RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador companhia aérea. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador companhia aérea. Mostrar todas as postagens

8/28/2018

Viajar de avião com o pet fica mais fácil: aérea cria serviço exclusivo em 16 países

Que maravilha, não? quem diria que eu ainda ia ver isto?
-----------------
Serviço da Emirates custa a partir de US$ 500 e já está disponível no Brasil para tutores que viajam com os animais de estimação

Quem não abre mão de viajar com o pet tem um novo serviço à disposição que vai facilitar o deslocamento. A companhia aérea Emirates acaba de inaugurar o Emirates Pets Plus, que busca o bichinho onde ele estiver, preenche toda a

11/18/2017

Passageira será indenizada por falta de alimentação kosher durante voo

Leitor Fernando nos mandou esta noticia ontem e daí ficamos pensando que isto abre um precedente para que possamos exigir comida vegana durante os voos, né mesmo? Ora se até MacDonald Kosher já existe, porque não vegano? ou já tem e eu não sei? Repara que a indenização foi por danos morais.... Gente horrorosa esta que mata bichos degolando sem ao menos insensibilizar....
------------

Uma companhia aérea terá de indenizar em R$ 6 mil, por danos morais, uma passageira que ficou sem refeição kosher, a alimentação permitida pelo judaísmo, durante um voo do Rio de Janeiro para Tel Aviv, em Israel.

A decisão é da 26ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Segundo o processo, a companhia enviou um e-mail à passageira confirmando que ofereceria este tipo de alimentação especial, o que não ocorreu.

A relatora do acórdão, desembargadora Ana Maria Pereira de Oliveira, destacou a autora da ação ficou mais de 15 horas sem comer por causa da falha no serviço.

“O objetivo de ressarcir o dano moral é não apenas atenuar o sofrimento da vítima, mas também advertir o causador da lesão para que não pratique novas afrontas à honra das pessoas”, afirmou a desembargadora. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-RJ. 

Processo 0149960-66.2016.8.19.0001

Fonte: Consultor Jurídico

11/13/2017

Angolana TAAG em campanha internacional contra transporte de animais selvagens

Isto é muito bom!!!!!! com certeza só foi conseguido por pressão de ativistas..... Temos que pressionar todas que ainda se prestam a fazer este desserviço!!!!!
--------

A TAAG - Linhas Aéreas de Angola é a mais recente companhia a juntar-se à iniciativa "tolerância zero" no transporte ilegal de animais selvagens e seus produtos, promovida pela Fundação Real do Reino Unido.

Em comunicado, a que agência Lusa teve hoje acesso, a transportadora aérea angolana refere que a iniciativa United for Wildlife (Juntos pela Vida Selvagem), liderada pelo duque de Cambridge, príncipe William, número dois na linha de sucessão ao trono, conta igualmente com a adesão de outras 72 companhias aéreas e entidades internacionais.

O ato de adesão, ocorrido no início deste mês, em Londres, contou com a presença do membro da Comissão Executiva da TAAG, William Boulter, que assim se compromete a cumprir com os 11 compromissos, que engajará a companhia a detetar o transporte ilícito de animais selvagens e produtos, a partilhar informação e melhores práticas na indústria, bem como elevar a consciência dos seus trabalhadores e passageiros sobre estas práticas ilícitas.

"Desta forma, a TAAG compromete-se indefectivelmente com o futuro, promovendo a sustentabilidade e apoiando o combate a esta atividade ilegal e cruel", refere a nota.

Em junho deste ano, as autoridades angolanas queimaram cerca de 1,5 toneladas de marfim, quantidade que a ser comercializada no mercado negro rondaria um milhão de euros.

O marfim destruído, entre dentes em bruto e algumas peças trabalhadas, foi apreendido em diversos pontos do país, entre 2016 e 2017, tendo a maior parte das apreensões ocorrido no aeroporto internacional 04 de Fevereiro, em Luanda, ponto principal da saída deste comércio ilegal, sobretudo para os países asiáticos.

Angola é signatária da Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Ameaçadas de Extinção (CITES), tendo assumido o compromisso de acabar com o comércio de marfim no país, bem como aumentar o controlo do tráfico no aeroporto internacional da capital, Luanda.

FONTE: dn.pt

10/31/2017

Cachorra é extraviada durante voo para Palmas: 'Está há mais de 12h em caixa'

Segundo a empresa, a cachorra chegaria no seu destino ontem..... Será que chegou? alguém tendo alguma notícia, avisa?
-----------
Mulher embarcou em São José do Rio Preto com destino a Palmas, mas cadela ficou em Congonhas, após conexão. Previsão é de que animal fique mais um dia longe da dona.

Uma cadela da raça bull terrier foi extraviada durante uma viagem entre São Paulo e Tocantins nesta sexta-feira (27). Juliana Aparecida Garcia, de 30 anos, conta que ficou quase 12 horas sem saber da cachorra, que estava dentro de uma caixa. Ela embarcou a cadela Madonna no aeroporto de São José do Rio Preto (SP) em uma aeronave da empresa Latam e viajou no mesmo voo. A mulher fez escala no aeroporto de Congonhas e chegou em Palmas por volta das 23h. Só que ao desembarcar recebeu a notícia de que a cadela não chegou.

"Embarquei ela quatro horas antes do voo, por volta das 15h, como pediram. Tinha uma conexão em Congonhas e mesmo o nosso avião tendo chegado atrasado deu tempo de mandarem as malas. Quando eu cheguei em Palmas me falaram que ela não tinha desembarcado. Fiquei esperando de 23h45 até 2h da madrugada, quando localizaram minha cachorra", disse.

Madonna teria ficado todo o tempo sem comer e beber. "Eu não dormi essa noite porque saí do aeroporto eram quase 4h estou até agora acordada. Mandaram fotos e ela está acuada em um cantinho da caixa. Ela é como um filho e não entendo como deu tempo de pegar minha mala e não deu tempo de tirarem ela", lamenta.


No aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues, em Palmas, a mulher foi informada de que a previsão de chegada da cadela é para a noite de domingo (29). A cachorra dorme comigo na cama e agora está dentro de uma caixa. Foram perceber que não deu tempo de embarcar 12h depois que ela estava dentro de uma caixa, provavelmente sem comer e beber. Querem trazer ela só amanhã a noite. Onde já se viu uma cachorra ficar mais de dois dias dentro de uma caixa? Isso é maus-tratos.

Juliana Aparecida resolveu viajar com a cachorra, que tem um ano, porque vai precisar passar três meses com parentes no Pará. Ela veio para Palmas para pegar uma carona até São Felix do Xingu (PA). Agora, vai ter que gastar com aluguel de carro e hospedagem enquanto espera pela companheira de viagem.

"O rapaz me falou que não deu tempo de desembarcar ela e trocar de avião. Segundo ele, eu teria que deixar ela quatro horas antes do voo, mas não tinham falado nada disso na hora que comprei a passagem. Falaram que deveria deixar quatro horas antes em São José do Rio Preto, não em Congonhas."

O outro lado
A Latam informou que devido às condições do clima em São Paulo nesta sexta-feira (27) não foi possível realizar o transporte do animal, pela conexão do aeroporto de Congonhas a Palmas. A empresa disse que está em contato com cliente para prestar esclarecimentos. De acordo com a Latam, o animal deve chegar neste domingo (29) em Palmas.

A empresa disse que não houve extravio e "está prestando toda a assistência para o bem-estar do cachorro, como a higienização da caixa de transporte, além de oferecer ração especial com a qual o animal se alimenta habitualmente."

Fonte: G1 Tocantis

========

ATUALIZAÇÃO às 07:30hs
A cadelinha chegou sã e salva... ufa!!!!!
Após dois dias longe da dona, cadela extraviada em voo é recebida com festa

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪