RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador morrer. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador morrer. Mostrar todas as postagens

6/15/2019

Último desejo de idoso doente era encontrar lares para seus 27 cães

Ô meu Deus, é o medo que eu e muitas companheiras têm, ou seja, morrer e deixar os nossos bichos sem o devido amparo.....
-------------
Um grupo de resgate de animais abandonados criou uma página no Facebook para divulgar as fotos dos caninos.

6/12/2019

Cão que foi achado machucado dentro de saco de lixo morre em clínica de Goiânia

Pobre animal vítima da maldade humana...
-------------
Batizado de Fred, shih-tzu foi encontrado desnutrido, desidratado e quase sem pelos em uma rua de Aparecida de Goiânia. Campanha para pagar o tratamento do animal mobilizou a web.

O cachorro que foi encontrado machucado dentro de um saco de lixo morreu em

5/28/2019

Cadela morre após ter sido queimada com soda cáustica - SP

Isto está me cheirando vingança, não acham? gente capaz de fazer uma maldade desta é útil à este nosso Planeta?
------------------
São Manuel - Uma cadela da raça Lhasa Apso sofreu queimaduras por todo corpo e chegou a perder a visão após ser alvo de um ataque com soda cáustica no quintal da própria residência, no Jardim Ouro Verde, em São Manuel (69 quilômetros de Bauru). O fato ocorreu na tarde de quinta-feira (23) e, nessa sexta-feira (24), no fim da tarde, ela não resistiu aos graves ferimentos. O caso é investigado pela Polícia Civil.

5/27/2019

Morador de rua e seu cachorro morrem de frio e são encontrados abraçados

 ATUALIZAÇÃO:
Devido comentário de leitores, fui pesquisar a foto e encontrei a citação mais antiga em 2012 no site Taringa  https://www.taringa.net/+mascotas/si-ellos-los-que-nunca-te-abandonan_134mxz . Ou seja, de lá pra cá existem dezenas de matérias citando a mesma (com outras sobre o mesmo tema) e criando histórias a respeito. Sinto muito não ter pesquisado a veracidade do fato. Agradeço a quem nos enviou informações por e-mail e por comentários aqui no blog. 
=====================

1/25/2019

Cachorro 'mais fofo do mundo' morre aos 12 anos

Indiscutivelmente, o cão mais fofo do mundo...
----------
Boo tinha milhões de seguidores nas redes sociais. Segundo donos, ele teve problemas cardíacos no último ano.

Boo, o cachorro da raça Lulu da Pomerânia conhecido como o "Cachorro mais fofo do mundo", morreu na sexta-feira (18). Seus donos postaram a notícia nas redes sociais do animal, que tinha 16 milhões de seguidores no Facebook, e acreditam que a morte de seu irmão, Buddy, em 2017 tenha colaborado para os problemas de saúde de Boo.

"Pouco depois de Buddy morrer, Boo

1/10/2019

Orcas estão passando fome nos EUA

Estão acabando com os mares... com o equilíbrio natural das espécies..... o tal "serumano" está pondo fim a tudo que mantem o planeta vivo..... 
----------------
As orcas que vivem em Puget Sound, uma enseada do Oceano Pacífico localizada na costa noroeste dos EUA e pertencente ao estado de Washington, estão passando por graves problemas.
Uma foto tirada na véspera de Ano Novo de uma das orcas, conhecida

12/25/2018

Cachorro morre ao ser transportado em bagageiro de ônibus, na PB

Olha, a dona do animal devia saber que estes cães não suportam ser transportado desta forma. Agora, a empresa que teria obrigação de saber e aceitou transportar o cachorro, deve pagar tudo.
-------------------------- 
Empresa informou que permite o transporte de animais, desde que seja de concordância de todos os passageiros; Polícia Civil vai investigar o caso.
Um cachorro morreu na manhã deste domingo (23), após ser transportado durante uma viagem de 440 km entre a cidade de Sousa, no Sertão paraibano, e João Pessoa, no bagageiro de um ônibus de viagem da empresa Expresso Guanabara. Segundo informações da proprietária do animal, o motorista do veículo não permitiu

12/17/2018

Leitão que virou atração está com seus dias contados

Como alguém tem coragem de matar um animal que convive diariamente? tem que ser muito insensível, não? Nem sei o que dizer..... afinal, porco não é um cachorro que a gente enfia debaixo do braço e sai.... Para resgatar porco tem que ter espaço..... Pobrezinho..... Quantos não estão na mesma situação....
-------------
Um “leitão de estimação” virou atração na pequena Monte Mor, cidade da Região Metropolitana de Campinas com aproximadamente 55 mil habitantes. O animal, incomum de ser visto em áreas urbanas, chama a atenção de quem passa pelo bairro São Domingos. Ele fica a maior parte do tempo no terreno do

Cachorro morre em clínica após ataque de outro cão e dono deverá ser indenizado

Deixar nossos bichos nas mãos de outras pessoas tem que ser muito criteriosa....
------------
O estabelecimento terá que pagar uma indenização de R$ 4,6 mil ao dono do cachorro que morreu

A Justiça do Distrito Federal condenou uma clínica veterinária a pagar uma indenização de R$ 4,6 mil por danos morais e materiais ao dono de um

12/08/2018

Cão morre em voo do Rio para a Europa, e dona reclama: 'Negligência'

Pois é, antes de qualquer coisa vamos conferir o culpado. Os cães desta raça são rejeitados por companhias aéreas devido ao seu focinho ser achatado e não permitir uma livre respiração. Vamos questionar: a dona não sabia? a cia. aérea aceitou o translado porque? houve falha de ventilação? eles tomaram algum medicamento para amenizar o estresse do voo? Enfim, viu como temos que saber muita coisa antes de fechar conclusão?
----------------
Alice Aguiar postou texto no qual diz que companhia aérea não permitiu acesso ao corpo e que cremou restos mortais sem

12/07/2018

Boi entra no mar de Salvador para escapar de confinamento e morre afogado

Alguém duvida que ele se suicidou? ele queria morrer mesmo..... Eu acredito...
---------------
RIO - Itapoan tinha 3 anos quando saiu pela primeira vez de casa, no dia 24 de novembro, para nunca mais voltar. Entrou na carroceria escura de um caminhão com o irmão Ibicuí e outros cinco rumo à capital. Foram duas horas de viagem até Salvador, e só o percurso já havia sido

10/03/2018

Quatro anos após morte da dona, cãozinho permanece em cemitério de Mogi Guaçu - SP

Gente, eu me esparramo de tanto chorar quando vejo casos como este. Tomara que a criaturinha tão fiel se encontre com um novo amor..... Que a minha Santa dos Protegidos tome conta dele e o encaminhe....
------------------
Quatro anos já se passaram e Zé Rico, antes conhecido como Amarelo, permanece andando pelo cemitério de Mogi Guaçu (SP). O cãozinho era mais um

6/20/2018

PRISÃO: Homem chuta um cãozinho e o mata. Foi preso e condenado.

Fico impressionada, mas, muito impressionada mesmo com a coragem de certos "serumanos". A covardia contra um ser tão pequeno é de provocar um vômito só..... O que nos acalma um pouco é saber que na justiça americana as leis funcionam decentemente, ainda..... Triste demais!
----------------
Detenção cometida em chutes brutais em cão capturados em vídeo de vigilância
SAN FRANCISCO (Reuters) - Uma prisão foi feita por conta da brutal morte de um cachorro  que foi capturado em vídeo de vigilância no início deste mês, segundo funcionários do San Francisco Animal Care and Control.

Depois de identificar Nicholas Cornelius, 24 anos, como suspeito, policiais de São Francisco o prenderam no domingo. Cornelius supostamente chutou um pequeno cachorro, chamado Puppet, contra uma parede em um beco perto da 638 Market St. em 1º de junho, disseram autoridades do Animal Care and Control. 

Puppet, uma mistura de terrier masculino de três anos, sofreu uma fratura no crânio e morreu de seus ferimentos um dia depois de ser chutado. Depois de receber dicas sobre o suspeito e seu paradeiro, os policiais foram capazes de localizá-lo e prendê-lo. "Animais merecem nosso cuidado e compaixão", disse o procurador George Gascon em um comunicado. "Quando alguém tira proveito de sua vulnerabilidade, temos a responsabilidade de responsabilizar seus ofensores."

"Agradecemos à comunidade pelo apoio", disse Virginia Donahue, diretora executiva da Animal Care and Control, em comunicado. “A comunidade age como nossos olhos e ouvidos e, nesse caso, as informações fornecidas à nossa agência levaram um criminoso à prisão”.

Fonte: Mercurynews

4/09/2018

Leoa que desenvolveu juba naturalmente morre em zoológico nos EUA

É tão triste saber que um animal desta magnitude e beleza morreu. Pior, 18 anos em cativeiro num zoológico....
----------------
Bridget, de 18 anos, foi submetida a eutanásia no Oklahoma City Zoo. Aos 18 anos, leoa idosa parou de se alimentar e sentia dores; ela teve infecção grave ou insuficiência cardíaca, segundo veterinários.

A leoa Bridget, que tinha desenvolvido naturalmente uma juba, morreu no Oklahoma City Zoo, aos 18 anos. Segundo o zoológico, ela foi submetida a uma eutanásia na quarta-feira (4), depois que uma equipe de veterinários determinou que ela sofria de uma infecção grave ou insuficiência cardíaca.

Bridget era considerada uma leoa idosa, já que a expectativa de vida de leões em cativeiro é de cerca de 20 anos. Na natureza, eles vivem aproximadamente 15 anos. Segundo a Associated Press, o zoo informou que ultimamente ela estava letárgica, não se alimentava e aparentava sentir dores.

Bridget se tornou notícia em março, quando foram divulgadas imagens de sua juba, que cresceu entre março e novembro de 2017, e foi causada por uma produção elevada de androstenediona, um hormônio que pode contribuir para o desenvolvimento de características masculinas.

Na ocasião, ela parecia estar bem de saúde e os pelos extras não tinham influência em seu bem-estar, segundo os veterinários. A disfunção hormonal foi provavelmente provocada por um tumor benigno em uma glândula adrenal.

Bridget nasceu no próprio Oklahoma City Zoo em 1999 e teve filhotes em 2007. Ela vivia ao lado de uma irmã da mesma idade, Tia, e do leão macho Hubert, de seis anos.


FONTE: G1

3/21/2018

Negligência e irresponsabilidade levam Twelves, macaco de Latino, morrer atropelado

Estou lamentando profundamente que este cantor não tenha sido advertido, incluindo a retirada deste macaco das mãos dele. Ora, gente, venho mostrando aqui em nosso blog as diversas situações anti-naturais que o animal era colocado sem que nenhuma autoridade tomasse providências. Não importa se o macaco era legalizado, mas, ele era abusado descaradamente. Taí a prova de tudo que eu falei durante estes anos todos. Leia nosso dossier a respeito CLICANDO AQUI.
--------------
'Latino está muito triste, inconsolável e sem falar com ninguém', disse agente do cantor. Twelves, macaco de estimação de Latino, morreu nesta terça-feira (20) após ser atropelado, segundo o agente do cantor.

"Às 13h, ele fugiu da casa do Latino [no bairro da Barra da Tijuca, no Rio] e foi atropelado por um veículo. Provavelmente, ele será cremado. Latino está muito triste, inconsolável e sem falar com ninguém", disse ao G1 o agente do cantor, Fracismar Vaz.

Twelves tinha 5 anos e já havia desaparecido em julho do ano passado. O cantor criava o animal de estimação como um filho. O macado, da raça Prego, tinha 129 mil seguidores no Instagram.

Latino é o nome artístico de Roberto de Souza Rocha, cantor carioca que já gravou sucessos como "Festa no Apê", "Me Leva", "Renata Ingrata" e "Amigo Fura Olho".

Fonte: G1 e Extra
----------
Olha o que saiu nesta mídia NEM TE CONTO do IBahia e que eu concordo plenamente.
Latino posta foto polêmica depois da morte de Twelves; veja
Macaco morreu atropelado no condomínio do cantor nesta terça-feira (20)
Redação iBahia

O macaco de Latino, Twelves, morreu atropelado nesta terça-feira (20), no condomínio onde o cantor mora e ao se pronunciar sobre o ocorrido, ele gerou polêmica nas redes sociais por ter postado uma foto do animal morto dentro de um saco de lixo.  

Os seguidores do cantor criticaram o comportamento de Latino: "Poxa, latino, respeito seu sofrimento, mas é tanto desespero pra aparecer que o pobrezinho do macaco mal morreu e vc ja correu pra postar foto do corpo do macaco num saco de lixo. Larga esse celular, Saia das redes sociais, vá passar pelo luto e orar pelo macaco, para de querer aparecer a todo custo", escreveu a seguidora.

3/16/2018

Cachorro morre durante voo da United Airlines

Minha Santa do Barraco, se isto acontece comigo nem quero pensar!!!!! Esta comissária ia penar nos meus dedos.....
------------
Comissária tirou o animal de estimação da cabine de passageiros
Um cachorro morreu durante um voo da United depois que a comissária forçou que a dona o colocasse no compartimento de bagagem da cabine.

O bulldog francês, de nome Kokito, viajava dentro de uma caixa apropriada para transporte de animais sob o assento da dona, a menina Sophie Ceballos, de 11 anos. A garota estava acompanhada da mãe, Catelina Robledo, e de um irmão recém-nascido no voo United 1284, com três horas e meia de duração, entre Houston e Nova York, nos Estados Unidos, na segunda-feira, 12.

Sophie disse à BBC que a mãe avisou a comissária que era um cachorro, mas ela insistiu em dizer que deveria colocar a caixa no compartimento de cima. Ela contou ainda que ganhou o cachorro de aniversário e que o voo teve muita turbulência. Em entrevista, a mãe explicou que não podia levantar e ajudar com o cachorro, pois estava segurando um recém-nascido no colo durante a turbulência.

A passageira Maggie Gremminger, que estava no mesmo trajeto, escreveu em sua conta no Twitter que a mulher queria ficar com o cachorro por perto, pois ele estava dentro de uma bolsa específica para o transporte, sob o seu assento, mas a comissária insistiu em tirar o cachorrinho de lá.

“Ao final do voo, a mulher encontrou seu cachorro morto. Ela sentou-se no chão do corredor chorando e todos os passageiros ao redor ficaram atordoados”, escreveu Maggie em um dos posts. A passageira lamenta não ter conseguido ajudar e disse estar traumatizada, pois “animais de estimação são parte da família”.

A United se responsabilizou pela morte do cachorro. “Nós assumimos total responsabilidade por essa tragédia e expressamos nossas condolências à família e estamos comprometidos em apoiá-la”, diz o comunicado da companhia aérea. “Foi um acidente trágico que nunca deveria ter acontecido.”

A United permite que gatos, cães, coelhos e pássaros domésticos (exceto cacatuas) viajem acompanhados na cabine da aeronave na maioria dos voos dentro dos EUA em uma caixa de transporte de animais que sejam rígidas ou flexíveis. A caixa de transporte deve caber totalmente sob o assento à frente do cliente e deve permanecer lá durante todo o tempo.

No Brasil, o transporte de pets em aviões é autorizado pelas companhias aéreas. A Latam informa que é possível viajar com apenas um cachorro ou gato de cada vez em algumas aeronaves. O animal deve estar na caixa de transporte durante todo o voo e ela deve ser acomodada sob a poltrona do assento à frente, ou embaixo. Na Gol, cães e gatos com até 10 quilos podem viajar dentro da cabine. A Avianca limita a três animais por voo na cabine de passageiros, sendo um por caixa. Na Azul, também são três animais por voo e um por pessoa. O limite máximo de peso é de 5 kg.

FONTE: veja.abril

3/14/2018

Cão é adotado após ficar quatro meses na frente de hospital à espera de dono que morreu

Graças a Deus!!!! publicamos a história desta criaturinha tão querida no último dia 10. Comentei que faltava só uma atenção especial para ele. Tudo resolvido!!!! Luz e força para esta moça tão bonita e abençoada!
-----------
Cachorro recebeu nome de Campeão e irá para o lar de uma funcionária da Santa Casa de Novo Horizonte (SP).

A espera do cachorro, que ficou na frente da Santa Casa de Novo Horizonte (SP) durante quatro meses aguardando o dono que morreu, terminou com um final feliz nesta sexta-feira (9). O Campeão, como é chamado agora, foi adotado e ganhou um novo lar. Antes da adoção, o animal foi levado para uma clínica veterinária por Marco Antônio Rodrigues, que ficou sabendo da situação e decidiu resgatá-lo.

“Ele ficava na porta do hospital todo dia, mas o importante é que os funcionários do hospital deram apoio. Na maioria das vezes as pessoas expulsam o animal do local. Espero que agora ele possa ter uma vida feliz com esses novos donos”, afirma.

Na clínica, Campeão passou por tratamento, tomou banho e colocou as vacinas em dia. Quem arcou com as despesas foi uma mulher que também se sensibilizou com a fidelidade dele.

Em entrevista ao G1, a nova dona, Letícia Fátima Nawas Botoluci, de 30 anos, que trabalha no hospital, contou que escolheu o nome por considerar ele um vencedor. “Eu o acompanhei desde que chegou ao hospital. Acho que o nome Campeão representa o fim da história. Ele teve persistência de ficar na frente do hospital por todo esse tempo, e agora com final feliz, acho que é um campeão."

O cão não havia recebido um nome durante os quatro meses de vigilia na frente do hospital, mas ganhou carinho, água e comida das funcionárias. Uma delas era a própria Letícia.

"Como ele sempre ficava lá, nunca pensei em adotá-lo. Mas quando o levaram para o canil, para ser adotado, eu fiquei triste. Por sorte, ele acabou fugindo do canil e voltou para o hospital. Foi aí que fiquei mais emocionada com a história dele e, para não perdê-lo, resolvi adotar", afirma.

O cachorro permanecerá mais alguns dias na clínica veterinária, e deve ir para a casa da família da Letícia nos próximos dias. Na residência, ele terá a companhia de outro amigo: um cachorro que também mora no local.

A nova dona afirma que Campeão será muito bem tratado e que aquele olhar triste vendo o interior do hospital, com o tempo, será transformado. "A gente no hospital sempre o tratou muito bem, e ele é muito dócil. Com certeza terá bastante amor e carinho", finaliza.

FONTE: G1

3/10/2018

Cachorro espera há quatro meses na frente de hospital por dono que morreu

Gente, espero que a colega da ONG citada tome a frente e tente uma solução segura para o pobrezinho... Recolher e não dar a assistência necessária fica difícil do cão entender que não deve fugir....
----------
Melhor amigo do cão, um morador de rua, foi vítima de homicídio. Cão seguiu ambulância no dia do resgate até o hospital. Moradora de Novo Horizonte (SP) tentou dar um novo lar ao animal, mas ele fugiu e retornou ao local.

A história de fidelidade de um cachorro que espera há quatro meses pelo dono na frente da Santa Casa de Novo Horizonte (SP) tem impressionado funcionários e pacientes do hospital.

Principalmente porque o cão não irá reencontrar seu melhor amigo: um morador de rua vítima de homicídio em uma praça da cidade.

De acordo com o diretor financeiro da Santa Casa, Osvaldo Palota Sobrinho, o animal chegou ao local após o dono, de 59 anos, ser esfaqueado e socorrido. “O homem foi transportado na ambulância e o cão veio junto, correndo atrás do veículo. A vítima não resistiu e o cachorro continuou aqui”, disse Osvaldo ao G1.

O cão não tem nome, entretanto, ganhou carinho, água e ração dos funcionários da Santa Casa. Durante toda a espera, nunca tentou entrar no hospital. “Ele é extremamente manso, dócil e quieto”, diz Osvaldo. No entanto, o cachorro não fica apenas na entrada do hospital. Durante algumas horas do dia, ele sai para passear em busca de mais comida, porém sempre volta, segundo os funcionários.

O caso também comoveu a advogada Cristine Sardella, que esteve no local e usou as redes sociais para compartilhar o amor que o cão nutre pelo dono. Em entrevista ao G1, ela contou que o animal fica deitado em cima de um tapete bem na frente da recepção. "Ele fica olhando para dentro do hospital, dá impressão que espera o dono."

Após a postagem de Cristine, houve quem tentasse adotar o animal. A dona de um canil da cidade passou no local e o levou. Ele estava prestes a ganhar um novo lar, mas fugiu do canil e retornou ao hospital. “Inacreditável, mas ele percorreu uma distância de três quilômetros para voltar", conta Palota Sobrinho.

FONTE: G1

2/27/2018

Epítome da fidelidade, morreu Capitán, o cão que velou a sepultura de seu humano durante uma década

O ser humano devia sentir vergonha ao ver histórias como esta, né mesmo?
--------------
O fiel pastor alemão que se recusava a deixar o lado de seu dono durante mais de uma década, na cidade argentina de Villa Carlos Paz, província de Córdoba, faleceu no mesmo cemitério em que repousam os restos de seu humano, Miguel Guzmán.

O velho cão já estava velhinho, 16 anos, uma idade bem avançada para esta raça e já caminhava com dificuldade e tinha perdido parte da visão, mas sempre tinha uma "lambida amiga" para as pessoas que iam visitar seus entes queridos no cemitério.

- "Nunca vi uma coisa tão fiel", explicou Marta Clot, responsável pelo floricultura do local, ao lembrar de 'Capitão', que foi encontrado morto no banheiro do cemitério.


O cão foi o presente surpresa que Miguel deu a seu filho Damian em 2005. No entanto, em março do ano seguinte Miguel faleceu e o animal desapareceu de casa, ainda que regressava de vez em quando em busca de comida. Verônica, a esposa de Miguel, achou que ele havia se tornado um cão de rua, pois não havia muro que o mantivesse dentro do quintal.

Depois, desapareceu de forma definitiva e a família pensou que ele tinha morrido ou que fora adotado por outra pessoa, até que em um dia encontraram Capitão no cemitério, velando o túmulo de Miguel.


- "Eu estava preparando um arranjo de flores, quando o vi encolhido. Achei que estava fugindo dos foguetes, mas não. Buscava refúgio. E assim vinha e ia todos dias depois de cheirar a sepultura. Até que um dia ficou", contou a florista sobre a chegada do cão ao cemitério, em 2007.

Segundo contavam os moradores locais, Capitão perambulava pelo local e ao entardecer buscava o túmulo de seu humano para dormir.

- "Ele sempre dormia em cima dele, mas ultimamente quase não subia mais por suas deficiências, estava muito débil, tadinho! Ele só faltava falar, era um doce total", indicou Marta.


A intenção, agora, é que, como Capitão passou sua vida no cemitério, tenha ali também seu túmulo ao lado do seu humano para descansar seus restos, ainda que para isso as autoridades locais deverão conceder uma permissão.

FONTE: mdig

2/14/2018

Os ursos polares estão mesmo morrendo de fome

Gente, isto é para arrasar qualquer ser humano consciente do mal que nossa espécie está causando ao lindo planeta chamado Terra.... Deus meu, acaba com isto....
------------
As imagens extremamente tristes de ursos polares em pele e osso não são casos isolados, muito menos jogadas de marketing. Segundo um novo estudo americano, devido ao derretimento do gelo, é provável que mais ursos polares morram de fome em breve.

Um estudo publicado na sexta-feira na revista Science revela que os ursos polares precisam de comer 60% mais do que se pensava. A pesquisa contou com a colaboração de membros do Serviço Geológico dos Estados Unidos, da Universidade da Califórnia e da ONG de conservação San Diego Zoo Global.

Como predadores de alta energia, os ursos queimam cerca de 12.000 calorias por dia. No entanto, com a diminuição do gelo, estão a ter muitas dificuldades em encontrar comida – neste caso, focas.

É possível que tenha visto o último vídeo de um urso polar faminto a lutar pela sobrevivência, do grupo sem fins lucrativos Sea Legacy, publicado no início de dezembro. De há uns tempos para cá, as imagens têm aberto o debate sobre os impactos da mudança climática nesses animais.

My entire @Sea_Legacy team was pushing through their tears and emotions while documenting this dying polar bear. It’s a soul-crushing scene that still haunts me, but I know we need to share both the beautiful and the heartbreaking if we are going to break down the walls of apathy. This is what starvation looks like. The muscles atrophy. No energy. It’s a slow, painful death. When scientists say polar bears will be extinct in the next 100 years, I think of the global population of 25,000 bears dying in this manner. There is no band aid solution. There was no saving this individual bear. People think that we can put platforms in the ocean or we can feed the odd starving bear. The simple truth is this—if the Earth continues to warm, we will lose bears and entire polar ecosystems. This large male bear was not old, and he certainly died within hours or days of this moment. But there are solutions. We must reduce our carbon footprint, eat the right food, stop cutting down our forests, and begin putting the Earth—our home—first. Please join us at @sea_legacy as we search for and implement solutions for the oceans and the animals that rely on them—including us humans. Thank you your support in keeping my @sea_legacy team in the field. With @CristinaMittermeier #turningthetide with @Sea_Legacy #bethechange #nature #naturelovers This video is exclusively managed by Caters News. To license or use in a commercial player please contact info@catersnews.com or call +44 121 616 1100 / +1 646 380 1615”
Uma publicação compartilhada por Paul Nicklen (@paulnicklen) em

Os ursos polares dependem quase exclusivamente de uma dieta carregada de calorias de focas. Para minimizar o consumo de energia, os ursos caçam sentados e aguardam durante horas a passagem de uma foca, até que esta se aproxime da superfície para respirar.

Quando encontram uma, os ursos apoiam-se nas patas traseiras e atingem o animal na cabeça com as duas patas dianteiras, atordoando-o, para em seguida morder o pescoço e arrastá-lo para o gelo.

Este é o método mais bem-sucedido de caça, e é também uma das razões pela qual o derretimento do gelo ameaça a sua sobrevivência.

O estudo envolveu a captura de nove ursas, todas fêmeas, no Mar de Beaufort, no Alasca, em abril passado, quando geralmente há bastante focas para alimentação. Os ursos foram equipados com colares de GPS que continham câmaras. Amostras de sangue e urina também foram recolhidas. Cerca de 11 dias depois, as ursas foram recapturadas.

Uma delas tinha andado 250 quilómetros. Os dados mostraram que os animais ficaram ativos durante cerca de 35% do tempo e descansaram o restante, mas queimaram em média 12.325 calorias por dia. Isso significa cerca de 60% a mais do que estudos anteriores tinham estimado, e essas calorias vieram em grande parte das reservas que as ursas tinham no corpo.

Os vídeos revelaram que quatro das fêmeas não conseguiram apanhar uma única foca. As medidas mostraram que os animais perderam 10% ou mais da sua massa corporal. Uma ursa perdeu cerca de 20 quilos, incluindo músculo magro, em 10 dias. Esta mesma ursa saltou para o mar numa tentativa fracassada de apanhar uma foca a nadar, no que deve ter sido um ato desesperado.

O novo estudo mostra que os ursos polares são mais parecidos com os grandes felinos, como leões e tigres, do que pensávamos. Ou seja, são carnívoros predatórios com metabolismos de alta energia.

Como caçadores solitários, os ursos são mais como tigres, só que com o dobro do tamanho. No entanto, são vulneráveis na dependência quase total de uma única espécie de presa.

Os resultados indicam que a perda de gelo marinho pode ter um impacto maior nos ursos do que acreditávamos.

A mudança climática está a aquecer o Ártico mais rápido do que qualquer outro lugar. O gelo marinho está a diminuir 14% por década. Hoje, há quase dois milhões de quilómetros quadrados a menos de gelo do que a média de 1981 a 2010.

O gelo fragmenta-se mais cedo no final da primavera e forma-se mais tarde no outono, forçando os ursos a queimar grandes quantidades de energia ao caminhar ou nadar longas distâncias, ou a ficar mais tempo em terra, em jejum, vivendo da gordura das focas que tinham conseguido capturar anteriormente.

Em 2010, uma pesquisa realizada por Steven Amstrup, cientista-chefe da Polar Bears International, uma organização centrada na conservação desses animais, previu que o declínio continuado do gelo marinho reduziria a população mundial de ursos em dois terços, para menos de 10.000 até 2050.

As melhores estimativas dizem que há 20.000 a 30.000 ursos polares em 19 grupos diferentes ou populações espalhadas pelos EUA, Canadá, Gronelândia, Noruega e Rússia.

Quatro dessas populações estão em declínio, e cinco dessas populações são consideradas estáveis. Não há informações suficientes sobre as restantes. Os ursos na região do Mar de Beaufort estão entre os melhores estudados e os números caíram 40% nos últimos dez anos.

O que aprendemos com esta nova pesquisa é que ursos não são feitos para caminhar. Graças à dieta energética de focas, podem percorrer áreas grandes, mas perdem peso rapidamente. Isso não seria um problema se os animais conseguissem recuperar o peso rapidamente também – machos de 500 quilos podem consumir 100 quilos de foca em uma única refeição.

Contudo, quanto mais os ursos têm que viajar para chegar ao gelo e caçar, mais peso perdem. Eventualmente, começam a perder músculo, prejudicando as probabilidades de sucesso na caça – ou seja, um ciclo terrível que só piora.

Os ursos também estão a nadar muito mais devido à diminuição do gelo. Embora sejam capazes de nadar longas distâncias, queimam muita mais energia a fazer isso do que a caminhar. A necessidade de mais natação poderia levar a ursos menores, taxas de reprodução reduzidas e até aumento do risco de morte – algo já visto no oeste da baía de Hudson e no Mar de Beaufort.

Não há dúvida de que, à medida que o gelo marinho diminui, mais e mais ursos morrerão de fome. “Eu não sei se aquele pobre urso naquele vídeo estava a morrer de fome. Eu sei que a única solução para a sobrevivência a longo prazo do urso polar é lidar com a mudança climática”, afirma Amstrup.

FONTE: aeiou.pt

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪