RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador fogo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador fogo. Mostrar todas as postagens

8/22/2019

Vídeo mostra o momento em que dono coloca fogo em cachorro em Limeira

O caso é de uma crueldade sem tamanho.... de uma covardia sem nenhuma explicação.... estas pessoas só podem ser filhos do "coisa ruim" pra ser capaz de cometer tal ato.... Pena o coitadinho morrer....
-------------------
A Polícia Civil localizou nesta segunda-feira (19) o dono do cão da raça pitbull que morreu após ser amarrado em um

12/11/2018

Mulher é levada para a delegacia depois de colocar fogo em cachorro, diz polícia

Ora, bolas....não era mais fácil enterrar? por que tacar fogo?
---------------------
À polícia, ela disse que incendiou o animal após ele ter sido atropelado. A Polícia Civil de Castro instaurou um inquérito para investigar se o cão estava vivo quando foi queimado.

Uma mulher foi levada à Delegacia de Castro, nos Campos Gerais do Paraná, depois de colocar fogo em um cachorro, de acordo com a Polícia Civil. A situação aconteceu na quarta-feira (5).

À polícia, ela disse que incendiou o animal após ele ter sido atropelado. A Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar o caso.

8/17/2018

Três crianças morrem devido a fogo posto por caçadores furtivos em Angola

Estou publicando esta matéria para avaliar o quanto estes psicopatas são capazes de fazer. Este caso é em Angola, mas, aqui no Brasil vemos, em vídeos, crianças presentes em caçadas "legais" (javalis) e ilegais (sem licença e outros animais). Portanto é lá e cá....
---------------
Polícia procura os caçadores que fugiram na província de Malanje

2/01/2018

Onze cães morrem carbonizados após rapaz atear fogo na casa da ex-namorada

Vítima cuidava de animais de rua e tinha mais de 40 na casa, em São Roque. Segundo PM, suspeito confessou que estava sob o efeito de drogas e não aceitava fim do relacionamento.

Onze cães morreram carbonizados na casa de uma mulher que acolhia animais de rua. Segundo a Polícia Militar, a casa foi destruída por um incêndio causado pelo ex-namorado dela, na tarde desta segunda-feira (29), na Estrada da Capela, no bairro Campininha, em São Roque (SP).

De acordo com o boletim de ocorrência, a dona da residência, de 30 anos, saiu de casa pela manhã para registrar ocorrência contra o suspeito, de 29, por ameaças que recebia. Enquanto ela estava na delegacia, o rapaz foi à casa dela e ateou fogo.

Segundo os bombeiros, as chamas destruíram o imóvel, que era de madeira. Conforme uma parente da vítima, havia 41 cães no local e 30 deles sobreviveram porque estavam em um canil fora da casa.

O caso foi registrado como incêndio criminoso e foi apresentado na delegacia de São Roque. O rapaz foi preso em flagrante e confessou à polícia que estava sob o efeito de drogas.

FONTE: G1

1/13/2018

Falcões australianos ateiam fogo à mata para caçar animais

Todos sabem que questiono à Ele porque fez a tal Lei de Sobrevivência que é super cruel tanto para o caçado quanto para o caçador.... Mas, o que queria falar mesmo é sobre a inteligência dos animais.... Nunca foram à escola e sabem viver como ninguém....
--------
Biólogos perceberam o que aborígenes sabiam há 40 mil anos: falcões australianos carregam galhos em chamas para incendiar o cerrado – e facilitar o almoço

O parque de diversões favorito dos fãs de Darwin sem dúvida é a Austrália. Cangurus têm carrinhos de bebê embutidos no abdômen, ornitorrincos caçam com um sexto sentido eletroquímico, e até os falcões – que supostamente eram meros falcões – aprenderam um truque cruel antes mesmo do Homo sapiens: atear fogo à mata. De propósito, que fique bem claro.

A descoberta foi publicada no fim de 2017, neste artigo científico. As três espécies de falcão envolvidas, caso você esteja interessado na ficha completa dos esquentadinhos, são o Milvus migrans, o Haliastur sphenurus e o Falco berigora. Já se sabe há algum tempo que esses caçadores ficam na espreita em incêndios florestais, capturando animais menores quando eles tentam escapar do fogo. O que ficou claro, agora, é que os incêndios, muitas vezes, são iniciados pelos próprios falcões – justamente com o intuito de transformar presas amedrontadas em almoço.

O hábito de defumar as vítimas, vale a ressalva, só é novidade para a ciência ocidental: os nativos australianos já sabiam da prática há muito tempo, mas os relatos não alcançavam biólogos. “Eu já vi um falcão pegar um galho incandescente com as garras e soltá-lo sobre uma superfície de grama seca a meia milha de distância”, afirmou o médico aborígene Waipuldanya em sua autobiografia, de 1962. O relato está no LiveScience. “Depois, eles esperam com seus pares pela fuga desesperada de roedores e répteis chamuscados”, completa.

“Nós não descobrimos nada”, afirmou Mark Bonta, um dos autores, à National Geographic. “A maior parte das informações que usamos foram colhidas em colaboração com os aborígenes. Eles provavelmente sabem disso há mais de 40 mil anos.” Segundo a revista, especialistas em pássaros australianos estão impressionados com a informação de que os incêndios são intencionais, e os pesquisadores, em parceria com bombeiros locais, estão tentando registrar o comportamento dos caçadores com fotos e vídeos.

25% do território australiano é composto de savanas, ambientes propícios à propagação do fogo. Segundo este artigo científico, no mundo todo, 75% das áreas cobertas por savanas tropicais (como o cerrado brasileiro) queimam todos os anos, seja por ação do homem, seja por motivos naturais. Os incêndios, em muitos casos, são parte do equilíbrio ecológico desses ecossistemas – e sua manipulação por pássaros caçadores reforça essa visão.

FONTE: super.abril

11/10/2017

Foto de elefantes fugindo em chamas ganha prêmio de fotografia

Volta e meia aparecem comentários sobre a maravilha que a Índia é para com os animais.... Grande ilusão!!!!! Invadem as áreas dos animais e ainda fazem isto com eles..... Nojo!!!!
-----------

Registro foi feito em região da Índia com muitos conflitos entre pessoas e animais

RIO - A imagem triste de dois elefantes no Leste da Índia fugindo de uma multidão de pessoas que atearam fogo nos animais venceu o prêmio principal da competição de fotografias sobre meio ambiente da revista "Sanctuary".

Mais do que chamar atenção para um ato de crueldade isolado no sudeste asiático, o registro expõe um "tipo de humilhação que é rotina" na região, segundo a Fundação Sanctuary Asia, que anunciou a entrega do prêmio para a imagem clicada pelo fotógrafo Biplab Hazra.


A cena foi registrada no distrito de Bankura, em Bengala Ocidental, onde conflitos entre humanos e elefantes ocorrem com frequência. Não por menos, a imagem foi batizada de "Hell hole" (buraco do inferno). Muitas pessoas já foram mortas em decorrência de encontros com esses animais.

Não se sabe com clareza o que aconteceu com os elefantes na foto. Mas o registro mostra os animais fugindo depois de a multidão atirar sobre eles objetos pesados e bombas de fabricação caseira.

Fonte: O Globo

10/30/2017

Homens queimam um cachorro vivo. Cuba precisa urgente de lei de proteção aos animais!

As imagens são violentas e mostram um fato ocorrido em maio deste ano. Estou publicando porque precisamos ajudar aos companheiros ativistas de Cuba a implantarem uma lei de proteção aos animais em Cuba. Alem de ASSINAR A PETIÇÃO, vamos escrever para a Embaixada e Consulado de Cuba aqui no Brasil, cobrando punição contra crimes hediondos como estes. Vejam ao final os endereços:
---------------
O jornalista Manzanillo Giordan Rodríguez Milanés compartilhou em seu perfil do Facebook um vídeo incomum e muito doloroso, no qual um grupo de jovens queimam um cachorro vivo depois de arrastá-lo dentro de uma caixa. Com uma crueldade incrível, eles pulverizam o animal líquido inflamável e então pedem fósforos. O cão escapa envolto em chamas.


Rodríguez Milanés compartilhou essas imagens ásperas com um comentário no qual ele mostra sua rejeição total de tal ato de crueldade e menciona que ocorreu na "Calle Ancha". Tenha em mente que essas imagens horríveis não são um acidente, é um ato consciente e filmado com grande detalhe e até mesmo o cineasta não hesita em mostrar na câmera, como se fosse uma façanha. E o pior, como é costume, a impassibilidade de várias testemunhas: ninguém diz nada, ninguém se manifesta contra, ninguém tenta evitá-lo. Todos parecem apoiar tal brutalidade. 


A questão é, o que pode ser feito? Que lei atende os animais em Cuba ? A resposta é simples: nenhuma lei apoia animais na Ilha. Durante anos, ouvimos falar de um projeto de lei para regular o problema, mas a verdade é que Cuba é um país onde animais de estimação e animais, em geral, ainda não possuem proteção legal.

No meio de tantas leis (algumas inúteis), como é possível que em Cuba ainda não haja uma lei que puna, com o rigor que merecem, as pessoas que maltratam os animais. À espera de uma lei, e além de questões legais, responsabilidade ética e cívica, alguém se pergunta se os sentimentos de alguns foram.

Nota: A dureza dessas imagens deve ser usada pelas autoridades cubanas para participar uma vez e condenar legalmente aqueles que cometeram atos semelhantes. Desde janeiro de 2015, um grupo de ativistas nacionais iniciou uma campanha na plataforma de petições Avaaz.org, com o objetivo de pedir à Assembléia Nacional do Poder Popular que promulgue uma Lei de Proteção Animal sobre Cuba em Cuba. anos depois, existem apenas 628 assinaturas. 

Fonte: cibercuba
===========

Mandem o link da nossa postagem pedindo providências contra este crime que atinge  e revolta a todas as pessoas não só de Cuba como as de todo mundo. Ao escreverem, mandem cópia para nosso e-mail falabicho@falabicho.org.br para que possamos medir a cobrança que fizermos aos representantes de Cuba no Brasil.

- Embaixada de Cuba em Brasília

- Consulado-Geral de Cuba em São Paulo

- Consulado de Cuba em Salvador

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪