RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador coelho. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador coelho. Mostrar todas as postagens

6/05/2019

Amor que não morre: o luto quando se perde um animal de estimação

A professora de artes Alda de Moura Macedo conta como tem sido viver sem Chiquinha, sua coelha com quem conviveu por sete anos. A psicóloga Maria Valesia Carvalho explica que é preciso respeitar essa dor mesmo não gostando de animais

Na última quarta-feira recebi a seguinte mensagem pelo Whatsapp.

"Estou muito triste, Chiquinha faleceu hoje em casa só comigo. Que sentimento forte, estamos arrasados. Passa um filme da nossa vida com ela... Chiquinha ocupou um lugar nobre na nossa vida, trouxe muita felicidade... Minha gratidão será eterna".

Chorei!

4/01/2018

Símbolo da Páscoa, coelho tem crescimento de 30% nas vendas

Eu não vou falar nada para não ter um piripaque, mas, leitores amados dá para aceitar este negócio de comprar coelho na Páscoa? Minha Nossa!!!!! a quantidade de animais abandonados depois é de quase 100%.... Poucos ficam com os pobrezinhos e os que ficam e os enfiam numa gaiola faz ranger meus dentes de raiva..... Sabine, socorro!!!!!!! Para quem não conhece, Sabine é uma protetora de coelhos.... Veja ao final como ajudá-la.
-------------
Os coelhos são animais dóceis e de fácil convívio. E só neste ano, a procura pela compra do bicho cresceu cerca de 30%. Símbolo da Páscoa, ele precisa de cuidados especiais na alimentação e para a vida doméstica.

E o que faz dele um dos símbolos da Páscoa? Para a Igreja Católica, o animal representa a fertilidade, fazendo com que a vida e ressurreição de Jesus seja lembrada. Há o entendimento de que, assim como o animal, todos têm uma 'fertilidade' em Deus, com a graça de uma vida sempre renovada.

Além disso, há também o tradicional ovo de Páscoa, que também tem sua representatividade e serve de instrumento para um projeto beneficente do Lar Mensageiros da Luz, de Santos, no litoral de São Paulo, que com a venda deles, ajuda as crianças beneficiadas pela instituição. Confira na reportagem do 'Viver Bem'.

Fonte: G1 Santos
==========
Cliquem na imagem abaixo para conhecer o facebook do 
"Adote um Orelhudo"
========
Matéria sobre maus-tratos aos coelhos expostos em praça:

Matéria interessante:

3/26/2018

Coelhos em decoração na praça viram polêmica em Venâncio Aires

A "dona primeira-dama" devia ser procurada quando a cambada de alienados começar a abandonar os coelhinhos, né mesmo? é uma pateta irresponsável mesmo.... ao invés de ensinar, estimula o desrespeito pela vida animal....
---------------
Ação foi organizada pelo gabinete da primeira-dama e gerou revolta em entidades ligadas à causa de proteção animal
Se para as crianças os coelhos costumam representar a chegada de chocolates na época da Páscoa, em Venâncio Aires os animais que simbolizam a data trouxeram uma polêmica curiosa. Coelhinhos de verdade foram expostos na Praça da Matriz, para complementar a decoração e divertir a comunidade, mas revoltaram organizações voltadas à proteção animal. A questão chegou ao Facebook e, por lá, o debate gerou comentários e até a tag #ficacoelhos.

Seis animais foram doados por um criador ao gabinete da primeira-dama, para fazer parte da programação Magia da Páscoa, que continua até o dia 1º de abril. Eles ficam em um cercado com tocas coberto por uma rede, que impede o contato de pessoas e outros bichos. Desde a última sexta os animais estão sendo expostos. Eles foram divididos em dois grupos: um na Praça da Matriz e outro na Praça da Igreja Evangélica.

Conforme a primeira-dama de Venâncio Aires, Cristiane Wickert, foi no sábado que os comentários negativos começaram. Por isso, no domingo, os coelhos não foram levados para as praças. “Na segunda-feira, nós trouxemos eles de volta e anexamos um laudo do veterinário responsável que certifica o tratamento adequado dos coelhinhos aqui. Ainda colocamos uma placa orientando a população sobre os cuidados.” De acordo com Cristiane, os coelhos ficam expostos somente em determinado horário e há acompanhamento constante de funcionários designados. “Eles recebem água, comida, tudo certinho.” À noite, são levados para a clínica veterinária responsável.

O que pensam os venâncio-airenses
É uma atração diferenciada. Trouxe minha neta, Valentina, com muito mais vontade de participar e brincar na praça. Eu aprovei. Os animais estão bem cuidados e as crianças se divertem. Eu gostei muito.”
Eva Gomes
Promotora

Foi uma ação positiva, principalmente por proporcionar às crianças o contato com um animalzinho diferente. Não tem maus-tratos, porque é uma forma de eles aprenderem a cuidar e respeitar o bichinho. É bem melhor do que só os coelhos de desenho animado. A Júlia adorou, queria ter um em casa.”
Lisandra Mariano da Cruz
Auxiliar administrativa

É uma ideia boa. As crianças têm a oportunidade de interagir com os coelhos e a Kethlin, que já teve, pode matar a saudade. Esse contato é bom, pra aprender a cuidar. Enquanto nenhum for maltratado, não vejo problema.”
Lisiane Beatriz Helfer
Vendedora

Feira de adoção pode ser opção para uso do local
A primeira-dama de Venâncio Aires, Cristiane Wickert, afirmou que não há motivos para que as ONGs se preocupem com o bem-estar dos coelhos, pois todos os cuidados necessários estão sendo tomados. Segundo ela, os comentários negativos na internet partiram de pessoas de fora da cidade. Os demais teriam elogiado a ideia. “As professoras estão vindo aqui com os alunos e fazendo aulas lindas sobre os coelhos e cuidados com os animais”, comentou.

Em sua página pessoal no Facebook, Cristiane ofereceu à ONG Amigo Bicho o espaço das tocas para que sejam realizadas feiras de adoção de animais, durante a programação Magia da Páscoa. “Se a ONG quiser fazer uma feira no período em que os coelhos estariam aqui, nós tiramos eles, sem problemas. Caso contrário, ficarão até o dia 30”, disse. Para o ano que vem, Cristiane espera poder conversar previamente com as ONGs para trocar ideias a respeito de como inserir o símbolo da Páscoa na programação.

Segundo ONG, ação contraria os direitos dos animais
Este é o segundo ano em que coelhos vivos fazem parte da programação. No ano passado, a ONG Amigo Bicho já havia levantado a questão. Conforme a presidente da entidade, Nais Andrade, a preocupação se repete, principalmente em relação ao bem-estar dos animais e à utilização para entretenimento. Segundo ela, o artigo 10 da Declaração Universal dos Direitos dos Animais deixa claro que “nenhum animal deve ser usado para divertimento do homem, pois a utilização é incompatível com a dignidade do animal”.

Nais destacou ainda que os coelhos são bichos sensíveis, que se estressam com facilidade se expostos em um ambiente barulhento e com muita luz, ainda que recebam comida adequada. “Devemos evoluir e entender os animais como seres com sentimentos e não coisas que podem ser expostas em uma decoração”, declarou. Para o ano que vem, a ONG estará engajada em uma negociação com a Prefeitura para que a ação não aconteça. “Temos que respeitar o espaço deles. Não somos seus donos, somos seus tutores, responsáveis por seu bem-estar.”

FONTE: gaz

12/11/2017

Homem salva coelho selvagem do furioso incêndio californiano

Eu fico imaginando a quantidade de animais que estão morrendo neste incêndio gigantesco....
--------
Um homem deixou a estrada e desafiou as chamas furiosas para resgatar um coelho selvagem enquanto o Thomas Fire, considerado o maior incêndio havido até hoje na Califórnia,  avançava no condado de Ventura.


Fonte: LiveLeak

11/22/2017

Adote um Orelhudo - vamos colaborar com sua rifa de R$10,00?

A Sabine Fontana é uma das pessoas que trabalham na proteção animal que admiro demais. Estas pessoas únicas que se dedicam a um determinado animal para protege-los, tem todo meu respeito. Noutro dia publiquei aqui sobre uma protetora de esquilos e um outro grupo que protegia os chamados porquinhos da índia. Fico encantada. Sabine atua na proteção dos coelhos e fico encantada com sua dedicação há tantos anos. Ela está fazendo uma Rifa digital super especial. Queria pedir aos meus leitores para ajudá-la. Ficarei muito grata. 

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪