RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador porquinho da índia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador porquinho da índia. Mostrar todas as postagens

3/27/2018

Força-tarefa resgata 180 animais em condições de maus-tratos em SP

Minha Nossa!!!! só queria ver o pagamento desta multa..... Normalmente, a justiça abranda tudo e, às vezes, até cancela.... Não estou mais acreditando em justiça faz tempo!!!!!
----------------- 
Responsável pelos bichos, que estavam em um comércio ilegal em Santos, no litoral paulista, foi multado em mais de meio milhão de reais.
 Ao menos 180 animais foram resgatados durante uma força-tarefa conduzida por fiscais das secretarias de Meio Ambiente e Finanças, Vigilância Sanitária e Guarda Municipal de Santos, no litoral de São Paulo, nesta segunda-feira (26). Equipes da Polícia Militar e Ambiental também participaram da ação, que aconteceu no bairro Vila Nova.

Segundo a prefeitura, os animais estavam dentro de gaiolas e foram achados em condições de maus-tratos em um comércio localizado na Rua 7 de Setembro. O estabelecimento estava com alvará indeferido pela administração, que o achou após uma denúncia anônima.

As equipes encontraram animais exóticos e domésticos. Entre as espécies, foram achados canários, coelhos, galinhas, porquinhos da Índia, aves e outras espécies vivas. Todos os animais estavam presos e ficavam expostos na frente e nos fundos do estabelecimento, aguardando a comercialização.

Com o flagrante, o comércio foi fechado e o proprietário encaminhado à Delegacia Sede da cidade, onde foi lavrado boletim de ocorrência por maus-tratos contra animais. Ele foi multado duas vezes, sendo uma por maus-tratos e outra por introdução de animais exóticos sem autorização. As duas totalizaram cerca de R$ 543 mil.

Os animais exóticos foram apreendidos pela Polícia Ambiental. Eles serão encaminhados ao Centro de Pesquisa e Triagem de Animais Selvagens (Ceptas), em Cubatão (SP). Os domésticos foram levados pela Coordenadoria de Defesa da Vida Animal (Codevida), que os colocar em refúgios particulares.

Fonte: G1 Santos

2/22/2018

'Crionças' fazem corrida de cobaias na Indonésia

Estas crianças capetas fazem corrida de cobaias (porquinho da Índia). Reparem que eles colocam sacos de plásticos e papel em tiras para fazer eles correrem de medo.....  Meu Deus, meu Deus, meu Deus, pra que nascem estas criaturas neste planeta Terra? pra judiar de bichos? pra não respeitarem a vida? Onde estás que não respondes?
-------------
Na cidade de Probolinggo, na costa norte de East Java, Indonésia, as crianças gostam de corridas de cobaias.

Eles liberam os roedores dois de cada vez num corredor estreito, cercado por fora para a corrida e para que os animais sigam em uma linha reta para a reta final.

Com crianças alinhando o "hipódromo" e gritando encorajamento aos seus favoritos, os roedores correm surpreendentemente rápido para a linha de chegada.

Depois de completar a corrida, a única recompensa de um concorrente parece ter é um carinho de seu orgulhoso proprietário. Apesar de seu nome comum, estes animais não são da família do porco e não vêm de Guiné em África. Originaram-se nos Andes da América do Sul e espalharam-se amplamente em todo o mundo desde a domesticação.


FONTE: liveleak

10/27/2017

Cerca de 700 cobaias resgatadas serão o dobro em pouco tempo - Califórnia - EUA

Caraca, gente!!!! se não conseguirem adoção para os 700 porquinhos da índia eles vão dobrar de indivíduos até o início do ano...... Eu não sabia que tinha tanta ONG dedicada a resgate de cobaias. Só que esta citada na matéria parece ter sido a única com condições para resgatar os bichinhos.
---------------
A ONG Los Angeles Guinea Pig Rescue está no meio de uma enorme operação de resgate de um grupo de pequenos porcos peludos que apelidaram de NorCal 700.

A organização sem fins lucrativos foi contatada por um grupo de controle de animais no norte da Califórnia para obter ajuda com uma situação de acúmulo, de acordo com um vídeo ao vivo publicado na página do Facebook do resgate. No vídeo, publicado na semana passada e visto mais de 627.000 vezes , o grupo estimou que havia várias centenas de cobaias no local.

O número real foi mais próximo de 700, de acordo com uma atualização na postagem.


Cuidar destes muitos animais podem custar mais de US$ 120.000 no ano que vem,  além de cuidados veterinários, remédios, alimentos e habitação para os porquinhos, cujos números continuam a crescer.

Separar os porcos para que eles não pudessem continuar a criar era o primeiro desafio. Os cobaias machos podem reproduzir-se às três semanas de idade; fêmeas às quatro semanas. As mães podem engravidar uma hora após o parto, disse Picks.

Muitas das fêmeas (o grupo estima em cerca de 80 por cento) já estavam grávidas e continuavam tendo bebês. Quinze bebês nasceram apenas um dia na semana passada, de acordo com uma publicação do grupo. A contagem final pode ser até 1.300 porcos no ano que vem.

Qualquer animal doente - como os 70 bebês com micose, mostrado em uma foto postada no Facebook pelo grupo de resgate - receberam cuidados médicos. "Começamos a dar banho com shampoo medicinal e conseguimos chegar a metade deles terminando amanhã. Será a primeira rodada de tratamento. Eles então precisarão de creme antifúngico duas vezes ao dia nas áreas afetadas ", diz o título na foto.


Até agora, mais de 400 dos porcos foram transferidos para o sul da Califórnia, onde estão sendo mantidos em um celeiro de cavalos, de acordo com um vídeo do grupo. O grupo aceita doações on- line, através de uma lista de angariações da Amazon e busca de subsídios para ajudar a pagar o resgate.


Agora vem o trabalho de encontrar as cobaias novas casas. Há um grupo de porcos que está pronto para adoção , em pares.  "As cobaias são animais extremamente sociais e apenas doaremos um único porco se você já tiver um porco existente na casa", disse o grupo.

Mas Pick disse a McClatchy que será difícil encontrar casas para até 1.300 porcos.

Há um número crescente de grupos de resgate de cobaias em todo o país, de acordo com o Los Angeles Times. Normalmente, os animais são "entregues por proprietários, arrancados de abrigos, pescados fora de latas de lixo ou simplesmente abandonados em lares e estaleiros quando os proprietários vão embora", disse Julia Hinrichs ao jornal. Hinrichs administra um grupo de resgate no Texas.

O grupo de controle de animais do norte da Califórnia recorreu a mais de uma dúzia de grupos de resgate para ajudar o dono dos porcos, que ficou sobrecarregado  com o grande número de animais. O Resgate dos porcos da Guiné de Los Angeles foi um dos dois grupos que respondeu e o único capaz de ajudar, de acordo com o oficial do controle de animais que trabalha no caso.

O grupo de controle de animais não queria ser especificamente identificado por nome e local, a fim de proteger o caso em curso, mas disse que nenhuma acusação criminal serpa feita ao proprietário  que está cooperando plena e voluntariamente com o resgate.

Tradução livre do Google para "O Grito do Bicho"

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪