RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador criação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador criação. Mostrar todas as postagens

12/11/2018

África do Sul quer proibir criação de leões para a caça

Minha Santa, isto é demais pra minha cabeça..... Pessoas criam animais para serem caçados como diversão..... Espero que acabem com esta barbárie comigo ainda viva....
--------------
Atualmente, cerca de 8 mil animais são criados em cativeiros para caça
Uma comissão parlamentar da África do Sul pretende restringir a criação de leões em cativeiro para serem caçados, uma

10/11/2018

Leões são enjaulados na África do Sul para virarem ingredientes de doces, vinhos e remédios

Juro por Deus, se tivesse uma passagem a venda para outro Planeta, eu pagaria o preço que fosse pra me mandar pra lá...... Tá difícil aguentar este mundo aqui. A internet nos coloca a par de coisas que não dá para acreditar...... Eu sabia que leões eram criados para serem caçados, mas, que outros são mortos em "fazendas" para suprir o mercado de "ossos" para aquela gente maluca da China, sabia não...... é triste

8/31/2018

Você gosta de ouvir Bach? Os porcos também

Pobres animais.... os resultados são sempre com análise econômica..... podre....
--------------

Música diminuiu brigas entre os suínos em experimento; animais também consumiram menos ração mantendo ganho de peso normal
Suínos tiveram uma melhoria em seu bem-estar, algumas mudanças de comportamento e até apresentaram alterações alimentares ao ouvir música

8/27/2018

Polícia fecha maior fazenda ilegal de tartarugas da Europa na Espanha

É triste a gente saber que humanos são capazes de, em nome do dinheiro, promover tamanho maus-tratos aos animais..... 
---------------
Mais de 1.100 animais de 62 espécies, sendo 14 em extinção, foram resgatados
Palma de Maiorca — A maior fazenda ilegal de criação de tartarugas foi fechada pelo Serviço de Proteção da Natureza da Guarda Civil (Seprona) espanhola em

7/23/2018

Novo estudo aponta que produção de carne e leite já polui mais do que a indústria do petróleo

Veja que revelação estarrecedora... Pior que isto não entra na cabeça das pessoas... Meu Deus, manda um ebola pra estes alienados!!!!!
----------------
Destaque no importante jornal britânico The Independent (confira aqui, em inglês) nesta quarta-feira (18), um novo estudo traz dados estarrecedores a respeito da indústria dos laticínios e da carne. Segundo o material, as cinco maiores

7/03/2018

EXPLORAÇÃO ANIMAL: Haras na Bahia cria jumentos que valem até R$ 100 mil

Mais uma novidade na exploração animal...
--------------
Pesquisa da Ufba estuda produção de leite de jumenta na Bahia: litro é vendido por R$ 25 em Pernambuco

Do uso como animal de tração e meio de transporte de produtos diversos, o jumento evoluiu para a marcha em exposições nacionais, onde alguns bichos

5/22/2018

CRIAÇÃO: TV Globo expõe ao vivo e a cores a crueldade com o que chamam de "animais de consumo"

Eu sempre vejo o Globo Rural da TV Globo, aos domingos. Por dever de ofício buscando sempre argumentação para um dos nossos objetivos que é tirar os animais da mesa e da exploração. Pois bem, neste domingo eles se superaram. Primeiro fizeram uma matéria sobre Temporada de confinamento de gado começa em Mato Grosso e em Goiás onde mostra que os animais ficam expostos dia e noite a intempéries embora na criação de pasto façam o mesmo. Mas, sempre tem abrigo de sol e chuva em árvores e piquetes.



Agora vejam como é em confinamento. Algumas fazendas colocam piquetes, mas, a maioria não. Tem milhares de fotos na internet, mas, selecionei estas para verem a quantidade de bois colocada nos currais, uma aérea e uma demonstração que estes animais, ao serem conduzidos para destino do horror nos malditos navios currais, já viveram a atolação nas suas fezes. Quando chove, veja como ficam:




em plena lama

Agora, sobre o vídeo de criação de porcos, é algo imperdível. As provas de maus-tratos estão ali explicitas e por mais que tentassem falar como se a matéria fosse alguma coisa positiva, as provas de abuso e crueldade estão à nossa disposição para mostrar na justiça. Percebi que a jornalista foi sensível abordando o tempo de vida aos animas. Estou impossibilitada por doença a entrar na briga, mas, precisamos que alguma ONG se habilite. 
-----------------


Fonte: Globo Rural

5/15/2018

EXPLORAÇÃO ANIMAL: Aumenta criação de ovelhas no Paraná... boicote já!!!!

Estou publicando a informação para todos saberem do aumento no investimento em criação de ovelhas que serão, muitas delas, exportadas em navios de terror como na foto. Campanha a ser feita: "Paraná, Estado explorador de ovelhas" . Nada contra nossos amigos queridos daquele Estado, mas tudo contra os criadores de animais para abate.... lembrando que lá, também, tem alguns abatedouros do método halal..... ah, e outra coisa: me parece que é o estado que tem mais muçulmanos.... lembrando que são praticantes do "Dia do Sacrifício".... A investigar, amigos!!!!!

---------------------
Criação de ovelhas e carneiros cresce 20% ao ano no Paraná
Com o mercado em alta, o fortalecimento do negócio tem sido a reprodução através de inseminação artificial.
O setor de ovinocultura tem ganhado mercado no Paraná. O melhoramento genético dos cerca de 800 mil animais criados no estado tem garantido mais qualidade à carne e conquistado o consumidor.

Por ano, a criação das ovelhas e carneiros tem crescido 20% em todo o Paraná. Com o mercado em alta, o fortalecimento do negócio tem sido a reprodução através de inseminação artificial.


Fonte: G1 Paraná

3/12/2018

Por que executivos do Vale do Silício estão criando pintinhos

Olha, este pessoal tem razões que desconhecemos. Suas mentes devem ser respeitadas. Só espero que eles só "apreciem" as aves, entenderam?
--------------
Executivos de empresas de tecnologia chegam a gastar 20 mil dólares em galinheiros high-tech para garantir o conforto de suas aves.

Em busca de uma reconexão com a natureza, empresários do Vale do Silício estão investindo na criação de frangos, galinhas e pintinhos, segundo artigo publicado no The Washington Post na última sexta-feira (02/03).

É o caso de Johan Land, gerente de produtos da Waymo, empresa do Google que trabalha para lançar serviços de táxi sem motorista em larga escala. O executivo cria 13 frangos e 3 ovelhas em seu jardim. “É fascinante sentar e observar os animais porque, ao invés de olhar para uma tela, você está olhando para o ciclo da vida”, diz Land. “É muito diferente do trabalho abstrato que eu faço”.

Segundo a reportagem, a criação de aves se tornou uma tendência na região da baía de São Francisco. Executivos acreditam que o hábito de criar animais é também uma maneira de mostrar que se importam com o meio ambiente.

No Vale do Silício, os criadores de aves chegam a gastar milhares de dólares com o novo hábito. Para comprar um animal de raça, por exemplo, com linhas genéticas que podem ser rastreadas por gerações, os excutivos podem desembolsar cerca de 350 dólares. Já na compra de galinheiros high-tech, equipados com energia elétrica, portas automáticas e câmeras, os empresários podem chegar a pagar até 20 mil dólares.

Os executivos usam até mesmo sistemas que possibilitam controlar os galinheiros por smartphone, definindo a temperatura, ventilação e iluminação da gaiola. O sistema inclui um detector de predadores que envia uma mensagem aos donos quando o "perigo" se aproxima. Ainda de acordo com a reportagem, não é incomum ver as aves andando pela casa de seus donos e até mesmo sobre suas camas, muitas vezes usando fraldas. Uma típica criação tem quatro ou cinco aves, mas algumas pessoas acabam criando 15 ou 20 animais.

De acordo com Leslie Citroen, que vende frangos, constrói gaiolas e dá consultorias sobre os animais na região do Vale do Silício, ao menos um de seus clientes tem um chef que cozinha para suas aves. Segundo ele, a saúde dos animais é uma prioridade, pois seu cliente pode consumi-los futuramente.

Os clientes de Citroen são geralmente homens, entre 30 e 40 anos, com famílias jovens. “Somos obcecados pelas aves e isso é constrangedor”, diz a investigadora Amina Azhar-Graham. Ela justifica sua criação de 10 aves com o desejo de ter mais filhos com seu marido, um engenheiro de softwares. “Nós gastamos um valor insano. Achavámos que iriamos dar aos animais sobras de comida, mas nossas aves acabam comendo salmão grelhado, bife, alface e melancia orgânica”.

FONTE: epocanegocios

2/21/2018

Fazendeiros chineses começam a usar inteligência artificial para criar porcos

Minha nossa!!!!! vidas regidas pela tecnologia.... é muito bom este tipo de leitura para nossas teses de  evitar o consumo de carne de animais .... A China é o maior consumidor de carne de porco no mundo.... 
-----------
A gigante chinesa de tecnologia Alibaba anunciou ontem uma parceria com as empresas Dekon Group (que cria porcos) e Tequ Group (que produz lavagem) para trazer a inteligência artificial para a pecuária suína. Segundo a agência chinesa Xinhua, o objetivo da parceria é "fortalecer" uma indústria que "há muito tempo vem sofrendo com baixa eficiência e altos custos de trabalho".

Basicamente, as empresas pretendem implementar recursos de visão de máquina e internet das coisas para ter um controle melhor sobre cada um dos animais de suas fazendas. O sistema deve ser capaz de criar um "perfil" de cada porco, informando seu peso, idade, quantidade de ração que vem comendo e quanto vem se movimentando.

Para isso, as fazendas usarão números tatuados nas costas dos porcos. Câmeras especializadas podem então ler esses números, identificar cada porco e rastrear seus movimentos. Sensores de temperatura nas criações também ajudarão a monitorar a temperatura corporal de cada animal, detectando doenças e ajudando os criadores a saber quando aplicar vacinas.

O sistema também rastreará porcas e seus filhotes depois que eles nascerem. Em alguns casos, a mãe acaba "esmagando" alguns dos leitões - o sistema conseguirá detectar os gritos dos leitões e orientar os criadores a ajudá-lo. Esse sistema, por si só, deve reduzir em 3% a mortalidade de leitões segundo a BBC. Quando uma porca parar de ter filhotes, o sistema conseguirá identificar isso e sugerir aos fazendeiros que ela seja abatida.

Mercado enorme
De acordo com o The Verge, essas tecnologias devem substituir as "tags" de RFID que alguns fazendeiros chineses já usam. As tags são confiáveis, mas são mais complicadas de se usar do que um sistema totalmente automático - especialmente em criações grandes, porque elas exigem que cada porco seja "escaneado" de maneira individual.

"Se você tem dez milhões de porcos para criar, você mal consegue contar quantos leitões nascem por dia", disse o diretor de informações do Tequ Groupa à Xinhua. Para o Zhang Sheng, o diretor do projeto na equipe de Cloud da Alibaba, um dos objetivos é "reduzir os custos de criação e fazer uma reforma da agricultura". Mas, "por outro lado, nós queremos transformar tecnologia de inteligência artificial em carne de porco segura e saborosa", disse Sheng.

Não se trata de uma mera curiosidade, mas de uma aplicação importante de tecnologia para um dos maiores mercados do mundo. Mais ou menos metade de todos os porcos do mundo (cerca de 700 milhões de animais) vivem e morrem na China, para abastecer um mercado que consome mais de 40 milhões de toneladas de carne suína por ano. Considerando esse negócio monstruoso, investimentos em tecnologia podem trazer impactos fortes. 

FONTE: ariquemesonline

1/19/2018

Morador cria cabras soltas em bairro e irrita vizinhos em Pouso Alegre - MG

Mas, o dono das cabras é de uma folga sem tamanho!!!!! Na verdade o povo de lá é bom porque do contrário, já teriam dado sumiço nas pobrezinhas..... principalmente no bode que corre atrás das pessoas... olha ele aí ao lado.....
---------
Um grupo de cabras que vive solto nas ruas tem incomodado os moradores do bairro Vergani, em Pouso Alegre (MG). Todos os dias, elas são vistas caminhando pelas calçadas e revirando lixeiras. A situação incomoda e atrapalha a rotina do bairro.

Os moradores relatam que as cabras já foram vistas até em cima do telhado de uma casa e pulando em carros. Pelas ruas, lixo e urina ficam espalhados com a presença dos animais. Os vizinhos também reclamam do perigo nas ruas. “Tem um bode que corre atrás, minha filha foi tirar fotos esses dias de um e ele foi pra cima dela”, contou a aposentada Maria Tereza Costa. A aposentada também conta que o grupo come mangas de uma árvore, além de flores e lixo.

Segundo alguns moradores, há tempos eles tentam uma solução. “A gente quer que o dono assuma sua responsabilidade, que pegue as suas criações e deixe no quintal dele. E se ele precisar de um espaço maior, que ele busque outra alternativa que não cause transtorno aos moradores aqui do bairro”, pediu o engenheiro Celso Nascimento.

O engenheiro contou que todos sabem que é o dono das cabras. “Já foi tentado diálogo com ele, a reposta dada foi que ‘os incomodados que se mudem’. Então, infelizmente é essa pessoa que não tem noção dos direitos e deveres de um cidadão”.

Durante a gravação da reportagem pela equipe da EPTV, afiliada à Rede Globo, o dono dos animais apareceu. Ele não quis dar entrevista, mas disse que as cabras são difíceis de capturar e que em dois dias irá recolher os animais.

Segundo a assessoria da prefeitura de Pouso Alegre, uma lei municipal proíbe a permanência de animais nas ruas, bem como a criação de alguns bichos na área urbana. Outra lei prevê multa de R$ 100 por animal solto e o valor pode dobrar em caso de reincidência.

O setor de fiscalização esteve no bairro e notificou o dono para regularizar a situação. Caso ele não cumpra, os animais serão recolhidos.

Fonte: G1 - EPTV

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪