RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador criador. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador criador. Mostrar todas as postagens

1/22/2019

GCM resgata 32 animais e detém homem por maus tratos

É muito bom saber que tem uma galera do bem zelando pelos animas, não? Fico tão confortada vendo a causa sendo respeitada que vocês nem imaginam.....
--------------------
A Guarda Civil Municipal de Embu das Artes (GCM) recebeu dia 15/1 a denúncia de um criador clandestino de cães da raça bulldog. Além dos cachorros, os guardas encontraram 15 ouriços pigmeus, e dois pássaros em condições também muito precárias.

O proprietário do local confessou que realizava comércio ilegal de animais e ainda admitiu não ter condições de criá-los. Os animais estavam machucados e doentes.  O crime ainda contou com o agravante de envolver animais silvestres. O homem foi autuado e responderá na Justiça pela prática dos atos abusivos contra os animais.

Os bichos foram resgatados com o auxílio de uma médica veterinária, que realizou exames, além da equipe da Zoonose da cidade. Os cães ficaram sob os cuidados de protetores da região,que também participaram da ação, e os animais silvestres foram encaminhados para parques estaduais, retornando ao seu habitat natural.

12/17/2017

Homem é preso e multado em R$ 391 mil por manter mais de 100 aves ilegalmente em SP

Hoje estamos publicando duas matérias sobre tráfico de animais porque a coisa está dramática demais..... Como resolver isto diante de leis fracas como a nossa... Este caso aqui ainda é pior pela situação dos animais....
---------
Cativeiro clandestino foi localizado após denúncias à Polícia Militar Ambiental (PMA) em Praia Grande, no litoral paulista.

Um homem foi preso em flagrante e multado em R$ 391 mil por manter ilegalmente 103 aves dentro da própria residência em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na segunda-feira (11). Além das irregularidades, os policiais constataram que os animais eram vítimas de maus-tratos.

O flagrante ocorreu em um imóvel na Rua Aurino Pereira Barbosa, no bairro Anhanguera. A entrada da equipe da Polícia Militar Ambiental (PMA) foi autorizada pelo proprietário, que apresentou nervosismo. Durante varredura, foram encontradas mais de 50 gaiolas penduradas e no chão.

As aves encontradas presas nos dispositivos estavam em condições precárias de higiene, e com água e alimentação inadequadas e insuficientes, ainda segundo a polícia. Do total, ao menos 40 animais são exóticos, isto é, não pertencem à fauna nativa do Estado de São Paulo.

Nenhuma das aves possuía anilhas de identificação, e o infrator afirmou que não tinha qualquer documento que autorizasse a criação de animais silvestres dentro de casa. Por isso, ele foi autuado em flagrante por crime ambiental e todas as gaiolas e animais foram apreendidos.

Durante a varredura, três aves foram encontradas mortas. Aquelas que são nativas da região foram soltas no interior do Parque Estadual Xixová Japuí, em São Vicente, também no litoral paulista. As exóticas foram encaminhadas ao Centro de Pesquisa e Triagem de Animais Selvagens (Ceptas), em Cubatão (SP).

Ainda segundo a polícia, o infrator foi encaminhado à Delegacia Sede de Praia Grande, onde a autoridade policial estipulou fiança de R$ 10 mil. O homem, que não teve a identidade informada, não tinha condições de pagar o valor, foi recolhido à carceragem e depois à Cadeia Pública.

FONTE: G1

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪