RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador escola. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador escola. Mostrar todas as postagens

6/12/2019

Canguru foge de escola primária no interior dos Estados Unidos

Ele já foi visto em outros lugares, portanto não virou sopa, como diz a matéria.
------------
GULFPORT, MISSISSIPPI - Gulfport, no Mississipi, fica a mais de 12 mil quilômetros de distância da Austrália, mas os seus moradores estão se sentindo como se lá estivessem, depois que um canguru fugiu de uma escola primária.

6/11/2019

O Caramelo passa muito bem na Escola Municipal Thiago Wurth

Cãozinho jogado do 2º piso da instituição por dois estudantes se recupera e recebe carinho.

Bom, já tá na boca do povo. Dois adolescentes, alunos da Escola Municipal Professor Thiago Wurth, chutaram um cãozinho até ele cair do 2º piso da instituição na tarde de quarta-feira (05). Todo mundo já sabe também que o assunto virou caso de polícia e os dois menores tiveram que dar muita explicação na Delegacia de Polícia. Agora, bom saber que tudo não passou de um

6/09/2019

Adolescentes são apreendidos após agredirem e jogarem cachorro de prédio de escola em Canoas

Engraçado é que há uma proteção revoltante da polícia e imprensa destes dois prováveis futuros meliantes.... Pela idade sabiam muito bem o que estavam fazendo..... ainda ameaçaram os colegas e professores... 
-----------------
A violência contra o mascote de uma instituição de ensino localizada no bairro

3/18/2019

Jaguatirica é flagrada “descansando” dentro de sala de aula em escola pública

Agora, estas crianças precisavam ficar naquela gritaria toda? até eu tinha pego uma delas.... que horror..... a pobrezinha teve a maior paciência....
------------------
Uma jaguatirica foi flagrada “descansando” em uma sala de aula, na Escola Municipal Marechal Rondon, do núcleo Sapicuá, em Cáceres (219 Km de Cuiabá), na manhã de quarta-feira (13).

2/18/2019

Desaparecimento de 'gato estudante' mobiliza até cão farejador em SP

Ô, minha Santa dos Desaparecidos, acha o gatinho......
-----------------
Alunos e funcionários da Fatec Rubens Lara em Santos, no litoral de São Paulo, têm perdido o sono após o sumiço de Branco, o gato mascote que ficou famoso por frequentar as aulas de todos os cursos da unidade. A última vez que ele foi visto foi há uma semana e até um cão

4/23/2018

Cães ajudam na educação de crianças dentro de salas de aula em Olinda - PE

Gente, já vi trabalhos excelentes com animais. Tem gente que acha que isto é exploração animal. Pensando bem, é. Mas, penso que a promoção do animal na sociedade provando que ele é infinitamente superior à espécie humana, vale a pena. Afinal, sabemos que tem animais e animais dispostos a provar isto, né mesmo?
----------------
Os cães receberam treinamento de seis meses para aprender a ajudar as pessoas. Primeiro, como cães doutores, visitando e alegrando pacientes em hospitais. Depois, revelaram potencial para se tornar professores.

Fonte: Bom dia Brasil

2/23/2018

Jovem que matou 17 estudantes na Flórida era obcecado por caça e fotos de animais mortos

Quando chamamos atenção para estas crianças que praticam maus-tratos e crueldade contra animais é por causa disto. Olha este maluco que usava e abusava dos animais para vazar sua psicopatia....
------------
Sinal de sociopatia e crueldade.
Segundo reportagem do jornal britânico Daily Mail, o jovem norte-americano Nikolas Cruz, que matou 17 estudantes na última quarta-feira (14), era também aficionado por armas, caça e fotos de animais mortos (veja aqui, em inglês). Essas características do matador foram enfatizadas também pelos jornais New York Times (veja aqui, em inglês), dos Estados Unidos, e pelo Metro (veja aqui, em inglês), da Inglaterra.

Não é novidade que assassinos de humanos tenham histórico de maus-tratos aos animais, mas no caso de Nikolas, de apenas 19 anos, a relação fica ainda mais evidente. “Ele era louco porque ele gostava de matar pequenas coisas, como pequenos animais – sapos e outros animais assim, ele tinha uma mente doentia.” – disse uma das estudantes sobreviventes do ataque.

Nikolas comprou a arma usada no crime, um rifle AR-15, legalmente, como qualquer cidadão norte-americano pode fazer. Além do rifle, o jovem tinha diversas facas de combate e armas de fogo menores como pistolas e revólveres. O atirador foi descrito por todos que o conheciam como uma pessoa quieta e isolada. Era fundador de um grupo racista e há imagens dele com um boné de apoio à candidatura de Donald Trump enquanto praticava tiro.

Sua conta no Instagram, que não está mais disponível, era repleta de fotos de armas, mensagens de ódio e fotos de animais que ele mesmo havia matado. Os policiais que analisaram a vida digital de Nikolas classificaram o conteúdo como perturbador.

Além de gostar de matar animais, sinal claro de sociopatia e tendência ao crime contra humanos, Nikolas dava outros sinais ainda mais claros de que faria algo terrível. Em um comentário no YouTube, ele chegou a escrever que literalmente queria se tornar “um atirador escolar profissional”.

O autor do massacre foi preso cerca de uma hora depois em um bairro vizinho. Ele conseguiu escapar da cena do crime se misturando aos alunos que corriam desesperados após os disparos.

FONTE: vista-se

11/14/2017

Cadela que ajuda a tranquilizar alunos para o Enem é eleita mascote de escola no PI

Acho muito simpático estas matérias que prestigiam os animais dentro da sociedade.... sociedade esta que está aprendendo a inserir os animais no seu cotidiano ao invés de  rejeitá-los como antigamente.....
-----------

De acordo com o diretor da escola, o animal acompanha os alunos em todos os momentos da preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio.

Na reta final para as provas do Enem o estresse de quem vai prestar o exame é quase inevitável, mas na Unidade Escolar Monsenhor Cícero Portela Nunes (CPN), localizada no bairro Parque Piauí, Zona Sul de Teresina, o diretor da escoala conta com apoio de uma cadela para tranquilizar os alunos. A cadela Cici apareceu na porta da escola há dois anos e desde então foi adotada como mascote.

O animal participa de todos os eventos da unidade de ensino, e segundo o diretor da escola, Carlos Fortes, a companhia da cadela ajuda os estudantes diminuindo as cobranças por conta da prova. Em vídeo feito por ele, é possível ver Cici super relaxada durante uma sessão com psicóloga.

“Ela está presente em tudo o que fazermos. Vai às salas e assiste aulas com os estudantes. Fica no pátio quando estamos no horário do intervalo. Dá carinho para eles e recebe também o afeto deles. Ontem, fizemos uma revisão, chamamos a psicóloga para fazer momento de relaxamento e quando olhei, ela estava lá deitada de olhos fechados, relaxando junto com os alunos”, contou.

Segundo relato de estudantes, a Cici sempre se aproxima de um aluno quando percebe que o mesmo está isolado, triste e até preocupado.

“A Cici sente quando não estamos bem porque sempre que tem alguém afastado ela vai lá, coloca a cabeça nos pés da pessoa, como se estivesse dizendo: você não está sozinha, eu estou aqui”, afirmou o estudante Stanley Alves.

Para a adolescente Ariadne Alves, Cici é mais que um animal, é uma amiga que compartilha da vivência escolar. “Quando a gente chega à escola, ela já se encontra ao lado da caixinha onde colocamos as carteirinhas. Fica lá até todos os alunos entrarem”, disse.

FONTE: G1

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪