RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador dono. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador dono. Mostrar todas as postagens

9/16/2018

Cachorro é resgatado desnutrido e sem andar após família se mudar de casa e abandoná-lo, em Goiânia

Uma gente criminosa desta que abandona um animal numa casa para morrer de fome tem que ir para cadeia mesmooooo..... Esta nossa lei é uma vergonha!!!!!
-----------------
Animal foi descoberto por adolescente de 12 anos que passava com irmão na porta da residência abandonada; estudante e filhos estão cuidando do cão, e procuram um lar para ele.

9/15/2018

Cães abandonados em casa buscam abrigo após dono ser preso em Manaus

Gente amiga, olha onde estavam os animais.... Estão sendo resgatados por etapas por falta de lares temporários.... ô situação dramática!!!!!!
---------------
Dono dos animais foi preso por furto e disse que usava “lucro” para comprar ração para os bichos. Cães ficaram por cinco dias trancados em casa sem água e comida

Ao menos 30 cães abandonados com sinais de maus-tratos em uma casa no

8/13/2018

Caminhando no bosque com seus cachorros, homem cai no penhasco e seus cães tentam salva-lo

O coração da gente para por uns segundos ao ler a matéria....
------------
O cão é o melhor amigo do homem, não há outro animal que demonstre lealdade ao seu dono da mesma maneira. Este último caso, que aconteceu há alguns dias nos bosques da Itália central, demonstra mais uma vez o amor que esses animais podem ter pelo seu dono. Infelizmente, a história não teve um final feliz, mas certamente o gesto feito pelos dois animais permanecerá no coração da família.

8/10/2018

Labrador resgatado por bombeiros no Ribeirão Arrudas, em BH, volta para o verdadeiro dono

Publicamos sobre este caso: Bombeiros retiram cachorro do Ribeirão Arrudas, no centro de BH . Segundo o relato do moço que adotou o animal, o pobrezinho ficou feliz em ver o dono dele. Mas, cá pra nós, será que não estaria melhor com quem o recolheu com todo carinho? repare as fotos dos dois..... ah, sei lá!!!! ainda vou ter a língua cortada....ui!!!!!
------------

6/27/2018

PESQUISA: Tutores de cães e gatos: conheça os perfis

Adoro ler estas coisinhas interessantes.... Os EUA costumam pesquisa tudo e acho isto fabuloso....
===========
Pesquisa com 2 mil tutores identificou semelhanças e diferenças entre aqueles que elegeram cães ou gatos como melhores amigos. Em comum está o amor incondicional e os benefícios proporcionados pelos animais a seus guardiões

Uma pesquisa realizada pela empresa do ramo de alimentos para pets Mars Petcare procurou conhecer o perfil de tutores de cães e gatos para observar semelhanças e diferenças entre eles. O estudo foi realizado com 2 mil pessoas (1 mil tutores de gatos e 1 mil de cães) nos Estados Unidos.

 Os resultados mostraram que as pessoas que gostam de gatos têm mais propensão a serem criativas – têm quase quatro vezes mais chances de trabalhar com áreas que envolvem inovação e criação. Os amantes de cães tendem a ganhar mais dinheiro em média, o que pode estar ligado ao fato de serem mais propensos a trabalhar na área financeira. A renda extra pode ajudar os tutores de cães, já que eles tendem a gastar 33% a mais em roupas e acessórios e 26% a mais em entretenimento do que os tutores de gatos

Falando sobre entretenimento, os chamados ‘gateiros’ são mais propensos a assistirem documentários, musicais e filmes indie. Os amantes de cães são grandes fãs de terror e ação, mas também gostam de histórias românticas.

Os tutores de gatos são mais propensos a desfrutar de hobbies mais leves, gostam de ler, escrever e realizar trabalhos manuais como, por exemplo, jardinagem. Já os de cães, por outro lado, gostam de atividades mais agitadas, como esportes, ioga, dança e viagens – demonstrando a necessidade de gastar energia em um nível semelhante ao de seus próprios amigos peludos.

 Dia difícil? Terapia com animais realmente funciona
Seja por meio de exercícios, abraços ou um ‘ouvido amigo’, o impacto positivo que recebemos de nossos pets é nítido. A pesquisa descobriu que os cães são muito mais propensos a melhorar a vida de seus tutores por meio de atividades físicas do que os gatos (45% contra 8%). Os tutores de cães também são mais propensos a serem corredores, com um quarto (25%) dizendo que correm regularmente, contra apenas 16% dos tutores de felinos.

Embora os gatos possam não ser os melhores amigos de treino, seus tutores são mais propensos a dividir os pensamentos e segredos mais íntimos com seu pet (23% contra 19% para tutores de cães). E ter aquele pequeno “ombro” para chorar realmente parece ajudar, já que os tutores de gatos são mais propensos a dar crédito ao seu animal de estimação pela a redução do estresse (70% contra 66%) e também pelo conforto em momentos de tristeza, como a perda de um ente querido ou após uma ruptura de relacionamento.

“Os benefícios dos animais de estimação para a saúde e o bem-estar dos seres humanos é um assunto amplamente estudado por nós. Os pets representam uma parte essencial da sociedade e fornecem um apoio valioso em facilitar a interação humana e os contatos sociais, além de proporcionar companhia. As evidências científicas têm demonstrado os inúmeros benefícios advindos dos pets, não só para os seus tutores, mas também para a sociedade como um todo”, afirma Jam Stewart, Vice-Presidente de Assuntos Corporativos da Mars Pet Nutrition.

Pets nos fazem felizes de muitas maneiras
Apesar dessas diferenças, os tutores de gatos e cães têm algumas coisas em comum – especialmente quando se trata de viagens e planejamento de vida. Mais de um quinto deles leva seu animal de estimação junto nas férias, um quarto faz as refeições diárias acompanhados de seus pets e mais de um terço compra presentes em aniversários e datas comemorativas – embora os tutores de cães tenham duas vezes mais chances (19% x 9%) de celebrar o aniversário de seus melhores amigos com uma festa completa.

Com laços tão fortes, não é surpresa que os pets influenciem fortemente o planejamento de vida semanal de seus tutores. Os cães têm um pouco mais de influência sobre como seus tutores tomam decisões, com mais de dois terços confirmando que o pet influencia diretamente seu planejamento (67% x 58%).

Principais tendências observadas


FONTE: correiobraziliense

6/26/2018

CRIME: Homem é preso após roubar um cachorro e esfaquear o dono do animal

É horrível mesmo a gente saber que este canalha existe neste mundo....
========  
De acordo com a policia, o dono do cão tentou impedir que o animal fosse levado e foi esfaqueado; ele foi socorrido pelo Samu e levado à Santa Casa.
Um homem de 24 anos foi preso na tarde desta sexta-feira (22) após roubar um cachorro e esfaquear o dono do animal no Bairro Vila Campos, em Montes Claros. Segundo a Polícia Miliar, a vítima, de 49 anos, andava pelas ruas do bairro quando foi abordado pelo suspeito. O dono do cachorro tentou impedir que o animal fosse levado e foi esfaqueado pelo menos oito vezes.

Antes de ser levada ao hospital, a vítima informou detalhes do crime e do suspeito, e ele foi localizado no Bairro Dona Gregória. O animal foi encontrado na residência da irmã do suspeito e foi entregue à sobrinha da vítima.

Os militares informaram ainda que a vítima foi socorrida pelo Samu e levada à Santa Casa de Montes Claros. Segundo a assessoria do Samu, a vítima sofreu duas perfurações no tórax direito, quatro no esquerdo e duas no abdômen. Segundo a assessoria do hospital, a vítima chegou estável e foi encaminhada para o bloco cirúrgico, onde passa por um procedimento.

FONTE: G1

5/24/2018

Após passar três anos esperando por tutor falecido, cachorro morre em pátio de hospital

Era o esperado... pobrezinho.....
--------------------
O animal, que estava deitado na área onde os carros transitam e foi atropelado acidentalmente por um motorista, foi enterrado em uma área do hospital a pedido de funcionários do local

Em julho de 2016 nós contamos para vocês aqui no Portal do Dog sobre o caso de um cachorrinho bastante fiel que estava já há oito meses esperando na porta de um hospital por seu tutor, que havia falecido no local.

O cachorro vivia com um morador de rua que passou mal e precisou ser levado de ambulância para o Hospital Ruth Cardoso, em Santa Catarina. Muito apegado ao tutor, o cão seguiu a ambulância e ficou do lado de fora, na porta do hospital por onde o homem entrou. Infelizmente, o tutor do cachorrinho morreu, mas Negão, nome que recebeu dos funcionários do hospital, não saiu da porta do local e nem perdia as esperanças de ver seu amigo humano novamente. Funcionários informaram que sempre que escutava uma ambulância chegando com a sirene ligada, ele corria para ver se o seu humano estava ali.

Esta semana, depois de passar cerca de três anos esperando o seu melhor amigo sair do hospital, o cãozinho faleceu. Ele foi atropelado e morreu quase na hora. Segundo informações de pessoas que estavam no local no momento do acidente, o motorista não viu o animal, que estava pegando sol no espaço por onde os carros transitavam, mas ao sentir o impacto parou para ajudar, porém Negão morreu rapidamente.

Durante os três anos que passou vivendo no pátio do hospital, Negão foi cuidado pelos funcionários do local, de quem ele sempre recebia muitos mimos e carinhos. Uma ONG fez a castração do cão e auxiliava com vacinas, banhos e ração.

O cachorro até chegou a ser adotado, mas sempre fugia da nova casa e voltava para o hospital, sempre na espera de reencontrar seu tão amado humano. A pedido dos funcionários que cuidavam de Negão, o animal foi enterrado no pátio do hospital. De acordo com informações do próprio hospital, a equipe de jardinagem, que costumava passar mais tempo com o cachorro, ficou muito abalado com o falecimento do animal. A história de Negão nos mostra o tamanho da fidelidade e do amor que os cães podem sentir por seus tutores.

FONTE: portaldodog

5/04/2018

FIDELIDADE: Cachorro fica em estação, todo dia, esperando dono voltar do trabalho

Cães são cães... amados cães..... como compreendo os cães..... aliás, todos nós, né mesmo? Só fiquei preocupada ser na China..... será que ninguém vai pegar o pobrezinho não? Gente amiga, eu não confio na segurança de um animal na rua em nenhuma situação onde humanos trafeguem....
-------------
Cachorro fica em estação por 12 horas, todo dia, esperando dono voltar do trabalho
Animal vive na China e tem comovido usuários de redes sociais
O cão Xiongxiong, de 15 anos, fica diariamente deitado próximo à entrada de uma estação de metrô na China, esperando o dono voltar do trabalho 

PEQUIM - Um cachorro idoso e muito fiel têm emocionado a China: o animal espera pacientemente do lado de fora de uma estação de metrô todos os dias até que seu dono volte do trabalho.
O site "Pear Video", popular na China, compartilhou um vídeo de Xiongxiong (o que quer dizer "pequeno urso") no final de abril, e, desde então, ele já foi visto mais de 10 milhões de vezes. Filmado na cidade de Chongqing, no sudoeste do país, o vídeo também fez muitos internautas pensarem criticamente sobre suas próprias ideias de lealdade.

O vídeo explica que Xiongxiong, um cachorro de 15 anos de idade, não tem coleira e não fica amarrado na saída da estação. Ele simplesmente se senta no chão na entrada do metrô todos os dias e espera por cerca de 12 horas até que seu dono volte. O dono, que não teve o nome revelado na filmagem, diz que cuida de Xiongxiong há cerca de oito anos. — Ele sempre foi assim — diz.

Os moradores do entorno da estação de metrô se surpreendem com a rotina do cachorro. — Ele não come nada que você dê a ele. Ele aparece por volta das 7 ou 8 horas todos os dias, quando o dono dele vai trabalhar ... e ele espera, ele apenas espera muito feliz — conta um dos moradores.

O jornal "South China Morning Post", de Hong Kong, afirmou que muitos usuários de redes sociais começaram a fazer viagens para visitar o "cachorro-celebridade". Ele provou ser tão popular que milhares de usuários do microblog Sina Weibo fizeram postagens usando hashtags relacionadas a ele.

Fonte: O Globo - China Daily

4/11/2018

Cachorra espera por 18 horas pelo dono internado no Hospital das Clínicas de Botucatu

Estas histórias acabam com minhas lágrimas.... choro que nem uma torneira........ É lindo demais ver o sentimento dos animais....
-------------------
Cena do cão sentado junto à porta de entrada do PS circulou nas redes sociais e comoveu funcionários do HC, que alimentaram o animal até o dono, um morador de rua, receber alta.

Uma cachorra sem raça definida virou personagem na tarde desta sexta-feira (6) em Botucatu (SP) ao esperar durante mais de 18 horas por seu dono, que estava internado no Pronto Socorro Adulto do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB).

A cena do animal sentado junto à porta de entrada do PS foi registrada por uma funcionária da unidade, caiu nas redes sociais, e sensibilizou os demais trabalhadores do setor, que trataram da cadela com comida e água.

Segundo a assessoria de imprensa do HCFMB, a cachorra, de nome Duda, tem 12 anos e pertence a um morador de rua. O homem não teve o nome revelado, mas possui 45 anos.

O dono do animal passou mal na quinta-feira (5) e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A cachorra entrou na viatura do Samu durante o resgate e só saiu dela junto com a maca que levava seu dono para o PS.

A assessoria de imprensa do hospital informou que, segundo relatos de funcionários, o animal chorava o tempo todo enquanto esperava o dono. Para acalmar Duda, funcionários chegaram a abrir a porta do setor onde o homem estava sendo atendido para que ela pudesse vê-lo.

Segundo o HC, o morador de rua recebeu alta após 18 horas de internação – o hospital não informou os motivos da internação. No reencontro entre o animal e o morador de rua, funcionários da emergência disseram que o cão ficou muito feliz e logo pulou no colo do dono.

Fidelidade canina
Histórias de amizade fiel como a de Duda com o morador de rua de Botucatu não são raras e já aconteceram em outras cidades do interior paulista.

Em 2015, um cão fez "vigília" de uma semana na porta de um hospital de Itatiba até seu dono, vítima de um infarto, receber alta.

No mês passado, um cachorro acabou adotado depois de esperar durante quatro meses em frente à Santa Casa de Novo Horizonte pelo dono que morreu.

FONTE: G1

3/23/2018

Gato reencontra dono após passar 14 anos desaparecido nos EUA

A vantagem do microship está aí.... Sabe que tem protetor doido que é contra o uso? Eu hein!!!! tô falando.... tem muita gente em nosso meio bichado.... podre....
----------------
T2 tinha sumido após passagem de furacão em 2004.
Um gato que sumiu depois de um furacão em 2004 no estado americano da Flórida reencontrou seu dono 14 anos depois.

A sociedade protetora dos animais de Treasure Coast afirmou que o gato foi encontrado na rua e que funcionários descobriram que ele tinha um microchip com dados sobre seu dono.

Perry Martin, o dono, disse que ficou chocado ao receber telefonema do veterinário de seu gato, chamado Thomas Jr, ou T2.

T2 tinha sido adotado em 2002, segundo seu dono, e sumiu dois anos depois após o furacão Jeanne.

Os protetores disseram que T2 estava em condições precárias quando foi achado, com pulgas e sem pelo. Martin disse que ele e o gato "reataram a amizade" rapidamente.

FONTE: G1

3/16/2018

Denunciado por pendurar cão é achado morto no mesmo local onde animal estava

Desculpa aí, gente, mas, maluco ou não, teve  que merecia..... Quem estiver com peninha levanta o dedinho.....
-----------
Ele era paciente psiquiátrico
Márcio Rodrigues de 43 anos foi encontrado morto na tarde desta segunda-feira (13), na casa onde morava no bairro Jardim Canguru, em Campo Grande. Há um mês, ele foi denunciado por amarrar um cachorro pelo pescoço e o pendurar no mesmo lugar onde o corpo foi achado.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, Márcio morava sozinho e era paciente psiquiátrico. Ele recebia atendimento em uma unidade do Caps (Centro de Atenção Psicossocial). Não foram identificados sinais de arrombamento na casa nem indícios de violência no corpo.

Ele foi encontrado por volta das 15 horas com sinais de enforcamento e estava no mesmo lugar onde o cachorro havia sido pendurado.

Maus-tratos
No dia 13 de fevereiro, vizinhos filmaram e denunciaram maus tratos ao cachorro de Márcio após ouvir o choro do animal. As imagens foram feitas por cima do muro depois de moradores constatarem que o animal estava suspenso por uma espécie de corrente.

Após o fato, conforme o denunciante, parentes dele foram à residência e levaram os animais que lá estavam.

O caso foi denunciado à Polícia Militar, que localizou Márcio e o levou para prestar depoimento na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga. Ele respondia por maus-tratos.

FONTE: midiamax

3/14/2018

Cão é adotado após ficar quatro meses na frente de hospital à espera de dono que morreu

Graças a Deus!!!! publicamos a história desta criaturinha tão querida no último dia 10. Comentei que faltava só uma atenção especial para ele. Tudo resolvido!!!! Luz e força para esta moça tão bonita e abençoada!
-----------
Cachorro recebeu nome de Campeão e irá para o lar de uma funcionária da Santa Casa de Novo Horizonte (SP).

A espera do cachorro, que ficou na frente da Santa Casa de Novo Horizonte (SP) durante quatro meses aguardando o dono que morreu, terminou com um final feliz nesta sexta-feira (9). O Campeão, como é chamado agora, foi adotado e ganhou um novo lar. Antes da adoção, o animal foi levado para uma clínica veterinária por Marco Antônio Rodrigues, que ficou sabendo da situação e decidiu resgatá-lo.

“Ele ficava na porta do hospital todo dia, mas o importante é que os funcionários do hospital deram apoio. Na maioria das vezes as pessoas expulsam o animal do local. Espero que agora ele possa ter uma vida feliz com esses novos donos”, afirma.

Na clínica, Campeão passou por tratamento, tomou banho e colocou as vacinas em dia. Quem arcou com as despesas foi uma mulher que também se sensibilizou com a fidelidade dele.

Em entrevista ao G1, a nova dona, Letícia Fátima Nawas Botoluci, de 30 anos, que trabalha no hospital, contou que escolheu o nome por considerar ele um vencedor. “Eu o acompanhei desde que chegou ao hospital. Acho que o nome Campeão representa o fim da história. Ele teve persistência de ficar na frente do hospital por todo esse tempo, e agora com final feliz, acho que é um campeão."

O cão não havia recebido um nome durante os quatro meses de vigilia na frente do hospital, mas ganhou carinho, água e comida das funcionárias. Uma delas era a própria Letícia.

"Como ele sempre ficava lá, nunca pensei em adotá-lo. Mas quando o levaram para o canil, para ser adotado, eu fiquei triste. Por sorte, ele acabou fugindo do canil e voltou para o hospital. Foi aí que fiquei mais emocionada com a história dele e, para não perdê-lo, resolvi adotar", afirma.

O cachorro permanecerá mais alguns dias na clínica veterinária, e deve ir para a casa da família da Letícia nos próximos dias. Na residência, ele terá a companhia de outro amigo: um cachorro que também mora no local.

A nova dona afirma que Campeão será muito bem tratado e que aquele olhar triste vendo o interior do hospital, com o tempo, será transformado. "A gente no hospital sempre o tratou muito bem, e ele é muito dócil. Com certeza terá bastante amor e carinho", finaliza.

FONTE: G1

3/10/2018

Cachorro espera há quatro meses na frente de hospital por dono que morreu

Gente, espero que a colega da ONG citada tome a frente e tente uma solução segura para o pobrezinho... Recolher e não dar a assistência necessária fica difícil do cão entender que não deve fugir....
----------
Melhor amigo do cão, um morador de rua, foi vítima de homicídio. Cão seguiu ambulância no dia do resgate até o hospital. Moradora de Novo Horizonte (SP) tentou dar um novo lar ao animal, mas ele fugiu e retornou ao local.

A história de fidelidade de um cachorro que espera há quatro meses pelo dono na frente da Santa Casa de Novo Horizonte (SP) tem impressionado funcionários e pacientes do hospital.

Principalmente porque o cão não irá reencontrar seu melhor amigo: um morador de rua vítima de homicídio em uma praça da cidade.

De acordo com o diretor financeiro da Santa Casa, Osvaldo Palota Sobrinho, o animal chegou ao local após o dono, de 59 anos, ser esfaqueado e socorrido. “O homem foi transportado na ambulância e o cão veio junto, correndo atrás do veículo. A vítima não resistiu e o cachorro continuou aqui”, disse Osvaldo ao G1.

O cão não tem nome, entretanto, ganhou carinho, água e ração dos funcionários da Santa Casa. Durante toda a espera, nunca tentou entrar no hospital. “Ele é extremamente manso, dócil e quieto”, diz Osvaldo. No entanto, o cachorro não fica apenas na entrada do hospital. Durante algumas horas do dia, ele sai para passear em busca de mais comida, porém sempre volta, segundo os funcionários.

O caso também comoveu a advogada Cristine Sardella, que esteve no local e usou as redes sociais para compartilhar o amor que o cão nutre pelo dono. Em entrevista ao G1, ela contou que o animal fica deitado em cima de um tapete bem na frente da recepção. "Ele fica olhando para dentro do hospital, dá impressão que espera o dono."

Após a postagem de Cristine, houve quem tentasse adotar o animal. A dona de um canil da cidade passou no local e o levou. Ele estava prestes a ganhar um novo lar, mas fugiu do canil e retornou ao hospital. “Inacreditável, mas ele percorreu uma distância de três quilômetros para voltar", conta Palota Sobrinho.

FONTE: G1

2/27/2018

Epítome da fidelidade, morreu Capitán, o cão que velou a sepultura de seu humano durante uma década

O ser humano devia sentir vergonha ao ver histórias como esta, né mesmo?
--------------
O fiel pastor alemão que se recusava a deixar o lado de seu dono durante mais de uma década, na cidade argentina de Villa Carlos Paz, província de Córdoba, faleceu no mesmo cemitério em que repousam os restos de seu humano, Miguel Guzmán.

O velho cão já estava velhinho, 16 anos, uma idade bem avançada para esta raça e já caminhava com dificuldade e tinha perdido parte da visão, mas sempre tinha uma "lambida amiga" para as pessoas que iam visitar seus entes queridos no cemitério.

- "Nunca vi uma coisa tão fiel", explicou Marta Clot, responsável pelo floricultura do local, ao lembrar de 'Capitão', que foi encontrado morto no banheiro do cemitério.


O cão foi o presente surpresa que Miguel deu a seu filho Damian em 2005. No entanto, em março do ano seguinte Miguel faleceu e o animal desapareceu de casa, ainda que regressava de vez em quando em busca de comida. Verônica, a esposa de Miguel, achou que ele havia se tornado um cão de rua, pois não havia muro que o mantivesse dentro do quintal.

Depois, desapareceu de forma definitiva e a família pensou que ele tinha morrido ou que fora adotado por outra pessoa, até que em um dia encontraram Capitão no cemitério, velando o túmulo de Miguel.


- "Eu estava preparando um arranjo de flores, quando o vi encolhido. Achei que estava fugindo dos foguetes, mas não. Buscava refúgio. E assim vinha e ia todos dias depois de cheirar a sepultura. Até que um dia ficou", contou a florista sobre a chegada do cão ao cemitério, em 2007.

Segundo contavam os moradores locais, Capitão perambulava pelo local e ao entardecer buscava o túmulo de seu humano para dormir.

- "Ele sempre dormia em cima dele, mas ultimamente quase não subia mais por suas deficiências, estava muito débil, tadinho! Ele só faltava falar, era um doce total", indicou Marta.


A intenção, agora, é que, como Capitão passou sua vida no cemitério, tenha ali também seu túmulo ao lado do seu humano para descansar seus restos, ainda que para isso as autoridades locais deverão conceder uma permissão.

FONTE: mdig

2/25/2018

Homem agride cachorro com socos e chutes em rua de Goiânia

Sinceramente, a gente consegue ter uma satisfação quando a sociedade civil reage diante dos maus-tratos.... Isto é o ideal porque não dá para autoridades policiais estarem o tempo todo em todos os lugares....
------------
Um homem foi flagrado agredindo um cachorro em uma rua de Goiânia. Nas imagens, é possível ver quando ele desce de um carro, segura o animal pelo pescoço e o golpeia com socos e pontapés. Em seguida, arrasta o bicho até a porta do passageiro (veja vídeo). Ele ainda não foi identificado. A Polícia Civil investiga o caso.

No registro, enviado ao G1 pela polícia, pessoas são ouvidas tentando evitar que as agressões ocorram. Um homem diz por várias vezes: "Não faz isso, cara". Outro fala: "Você está doido?".

Uma testemunha, que preferiu não se identificar, disse que o caso aconteceu na tarde de quarta-feira (21), no Setor Santa Genoveva. Ele afirma que o homem passou no local minutos antes procurando o animal, que seria uma fêmea.

"A cachorra apareceu e começou a brincar com a gente. O cara apareceu de uma vez e a cadela foi para o rumo dele, na maior felicidade, e aconteceu o que nós vimos no vídeo. Todos ficaram revoltados", contou ao G1. Ainda de acordo com a testemunha, logo após as agressões, o homem colocou o animal no carro e foi embora.

Investigação
O vídeo já está em poder da polícia. O delegado Luziano de Carvalho, da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), disse que deve começar a fazer as primeiras diligências do caso nesta quinta-feira (22).

O primeiro passo, segundo ele, é identificar homem. Apesar da apuração ainda estar no estágio inicial, tudo aponta para a existência de um crime. "Houve excesso. Estou analisando as imagens, mas trata-se de maldade e crueldade contra o animal. Teve exagero, não é comum. Vejo o caso como crime ambiental", afirmou ao G1.

Fonte: G1 Goiás

2/24/2018

Motociclista leva cachorro na garupa e fura sinal vermelho em Goiânia

Minha Nossa!!!!! olha o perigo..... o pobrezinho correndo risco de vida e o perebento não estava nem aí....
-----------
Código de trânsito prevê multa gravíssima por ultrapassar o semáforo. Em relação ao transporte de animais, o condutor pode ser multado por conduzir animais nas partes externas do veículo.

Um motociclista foi filmado levando um cão na garupa da moto no Setor Santa Genoveva, em Goiânia (veja o vídeo). A gravação também mostra que o piloto furou o sinal vermelho.

Autora do vídeo, uma mulher que se identificou apenas por Ariane disse à TV Anhanguera que ia para o trabalho quando flagrou a cena. Ela ficou revoltada com a falta de proteção com que o cachorro era transportado.

Segundo o Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê multa por conduzir animais nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados. A infração é considera média e prevê multa de R$ 130,16 e quatro pontos na Carteira Nacional de Trânsito.

Apesar de o piloto não aparecer distraído no vídeo, há penalidade por dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança. Neste caso, a imprudência é considerada leve com pagamento de R$ 88,38 e três pontos.

Fonte: G1

2/18/2018

Polícia Ambiental autua homem por maus tratos a animais, em Itaquaquecetuba

Um camarada que faz isto não tinha que levar uns tabefes? deve deixar a mãe, também, vai ver....
-----------
Segundo a polícia, homem foi viajar e deixou dois cachorros sem água, comida e em condições insalubres.

A Polícia Militar Ambiental autuou nesta terça-feira (13) um homem de 20 anos por maus tratos a animais. Segundo a polícia, o homem foi viajar e deixou dois cachorros em casa presos por correntes, em condições insalubres, sem água e sem comida. O imóvel fica no Jardim Nova Itaquá, em Itaquaquecetuba.

Uma denúncia anônima levou a polícia até o imóvel. Quando os policias chegaram na casa constataram a denúncia. Estressados, os animais estavam comendo vasilhas de plástico. Os cachorros estavam presos por correntes, sem água, sem comida e o quintal cheio de fezes e urina.

A perícia esteve no local e o setor de zoonoses, da Prefeitura, também foi acionado e tirou os animais da casa. Os cachorros foram encaminhados para o canil municipal.

O caso foi registrado no Distrito Policial Central de Itaquaquecetuba como maus tratos - que tem previsão na lei de crimes ambientais. De acordo com a polícia, o homem de 20 anos é inquilino da casa e foi atuado em R$ 6 mil. De acordo com testemunhas, ele foi passar o feriado de carnaval na praia. Quando voltar, vai ser chamado para prestar depoimento.

A Polícia Militar Ambiental recebe denúncias pelos telefones 4798-2737 e 190.

FONTE: G1

1/17/2018

Cachorro de estimação do músico Erondino revela paixão pelo dono na hora de sua morte

Olha p´ra isto, minha gente!!!!!
-----------
Erondino foi sepultado ontem, no Povoado Cabeceira do Veríssimo.

Ninguém pode duvidar do amor das pessoas com os animais de estimação e nem que haja recíproca verdadeira dessa relação amorosa.

Mas se na vida os animais expressam essa paixão pelos donos e vice-versa, na hora da morte essa relação não segura o emocional e surgem as mais variadas manifestações de amizade, amor e respeito. Existem casos registrados em vídeos e fotos do sentimento de animais pelos donos na hora de sua morte.

Foi assim que o cachorro de estimação de Erondino José dos Santos, 69 anos, um dos maiores instrumentistas de Rabeca que se tem conhecimento, com participação em vários festivais de música e uma vida dedicada às brincadeiras com os amigos, demonstrou seu carinho pelo dono que faleceu, no último dia 11, vítima de complicações com o câncer de esôfago.

Durante o velório em sua casa, o cachorro se postou sob o caixão do dono até a hora do sepultamento, ontem, na localidade Cabeceira do Veríssimo, berço natal de Erondino e agora sua morada pós-morte.

Em conversa com Dona Francisca, esposa do ex-vereador Biu, ela disse ainda consternada com sua morte que Erondino não era só compadre, mas amigo, que era tratado com um afetuoso irmão e pai e todos da família o respeitavam.

Erondino, apesar de ser de Timon, sempre era convidado pelos promovedores da cultura no Piauí para participar de festivais de música instrumental representando aquele estado em municípios piauienses e fora do Estado, mas era da brincadeira com os amigos de Timon que ele mais se orgulhava. São muitos os vídeos de pessoas conhecidas amigos que tocavam junto com Erondino em vários eventos e em festas particulares. Nesse registros quase sempre o ex-vereador Biu está presente e até na hora da morte o vereador foi chamado para acompanha-lo em internação na UPA de Timon onde ele praticamente chegou sem vida.

Vereador Henrique Junior faz registro da morte e passagem de Erondino pela vida

É com pesar que registro o falecimento de um dos maiores artistas Timonenses, Mestre Erondino, dono de um talento sem igual, faltava fazer chorar o violino, amigo, brincalhão, sincero. Desde pequeno admirei seu trabalho, hora com meu avô Paulo Medeiros, hora com Tio Valbim e Vereador Biu, outrora já caminhando com ele para várias brincadeiras. Hoje certamente terá uma grande festa no Céu, anunciando a chegada de um ANJO DA REBECA!!!!! Vá com Deus ERONDINO!!!! Henrique Junior

FONTE: portalaz

1/08/2018

Cães correm atrás de ambulância em que dono é socorrido

Realmente, se existe fidelidade na vida é dos cães por seus donos.... Casos como este só confere tal verdade....
-------
Animais foram até a unidade de saúde, entraram na enfermaria e um deles chegou a subir na maca onde o dono estava...

A cena de dois cães que acompanharam dono até a unidade de atendimento em pronto-socorro de Campo Grande (MS) comoveu internautas na manhã desta terça-feira (2). Os dois animais entraram na enfermaria, onde o dono estava internado, e um deles até chegou a subir na maca para dar assistência mais de perto do amigo.

O homem estava há poucos metros da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Vila Almeida e começou a passar mal. Após ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), os dois animais correram atrás da ambulância e acompanharam o dono até a unidade de atendimento, onde precisou ficar internado.

Seus amigos fiéis não o abandonaram e ficaram ao lado do homem o tempo todo. O paciente já teve alta e todos foram liberados para voltarem para casa.

FONTE: cgn.inf

12/26/2017

Cenas emocionantes depois que um cão reconhece seu dono

Como é bom ver coisas assim, não? chorei pacas pela felicidade da criaturinha....
---------
Cão se encontra com seu dono e o reconhece lentamente depois de anos em um abrigo. No começo, esse cão não percebeu que esse cara era o seu último dono, mas, uma vez reconhecido é emocionante  o que ele faz..... 


Fonte: The Dodo

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪