RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador dona. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador dona. Mostrar todas as postagens

12/05/2018

Dona entra em bueiro para resgatar seu cachorro - Flórida

Quando a gente ama não tem dificuldade, né mesmo?
----------------
Uma mulher entrou em um bueiro para resgatar seu cão, que fugiu e se jogou na água, na Flórida. O resgate aconteceu na última quinta-feira (30) e Tobey, um daschshund de 7 anos, voltou para casa sem nenhum ferimento.

11/17/2018

Cão faz vigília em favela onde a dona de 44 anos foi achada morta

Segundo a matéria, o cão deverá ficar com a família.... será?
----------------
'Violão' era amigo inseparável da catadora de recicláveis Adriana Batista na zona Leste de Ribeirão; família diz que mulher tinha tuberculose e Polícia Civil apura causa

Um cão vira-lata permaneceu com olhar triste durante a manhã desta quinta-feira (8) na entrada de um corredor com acesso à moradia onde a sua dona foi

10/03/2018

Quatro anos após morte da dona, cãozinho permanece em cemitério de Mogi Guaçu - SP

Gente, eu me esparramo de tanto chorar quando vejo casos como este. Tomara que a criaturinha tão fiel se encontre com um novo amor..... Que a minha Santa dos Protegidos tome conta dele e o encaminhe....
------------------
Quatro anos já se passaram e Zé Rico, antes conhecido como Amarelo, permanece andando pelo cemitério de Mogi Guaçu (SP). O cãozinho era mais um

8/06/2018

Dona de canil clandestino mata cachorro ao ser descoberta pela polícia

Minha Nossa, como a mulher conseguiu esganar o cachorro com tanta gente por perto? Eu daria uma paulada na cabeça dela e pronto. Será que os policiais ficaram com medo dela? devia estar possuída, mas, não há capeta que resista a um tiro no pé ou uma paulada..... Coitadinho do bicho.....
--------------
Por meio de uma denúncia anônima,

7/21/2018

Cantor Luciano adota cão de rua após show em MG, mas, foi devolvido porque tinha dono

O Luciano já adotou vários animais desta forma. Infelizmente apareceu a dona relaxada que disse que o cachorro saía, mas, voltava.... É né? foi o Luciano, mas, se um doido qualquer pega o cachorro pra alguma coisa cruel, hein? ô nojo!!!!!
--------------------
Um cão adotado neste fim de semana pelo sertanejo Luciano, que faz dupla com o irmão Zezé Di Camargo, tem gerado repercussão nas redes sociais.

2/17/2018

'Minha mãe e Belinha estão ensinando que o amor dos animais é superior'

Sentimento animal é algo que temos que nos curvar tamanha dedicação e sinceridade.....
--------------
'Minha mãe e Belinha estão ensinando que o amor dos animais é superior ao que a gente imagina'
Dionísio Neto, morador de Teresina, relata que cadela ficou ao lado do corpo da dona durante todo o velório

A cadela Belinha era a companheira e "enfermeira" de Telma Maria de Andrade, que morreu aos 53 anos em decorrência de câncer na quinta-feira, 8. Dionísio Neto, filho de Telma, conta que durante o velório da tutora, na sexta-feira, 9, a cachorra ficou o tempo todo ao lado do caixão.

"As pessoas chegavam e já viam Belinha perto de minha mãe. Ela ficou ali o tempo inteiro e surpreendeu a todos", relata. A cadela vive com a família desde que nasceu, há quatro anos, e sempre esteve ao lado de Telma, que lutava contra o câncer há seis anos.


Segundo Dionísio, a cachorra acordava sua mãe diariamente, as duas dividiam o pão do café da manhã, sentavam lado a lado na cadeira e durante à noite Belinha ficava em baixo da rede em que Telma dormia.

"Mesmo depois de morta, minha mãe está ensinando que o amor não é apenas do ser humano. Minha mãe e Belinha mostram que o amor dos animais é algo superior ao que a gente imagina", diz Dionísio.


Telma morava em Teresina, no Piauí, com o filho Dionísio, o marido e a cadela. Dionísio conta que, após o sepultamento de Telma, Belinha está  triste e chorosa no quarto. Ele afirma que a companheira da mãe será levada para visitar o túmulo nesta quarta-feira, 14.

FONTE: estadao

1/13/2018

Cão é encontrado ao lado do corpo de dona que morreu há semanas

Pobrezinho.... o que não deve ter sentido, né mesmo? iria morrer ali com sua dona.... 
---------
Um cão severamente desidratado foi resgatado ao lado do corpo de sua dona morta semanas antes.

“O Havanês de nove anos, chamado Zsazsa, foi encontrado em um apartamento de Budapeste na quarta-feira (3), mas agora está se recuperando”, disse um porta-voz do grupo de resgate de animais.

Embora o cão tivesse algum alimento seco para comer, os veterinários disseram que teria morrido dentro de alguns dias se não tivesse sido encontrado, explicou Gabor Pataki, chefe do grupo de resgate de animais Allatmento Liga.

A polícia foi convocada para o apartamento depois que os vizinhos relataram que a proprietária idosa não havia sido vista há algum tempo.

"O cão estava deitado ao lado do cadáver, e era tão fraco que não conseguia se levantar. Tivemos que arrastá-la para longe ", disse Pataki.

Ele disse que muitos cães teriam morrido após um trauma como esse, mas "ontem ele estava de novo em pé e até balançou o rabo".

A polícia disse que a mulher de 66 anos parece ter morrido por causas naturais.

FONTE: massanews

1/08/2018

Uma cadela fiel se recusa a deixar o túmulo de sua ex-dona

Publicamos hoje dois casos sobre a fidelidade canina.... emocionante mesmo....
------------
Um cão fiel se recusa a deixar o túmulo da sua dona recentemente falecida no estado de Nova York. 

Em um vídeo realmente emocionante filmado na cidade de Amsterdã em 15 de novembro de 2017, Deta, a cadela, se nega deixar o tumulo de sua ex-dona de 86 anos de quem era "uma companheira constante" e que havia morrido apenas alguns meses antes. 

"Venha Deta, vamos," encoraja os novos proprietários da cadela, a filha  e seu marido. Em um ponto Deta se levanta do túmulo, mas ela para e retorna. "Deta você tem que deixar o cemitério, venha!" diz o marido de Theresa. 


Theresa é reduzida a lágrimas quando Deta retorna para sentar ao lado do túmulo. "Oh meu Deus. Ah, está me fazendo chorar. Deta! Deta! Deta!" ela diz.


Theresa mais tarde escreveu on-line: "Deta pertenceu a minha mãe por cinco anos e herdei Deta na morte de minhas mãe. Minha mãe tinha 86 anos quando morreu e raramente saia de casa. Deta era uma companhia constante dela."

Fonte: Leve Leak

12/26/2017

Cães ficam sozinhos após morte de professora e amigos tentam encontrar novos lares

Que dó!!!!! os pobrezinhos vão ficar muito sentidos.... tomara que encontre pessoas boas.....
--------
Danielle Christina participava de grupo que resgata animais de rua e adotou nove cães. Animais estão recebendo cuidados de amigos da mulher.

Os cachorros que eram da professora Danielle Christina Lustosa estão sendo colocados para adoção. Ela era apaixonada por cães e a maioria dos animais foi resgatada das ruas, mas como a mulher não tem parentes em Palmas, eles ficaram recebendo cuidados de amigos. Ao todo, são nove cachorros que precisam de um novo lar.

Danielle Christina foi encontrada morta com sinais de estrangulamento e o principal suspeito do crime é o ex-marido dela, o médico Álvaro Ferreira da Silva. Ele teve a prisão decretada e é considerado foragido. O corpo da professora foi velado em Palmas nesta terça-feira (19) e será levado para Curitiba (PR), onde será cremado.

"Estamos procurando um lar temporário para eles. Colegas da escola onde ela trabalhava devem adotar alguns em memória da morte dela, porque ela gostava muito dos animais. Não tem como ficarem aqui porque a gente precisa vir aqui alimentar [na casa da professora] e é um sentimento ruim", disse Giane Oliveira da Silva, amiga da professora.

A maioria dos animais tem raça indefinida. "Nós fazíamos parte de um grupo que resgata e busca lares para animais de rua. Todos eram muito bem tratados e precisamos de pessoas que possam dar um lar temporário ou adotar. Depois, a gente vai fazer uma triagem e um termo de adoção." Informações no telefone 63 9942-6118.

Entenda
Para a polícia, o médico Álvaro Ferreira da Silva é o principal suspeito do crime. Ele tinha sido preso por agredir a vítima no sábado (16), mas foi solto no dia seguinte após uma audiência de custódia. A professora foi encontrada morta com sinais de estrangulamento na segunda-feira (18).

Durante a audiência de custódia, a promotoria pediu que o médico continuasse preso. Porém, após interrogar o suspeito, o juiz Edimar de Paula decidiu que não era necessária a prisão e determinou a liberdade sem pagamento de fiança. No depoimento, o médico negou ter agredido a ex-mulher.

A briga não foi a primeira. Danielle e Álvaro viveram juntos durante quase 20 anos, entre 1997 e 2016. O processo de separação não foi amigável. Ele teria inclusive retirado veículos que pertenciam a Danielle da casa dela e pedido que a água e a luz do imóvel fossem desligadas.

O crime
A professora Danielle Christina Lustosa Grohs foi encontrada morta na casa dela, na quadra 1.004 Sul em Palmas, na noite de segunda-feira (18). O principal suspeito do crime, de acordo com a Polícia Militar, é o ex-marido da pedagoga, o médico Álvaro Ferreira da Silva. Ele tinha sido preso por agredir Danielle no sábado (16) e foi solto após audiência de custódia no domingo (17).

De acordo com o advogado dela, Edson Monteiro de Oliveira Neto, o ex-marido já havia ameaçado matá-la outras vezes. O advogado informou que chamou a polícia após não conseguir contato com ela durante todo o dia.

O corpo de Danielle foi localizado de bruços na cama. O registro da ocorrência feito pela Polícia Civil aponta que foram encontrados hematomas no pescoço da professora e havia odor característico de urina no short que a vítima vestia.

O corpo foi levado para o IML de Palmas e liberado para a família na tarde desta terça-feira (19). O laudo oficial da perícia, que vai confirmar as causas da morte, deve ficar pronto em 10 dias.

FONTE: G1

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪