RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador fidelidade. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador fidelidade. Mostrar todas as postagens

11/17/2018

Cão faz vigília em favela onde a dona de 44 anos foi achada morta

Segundo a matéria, o cão deverá ficar com a família.... será?
----------------
'Violão' era amigo inseparável da catadora de recicláveis Adriana Batista na zona Leste de Ribeirão; família diz que mulher tinha tuberculose e Polícia Civil apura causa

Um cão vira-lata permaneceu com olhar triste durante a manhã desta quinta-feira (8) na entrada de um corredor com acesso à moradia onde a sua dona foi

10/03/2018

Quatro anos após morte da dona, cãozinho permanece em cemitério de Mogi Guaçu - SP

Gente, eu me esparramo de tanto chorar quando vejo casos como este. Tomara que a criaturinha tão fiel se encontre com um novo amor..... Que a minha Santa dos Protegidos tome conta dele e o encaminhe....
------------------
Quatro anos já se passaram e Zé Rico, antes conhecido como Amarelo, permanece andando pelo cemitério de Mogi Guaçu (SP). O cãozinho era mais um

6/18/2018

MOMENTO DE DEVOÇÃO: a história do pastor alemão de Togliatti - Rússia

A história deste cão é emocionante. Aconteceu na Rússia e numa cidade conhecida, até então, por sua industria de automóveis. Cortei um pedaço do vídeo porque mostrava muito sobre carros. Agora, vocês sabem que adoro pesquisar e achei coisas lindas sobre as histórias de cães que viraram estátuas, em especial na Russia. Sobre este cão encontrei mais duas matérias....vejam ao final....
----------------------
Monumento da devoção: a história do pastor alemão de Togliatti
Este pastor alemão tornou-se membro de uma jovem família da cidade de Togliatti enquanto ainda era um cachorrinho pequeno. O cão cresceu e ficou mais forte a cada dia com seus donos. Ele era um verdadeiro amigo.

Aquele dia seria um dia quente de verão, se não fosse por uma terrível catástrofe. Na saída para a estrada de contorno da cidade, o casal em seu carro colidiu com outro carro. É claro que no carro doméstico não havia airbags, então o cara e a garota foram mortos. Mas seu cão favorito sobreviveu milagrosamente.

Quando o cachorro acordou, ele não saiu da cena do acidente e permaneceu obedientemente esperando por seus mestres. Um dia, uma semana, um mês se passou, mas o fiel cão não queria sair.

As pessoas da cidade começaram a prestar mais e mais atenção a um cão que estava sentado à beira da estrada em qualquer clima durante um ano - fosse chuvarada, neve ou geada. Alguns tentaram levá-lo para casa ou dar a um abrigo, mas o amigo de quatro patas sempre voltava para o seu lugar. Saltava e latia para toda de cor carros cereja, porque lá dentro achava que eram seus mestres.

Percebendo que para levar o cachorro era inútil, os habitantes de Togliatti começaram a alimentá-lo. O Pastor passou a fazer parte de suas almas  e eles o tratavam com muito amor e carinho. Até mesmo o nome foi dado - Constantino, que do grego significa "verdadeiro". Após 7 anos, todos os habitantes da cidade o conheciam.

Em 2002, os habitantes de Togliatti soaram o alarme: Constantine desapareceu. Mais tarde, o cadáver do cão foi encontrado nas profundezas da floresta. Apareceram rumores de que o pobre cão foi atropelado por um caminhão e o motorista, percebendo quem matou, tirou o corpo da pista.

Só depois de um tempo eles estabeleceram: o cachorro lendário não foi morto. Aparentemente, tendo percebido a aproximação da morte, o próprio animal foi para a floresta e lá ele já faleceu.

Sem pastor alemão, a cidade estava vazia, ele perdeu seu símbolo principal. Portanto, as pessoas da cidade decidiram arrecadar dinheiro e em 2003 instalaram um monumento a Constantin. Mesmo depois de sua morte, ele continua a esperar por sua amada família, lembrando-nos tudo sobre as principais coisas nesta vida - sobre o amor sincero e devoção.

Fonte: Flytothesky

=============
1- Neste link  Sobaki.guru  vocês encontram histórias incríveis sobre outros cães.... Coloquem no tradutor do Google e aproveitem...... São histórias lindas..... 

1 - Um cão fiel de Togliatti




6/01/2018

FIDELIDADE: Cão vela companheiro morto por 16 horas em rodovia

O que revolta qualquer um é saber que levaram o cão morto e deixaram o outro lá sem rumo na vida..... Eita, que as pessoas precisam aprender muito o sentimento dos animais..... Que os anjos tenham feito ele encontrar o rumo de casa.....
---------------- 
Cão vela companheiro morto por 16 horas em rodovia da Grande Curitiba
O “melhor amigo do homem” segue dando exemplos de que muitas vezes é mais “humano” – nem sei se é a vontade deles – que muito de seus donos ou tutores. Na manhã desta quarta-feira (30), uma cena curiosa chamou a atenção do policial militar Danilo Strugala, quando ele seguia para o trabalho. Por volta das 6h30 um cachorro preto, sem raça definida (o nosso bom e velho vira-latas) velava fielmente um outro cachorro, de pelagem clara, que havia sido atropelado.

Não se sabe as circunstâncias e nem o horário do acidente, mas a lealdade com que um animal demonstrou ao outro chamou a atenção. Esse é um comportamento típico dos cachorros, mas quando a cena está diante dos nossos olhos a força do gesto chama mais atenção.

O corpo do cachorro estava na pista de rolagem, sentido Araucária/Contenda, próximo à ponte sobre o Rio Iguaçu. “Estava indo pro serviço e encontrei os dois ali, um do lado do outro. Uma hora depois retornei e estavam no mesmo lugar. Tirei foto e postei no Facebook. Um colega comentou que eles estavam ali desde as 20h de terça-feira”, comentou o PM

Preocupados com a segurança do outro bichinho, Danilo puxou o animal morto para o acostamento e o fiel companheiro seguiu no local. Segundo informações do próprio PM, a concessionária que administra o trecho foi acionada e apenas as 12h30 o cachorro foi retirado do local. O outro animal, amigo saudoso, ainda ficou no local.

Fonte: TribunaPR

1/08/2018

Uma cadela fiel se recusa a deixar o túmulo de sua ex-dona

Publicamos hoje dois casos sobre a fidelidade canina.... emocionante mesmo....
------------
Um cão fiel se recusa a deixar o túmulo da sua dona recentemente falecida no estado de Nova York. 

Em um vídeo realmente emocionante filmado na cidade de Amsterdã em 15 de novembro de 2017, Deta, a cadela, se nega deixar o tumulo de sua ex-dona de 86 anos de quem era "uma companheira constante" e que havia morrido apenas alguns meses antes. 

"Venha Deta, vamos," encoraja os novos proprietários da cadela, a filha  e seu marido. Em um ponto Deta se levanta do túmulo, mas ela para e retorna. "Deta você tem que deixar o cemitério, venha!" diz o marido de Theresa. 


Theresa é reduzida a lágrimas quando Deta retorna para sentar ao lado do túmulo. "Oh meu Deus. Ah, está me fazendo chorar. Deta! Deta! Deta!" ela diz.


Theresa mais tarde escreveu on-line: "Deta pertenceu a minha mãe por cinco anos e herdei Deta na morte de minhas mãe. Minha mãe tinha 86 anos quando morreu e raramente saia de casa. Deta era uma companhia constante dela."

Fonte: Leve Leak

Cães correm atrás de ambulância em que dono é socorrido

Realmente, se existe fidelidade na vida é dos cães por seus donos.... Casos como este só confere tal verdade....
-------
Animais foram até a unidade de saúde, entraram na enfermaria e um deles chegou a subir na maca onde o dono estava...

A cena de dois cães que acompanharam dono até a unidade de atendimento em pronto-socorro de Campo Grande (MS) comoveu internautas na manhã desta terça-feira (2). Os dois animais entraram na enfermaria, onde o dono estava internado, e um deles até chegou a subir na maca para dar assistência mais de perto do amigo.

O homem estava há poucos metros da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Vila Almeida e começou a passar mal. Após ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), os dois animais correram atrás da ambulância e acompanharam o dono até a unidade de atendimento, onde precisou ficar internado.

Seus amigos fiéis não o abandonaram e ficaram ao lado do homem o tempo todo. O paciente já teve alta e todos foram liberados para voltarem para casa.

FONTE: cgn.inf

12/11/2017

Cachorro emociona ao ficar do lado de cadela atropelada em Palmas

Humanos não entendem que animais também tem sentimentos... ignoram por comodidade.... por especismo mesmo.... Por isso que nestas ocasiões, ficam "emocionados"....
--------
A fidelidade entre a cadela Bebel e o cachorro Bob chamou a atenção e emocionou quem passava pela avenida Palmas Brasil, na tarde deste domingo (3). Ela foi atropelada por um carro e morreu no canteiro central. O curioso é que o Bob, irmão da cadela, não saiu de perto dela e também não deixava as pessoas se aproximarem. (Veja o vídeo)


Um vídeo gravado pela gerente comercial Nice Regina Santos mostra o momento. Ela chama o cachorro, mas ele não desgruda da companheira. "O que mais me emocionou foi ele não abandoná-la, proteger e não querer sair de perto", relatou ela.

Nice conta que ficou por cerca de 10 minutos na avenida e nesse período, o cachorro não deixou as pessoas se aproximarem.

Os donos da Bebel souberam do atropelamento por meio do vídeo que foi publicado nas redes sociais. "O atropelamento aconteceu à tarde, quando foi às 22h30, eu estava nas redes sociais e vi o vídeo. Já vi que eram eles. Eu entrei em desespero, peguei o carro e fui buscá-la para fazer o enterro", disse emocionada a estudante Ana Paula Rodrigues. Neste momento, Bob já tinha voltado para casa.

Ana Paula relatou que os dois cachorros fugiram no momento em que o ex-marido dela foi tirar o carro da garagem. "Nós sempre prendíamos eles no fundo da casa, quando íamos tirar o carro. Mas eu tinha tirado a coleira dela porque estava apertada. Foi aí que eles fugiram. Na hora pensei que eles iriam voltar logo porque já tinha acontecido isso antes", relatou.

A estudante contou que Bebel estava há 10 anos com a família. Ela e o Bob eram muito companheiros, segundo a dona. "Tudo o que ele fazia era com ela. Depois da morte da Bebel, ele ficou triste, fica uivando à noite chamando ela. Durante o dia, fica só deitado na cadeira. A família também sentiu muito. Na minha casa eu nunca estava sozinha, porque onde eu ia, a Bebel me acompanhava", lamentou.

Fonte: G1 Tocantins

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪