RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador liberação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador liberação. Mostrar todas as postagens

11/05/2018

VAQUEJADA Liminar acaba com proibição de Vaquejada em Brasília

A vontade que eu tenho é de me rasgar toda!!!!!Vamos ter tanta dificuldade para combater esta explícita crueldade!!!!!!! Deus meu, estou em pânico por conta do próximo governo.....
-------------------
A conquista foi fruto do trabalho da Associação Brasileira de Vaquejada ao lado de órgãos governamentais
No Distrito Federal e região, promotores de eventos já podem requerer a chancela

9/14/2018

Proposta de liberar caça a baleias tem votação adiada em Florianópolis

O destino de nossas baleias está em perigo.... Sempre achei o Japão um país exemplar menos nesta questão de caça de baleias e a matança de golfinhos em Taiji. Daí, o saldo acaba ficando em negativo.... É muito triste ver um país que dá lições de civilidade estar querendo liberar a caça de baleias que, na época da proibição, nos arrastamos no asfalto para sangrarmos e protestar..... Quem for da antiga deve lembrar do

3/24/2018

Governo americano processado por troféus animais

Este presidente Trump e aquele coreano do norte ainda vão dar um jeito de acabar com o mundo. Assinem a PETIÇÃO contra esta desgraceira CLICANDO AQUI.
-------------
Administração de Trump deu passo atrás no início do mês.
Uma grande coligação de grupos conservacionistas processaram esta terça-feira o governo norte-americano por este ter voltado atrás e permitido em alguns casos a importação de troféus retirados das carcaças de grandes animais caçados em África.

O processo da aliança de grupos ecologistas defende que o órgão governamental responsável, o Serviço das Pescas e Vida Selvagem, não cumpriu os requisitos legislativos necessários quando, no início deste mês, revogou sem aviso uma série de restrições do tempo do governo de Obama e que interditavam a importação de troféus de animais africanos como, por exemplo, elefantes e leões.

O governo de Donald Trump – que a dada altura disse publicamente que a caça destes animais é uma “barbárie” – afirma que apenas obedeceu às ordens de um tribunal que ouviu um caso de grupos a favor da caça.

O futuro da importação de carcaças, chifres, caudas e outros supostos troféus animais para os Estados Unidos ainda está em aberto. Barack Obama proibiu por inteiro a entrada desses objetos no país. O governo de Donald Trump, por sua vez, e depois de várias reviravoltas, decidiu no início do mês permitir a entrada de algumas peças, julgando requerimentos caso a caso e para determinados países.

Na sexta-feira, o presidente do Botswana, Ian Khama, afirmou o passo atrás dado pelo governo americano significa que Trump “está a encorajar a caça furtiva” de elefantes no seu país, mesmo que, em teoria, os EUA só permitam a importação de troféus vindos do Zimbabué e Ruanda.

Em declarações à BBC, o presidente Khama, cujo país proibiu por completo a caça de elefantes, afirma que “não existe vontade política” fora do Botswana para defender o conservacionismo. 

FONTE: sapo.pt

3/13/2018

Importações de troféus de caça novamente permitidas nos EUA

O pessoal não gosta que eu fale, MAS VOU FALAR!!!!! Este mequetrefe do Trump é adepto da caça e a mesma voltou a rolar com empresas de turismo dando altos descontos para caçadas na África do Sul. E vou avisar: Bolsonaro já falou que vai liberar caça, apoiar rodeios e vaquejadas e até touradas porque considera um grande chamariz para turistas.... Tudo comprovado aqui em nosso blog. PRONTO FALEI!!!!! PROTETOR QUE VOTAR NESTE DESGRAÇADO NUNCA ME CONTE!!!!!!
--------------
Donald Trump autorizou que os caçadores americanos levem partes de animais mortos para o território, embora as permissões sejam concedidas caso a caso, contradizendo o que havia dito em novembro

Em 2014, Barack Obama proibiu a importação dos chamados troféus de caça, como as presas, orelhas ou as caudas de paquidermes (elefantes, rinocerontes ou hipopótamos) abatidos do Zimbabué e na Zâmbia – nessa altura o número de elefantes em África estava nos 415 mil, tendo caído mais de um terço em sete anos.

Em novembro passado, depois de publicada uma foto do filho mais velho de Trump com uma faca numa mão e a cauda de um elefante na outra, com uma carcaça do animal ao lado, o presidente dos EUA correu para o twitter: “Será muito difícil para mudar a minha opinião de que este programa de horror ajude de qualquer forma a conservação de elefantes ou de qualquer outro animal”. E a restrição manteve-se.

Até dia 1 de março. Altura em que o Serviço de Peixes e Vida Selvagem dos EUA (FWS), a agência federal responsável pela gestão e conservação da vida selvagem nos Estados Unidos, confirmou, através de um nota oficial, o levantamento da proibição de Obama, aumentando, aliás a lista de animais e de países. Assim, além dos paquidermes, também são permitidos troféus de leões e de um tipo de antílope trazidos do Zimbabué, Zâmbia, Namíbia, África do Sul, Tanzânia e Botswana. A agência referiu que nem todas as importações serão possíveis e que farão uma análise caso a caso para avaliar os “critérios de conservação de espécies”.

As associações de defesa dos direitos animais dos animais protestaram, mas o diretor do Safari Club International disse ao The New York Times justificou que “este é um passo na direção certa. Embora algumas pessoas não gostem de caça, no sul da África é muito positivo para a conservação da vida selvagem”.

Os grupos de defesa dos animais rejeitam este tipo de justificação e receiam que esta nova medida aumente as importações e as próprias caçadas. “A caça diminuiu em África. Muitos organizadores terminaram com as suas operações no Zimbabué e na Tanzânia porque não eram economicamente viáveis, segundo Masha Kalinina, especialista em comércio internacional da ONG Humane Society International ao jornal Le Monde. Com esta nova lei, diz, “arriscamos a que voltem ao ativo”.

FONTE: sapo.pt

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪