RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador extermínio. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador extermínio. Mostrar todas as postagens

2/01/2019

Austrália vai exterminar cangurus que vivem em seu habitat natural para construir casas

Sinceramente, a Austrália assume de vez o papel de ser um país cruel com os animais. Fazem uma matança constante de animais em "excesso" ou exóticos, mandam animais vivos em navios, etc.... Agora, incluímos mais um absurdo. Vão matar dezenas de cangurus para construir casas no habitat natural deles.... Ou seja, aquele local é deles.... Desculpem os amigos, mas, vou para Plutão sim....
----------------
Uma comunidade de Perth se uniu para

1/19/2019

LEITURA OBRIGATÓRIA: Morreremos com as abelhas

As abelhas estão sendo dizimadas por agrotóxicos, mas é ele que mantém o PIB do Brasil – diz a propaganda na TV.
O artigo é de Nilton Kasctin dos Santos, professor e promotor de Justiça de Catuípe, RS, publicado por Brasil de Fato, 09-01-2019.

A tragédia do extermínio de abelhas por agrotóxico em São José das Missões (RS)

1/08/2018

Quase 20 mil texugos são mortos por programa de extermínio do Reino Unido

Lamentavelmente, os animais é que levam a pior em se tratando de soluções apresentadas por humanos...... mataram os bichos sem nenhuma comprovação..... eita nojeira!!!!!
---------
Um total de 19.274 animais foi morto neste outono, apontam as estatísticas do governo. Isto representa um grande aumento em relação ao número de mortes do ano anterior quando 10.886 texugos foram assassinados.

O maior número de mortes ocorreu em Dorset, que teve 4004 animais assassinados na natureza ou confinados em gaiolas e baleados em até seis semanas.

Os animais faleceram em 21 zonas em Dorset, Cornwall, Devon, Gloucs, Herefordshire, Cheshire, Somerset e Wilts, em uma tentativa de combater a tuberculose em bois e vacas.

Os especialistas culpam os texugos por propagar a doença nas áreas rurais. Porém, nenhuma das vítimas foi testada por meio de um exame pós-mortem para saber se estavam infectadas.

De acordo com o Mirror, os dados anuais estão em um relatório de quatro páginas do Departamento de Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais.

“Os níveis de precisão de tiro controlado alcançados nas operações deste ano foram similares aos dos quatro anos anteriores”, disse equivocadamente o documento.

As licenças para matar os animais foram fornecidas em Setembro deste ano. Os atiradores reportaram a morte de pelo menos 21797 texugos em sete condados ingleses. Eles foram autorizados a matar até 33437 animais.

Porém, o relatório diz que os números mínimos foram revisados posteriormente e que 15.812 deve ser os “menores números necessários de mortes para que o programa seja efetivo”.

A matança foi iniciada em 2013 e ocorreu de noite porque os animais são noturnos.

FONTE: anda

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪