RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador cães abandonados. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cães abandonados. Mostrar todas as postagens

1/28/2019

Quarenta cães são abandonados em imóvel em Olinda

Gente, como sempre falo, o jornalismo está deixando tanto a desejar..... A pergunta que não quer calar: quem está alimentando os animais? a proprietária parece gente boa, mas, o repórter não completou as informações devidas...... Que situação, né?
-----------------
A proprietária de uma casa, em Ouro Preto, em Olinda, no Grande Recife,

12/04/2018

Grupo cuida de cães abandonados em área desocupada após reintegração de posse

Gente, eu li em algum lugar que uma protetora havia recebido todos estes animais. Alguém sabe quem é?
--------------------
Terreno localizado na zona norte de Sorocaba tinha 100 casas, entre construções de madeira e alvenaria.

Um grupo de ativistas resgatou, na manhã desta sexta-feira (30), um cachorro ferido encontrado na área onde foi realizada uma reintegração de posse na Avenida Itavuvu, na zona norte de Sorocaba (SP), na quinta-feira (29).

11/28/2018

Reintegração de posse deixa centenas de animais abandonados em Taboão da Serra

Que situação dramática!!!!! Isto acontece sempre que existem estas ações.... a Prefeitura sempre ignora.... sobra sempre para nossa galera de fé..... Que Deus ajude a todas estas pessoas incríveis e que os animais todos sejam resgatados e adotados..... Que situação!!!!! Olha o depoimento da protetora.....
----------------
Na última quinta-feira, dia 22, foi executada a reintegração de posse do

10/23/2018

Ciclista erra caminho, encontra 5 filhotes em canavial e busca adoção para os cães

Adoro quando Deus escreve estes encontros..... Fico fascinada perguntando o que leva determinada pessoa agir sem ter a mínima intenção e encontrar uma forma de fazer o bem...... é de embirutar a gente, né? Só fiquei preocupada com a "distribuição" tão fácil dos filhotes.... Mas, esperar o que, né? 
------------------
Ele pedalava pela região do Assentamento Monte Alegre quando encontrou os filhotes; são 4 fêmeas e um macho que estão à procura de um novo lar

O ciclista Wilson Carrascosa encontrou cinco filhotes abandonados enquanto fazia seu pedal matinal, nesta terça-feira (16), na região do Assentamento Monte Alegre em Araraquara. Como não conseguia ficar com os animais, o ciclista doou os cães na tarde desta quarta-feira (17).

10/10/2018

Animais domésticos abandonados nas ruas mordem pessoas - Angola

As pessoas falam como se a culpa fosse dos animais. O que todos não podem negar é que os governos estão despreparados para lidar com a situação, principalmente, por não terem nem laboratórios para diagnosticar a raiva..... Daí, matam qualquer animal que morder por qualquer outro motivo.....
-------------------
Um total de 520  pessoas foi mordido por cães, gatos, macacos vadios e morcegos, de Janeiro a Setembro do corrente ano na

9/18/2018

Crueldade – Filhotes de cachorro são abandonados dentro de caixa fechada em São Joaquim

O sentimento de certos "serumanos" dá vontade de fazer a gente vomitar..... Que coragem pra fazer tamanha crueldade....
------------------
Infelizmente não se tem como mensurar até que ponto chega o limite da crueldade humana para com os animais, principalmente para aqueles que são conhecidos como os melhores amigos do homem.

9/15/2018

Cães abandonados em casa buscam abrigo após dono ser preso em Manaus

Gente amiga, olha onde estavam os animais.... Estão sendo resgatados por etapas por falta de lares temporários.... ô situação dramática!!!!!!
---------------
Dono dos animais foi preso por furto e disse que usava “lucro” para comprar ração para os bichos. Cães ficaram por cinco dias trancados em casa sem água e comida

Ao menos 30 cães abandonados com sinais de maus-tratos em uma casa no

8/05/2018

Cães abandonados na área rural precisam de um lar - Paraná

É triste o abandono!!!!!! quem puder ajudar aos pobrezinhos nesta cidade do Paraná, não deixe de fazê-lo...... 
--------------
Um casal de cães que foi abandonado em um matagal, localizado na estrada de Guajuvira, está à procura de um lar. Os dois são adultos, de cor caramelo e têm porte pequeno. A protetora independente que está cuidando dos animais, e levando água e ração, quer encontrar um lar, mesmo que seja temporário, ou encaminhá-los para adoção definitiva.

6/28/2018

PROTETORA: Aposentada retira mais de 200 animais das ruas em Ribeirão Preto

Não é mole não.... quem puder ajudar, não deixe de fazê-lo....
--------------
Em seu último resgate, três filhotes de cães foram encontrados famintos e doentes dentro de um buraco em um terreno na zona Norte da cidade

Uma pessoa apaixonada por animais. É assim que se pode classificar a aposentada Sili Grau de Souza, de 62 anos. Ela, que já chegou a cuidar de 50 gatos em sua residência, hoje possui 16 cachorros e 8 gatos.

Segundo Sili, a paixão pelos animais surgiu na infância. Há cerca de 40 anos, ela retira animais que são abandonados nas ruas de Ribeirão Preto. Neste período, mais de 200 animais foram resgatados por ela. Cães amarrados com coleiras de arames farpados e animais famintos e desnutridos fazem parte de suas histórias.

Em seu último resgate, ocorrido em março deste ano, Sili foi chamada às pressas por vizinhos que encontraram três cães filhotes, abandonados dentro de um buraco em um terreno no bairro José Sampaio, zona Norte da cidade. "Não pensei duas vezes, fui até o terreno e vi os animais. Não tinha como deixá-los por lá. Certamente, eles iriam morrer, estavam famintos, mal conseguiam ter forças para comer", afirma Sili.

Os cães estavam com a doença do carrapato em estado avançado, febre alta e desnutridos. Com ajuda de alguns amigos, a aposentada conseguir dinheiro para remédios e consultas veterinárias. "Foi um período de muita dedicação, eles exigiam muitos cuidados. Estavam bem doentes, tadinhos. Mas, graças a Deus, hoje estão curados, esbanjando saúde e nem parecem que são os mesmos que foram encontrados naquele buraco".

Recicláveis  
A aposentada, também recolhe recicláveis para ajudar nas despesas com os animais. Segundo ela, é desta forma que consegue fechar o orçamento com ração, produtos de limpeza e medicamentos.

Ajuda  
Apesar de ajudar e recolher muitos animais em estado de abandono, nas ruas de Ribeirão Preto, a aposentada Sili Grau de Souza não tem condições de acolher os bichinhos definitivamente. Por isso, quem quiser ajudar na adoção permanente de alguns dos animais recolhidos, é só ligar para o telefone 99372-0181.

Para doação  
Com muitos animais em casa, Sili diz não ter condições e espaço para mantê-los por muito tempo. Os três cães resgatados (duas fêmeas e um macho), ainda não possuem nomes e estão para doação. Para dar um novo lar para estes filhotes, basta entrar em contato diretamente com a aposentada, pelo número (16) 99372-0181.  "Eu só desejo que a pessoa que decidir adotá-los continue este trabalho, pois os animais necessitam de amor, cuidados e respeito. São sempre nossos amigos, não tem preço que se pague em ver a alegria deles. A gratidão é imensa, eu agradeço a Deus todos os dias por ter nascido com esta vontade dentro de mim".  

FONTE: acidadeon

6/26/2018

INOPERÂNCIA: Como é difícil ajudar animais através de órgãos públicos e autoridades

Estou publicando dois casos de abandono de animais em situações diversas, mas, mostrando como é difícil ajudar os animais quando se recorre aos órgãos públicos e autoridades......
---------------
Donos se mudam e abandonam seis cachorrinhos no bairro Cordeiros
Moradores da rua João Emiliano da Silva, no bairro Cordeiros, em Itajaí, denunciam que moradores da casa 728 foram embora e deixaram para trás seis cachorros – três cães adultos e três filhotinhos. Um dos animais está com a perninha quebrada.

Os cães estão se alimentando graças a bondade dos vizinhos, que levam comida, água e cobertas. Os vizinhos contam que já ligaram várias vezes para a Defesa Animal, da fundação Municipal do Meio Ambiente (Famai), mas ninguém apareceu para ajudar.

Os moradores também procuraram a vereadora Renata Narcizo, que é protetora voluntária há anos, mas que alegou que não podia fazer nada, já que os cães estão dentro de uma propriedade particular.
Os vizinhos pedem a ajuda do povão pra continuar cuidados dos animais. Eles pedem apoio de um veterinário, para atender o filhote com a perna quebrada, remédios, ração, cobertores e um lar temporário ou definitivo. Também esperam que uma ong se sensibilize com a situação e acolha os animais. A assessoria da vereadora disse que ela recebeu a denúncia, mas como está doente não conseguiu ir ainda ao local.

Famai não atende telefone
Andréia Paula Reich, da Defesa Animal, diz que a Famai não recebe mais denúncias por telefone. Elas precisam ser feitas no site da fundação, pelo aplicativo da Famai ou pessoalmente no órgão. “Precisamos de provas para entrar em uma área particular para retirada dos animais”, explica. Ela estava fora da Famai ontem e não conseguiu confirmar se recebeu denuncia dos cães da rua João Emiliano da Silva. Há fotos e vídeos e muitos relatos do caso nas redes sociais.Quem quiser ajudar os cãezinhos, pode falar no Whats (41) 99988-2570

FONTE: diarinho

=============================================================
A galinha da vizinha…

Pobres bichos
Hoje trago uma história tristemente triste e infelizmente verdadeira do país real. Domingo à noite, algures num bairro das Caldas.

Um cão abandonado, visivelmente maltratado e com uma orelha ferida, aproxima-se de uma família e “pede” para entrar num prédio, claramente pedindo ajuda. Com uma informação anterior que, nesses casos, se deve ligar à GNR, assim se fez. A GNR disse para ligar à PSP. A PSP chegou duas horas e meia depois e apenas para verificar se o cão tinha chip. Não recolheu o animal e disse que, nestes casos, se deve ligar para a Câmara, que tem um piquete de serviço. Mas ao mesmo tempo que deu esta informação, lá disse também que desse serviço ninguém iria atender, o que obviamente aconteceu…

(O cãozinho dormiu num terraço privado do prédio. Caso contrário teria continuado a vaguear no bairro…).

Segunda-feira de manhã, novo dia, vamos ver o que aconteceu. Ligou-se para a Câmara, a veterinária estava fora em vacinação e não se sabia se voltaria à Câmara nesse dia. Ligou-se para o canil municipal e foi explicado que o canil está lotado e que não pode recolher o animal, mas apenas divulgar no Facebook… Também informaram que todas as associações locais estão sobrelotadas. Perante a explicação de que o animal iria ficar à deriva, sem cuidados básicos e colocando em perigo pessoas, outros animais e mesmo podendo vir a causar acidentes no trânsito, o funcionário disse compreender, mas não poder fazer nada.

(O cãozinho, sem condições para continuar a ficar no terraço do prédio, passou para a rua, onde tem comida e água e uma manta para dormir).

Não sei se lá continua, imagino que sim. À hora em que escrevo, terça de manhã, não sei ainda de nada. Espero que continue. E sobretudo que não ande a vaguear, doente, cheio de parasitas, à fome, pela cidade. É pelo bicho, claro, mas é pelos miúdos e graúdos que andam na rua, que podem ser atacados. É pelas doenças que pode transmitir. É pelos carros que passam e pelos acidentes que o cão pode causar…

Entretanto mil telefonemas e insistências para as associações locais (CRAPAA, Rede Leonardo), que estando cheias a abarrotar, estou certa que hão de encontrar uma solução. Mais dia menos dia, estou certa que sim.

A questão não é este cão. A questão é não termos uma resposta, eficaz e na hora, para casos como este que sucedem diariamente, de animais sem dono que erram pelas ruas. Os animais têm direito, têm os seus direitos e são credores de respeito e atenção por parte da comunidade. Porém, em casos como este, são também a saúde e segurança públicas que estão ameaçadas, fortemente ameaçadas.

O problema dos animais sem dono, ou abandonados por alguém, é complexo e não se resolve em duas penadas. É da responsabilidade pública autárquica, uma responsabilidade partilhada pela sociedade civil (associações, particulares). Sabendo da limitação de recursos existentes, mesmo em termos de capacidade/lotação dos espaços disponíveis, é preciso pensar soluções alternativas. E mesmo havendo espaço nos canis/gatis, também não é solução fechar os animais para sempre numa vida de clausura e sem uma família de adoção.

É preciso pensar em conjunto e tomar providências concretas para resolver os problemas que se vão colocando no que diz respeito aos animais ditos de companhia e abandonados à sua sorte. E, nesse quadro, é fundamental é que haja soluções de emergência para casos como o que hoje relato, que se passa aqui ao pé, pertinho de nós, na nossa cidade.

FONTE: gazetacaldas

6/23/2018

RESGATE: 40 cães abandonados por semanas em um galpão, são resgatados - RS

Meu Deus, meu Deus, meu Deus!!!! olha a situação destes animais..... Quem puder ajudar não deixe de fazê-lo....
--------------
Desnutridos e doentes, 40 cães trancados em galpão por semanas são resgatados por protetoras
Veterinário da prefeitura fez o primeiro atendimento aos animais, que receberam água e comida.
Cerca de 40 cães denutridos e doentes foram resgatados por três protetoras de animais em Sapucaia do Sul na semana passada. Abandonados em um sítio, os animais estavam trancados em um galpão há pelo menos três semanas.

Segundo foi informado às mulheres pela antiga cuidadora, que os deixou no local e, na semana passada, autorizou o acesso ao sítio para que fossem retirados de lá, seriam inicialmente cerca de 70 cachorros, a maioria de porte médio ou grande. Por falta de comida e água, quase metade dos animais teria morrido — segundo as protetoras, alguns teriam comido os restos mortais de outros.

— Estou há muitos anos na proteção de animais, mas poucas vezes vi casos tão chocantes — relatou a vendedora Ana Paula Schmitt, que é voluntária na proteção de cachorros há mais de 15 anos.

Um veterinário da prefeitura fez o primeiro atendimento aos animais, que receberam comida e água. Os mais debilitados foram encaminhados a clínicas veterinárias para receber cuidados. Uma cadela prenha perdeu a ninhada, e diversos apresentavam sarna ou dermatites. Todos estavam em estado de desnutrição.

— Eles estavam desnutridos, com afecções de pele. Devido à baixa imunidade, vários estavam com sarna. Prestamos os primeiros atendimentos, de emergência. Agora,vamos autuar a proprietária por maus tratos e dar suporte técnico até que a situação seja resolvida — afirma Carlo Henrique Machado, diretor do setor de bem-estar animal da Secretaria do Meio Ambiente de Sapucaia do Sul.

Agora, as protetoras trabalham para construir um canil no sítio de uma delas — onde já estão abrigados 150 animais. O local, que será erguido por voluntários, deve servir como casa de passagem até que os cachorros se recuperem e sejam castrados, para então serem encaminhados à adoção.

Além dos materiais de construção, elas estão arrecadando ração para alimentar os cães durante os próximos meses. As doações podem ser feitas por depósito em conta bancária ou em um sistema de apadrinhamento que está sendo organizado pelas protetoras em parceria com uma agropecuária. É possível contatá-las pelo perfil de Ana Paula no Facebook, onde também é feita a prestação de contas: www.facebook.com/anapaula.schmitt.961

FONTE: gauchazh

5/06/2018

COMPANHEIROS: Pit bull se torna cão-guia de bassê cego e eles precisam ser adotados juntos

Que coisinhas mais bonitinhas.... os dois são velhinhos... Agora que absurdo os adotantes abandonarem o pequenino novamente..... Sorte que ele foi achado. Tem adotantes que deveriam ser penalizados nestes casos, não acham? Que minha Santa dos Adotados arranje uma boa família para os dois amigos....
---------------
Organização busca uma família que possa cuidar dos cachorros que são amigos há quatro anos
O pit bull Blue Dozer, de seis anos de idade, e o bassê cego OJ, de 12 anos, têm uma história de vida juntos. O centro de cuidado e controle de animais da cidade Richmond, no Estado da Virgínia, nos Estados Unidos, está cuidando dos cães e vai buscar uma família que possa adotá-los e mantê-los unidos.

Há quatro anos, Blue se tornou o cão guia de OJ, eles moravam juntos, no entanto o tutor dos cachorros precisou deixá-los em no Richmond pois se tornou um sem-teto. No entanto, ele os deixou com uma condição: os dois animais precisavam continuar juntos, não importa o que acontecesse.

Segundo o site The Dodo, após ficarem dois dias no abrigo, os cães foram adotados. No entanto, OJ foi abandonado pelos novos adotantes em uma estrada. Um homem socorreu o basse cego e levou para o Centro de Serviços para Animais do Vale de Shenandoah. Graças ao microchip OJ foi levado de volta para o abrigo de Richmond.

O pit bull foi retirado da família que havia os adotado e voltou para ficar junto o bassê no abrigo Richmond, que fará um novo processo para selecionar pessoas interessadas em adotar os cães Blue e OJ. "Estamos muito felizes em anunciar que tanto OJ quanto Blue Dozer acabaram de se reunir e estão em segurança de volta ao Richmond. Obrigado ao Centro de Serviços para Animais do Vale de Shenandoah e ao Gabinete do Xerife do Condado de Augusta - Xerife Donald L. Smith por sua ajuda com essa delicada situação", escreveu no Facebook o abrigo.

A instituição de Richmond também respondeu às críticas a respeito dos adotantes que abandonaram OJ. "Somos um abrigo com 91% de taxa de salvamento e adotamos milhares de animais por ano em lares amorosos sem problemas. Não podemos dar conta das decisões tomadas pelos cidadãos após a adoção."

FONTE: estadao

3/11/2018

Polícia ouve dono de caminhão no caso de cães jogados fora do caminhão

Publicamos no último dia 06 sobre  caso: Cães jogados do caminhão são resgatados, graças a Deus! E como apostei o dono do caminhão estava envolvido. Só que ele não confessou e jogou em cima dos dois caras envolvidos.... Repara só.
-------------
A Polícia Civil já ouviu o dono do caminhão do qual dois cachorros teriam sido abandonados -- um deles jogado com o veículo em movimento -- no último sábado, na Vila Fiori. A polícia pretende localizar os dois homens que seriam os responsáveis pelos animais.

O comerciante de 55 anos, dono de um espaço destinado à compra e venda de materiais de construção usados, contou ter sido procurado sábado pelos dois homens que ele afirmou apenas conhecer de vista, e que os mesmos, acompanhados dos dois cachorros, lhe disseram saber de um local no Mineirão onde poderia ser adquirido material de construção, ficando acertado que eles ganhariam pela intermediação. Ainda segundo o comerciante, proprietário do caminhão, a dupla seguiu dirigindo o veículo, e os cães na carroceria, enquanto o comerciante os seguida de moto.

Já na rua Ministro Salgado Filho, um dos cães teria saltado da carroceria no momento em que o caminhão, com velocidade reduzida, passava sobre uma lombada. Naquele momento o motorista parou o caminhão e soltou o outro que ainda estava na carroceria, mas segundo seu entendimento, isso teria ocorrido porque os cães já estariam perto de suas casas e saberiam o caminho de volta. O comerciante contou ter tomado conhecimento da repercussão e acrescentou que havia percebido vínculo afetivo entre os animais e os homens, e que enquanto um dirigia, o outro que também estava na cabine ia com a mão para trás a fim de tranquilizar os cachorros na carroceria.

Por conhecer os dois homens de vista, e inclusive já tê-los visto em companhia de cachorros, embora não saiba precisar se eram os mesmos, o comerciante vai tentar localizá-los, para que os mesmos possam também se explicar.

De acordo com o delegado titular do 2º DP, Carlos Lourenço, não há boletim de ocorrência sobre o caso, mas que a delegacia irá instaurar inquérito policial.

Os cães foram resgatados e estão no abrigo Amor Animal.

FONTE: jornalcruzeiro

3/10/2018

Vereador, agora de Divinópolis, quer promover outra matança de animais abandonados - MG

Será que virou moda? se bem que este caso aqui, temos ONG´s atuantes no pedaço que já deu uma chacoalhada neste tal vereador e até na Prefeitura que já se pronunciou. A desculpa do moço é ridícula.... Leiam na segunda matéria que estou replicando abaixo.... Ah, acompanhem a atualização do massacre de cães feito pela Prefeitura de Igaracy.
=========
Vereador mineiro é criticado após ameaçar recolher e sacrificar animais: ’emporcalhando nossa cidade’
O Movimento Mineiro em Defesa dos Animais (MMDA) questiona um pronunciamento do vereador Ademir Silva (PSD) de Divinópolis, na região Centro-Oeste de Minas. Durante uma sessão plenária o parlamentar mandou um aviso para moradores que possuem cães, gatos e outros bichos.

Silva orientou que todos tomem mais cuidados e não deixem que os animais fiquem nas ruas. Segundo ele, um caminhão realizará o recolhimento dos bichos. “O caminhão já está pronto. Ele passou por uma reforma e daqui uns dias estará passando pelas ruas recolhendo os animais, que por estarem soltos acabam causando acidentes”, disse.

Em um dos pontos mais criticados, Ademir afirma que após o recolhimento os animais serão levados após uma semana para outra cidade e por lá serão sacrificados. “Cuide bem do seu animal senão ele será pego e você vai precisar ir até Formiga. Se ninguém for lá buscar outras providências serão tomadas, como o sacrifício”, afirmou.

Na sua última fala ele mandou um recado direcionada aos donos dos animais. “Aqueles que gostam dos animais tomem cuidado, deixando-os em lugar adequado. Pois eles não poderão ficar nas vias públicas emporcalhando nossa cidade”, disse.

Movimento baseia em lei
Ao repudiar a fala do parlamentar, o MMDA baseia-se em uma Lei Estadual que estabelece a proteção dos animais. Entre os principais pontos está a proibição do sacrifício de cães e gatos para controle populacional no Estado.  Para repudiar a fala de Ademir e solicitar punições os movimentos já foram ao Ministério Público de Minas Gerais e ao Grupo Especial de Defesa da Fauna. Além disso pedem ao Partido Social Democrático (PSD) que se posicione contra a fala.

Fonte: BHAZ
===============
Vereador Ademir silva gera polêmica ao falar sobre sacrifício de animais em Divinópolis

Ao falar sobre a operação "Pega Animal", o edil causou estranhamento nas ONGs da cidade
O discurso do vereador Ademir Silva (PSD) na tarde desta quinta-feira (08) na Câmara de Divinópolis acabou gerando grande repercussão nas redes sociais. Quando falava sobre uma operação "Pega Animal", o edil deu a entender que os animais seriam sacrificados, causando estranhamento.

A Sociedade Protetora dos Animais de Divinópolis (SPAD), divulgou então, em suas redes, o vídeo do vereador com a seguinte legenda: "Queremos mais informações sobre essa suposta operação "Pega Animal". Que animais? Por que levá-los para Formiga? Sacrifício? Eutanásia como medida de controle populacional é crime! Os animais são culpados pela irresponsabilidade dos donos? Os protetores aguardam respostas!"

Após polêmicas geradas, o vereador explicou novamente a proposta e afirmou que não é a favor de sacrifício de animais. Em vídeo publicado no Facebook do grupo Ação Política de Divinópolis, ele diz: "No meu pronunciamento de ontem eu falei sobre o caminhão que o Galileu está reformando e arrumando e reformando para a captura dos animais de grande porte da nossa cidade. São bois e cavalos que vivem na nossa cidade causando acidantes e colocando em risco a vida dos nossos munícipes. estou aqui hoje para esclarecer os problemas. Galileu vai fazer a captura e levar os animais para um curral e eu fiz esse pronunciamento para alertar os donos dos animais para quando sentir falta deles que vá para o curral para buscá-los."

Prefeitura 
A Prefeitura de Divinópolis, após a repercussão do discurso de Ademir, divulgou uma nota oficial afirmando não ter nenhum projeto para recolhimento de cães e gatos nas ruas da cidade para sacrifício.  "Toda e qualquer ação ligada aos animais de pequeno porte são feitos através da Vigilância em Saúde com o acompanhamento de autoridades e sociedade organizada", afirma a nota.

3/09/2018

Atualização sobre o caso dos cães mortos pela Prefeitura de Igaracy

Em 11/03/18 - Continuem acompanhando no Facebook da ONG Clube Quatro Patas
===========
Hoje às 12:20hs:
==================
Nós publicamos ontem sobre esta matança onde o nojento do secretario de saúde disse que tinha matado os animais como manda as normas do Conselho Federal de Veterinária. Pois bem, pelo jeito foi mentira. O vídeo abaixo mostra os cães mortos por pauladas. 

Estou publicando, também, vídeo mostrando alguns jovens que foram na Câmara de Vereadores protestar sobre esta crueldade. Agora, não deixem de ouvir ao final o que fala o motorista da carrocinha que recolheu os animais..... Que bandido!!!!! ele considera "trabalho" matar animais......
------------
Cães de rua são recolhidos, trancados e mortos com tiros e pauladas na cidade de Igaracy, no sertão da Paraíba
O pedido feito via ofício número 01/2018 do vereador na cidade de Igaracy, Damião Clementino da Silva, para que o secretário de saúde do município tomasse providências com relação aos animais de rua, em especial cães, se transformou em crime perante as leis vigentes no Brasil. De acordo com relatos de cidadãos, fotos e imagens feitas, a Secretaria de Saúde do Município de Iagaracy, sertão da Paraíba, determinou o recolhimento dos cães que perambulavam pelas ruas. A coleta foi feita em uma camionete com carroceria gradeada e com dois funcionários realizando a tarefa de recolhimento.

O que parecia impossível de acontecer, porém se transformou em algo grotesco, desumano, insensível e crime horripilante, acabou sendo registrado no pequeno município, pois os animais foram assassinados a tiros e pauladas dentro de um prédio abandonado. Alguns cidadãos relataram via grupos em redes sociais, Facebook e WhatsApp, que os animais seriam transferidos para a cidade de Patos para passarem por tratamento no canil municipal, no entanto, todos os cães recolhidos, sadios e doentes, foram mortos cruelmente. O crime é previsto na Lei Federal nº 9.605/1998, amparado também na Constituição Federal.

Republiquei o vídeo original tentando clarear um pouco pois estava muito escuro
Republiquei o vídeo original tentando clarear um pouco pois estava muito escuro
===========
Áudio que nos foi enviado por protetora e que estou tentando pegar o original. É de um radialista chamado Antonio Malvino que reproduz as palavras do motorista da carrocinha. Olha o que o imbecil fala..... 


3/08/2018

Moradores de Igaracy denunciam matança de cães realizada por prefeitura - PB

Que nojo, né mesmo? agora, a jornalista mete o pau neste país inteiro sobre como se tratam os animais. Vale a pena ver o vídeo..... Fiquei toda arrepiada....
-----------
Mais de 30 cachorros são sacrificados por prefeitura em Igaracy, Sertão da PB
Secretário de Saúde diz que animais foram mortos porque estavam abandonados nas ruas e com doenças.
Mais de 30 cachorros foram sacrificados pela prefeitura no município de Igaracy, no Sertão paraibano, na terça-feira (6). De acordo com o secretário de Saúde do município, José Carlos Maia, o motivo é que os animais estavam abandonados nas ruas, com perfil violento e com doenças.

Os animais passaram por procedimento de eutanásia, a partir da aplicação de medicamentos pela Prefeitura Municipal e pelo próprio secretário José Carlos, que também é veterinário. O secretário alega que a medida foi tomada porque o município não tinha outra destinação para os animais em situação de doença abandonados na rua e que todos estavam com quadro de doenças em processo terminal.

No dia 1º de março, o vereador Damião Clementino da Silva requereu na Câmara Municipal de Igaracy providências sobre a situação dos animais. Porém, o parlamentar afirmou que o pedido foi de buscar solução para o caso e não para que os animais fossem mortos.

Uma comissão da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) seccional de Piancó deve investigar o caso. O presidente da Comissão de Direito Animal da OAB na Paraíba (OAB-PB), Francisco Garcia, explicou que o ato não poderia ter sido feito considerando a legislação atual e que vão ser cobradas explicações ao município.

"A lei nº 13.426 de 2017 impede que haja a prática da eutanásia como meio de controle populacional de cães e gatos e a lei 9.605 de 1998 [conhecida pela lei dos crimes ambientais] proíbe expressamente os maus tratos contra animais, tipificando essa prática como crime. Para que essa medida aconteça legalmente existe a necessidade de laudos médicos veterinários, atestando a gravidade da doença em cada um dos animais submetidos à eutanásia, e ainda assim, só é autorizada se não houver tratamento clínico para cura da doença", ressaltou.


3/06/2018

Cachorros abandonados viram 'cãodulas' no Brasil Open de Tênis

Amei!!!! Bons trabalhos pela causa.... Não considero isto exploração, já vou logo informando...
-----------
Iniciativa para promover adoção de animais abandonados ganhou repercussão internacional

Eles estão de volta à quadra! Um novo time de cães abandonados vai invadir o Brasil Open de Tênis 2018 para trabalhar como “cãodulas”. Ao lado de alguns dos melhores tenistas do mundo, os animais vão recolher bolinhas perdidas durante a semifinal no próximo sábado (03).

A iniciativa, que tem como objetivo promover a adoção dos bichinhos, repercutiu mundialmente em 2016 e 2017. Bobby, Duda, Gabriel, Kika, Mel e Thor formam a equipe que promete conquistar o público, eles adoram brincar e têm disposição de sobra para isso. Atualmente, vivem na ONG Patinhas Unidas e aguardam a chance de um lar.

“Ao levar os CãoDulas para a quadra pelo terceiro ano consecutivo, novamente colocamos em evidência a causa da adoção de forma diferenciada: comprovando que os cães só precisam de afeto, cuidado e nutrição de alta qualidade para serem grandes companheiros do homem. Não importa sua origem ou idade, quando são amados e bem nutridos podem brincar, aprender coisas novas e realizar grandes feitos”, afirma Madalena Spinazzola, diretora de marketing da PremieRpet.

Serviço:
Brasil Open de Tênis 2018
Sábado (03)
Local: Ginásio do Ibirapuera
Rua Manoel da Nóbrega, nº 1361 - São Paulo/SP

FONTE: R7

3/03/2018

Casal alimenta mais de 30 cães largados às margens do Açude do Jatobá - Paraíba

Que tristeza, meu Deus!!!! tão bom seria se alguém assumisse estes animais, né mesmo? Até quando o casal conseguirá alimentá-los?
-----------
Próximo ao balde do Açude Jatobá, em Patos, um casal alimenta mais de 30 cães abandonados no local. “As pessoas largam os cachorros aqui, onde vivem abandonados, ocultos aos olhos de todos”, disse o jardineiro Erivaldo Simões.

Erivaldo e sua esposa Celiane Araújo, residentes no bairro Nova Conquista, alimentam os animais frequentemente na área. Eles se amontoam à espera da comida quando o casal chega.



FONTE: maispatos

2/26/2018

Colete inteligente transforma cães abandonados em vigias de ruas na Tailândia

Adorei a ideia.... Gente, repara o que o publicitário bolou..... muito legal!!!!!
----------
Publicitário que inventou colete especial para cachorros quer que equipamento proteja os animais e as comunidades.
Estima-se que existam 800 mil cães abandonados nas ruas de Bangcoc. Notando o quanto cães são negligenciados no país, este publicitário teve uma ideia. Pakornkrit inventou um colete equipado com uma câmera para ser colocado nos cães. A câmera é programada para ligar sozinha e transmitir ao vivo o que o animal está vendo. As imagens vão para celulares e computadores.

^
Fonte: DW

2/21/2018

A eterna questão do abrigar e alimentar animais nas ruas

Juro que eu entendo que é uma atitude muito legal e generosa..... Mas, como sempre questiono o quanto animais correm riscos de envenenamento e o quanto uma sociedade irresponsável fica tranquila ao abandonar seus animais na rua.... "Ah, tem gente que bota comida nas ruas.... eles que se virem"... Eu já ouvi isto e acho que a maioria pensa igual a esta mulher que respondeu assim quando pega em flagrante abandonando um cachorro bem longe de sua casa. Ela tinha ouvido falar que naquele bairro tinha gente que colocava casinhas e comida para os cães de rua..... Gente, este é o pensamento geral e quando facilitamos tais oportunidades aí mesmo que a coisa descamba para o caos maior.....
-----------
Comerciante instala dispositivo com comida e água de graça para animais de rua, e ação viraliza
Uma ideia simples e criativa vem chamando atenção dos amantes dos animais de estimação em São José do Rio Preto (SP). Uma comerciante da cidade está alimentando animais de rua em comedouro feitos de cano de PVC. O sistema foi instalado na calçada da loja dela, mas agora está ganhando a internet.

Ela fotografou, colocou na rede social e em alguns dias as fotos viralizaram. Quem teve a ideia do comedouro e o bebedouro é a Wancleia Soares. Ela conta que ficava morrendo de dó dos cachorrinhos de rua que apareciam famintos em frente à loja dela.

“Nossa até meu coração acelerou quando vi o primeiro cachorro comendo no comedouro, fiquei muito feliz. É muito bom matar a fome de um animal, não tem coisa melhor nesse mundo e em Rio Preto tem muito cachorro e gatos abandonados, estou muito feliz que deu certo”, afirma.
A invenção não fez sucesso apenas entre os cachorrinhos não, fez sucesso também nas redes sociais. Ela postou as fotos pensando só em inspirar outras pessoas. Em três dias já são quase seis mil curtidas e mais de 31 mil compartilhamentos e o número não para de aumentar.

A Wancleia montou o comedouro de ração no balcão em frente à loja dela e com produtos simples, como tubo de PVC, cotovelo também de PVC e cola. “Nem em 15 minutos fica pronto, é muito rapidinho, peguei na internet o modelo. É muito fácil e até criança consegue fazer”, afirma Wancleia.

Confira como fazer
Cano PVC 100 milímetros de 80 centímetros
Dois cotovelos de cano de PVC de 90º
Tampa de PVC
Cola
Como fazer: Colar os dois cotovelos na base do cano, formando uma base para a ração ou a água ficar. Depois de colocar o alimento, use a tampa para fechar o outro lado do cano.



Fonte: G1 Mundo Pet

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪