RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador cobra. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cobra. Mostrar todas as postagens

1/16/2019

A cobra coberta por mais de 500 carrapatos é resgatada na Austrália. Passa bem.

Pobre da criaturinha!!!!
--------------
Réptil foi encontrado em piscina, onde, acredita-se, deve ter tentado se livrar de parasitas; após resgate, carrapatos foram retirados por veterinários.

Caçadores de cobras na Austrália resgataram uma cobra píton-carpete coberta por centenas de carrapatos.

12/10/2018

Treinamentos militares com animais. Precisa isto?

O site "Megacurioso publicou uma matéria chamada"7 TREINAMENTOS MILITARES EXTREMAMENTE CRUÉIS QUE ACONTECEM EM TODO O MUNDO e eu separei um deles só para perguntar: precisa??????
----------------
E aí, você encararia essa tarefa? Aliás, no quesito sangue e sacrifício animal, sabe-se que esses soldados também precisam arrancar cabeças de galinhas com os dentes.

11/24/2018

Jiboia invade residência e se alimenta do gato da família

Vivo perguntando à Deus porque ele inventou a Lei da sobrevivência.... Depois de criar um planeta tão lindo, pra quê fez esta sangueira danada? Ele podia ter inventado uma tomada pra gente plugar e se alimentar.... pronto... resolvido... E pra morrer, fechava os olhos e puf.... fomos..... Dá uma dó ver estas cenas de um morrendo para alimentar o outro, né?
--------------------------
A moradora informou que foi limpar o

11/16/2018

Cobras de criadores de Taubaté e Jacareí ‘estrelam’ clipe de Anitta

Este pessoal adora usar bichos em seus clips, né mesmo? Só queria saber se esta gente doa uma parte para ONG´s de proteção animal.... Só estou perguntando.... 
----------------
Vídeo da música ‘Veneno’, lançado na sexta-feira (9), conta com animais de criadores do interior de SP. Gravação do vídeo durou cerca de 15 horas e mobilizou 20 serpentes.

9/23/2018

Homem vive com dois crocodilos em casa

Caraca.... não falo nada porque são animais que foram abandonados e  oriundos do tráfico... eles não tem condições de voltar à natureza....
---------------------
Numa modesta casa na zona oeste de França vivem um homem, uma cobra, uma tartaruga de 50 quilos e dois crocodilos de dois metros: um dorme com o dono na cama e o outro vigia a porta. No total são mais de 400 animais a coabitar no local. Parece uma cena de um filme mas é bem real e o protagonista é

9/18/2018

Empresário é atacado no rosto por sucuri de 3 metros durante pescaria em MT

Fiquei feliz porque ele não matou a danadinha.....
----------------
Por causa das presas da cobra, Moisés Rodrigues teve o rosto cortado e levou três pontos. Ele estava com amigos em uma pescaria na represa de uma fazenda em Juara.

Um empresário foi atacado no rosto por uma sucuri durante uma pescaria no final de semana em uma propriedade rural de Juara, a 690 km de Cuiabá. Moisés Rodrigues estava com amigos em uma represa e se preparava para amarrar o barco quando foi surpreendido pelo animal.

7/14/2018

Abrindo uma bolsa de couro de jacaré ou uma jaqueta de couro de boi, etc...

IMAGENS FORTES... Por favor, amigos, enviem para todos que conhecem e que compram coisas com peles de animais..... Só assim vamos fazendo nosso trabalho. Não adianta só compartilhar entre nós.... é mais importante enviar para quem é estranho ao nosso metier porque muita gente não sabe como estas coisas acontecem...... Por favor, vamos trabalhar pelos animais de forma educacional porque "EDUCAR É FAZER PENSAR"....

7/12/2018

Bombeiros resgatam tamanduá-mirim e jiboia que ‘passeavam’ no fim de semana


Repito mais uma vez: o que acalma nosso coração é que um exército de respeitadores da vida animal aumenta a cada dia..... Graças a Deus!!!!!
---------------
Resgates aconteceram em Corumbá
O Corpo de Bombeiros teve trabalho com os animais silvestres no último domingo (8), em Corumbá – cidade a 450 quilômetros de Campo Grande. A corporação foi acionada para resgatar

6/28/2018

LEI DA SOBREVIVÊNCIA: Homens salvam cão e impedem que ele seja engolido por cobra

Quando eu questiono a Deus porque ele fez a tal lei da sobrevivência, é por causa de coisas assim...... A cobra fica com fome? mas, quem deixaria ela comer o cão nesta situação? Juro que eu não entendo porque a natureza é assim....... NÃO ACEITO e vou fazer um requerimento ao Criador para ele me explicar... Criador do céu e da terra porque fez uma meleca desta? Será que ele não tinha os universitários para consultar? pô!!!!!!
=========
Sentindo-se acuada, a cobra desistiu do cão.
Em um vilarejo na Tailândia, uma píton enorme decidiu que almoçaria um cão. Enrolou-se ao corpo da presa e começou a pressioná-lo. Moradores vieram ao socorro do melhor amigo do homem e começaram a espetar a cobra com gravetos.

Não deu muito certo, o cão continuava sendo preparado para o almoço. Foi quando um morador corajoso agarrou a píton pela cauda e começou a arrastá-la. Sentindo-se acuada, a cobra desistiu do cão, que, incrivelmente, sobreviveu. O vídeo viralizou. Muitas pessoas nas redes sociais criticaram a atitude dos homens, por interferirem na lei da natureza. "Isso acontece há milhares de anos", criticou um internauta.

Fonte: Meio Norte

4/28/2018

Tigre na balada: casa noturna é multada em R$ 200 mil por levar bichos à festa

Publicamos há um mês atrás: Casa noturna que exibiu animais silvestres em festa é notificada e agora a multa foi aplicada.... Vamos ver se vão pagar, né?
-------------
Multa foi aplicada pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Ministério Público e Ibama também acompanham o caso.

Uma casa noturna de Curitiba que levou um tigre e uma jiboia para uma festa temática no mês passado foi multada em R$200 mil pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA). A prefeitura se baseia na lei municipal de 2011, que se instala no complexo com um complexo de maus tratos contra animais, mas fica situada no Centro, recorreu à Procuradoria-Geral do Município.

Segundo a SMMA, uma multa foi aplicada na semana seguinte à festa. Os Fiscais da Rede de Proteção Animal foram para os dias de hoje para apurar uma situação, que também está sendo investigada pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR).

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis ​​(Ibama) também promoveu sua casa noturna de acordo com o previsto lei 9.605 de 1998 e o decreto 6.514 de 2008, com as regras de casos de violações ambientais. Contudo, a avaliação da massa não é informar a bravura da multa. De acordo com o Ibama, os responsáveis ​​pelo boate foram ainda notificados pela passagem do contato dos proprietários dos animais.

O caso
A mídia de pesquisa do MP-PR, por meio da Promotoria de Proteção ao Meio Ambiente, é uma publicação do tigre e da jiboia na festa de repertório nas redes sociais, onde foram compartilhadas fotos dos bichos na balada. Em uma publicação, uma pessoa afirmou que o felino estava dopado e, quando o efeito do sedativo começou a passar, ele começou a rugir com frequência, sendo retirado da festa em seguida.

Um dos frequentadores da festa. que não quis se identificar. Gazeta - Poucos dias após uma festa - Que chegou ao local e encontrou um jiboia já na entrada. “Uma cobra estava na recepção. Era uma daquelas cobras que o pessoal usa nas festas de dança do ventre ”, conta. Já o tigre não o viu ser visto, apenas por fotos. “Quando cheguei, me falei que ele estava no salão, mas não cheguei a ir lá ver o bicho”.

A utilização de animais em apresentações, como passeios e casas noturnas, é proibida em Curitiba desde 2007. A lei prevê que o estabelecimento de uma norma pode ser cancelada e paga em várias parcelas de R $ 3 mil.De acordo com o Ministério Público, se comprovada a presença dos animais, uma ação noturna capaz de responder pelo crime ambiental.

FONTE: gazetadopovo

3/06/2018

Salvando um cão de ser comido por uma cobra


Tudo bem que salvaram o cachorro, agora, precisavam matar a cobra? Minha Nossa!!!!
------------ 
Um dia calmo na fazenda e de repente vocês percebe que seu cão desapareceu. Você procura, procura e vê algo flutuando na água e aí identifica que uma anaconda bebê pegou seu cachorro como um lanche da tarde. Rapidamente os peões tiraram a cobra da água, desenrolaram-se e com pedaços de pau tiram o cachorro do abraço fatal. Se não o vissem a tempo, o cachorro estaria morto.

Fonte: LiveLeak

2/19/2018

Mordida de jararaca em cachorrinha vira prova contra Lula na ação do sítio de Atibaia

Eu não entendo como este homem pode estar a frente das pesquisas para presidência do nosso Brasil.... Eu devo estar louca ou de porre porque não entendo..... Vejam o que este ser desprezível fala sobre a cachorrinha dele e a cobra que mordeu ela: "Se eu soubesse que ia ser tudo isso, eu deixava a jararaca comer a Mel, porra”
----------------
Ex-presidente se irrita e ironiza a Lava Jato por ter incluído no processo o caso de sua cachorra de estimação que foi mordida por uma cobra no sítio. Acusação usa o episódio como um dos elementos para mostrar que o petista seria o verdadeiro dono da propriedade

O processo da Lava Jato referente ao sítio de Atibaia (SP) contra o ex-presidente Lula (PT), retomado na segunda-feira (5) pelo juiz Sergio Moro, têm dois personagens inusitados: Mel, a cachorrinha de estimação da família do petista, e uma cobra jararaca. Os animais foram parar na ação como uma das provas de que o sítio é de Lula.

O caso da cachorra e da cobra deixou o ex-presidente especialmente irritado. No último dia 25, durante reunião da comissão executiva nacional do PT, Lula ironizou a inclusão de Mel e da jararaca no processo do sítio.

Assista ao vídeo em que Lula fala de sua cachorrinha e da jararaca


“Se eu soubesse que ia ser tudo isso, eu deixava a jararaca comer a Mel”

“Eu fiquei sabendo de uma coisa que vocês não tem noção do que vai vir pela frente ainda”, disse o ex-presidente à militância petista, começando a contar a história. “Eu tenho uma cachorrinha chamada Mel. Ela tava lá em Atibaia, na chácara do Fernando Bittar [o dono oficial do sítio]. E uma jararaca mordeu ela.”

Em seguida, Lula começou a criticar a força-tarefa da Lava Jato por ter incluído os dois animais na investigação. “Eles estão colocando no processo o fato da minha cachorrinha ter sido mordida por uma jararaca lá no sítio... É a prova de que o sítio é meu”, disse. “E o que é mais grave: foram entrevistar, interrogar a veterinária [que tratou da cachorra]. Se eu soubesse que ia ser tudo isso, eu deixava a jararaca comer a Mel, porra”, prosseguiu o ex-presidente, arrancando risos da plateia.

“Mas nós fomos bons. Não matamos a jararaca. Pegamos a jararaca... Um companheiro meu aqui, corajoso, pegou a jararaca pela cabeça, colocou dentro de um pote e levou lá pra veterinária. E a Mel tá salva e a jararaca deve ter mordido outro já. Podia ter mordido os caras que foram lá encher o saco. Mas não mordeu”, finalizou Lula.

O ex-presidente usou o caso de Mel e da jararaca para exemplificar como supostamente as provas contra ele no processo do sítio são frágeis. E também para argumentar, em suas palavras, que está “sendo vítima de uma trama premeditada” da Lava Jato para incriminá-lo.

Lula é acusado de ser o verdadeiro dono do sítio, que teria sido usado como pagamento de propina de contratos das empreiteiras Odebrecht e OAS com a Petrobras. A propriedade também teria recebido benfeitorias pagas como propina.

Notas fiscais do tratamento da cachorra constam como prova no processo
A história da cachorrinha e da cobra consta da acusação formulada pelo Ministério Público Federal (MPF). Está na parte da denúncia em que são apresentadas, como provas contra Lula, notas fiscais de fornecedores de bens encontrados no sítio ou de prestadores de serviços que, de alguma forma, envolvem a propriedade. Segundo o MPF, essas notas indicam que o ex-presidente seria o verdadeiro dono do sítio.

No caso de Mel, as notas fiscais são de serviços prestados numa clínica veterinária de Atibaia. Após ser mordida pela cobra, a cachorra ficou internada na clínica de 31 de março a 2 de abril de 2012, conforme consta do documento fiscal.

O depoimento da dona da clínica também está na ação. Ela relatou aos investigadores que o animal foi levado pelo segurança Misael Melo da Silva, que disse que Mel era de Marisa Letícia, mulher de Lula falecida em fevereiro do ano passado. O cheque de pagamento do serviço, que custou R$ 900, foi assinado por Marisa.

A ação ainda afirma que a cachorrinha voltou a ser atendida na mesma clínica para tratar de problemas dermatológicos em 3 de novembro de 2012. Nesse caso, o serviço custou R$ 352,70 e foi pago com cartão. Os investigadores da Lava Jato não conseguiram identificar de quem era o cartão.

Os dois atendimentos da cachorra de Lula pela clínica formam um conjunto de indícios que mostram que Lula era um frequentador assíduo do sítio – fato que, para o MPF, ajuda a provar que a propriedade era efetivamente dele.

Denúncia traz notas fiscais de outros produtos e serviços pagos por pessoas ligadas a Lula
As notas fiscais da clínica veterinária não são as únicas que constam do processo e tampouco são as únicas evidências apresentadas pela Lava Jato.

No mesmo trecho da denúncia em que estão as notas da clínica, constam ainda documentos fiscais de compra de vários outros produtos encontrados no sítio e pagos por Marisa Letícia ou por pessoas ligadas a Lula e à Odebrecht: uma embarcação pequena, pedalinhos, uma roçadeira, uma capa de piscina, uma porta de correr, peças de vidraçaria, materiais de construção.

O MPF sustenta que esses investimentos na propriedade, pagos por familiares do petista e pela empreiteira, provam que Fernando Bittar era apenas um “laranja” de Lula no sítio.

Na denúncia, também constam como provas objetos pessoais de Lula e Marisa Letícia encontrados no sítio, além de depoimentos de que a família do petista usava o imóvel como se fosse deles.

FONTE: gazetadopovo

2/14/2018

Polícia Ambiental apreende iguanas e cobras mantidas em cativeiro sem licença

Pobres animais..... tomaram que tenham chance de voltar à natureza....
-----------
Animais eram mantidos por morador de Echaporã (SP). Homem foi multado em R$ 2,8 mil e responderá por crime ambiental.

A Polícia Ambiental divulgou nesta segunda-feira (5) a apreensão de duas iguanas e duas cobras que eram mantidas por um morador de Echaporã (SP).

A ação foi realizada na última sexta-feira (2) e o homem foi autuado e pagará uma multa de R$ 2,8 mil, além de responder por crime ambiental com pena de seis meses a um ano de prisão.

De acordo com a Polícia Ambiental, os animais foram recolhidos e passaram por avaliação médica para avaliar a possibilidade de serem devolvidos à natureza.


FONTE: G1

1/31/2018

Morre sucuri que levou 60 pontos após ser esfaqueada por comer galinha

A pobre morreu porque foi se alimentar.... Olha, eu tenho pena da galinha que morreu, é claro! mas, o que a cobra vai fazer quando humanos invadem seu habitat acabando com sua sobrevivência? 

Deus meu, por que você inventou este negócio de lei de sobrevivência? pô, tão inteligente que é e inventa um método tão cruel para os carnívoros? sei não.... não me conformo com isto.... é tão incoerente.....
---------
Cobra estava em recuperação, mas não resistiu aos ferimentos. Suspeito do crime, o dono de uma chácara em Balbinos, recebeu uma multa de R$ 6 mil. A sucuri que foi atingida por golpes de enxada após comer uma galinha no dia 18 de janeiro não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde de sexta-feira (26) no Zoológico Municipal de Bauru (SP).

O animal, que levou 60 pontos por conta dos ferimentos, estava em recuperação, mas segundo o diretor do zoo, Luiz Pires, houve muita perda de sangue e infecções. “Sabemos que milhares de pessoas vinham acompanhando a tentativa de recuperar o animal, mas ela não conseguiu superar as agressões e veio a óbito. Essa é mais uma batalha que perdemos em uma guerra que travamos contra a desinformação”, publicou a equipe do zoológico em uma rede social.

Ainda de acordo com o diretor do zoológico, foi feita a necropsia e o laudo foi encaminhado à Polícia Ambiental.

Multa de R$ 6 mil
A cobra foi ferida em uma chácara na zona rural de Balbinos. O réptil macho com mais de 11 quilos e 2,7 metros de comprimento foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros com vários cortes, além de fraturas em pelo menos cinco costelas. 

No dia 19, a Polícia Ambiental foi ao local do ataque e identificou o homem autor dos golpes na sucuri. 

De acordo com o capitão Nílson César Pereira, comandante da Polícia Ambiental na região de Bauru, o homem foi autuado por crime ambiental e multado de forma administrativa em R$ 3 mil. Como a cobra morreu, o valor da multa dobrou. 

No âmbito criminal, o autor do ataque à sucuri também foi enquadrado por crime ambiental, que prevê de três meses a um ano de detenção, além de uma nova multa. 

FONTE: G1

1/29/2018

Amante de animais, britânico morre asfixiado por cobra de estimação de 8 metros

Bem, estou publicando porque a fonte é segura.... Houve muita especulação a respeito.....
----------
Dan Brandon, de 31 anos, foi asfixiado por uma cobra píton; acredita-se que ele tenha sido a primeira vítima fatal dessa espécie em toda a Grã-Bretanha

A comprovação de que Dan Brando havia sido morto asfixiado por sua cobra de estimação ocorreu recentemente

Um adorador de animais de 31 anos morreu asfixiad o por sua cobra de estimação na Inglaterra, em meados do ano passado. De acordo com o jornal  Mirror, Dan Brandon foi encontrado em sua casa no dia 25 de agosto de 2017, mas o caso só veio a público na última terça-feira (23), devido às investigações policiais.

A polícia do condado de Hampshire começou a investigar logo após a morte do "encantador de répteis", entretanto, somente ontem, o médico forense Andrew Bradley registrou o veredito que comprova que o rapaz foi morto por Tiny, uma cobra  píton-africana de oito metros, originária da África Subsariana.

No tribunal de Basingstoke Coroners, a mãe do rapaz, Babs Brandon, afirmou que o réptil de estimação era o “bebê” de Dan, pois ele cuidava da cobra como se fosse uma filha. Babs ainda relata que seu filho nunca teve medo do animal, mesmo sabendo de sua força. Antes de Tiny, a família já manteve 10 cobras e 12 tarântulas em casa.

Segundo o coronel Bradley, não há outra suspeita para a morte de Dan. “Tiny deve ter se enrolado em torno dele até sufocá-lo, não sei que tipo de mecanismo pode ter usado. Durante as investigações, a encontramos escondida, provavelmente pela reação ou pelo barulho da queda do corpo de Brandon”.

Demora do veredito
Em setembro do ano passado, durante a abertura do inquérito, um porta-voz do escritório de forenses da Basingstoke expôs que tudo o que se podia afirmar é que o britânico havia morrido por asfixia. Um mês depois, ele retornou ao tribunal para pedir mais tempo para o levantamento de provas concretas, e para descobrir se a causadora da morte havia sido ou não Tiny.

Embora as pítons tenham sido responsáveis ​​pela morte de seres humanos em outros lugares, nunca houve uma ocorrência semelhante na Grã-Bretanha até o caso de Dan Brandon.

Homenagens
Nas redes sociais, o britânico costumava publicar fotos de si mesmo com grandes cobras. Ele foi homenageado pela página JustGiving , coma abertura de um projeto para arrecadar dinheiro para o Fundo Mundial para a Natureza.

"Vimos fotos de Dan com diversos animais, desde sua cobra Tiny até cachorros, gatos, aranhas. Criar essa campanha nos pareceu a escolha perfeita para honrá-lo”, alegaram em uma publicação na fan page.

FONTE: ultimosegundo

11/22/2017

Cadela que levava marmita morre após ser picada por cobra

Em 2013 eu já questionava as condições do trato de Lilica: 'Lilica mudou nossa vida', diz dona de cadela ... e a vida da cadela, mudou alguma coisa? SP . Imagina que triste esta cadela ter morrido picada de uma cobra..... Estou com vontade de falar um "monte", mas, vou ficar calada.... posso estar sendo injusta..... Vejam o vídeo com a matéria da EPTV.... tô engasgada....
--------------
Cadela que levava marmita morre após ser picada por cobra: 'Arrasada', diz dona
Lilica vivia em ferro velho de São Carlos (SP) e andava 2 km para levar alimento para outros animais.

A cadela Lilica, que há mais de três anos levou comida para outros animais que conviviam com ela em um ferro velho em São Carlos (SP), morreu após ser picada por uma cobra. O animal foi enterrado em um espaço no quintal de uma casa vizinha. ‘Estou arrasada, não queria acreditar que é verdade, muito triste’, disse a dona, Neile Vânia Antonio, que cuidou de Lilica por mais de dez anos.


Neile achava que a cadela tinha fugido. Ela chegou a postar nas redes sociais sobre o desaparecimento. No domingo (19), o vizinho contou ao marido que a cadela estava morta e que ele havia enterrado o animal. “Eu fui o último a vê-la, ela morreu aqui dentro, eu que a enterrei. Ia esperar um pouco para contar porque sei que a Neile ia sofrer muito, a Lilica era muito querida”, relatou o professor de tênis Fábio Borges Rosa Dourado.

Ele e a mulher, Aureliana Rosa Dourado, contaram que já tiveram outros cães que também morreram picados por cobras. “Geralmente dá vômito com sangramento. A gente tem até soro aqui. Quando vi a Lilica, apliquei soro na veia dela, ela até apresentou uma melhora, mas não resistiu”, contou.


Lilica ganhou fama nacional após reportagem da EPTV veiculada em setembro de 2012. A solidariedade da cadela comoveu pessoas de todo o país. Todas as noites, entre 20h e 21h, Lilica cumpria rigorosamente a sua missão. Mesmo que estivesse chovendo, o destino é casa da professora Lúcia Helena de Souza, que criava 13 cachorros e 30 gatos, todos recolhidos da rua. Depois de servir o jantar da turma, a professora preparava uma marmita para Lilica.

A cadela matava a fome, pegava a sacolinha com o alimento separado pela professora e seguia de volta ao ferro velho percorrendo dois quilômetros de caminhada na lateral de uma estrada bem movimentada.


Cadela Lilica enfrenta perigos da rodovia para alimentar outros animais
Ao chegar em casa, Lilica dividia o alimento com os animais com quem divida espaço no ferro velho: um cão, um gato, um galo, uma galinha e até uma mula. Para o veterinário Alexandre dos Santos, Lilica mantinha essa rotina porque tinha um instinto materno e de liderança entre os bichos.

Fonte: G1 EPTV - VEJA O VÍDEO
--------------
Outra postagem nossa a respeito:
A história da cadela Lilica me doi o coração

11/05/2017

Ter medo de aranhas e cobras é natural e inato, diz pesquisa

Engraçado, né? tem gente que tem medo e tem gente que tem fobia... Eu tenho de cobra.... nunca tive oportunidade de pegar em uma e tinha muita vontade para ver se tinha medo mesmo ou seria impressão minha.....
------------- 
De acordo com um novo estudo, o medo de aranhas e cobras seria uma característica definidora da nossa espécie, tanto que, as nossas reações de repulsa a estes animais são encontradas também nos lactentes.

A aracnofobia seria pois um verdadeiro terror que trazemos já em nosso DNA, ou seja, é de nascença! Assim disseram os pesquisadores do Max Planck Institute for Human Cognitive and Brain Sciences e da Uppsala University.

O estudo publicado na Frontiers in Psychology investigou as origens desta repulsa em bebês de seis meses, demasiado pequenos para saberem o que é medo e ou terror dessas criaturas rastejantes ou de oito pernas.

Sentados no colo de seus pais, aos pequenos foram mostradas imagens de aranhas ou de flores em um experimento e de cobras ou peixes, em um segundo experimento.


"Quando nós lhes mostramos imagens de uma cobra ou de uma aranha, em vez de uma flor ou de um peixe do mesmo tamanho e cor, os bebês reagiram ampliando suas pupilas, explica Stefanie Hoehl, autora do estudo. Em condições de luz constante, esta mudança no tamanho da pupila é um sinal importante de ativação do sistema noradrenérgico do cérebro, que é responsável precisamente pelas reacções de estresse. Como resultado, entendemos que até mesmo as crianças menores parecem ter medo desses animais".

Os resultados do estudo
Com um sistema de "eye tracking”, de fato, os pesquisadores conseguiram determinar a dilatação das pupilas, uma medida que em condições de luz constante, mostra a norepinefrina liberada (um neurotransmissor envolvido nas reações de ataque ou de escapar, ativado em situações estressantes, de perigo, etc).

E foi assim que surgiu a evidência de que ver imagens de aranhas e cobras causavam o aumento da dilatação das pupilas: no caso das aranhas, a expansão média foi de 0,14 milímetros, em comparação com 0,03 das flores. A diferença entre as imagens de cobras e peixes foi menor, mas de qualquer modo, as cobras causavam maior dilatação em relação aos peixes.

Medrosos, não. Espertos, sim!
Por que tudo isso? De acordo com os psicólogos, nosso cérebro seria capaz de identificar rapidamente as aranhas e as cobras como animais "muito perigosos”. O que hoje nos causa apenas repulsa, no passado, estes animais realmente ameaçavam a nossa sobrevivência.

Um outro estudo, conduzido pela British Columbia University, revelou que o medo de aranha demonstra uma ótima defesa imunitária da pessoa aracnofóbica. Isso porque o medo seria causado por um sistema imunitário comportamental que consegue advertir ao resto do corpo uma ameaça.

Fugir de aranhas, portanto, não tem a ver com gente medrosa e, sim, ao contrário, tem a ver com aqueles que possuem uma ótima defesa imunológica, são instintivamente fortes e estão sempre  prontos para fugir das ameaças da vida.

FONTE: greenme

10/28/2017

Sucuri é resgatada após ser agredida por moradores em RO

A foto aí ao lado é dos rapazes que salvaram a pobre cobra das mãos de moradores mequetrefes que agrediram o animal com  pedras e paus. Que exemplo bom, né? Nem tudo está perdido, gente!!!! Vamos rezar para esta moçada boa e de valor vingar como representantes da verdadeira espécie humana.
------------
Uma sucuri de 4 metros foi resgatada depois de ser agredida e carregada por moradores em uma avenida, no fim da tarde desta sexta-feira (27), próximo da Praça Skate Park, em Porto Velho. Segundo informações de testemunhas, a cobra estava dentro de um córrego, quando várias pessoas passaram a jogar pedras e madeiras contra o animal.


Inconformados com as agressões, dois mototaxistas pularam dentro do córrego para resgatar a sucuri. Logo depois eles passam o réptil por cima de uma mureta que fica perto do córrego e vários moradores se aglomeraram no local. Minutos depois a cobra é carregada pelo meio da avenida (assista abaixo).


Ao G1, um dos mototaxistas falou como ocorreu o resgate da sucuri, na Zona Leste de Porto Velho. "Ela entrou no bueiro e eu decidi entrar pra resgatar, pois as pessoas estavam agredindo ela. Os caras machucaram a cobra toda", afirma o mototaxista Rodolfo Portela.

Elizeu Barbara, o segundo mototaxista que retirou a cobra do lago, conta que viu a movimentação de pessoas no local e decidiu entrar no córrego para pegar a sucuri e levá-la até uma praça, pois ficou com medo das pessoas matarem o réptil. "De lá acionamos o Ibama para pegar a cobra e soltá-la em uma outra área em segurança", conta.


Por causa das agressões, a sucuri ficou com vários ferimentos e chegou a regurgitar um gato que ela tinha comido horas antes. Depois da equipe do Ibama chegar na praça, a sucuri foi levada por uma equipe para ser solta no Rio Madeira.


O superintendente do Ibama, Carlos Paraguassu, disse em entrevista que cada vez está ficando comum a aparição de animais no perímetro urbano, pois a área de mata tem se reduzido gradativamente. "Os animais tem procurado sobreviver indo pra cidade, atrás de alimentos", conta.
Carlos também criticou a atitude dos moradores em agredir o animal. Segundo ele, o ideal é sempre chamar os órgãos competentes para fazer o resgate. "É preciso fazer o resgate com uma equipe preparada", afirma.

Fonte: G1 Rondônia

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪