis” para esta terça-feira. Entretanto, o órgão sugere que as pessoas saiam de casa com roupas para o frio, “que podem ser tiradas se sentir calor”.

FONTE: oglobo

11/01/2017

Leões, chimpanzés e tubarões ganham proteção adicional da ONU

Eu só queria ter a certeza que vai adiantar.... Agora, reparem qual o país que não quer participar do acordo.... só podia, né?
----------- 

Leões, chimpanzés, girafas, leopardos e uma ampla variedade de tubarões receberam proteção adicional em uma conferência de vida selvagem da ONU nas Filipinas, afirmaram os organizadores neste sábado (28).

Cerca de 34 espécies ameaçadas foram selecionadas para receber maiores esforços de proteção na convenção da Conservação de Espécies Migratórias (CMS, na sigla em inglês), que acabou neste sábado em Manila.

A proteção de espécies migratórias oferece dificuldades particulares, já que elas atravessam fronteiras, e podem eventualmente passar por países com sistemas de proteção à vida selvagem menos rigorosos, disse Bradnee Chambers, secretário-executivo do CMS. "Se as espécies estão se movendo entre todos esses países, todo mundo tem que participar", disse ele no fim da conferência, que durou a semana inteira.

Leões, leopardos e chimpanzés são os que mais precisam de esforços de conservação. O chimpanzé corre riscos particularmente elevados - dados indicam que sua população teve uma queda abrupta nos últimos anos, graças a perdas de habitat, segundo os organizadores.

A girafa, em declínio na África, com menos de 90 mil animais na natureza, também está na lista. Todos os quatro grandes mamíferos africanos foram aprovados por uma "maioria ampla" para receberem medidas de proteção adicionais, diz uma nota do CMS.

- Abutres e tubarões -
Animais menos populares também receberão a proteção adicional, inclusive dez espécies de abutres. Chambers disse que essas aves oferecem um serviço vital ao limpar as carcaças - prevenindo, assim, que doenças como antrax e raiva se espalhem.

Também aparece na lista o tubarão-baleia - o maior peixe do mundo. O anfitrião do evento fez uma forte campanha pelo animal, que se tornou uma importante atração turística filipina. Três outras espécies do bicho - squatina, tubarão-escuro e tubarão-azul - foram listadas, bem como três tipos de arraias, disseram os organizadores.

O grupo de caridade de ativistas Pew Charitable Trusts elogiou as ações do CMS, dizendo que foram cruciais para salvar os animais marinhos. "Em algumas regiões, as espécies recém-protegidas de tubarões tiveram declínios populacionais de 50%, ou mais", afirmou a especialista em conservação da Pew, KerriLynn Miller, em nota.

O urso Gobi, uma subespécie do urso-pardo que vive nas regiões selvagens compartilhadas entre Mongólia e China, também foi listado. Há apenas 45 espécimes dele na natureza, segundo os organizadores.

Um dos avanços do encontro foi a adoção de um "mecanismo de revisão de conformidade", para conferir se os países-membros respeitam as listas de proteção. O especialista de conservação da Pew, Max Bello, disse que mesmo que as listas do CMS não tenham sanções, muitos membros países ainda as cumprem.

"Funciona. Precisa de mais (autoridade), com certeza. Mas você pode usar ele. É uma ferramenta muito boa", disse à AFP. "Há um ou dois anos, estava ajudando alguns grupos no Peru, na costa sul do Pacífico, e usamos o CMS para convencer o governo do Peru a proteger as arraias gigantes que vêm do Equador todo ano", ele lembrou.

- China avança -
Mais de 120 países fazem parte do CMS, mas China e muitas nações asiáticas estão de fora. "Estamos tentando trabalhar para a China embarcar como membro da convenção. Estamos envolvendo eles, e eles realmente estão fazendo alguma coisa", disse Chambers à imprensa.

A China já tinha feito algum progresso, com a proibição de sopas de barbatanas de tubarão em banquetes oficiais e do marfim, a partir do fim de 2017, afirmou. "O que é preciso é envolvimento positivo com o país para ver como encontrar soluções, em vez de apenas bater no país e olhar para o lado negativo".

FONTE: EM

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪