RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador atropelamento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador atropelamento. Mostrar todas as postagens

8/17/2018

Polícia procura enfermeira suspeita de atropelar cachorros em São Luís

Dá para comentar alguma coisa? nojento demais.... Veja atualização ao final...
-------------------
Polícia procura enfermeira suspeita de atropelar cachorros em São Luís; vídeo repercute nas redes sociais. Órgãos de defesa dos animais compartilharam o vídeo do atropelamento, que ganhou repercussão nacional. Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares anunciou o afastamento da enfermeira.
Imagens de câmera de segurança de uma residência no bairro Residencial Pinheiros, em São Luís, mostram o momento em

8/05/2018

Jaguatirica é achada morta em rodovia de SP; animal foi confundido com onça na web

Pior saber que o governo não quer que façam tuneis para os animais não serem atropelados em rodovias....
------------------
Animal foi encontrado na Rodovia Mogi-Bertioga, no litoral paulista.

Uma jaguatirica foi encontrada morta na Rodovia Mogi-Bertioga, na altura de Bertioga, no litoral de São Paulo, no sábado (28). O bicho foi levado para uma área usada para a soltura de animais silvestres, onde aguarda a visita de um veterinário para constatar se ele estava sendo monitorado por pesquisadores. A imagem viralizou na internet, e muitas pessoas acharam que se tratava de uma onça-pintada.

7/31/2018

Acusados de abandonar e matar cão atropelado são processados -

Só espero que a justiça se faça. Agora, o pior é a gente não saber do cão preto que foi jogado à própria sorte.......
---------------
Polícia Civil enviou o caso ao Juizado Especial Criminal, que pode condenar os réus a penas de 3 meses a 1 ano, com agravante pela morte do animal

7/18/2018

Onça-pintada é atropelada por caminhonete e morre em rodovia de MT

Gente, olha que dó ver um animal destes tão lindo morto numa estrada qualquer..... Todo dia são milhares de animais mortos pelas rodovias deste país.... Lamentável saber que o governo não está permitindo aqueles túneis subterrâneos para passagem dos bichos.....
--------------
Animal foi encontrado morto às margens da MT-242 próximo ao município de Nova

7/10/2018

Peixe-boi marinho atropelado por embarcação é encontrado no litoral da PB

Eu fico pensando se esta embarcação motorizada não poderia se desviar de um bicho tão grande....
===========
Animal foi encontrado na região de Cabedelo com ferimentos graves. Espécie está em perigo de extinção no Brasil, diz pesquisador.

Um peixe-boi marinho vítima de atropelamento por uma embarcação motorizada foi encontrado gravemente ferido, no litoral norte da Paraíba.

6/24/2018

ATROPELAMENTO: Hiena passa 45 dias ferida na floresta depois de atropelamento

A alegria de voltar para seu habitat não tem preço.... belo trabalho destes veterinários!!!!
---------
A hiena ficou 45 dias ferida na floresta depois que um veículo veloz deixou seus membros direitos fraturados
Por Bilal Kuchay - Este é o momento comovente que uma hiena fêmea andou por 45 dias depois que seus membros direitos foram fraturados em um acidente. O animal de seis meses foi ferido em 13 de abril por um veículo em alta velocidade que transitava em uma estrada na aldeia de Karada, em Shahada, no estado. O animal foi recuperado e devolvido ao seu habitat.

Fonte: LiveLeak

6/16/2018

ATO PROPOSITAL: Motorista do caminhão de lixo é flagrado atropelando cães

O desgraçado do motorista atropela propositalmente os dois cães só porque estavam deitados na rua.... Não era mais fácil os garis espantarem os animais? bandido mesmo este aí..... Cobrir ele de tabefe é pouco.....
---------------
Motorista do caminhão de lixo é flagrado atropelando cães na zona Sul
Os dois cães estavam deitados na rua quando o caminhão do lixo para e em seguida atropela um dos animais. Caso aconteceu no Parque Sul.

Um vídeo gravado por meio do sistema de monitoramento eletrônico de uma residência localizada no residencial Parque Sul, na zona Sul de Teresina, mostra o momento exato em que um caminhão da coleta de lixo da empresa Litucera, prestadora de serviços para a Prefeitura Municipal de Teresina, atropela e mata um cachorro na zona Sul de Teresina. O fato ocorreu nesta quarta-feira (14).

Nas imagens, é possível perceber que o motorista do caminhão do lixo para pouco antes de dois cães que estão deitados na rua, e em seguida passa por cima de um deles. Logo após o atropelamento, o caminhão para novamente, um gari desce e retira o lixo de uma residência ao lado do cão atropelado, mas não esboça nenhuma reação para tentar salvar o animal.

Segundo uma das moradoras do bairro, a designer Talita Sampaio, essa não é a primeira vez que os cães são mortos com requintes de crueldade no residencial. Em poucos dias, pelo menos quatro cachorros foram mortos. "Um deles foi morto queimado, o outro foi a pauladas e uma cadelinha apareceu sangrando. Nós achamos que ela estava doente e levamos ao veterinário, foi quando ficamos sabendo que haviam enfiado vários objetos nos órgãos genitais dela e ela acabou falecendo", relata Talita.

Todos os cachorros brutalmente assassinados são cães abandonados pelos donos nas ruas do residencial. A designer conta que aqueles animais que não são adotados novamente recebem os cuidados dos moradores. "Nós colocamos comida, água, levamos ao veterinário”, diz ela, frisando que os animais fazem parte da comunidade.

Para ela, o caso do atropelamento demonstra a crueldade da sociedade com os animais de rua. “Não sabemos se foram as mesmas pessoas, só queremos que as pessoas fiquem cientes de que estão matando os cachorros de várias maneiras horríveis”, afirma a designer. Os moradores acionaram a comissão de Meio Ambiente da Ordem dos Advogados Seccional Piauí e pretendem registrar um boletim de ocorrência para dar prosseguimento à denúncia.

Crime ambiental
Os maus-tratos contra os animais são considerados crime pela legislação brasileiro. De acordo com o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é crime passível de detenção, de três meses a um ano, e multa. A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

Contraponto
Por meio de nota, a Prefeitura Municipal de Teresina lamentou o ocorrido e informou que tomou conhecimento sobre o caso através das redes sociais. Segundo a PMT, o serviço de coleta de lixo é terceirizado, por isso, a Prefeitura irá comunicar a empresa responsável para que esta adote as providências cabíveis sobre o caso, afim de identificar e responsabilizar o motorista pelo crime. "O poder municipal ainda destaca que repudia qualquer tipo de maus-tratos aos animais e irá cobrar para que atitudes sejam tomadas e casos como este não se repitam", diz.

Leia a nota na íntegra:
Posicionamento
A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), lamenta o ocorrido e informa que a limpeza municipal é realizada por empresas que prestam serviço para a capital, através de um consórcio. O mesmo já foi notificado sobre o caso para que possa identificar o condutor, averiguar o acontecido e tomar as devidas providências. 

O poder municipal ainda destaca que repudia qualquer tipo de maus-tratos aos animais e irá cobrar para que atitudes sejam tomadas e casos como este não se repitam. A Secretaria ainda reforça que o ato isolado de um funcionário da prestadora de serviço não representa a conduta da Prefeitura e nem da empresa responsável pela coleta de resíduos sólidos.

Fonte: Portal do Dia
==========
ATUALIZAÇÃO:
Polícia Civil vai ouvir vizinhos sobre cachorro atropelado por caminhão de lixo

6/05/2018

PREVENÇÃO: ONG que cuida de 850 animais silvestres alerta para atropelamentos nas estradas


É triste!!!!! nossas estradas estão matando e matando muitos animais silvestres e domésticos. Há que se ter uma solução para isto....
-----------
Expansão das cidades e devastação dos ambientes naturais são as principais causas dos acidentes, afirma representante da Mata Ciliar, de Jundiaí (SP).
Uma estimativa do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas (CBEE) aponta que, por ano, cerca de 475 milhões de animais devem morrer vítimas de atropelamento nas rodovias brasileiras. Segundo o representante da Associação Mata Ciliar de Jundiaí (SP), Samuel Nunes, a expansão das cidades e a devastação dos ambientes naturais são as principais causas do problema.

“Os animais ficam ilhados e sem alternativa. Em busca de alimento e água, acabam se arriscando e tentam atravessar as estradas ou rodovias”, afirma.

De acordo com Nunes, os animais mais vítimas de atropelamentos são gambás, tatus e répteis. Também há registro de acidentes com capivaras, veados, lobos e onças. A ONG não possui um levantamento de quantos atropelamentos de animais são registrados na região.

"Atualmente, a associação conta com 850 animais silvestres resgatados. O número de animais resgatados é flutuante, mais de 12 animais chegam todos os dias.” Entretanto, Nunes diz que 25% dos animais resgatados apresentam ferimentos causados pelos acidentes.

Para evitar atropelamento de animais nas rodovias, o representante da Associação Mata Ciliar passou dicas ao G1 que devem ser seguidas pelos motoristas.

Velocidade
Respeite os limites de velocidade, principalmente nos trechos com placas indicativas sobre animais na pista. É importante que o motorista também redobre a atenção nas estradas com matas ao redor e áreas que possuam cursos d’água, locais mais frequentados por animais silvestres.

Buzina e farol
Segundo Nunes, a buzina assusta os animais e o farol dificulta a visão, contribuindo para que ele fique paralisado no meio da pista. Por isso, ao avistar um animal atravessando na rodovia ou estrada, o ideal é não buzinar e diminuir o farol até ele passar.

Resgate

Em caso de acidente, evite tocar no animal machucado. “Nunca tente pegá-lo, não sabemos como ele irá reagir nessas condições. Além de oferecer risco ao animal machucado, não se sabe quais os danos decorrentes do impacto”, diz Nunes.


  • O que fazer? Sinalize o local do acidente e entre em contato com a concessionária responsável ou acione a Polícia Ambiental e Corpo de Bombeiros mais próximo.
Associação Mata Ciliar
A Associação Mata Ciliar foi criada com objetivo de conservar os cursos de água e recuperar as áreas degradadas no interior do estado de São Paulo. No entanto, em 1997 a associação iniciou os trabalhos voltados para o resgate de animais silvestres, por meio do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS).

Durante o tratamento, os animais vítimas de acidentes passam pelo processo de reabilitação com veterinários especialistas e em recintos específicos. De acordo com Samuel Nunes, durante esse período o animal fica sob observação e, caso o quadro evolua bem e ele se recupere, é solto em seu hábitat.

“Nesse recinto o animal consegue se exercitar, além de apurar seus comportamentos naturais antes de voltar à natureza." O animal resgatado, muitas vezes, chega sem chance de sobrevivência. No entanto, alguns conseguem se recuperar, mas não voltam a ter as mesmas condições de saúde, portanto não podem ser soltos na natureza.

“Como é o caso da onça atropelada na Rodovia dos Bandeirantes. Ela fraturou uma perna e a bacia e seu futuro era incerto. Mas com o empenho da equipe e a superação do próprio felino, após nove meses de tratamento e reabilitação, ele pode voltar à natureza.”

FONTE: g1.globo

6/01/2018

FIDELIDADE: Cão vela companheiro morto por 16 horas em rodovia

O que revolta qualquer um é saber que levaram o cão morto e deixaram o outro lá sem rumo na vida..... Eita, que as pessoas precisam aprender muito o sentimento dos animais..... Que os anjos tenham feito ele encontrar o rumo de casa.....
---------------- 
Cão vela companheiro morto por 16 horas em rodovia da Grande Curitiba
O “melhor amigo do homem” segue dando exemplos de que muitas vezes é mais “humano” – nem sei se é a vontade deles – que muito de seus donos ou tutores. Na manhã desta quarta-feira (30), uma cena curiosa chamou a atenção do policial militar Danilo Strugala, quando ele seguia para o trabalho. Por volta das 6h30 um cachorro preto, sem raça definida (o nosso bom e velho vira-latas) velava fielmente um outro cachorro, de pelagem clara, que havia sido atropelado.

Não se sabe as circunstâncias e nem o horário do acidente, mas a lealdade com que um animal demonstrou ao outro chamou a atenção. Esse é um comportamento típico dos cachorros, mas quando a cena está diante dos nossos olhos a força do gesto chama mais atenção.

O corpo do cachorro estava na pista de rolagem, sentido Araucária/Contenda, próximo à ponte sobre o Rio Iguaçu. “Estava indo pro serviço e encontrei os dois ali, um do lado do outro. Uma hora depois retornei e estavam no mesmo lugar. Tirei foto e postei no Facebook. Um colega comentou que eles estavam ali desde as 20h de terça-feira”, comentou o PM

Preocupados com a segurança do outro bichinho, Danilo puxou o animal morto para o acostamento e o fiel companheiro seguiu no local. Segundo informações do próprio PM, a concessionária que administra o trecho foi acionada e apenas as 12h30 o cachorro foi retirado do local. O outro animal, amigo saudoso, ainda ficou no local.

Fonte: TribunaPR

5/08/2018

ASSASSINO AO VOLANTE: Motorista atropela e mata cachorro propositalmente

Espero que ele seja identificado e pego para levar uns tabefes até perder os dentes e rachar os beiços..... bandido nojento....
------------
Motorista Atropela E Mata Cachorro De Forma Proposital Em Cordeirópolis
Uma câmera de segurança flagrou um motorista atropelando um cachorro de forma proposital no bairro do Cascalho, em Cordeirópolis (SP). Infelizmente o animal não resistiu e morreu no local.

Nas imagens é possível ver um veículo não identificado passando por três cachorros. O motorista segue até a esquina e realiza o retorno. Ao se aproximar novamente, os animais ficam no meio da rua e o homem acelera. Dois cachorros conseguiram desviar do veículo, mas infelizmente um deles não teve a mesma sorte e morreu no local.

O atropelamento aconteceu na estrada Paulo Botion, conhecida como a Rua do Cemitério de Cascalho. Após as imagens serem divulgadas, a Polícia Civil deve começar a investigar o caso. Se você tiver informações que levem ao motorista, denuncie.


Fonte: 24 Brasil

5/01/2018

CONSCIÊNCIA: Destruiu um Ferrari 458 para salvar um guaxinim

Engraçado é que colocam em confronto todos os casos de atropelamento de animal.... A resposta, na sua maioria, é matar o animal para que "suas vidas ou patrimônio" não corram risco. O motorista da Ferrari pensa diferente. A vida do animal é muito mais importante...... Nem tudo está perdido....
----------------
Imagine-se a conduzir a meio da noite quando, de repente, um guaxinim se atravessa no caminho. Qual a opção mais inteligente: desviar-se e colocar em risco os que seguem a bordo, ou salvar o animal?

Os carros autónomos, a ser desenvolvidos basicamente por todas as marcas, bem como pelos principais tecnológicas, a começar pela Google, estão a “ensinar” os seus sistemas de inteligência artificial sobre quem atropelar primeiro em caso de despiste. E, neste momento, a aposta está em matar um indivíduo em vez de dois, um velho em vez de um jovem e, obviamente, um animal em vez de uma pessoa. 

Vem isto a propósito do que aconteceu ao condutor de um Ferrari 458, que se deslocava de noite, através do sul da Califórnia, quando lhe saiu ao caminho um guaxinim, ou raccoon para os americanos. Na ânsia de proteger o animal, que efectivamente ia à sua vida, tanto mais que caça de noite e ainda por cima está na época de acasalar, o condutor desviou-se e acabou na ribanceira.

Escapou com umas escoriações e uma conta enorme para pagar, mas felizmente e desta vez, não matou ninguém. Nem mesmo o bicho. Isto segundo o responsável pela polícia no Orange County, o agente G. Bautista, como pode constatar no vídeo:


É certo que quem tem um ‘fraquinho’ por animais olha com paixão para os veados, sem esquecer que são descendentes do Bambi, dos filmes da Disney que vimos sozinhos ou em companhia dos nossos filhos. Mas daí a circular por essa estrada fora acompanhado pela família ou amigos, a um ritmo dentro da lei, para depois decidir, ao ser surpreendido por um Bambi, Tambor (aquele coelho maluco que idolatrava o veadinho, aqui não no significado brasileiro do termo) ou companhia, desviar-se e atirar carro e pessoas ribanceira abaixo, vai uma grande distância. E até mesmo o que pode considerar-se uma estupidez.

FONTE: observador.pt

4/13/2018

Égua é atropelada três vezes depois de fugir do Jockey Clube - RJ

Tadinha da grandona..... o que será que houve que a assustou tanto? mistério....
--------------
Uma égua puro-sangue inglês de corrida fugiu do Jockey Club Brasileiro, na Gávea, Zona Sul do Rio, e foi atropelada três vezes na tarde desta quarta-feira (11). Um motociclista que conduzia um dos veículos que atingiram o animal também ficou ferido. Um vídeo mostra o momento em que a égua escapou do Jockey Club.

Segundo agentes da CET-Rio, a égua foi atingida pela última vez às 16h20 próximo ao Túnel Rebouças, onde recebeu atendimento dos veterinários e, depois, foi encaminhado ao Jockey Clube às 17h50. O animal foi atingido por um motociclista assim que fugiu. Em seguida, ela foi atropelada por um carro enquanto corria pela Av. Borges de Medeiros e, depois, por outro veículo quando chegou próximo ao Túnel Rebouças.

Em conversa com o G1, a veterinária do Jockey responsável pela égua Mary Happy, de raça puro-sangue inglês, Cristina Vieira, disse que ela tem dois anos de idade e se encontra em estado estável. "O Jockey conseguiu fazer o resgate dela com uma ambulância específica, ela está sendo monitorada. Mas precisa conseguir ficar em pé, estamos tentando hidratá-la. Toda a equipe de veterinários do Jockey está aqui e ela está respondendo a estímulos", contou.

Segundo o diretor veterinário da Federação Equestre do Estado do Rio de Janeiro, Alceu Cardoso, que auxiliou no resgate e avaliação do estado de saúde do animal, Mary Happy fugiu durante um passeio com seu tratador pelo Jockey.

"Ela estava sendo conduzida pelo tratador em um passeio regular pelo Jockey quando fugiu. Aí aconteceu tudo isso. Ela está com algumas escoriações, sofreu um traumatismo craniano, mas não há nenhuma fratura aparente. Por enquanto ela está sedada, mas está relinchando, o que é um bom sinal", explicou.

Ainda segundo os agentes da CET-Rio, o motociclista que se envolveu em um acidente com o animal foi socorrido pelos bombeiros para o Hospital Souza Aguiar, no Centro, e onde chegou desacordado. Por volta das 17h30, o trânsito estava complicado na região da Lagoa, segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio.

Fonte: G1

Onça atropelada que passou por cirurgia se recupera bem em Rio Preto

Ainda bem que esta linda onça foi resgatada e está sendo atendida.... a maioria é largada na estrada sem nenhuma dó..... os bichos morrem em agonia.....
---------------
Segundo equipe veterinária, expectativa é que ela retorne à natureza em dois meses. Ela teve de colocar placas e pinos de aço cirúrgico.

A onça parda, que foi capturada ferida após ser atropelada e passou por uma cirurgia em um hospital veterinário, está se recuperando muito bem da cirurgia e da prótese colocada nela. Ela permanece no Zoológico Municipal de São José do Rio Preto (SP) recebendo tratamento.

A cirurgia foi realizada em dezembro e ela passou nesta semana por uma avaliação veterinária, exames de imagem em um hospital veterinário. Após pouco mais de três meses da cirurgia, a onça passa bem.

O animal, um adulto de 15 anos e aproximadamente 46 quilos, foi resgatado da região de Barretos (SP) depois de ser atropelado . Ela teve uma fratura que a impedia de andar. Além disso, ainda foram identificados três projéteis de arma de fogo no corpo dela, mas apenas um precisou ser retirado.

As fraturas que foram o foco da cirurgia, com colocação de placas e pinos de aço cirúrgico, estão se consolidando. O animal ganhou sete quilos após a cirurgia, tem os movimentos e sensibilidade do membro operado preservados.

“A fratura está quase consolidada totalmente, só uma parte ainda não consolidou. Ela tem os movimentos quase que normais, estamos bem otimistas”, afirma o médico veterinário Bernhard Von Schimonsky.

Depois de passar por tudo isso, a expectativa é que ela se recupere ainda mais para retornar à natureza em dois meses. “Ela já tem uma mobilidade boa na pata, que poderá capturar as presas e ir atrás de alimento”, diz o médico.


FONTE: G1

3/26/2018

Estrada de SANTA CLARA é matadouro de animais silvestres

O problema, efetivamente, é a invasão do meio ambiente por humanos antropocêntricos que em nenhum momento pensaram nos animais..... Como dizem, o planeta está aqui para nos servir..... Ledo engano, o planeta está se acabando por causa destes humanos..... Nesta hora, acho que nem Jesus na causa.....
---------------
A quantidade de animais mortos por atropelamento na estrada de Santa Clara, bairro de Jundiaí localizado dentro da Serra do Japi, está assustando os moradores. O último foi lontra. O presidente da ONG Rede de Inteligência e Sustentabilidade da Serra do Japi (RISJ), José  Catossi, informou que medidas urgentes precisam ser tomadas para acabar com estes acidentes. “Eu venho recolhendo muitos bichos que foram atingidos por carros e morreram. Os casos são informados à Prefeitura. É preciso reduzir a velocidades dos veículos que trafegam pela estrada”, comentou. A via se transformou num matadouro de animais que são atingidos ao tentar cruzar o asfalto.

Para Catossi, a via precisa se tornar uma estrada-parque, como a que liga Cabreúva a Itu, e que como objetivo a recreação, lazer, promover a integração do homem à natureza e o desenvolvimento sustentável da região, preservando as espécies da fauna e flora. “Também é preciso monitorar a velocidade dos veículos com equipamentos eletrônicos ou instalar lombadas”, explicou

O presidente da ONG afirma que para acabar com a mortandade de animais é preciso também que a Guarda Municipal tenha um posto avançado no Santa Clara. “O prédio onde fica o Centro de Referência em Educação Ambiental (Cream) é um bom local. Além disto, é preciso que o bairro conte com uma presença marcante da Polícia Militar”, comentou.

Sobre a colocação de placas sinalizando aos motoristas que todo o entorno da estrada tem animais silvestres, Catossi é cético. “As placas são importantes. Mas eu temo que as pessoas que vêm para cá com seus veículos não irão observá-las”, concluiu.

Resposta da Prefeitura – Através da assessoria de imprensa, o Executivo de Jundiaí informou o seguinte: A Fundação Serra do Japi explica que várias ferramentas estão sendo implementadas no Território de Gestão da Serra do Japi para coletar dados que fornecerão o embasamento de ações de curto, médio e longo prazo. Uma das ações é a notificação através do aplicativo da Prefeitura de Jundiaí, dentro da Plataforma Desenvolvimento Sustentável, da presença de animais silvestres vivos ou mortos.

A Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA) lembra que ações de orientação aos finais de semana com a participação da Guarda Municipal, da Fundação Serra do Japi, da Polícia Militar, da GGIM, da Polícia Ambiental foram o ponto de partida para o desenvolvimento de ações que já estão acontecendo (pesquisas, ações e projetos para implantação de ferramentas que minimizem os atropelamentos, entender o uso do território, etc). Paralelamente, tem discutido o projeto da Estrada Parque, sobretudo refletindo sobre as questões de como deve constituir a Estrada Parque, como implantar dentro dos limites determinados pelas divisas das propriedades e pelos atributos ambientais do território e como a implantação contribuirá para reduzir acidentes e atropelamentos.

A Prefeitura de Jundiaí também tem a convicção de que a redução dos atropelamentos de animais e de acidentes com pessoas depende muito mais da conscientização daqueles que percorrem a estrada do que de modificações na estrada. As caraterísticas do território, atrativo para as pessoas, exige respeito à fauna e à flora e o traçado da estrada exige cuidado. Portanto, a principal ação é a de educação e conscientização permanente, medida que a Prefeitura tem adotado em todas as oportunidades: no local, nos conselhos, na mídia, nas escolas, etc. Mas, trata-se de uma tarefa com a qual todos podem contribuir. 

FONTE: jundiagora

3/21/2018

Negligência e irresponsabilidade levam Twelves, macaco de Latino, morrer atropelado

Estou lamentando profundamente que este cantor não tenha sido advertido, incluindo a retirada deste macaco das mãos dele. Ora, gente, venho mostrando aqui em nosso blog as diversas situações anti-naturais que o animal era colocado sem que nenhuma autoridade tomasse providências. Não importa se o macaco era legalizado, mas, ele era abusado descaradamente. Taí a prova de tudo que eu falei durante estes anos todos. Leia nosso dossier a respeito CLICANDO AQUI.
--------------
'Latino está muito triste, inconsolável e sem falar com ninguém', disse agente do cantor. Twelves, macaco de estimação de Latino, morreu nesta terça-feira (20) após ser atropelado, segundo o agente do cantor.

"Às 13h, ele fugiu da casa do Latino [no bairro da Barra da Tijuca, no Rio] e foi atropelado por um veículo. Provavelmente, ele será cremado. Latino está muito triste, inconsolável e sem falar com ninguém", disse ao G1 o agente do cantor, Fracismar Vaz.

Twelves tinha 5 anos e já havia desaparecido em julho do ano passado. O cantor criava o animal de estimação como um filho. O macado, da raça Prego, tinha 129 mil seguidores no Instagram.

Latino é o nome artístico de Roberto de Souza Rocha, cantor carioca que já gravou sucessos como "Festa no Apê", "Me Leva", "Renata Ingrata" e "Amigo Fura Olho".

Fonte: G1 e Extra
----------
Olha o que saiu nesta mídia NEM TE CONTO do IBahia e que eu concordo plenamente.
Latino posta foto polêmica depois da morte de Twelves; veja
Macaco morreu atropelado no condomínio do cantor nesta terça-feira (20)
Redação iBahia

O macaco de Latino, Twelves, morreu atropelado nesta terça-feira (20), no condomínio onde o cantor mora e ao se pronunciar sobre o ocorrido, ele gerou polêmica nas redes sociais por ter postado uma foto do animal morto dentro de um saco de lixo.  

Os seguidores do cantor criticaram o comportamento de Latino: "Poxa, latino, respeito seu sofrimento, mas é tanto desespero pra aparecer que o pobrezinho do macaco mal morreu e vc ja correu pra postar foto do corpo do macaco num saco de lixo. Larga esse celular, Saia das redes sociais, vá passar pelo luto e orar pelo macaco, para de querer aparecer a todo custo", escreveu a seguidora.

2/15/2018

Mãe tenta resgatar filhote de macaco que morreu atropelado em Santa Cruz

Imagina o sofrimento desta mãezinha..... 
--------
Uma cena triste chamou a atenção do consultor Paulo Knabach por volta do meio-dia dessa sexta-feira. Enquanto um filhote de macaco atropelado agonizava até a morte, a mãe se arriscava no meio da Rua Vereador Benno João Kist tentando ajudá-lo. O leitor da Gazeta do Sul registrou o momento e relatou que se tornou comum motoristas dirigindo em alta velocidade pela via. “Fico me perguntando: e se fosse uma criança?”, questiona. Knabach mora no local há nove anos e, pelas suas contas, esse foi o sexto atropelamento de animais em menos de dois anos.

Para evitar que a mãe do macaco morto tivesse o mesmo destino, ele removeu os dois do local. Segundo o santa-cruzense, é comum a travessia de animais silvestres pela rua e os moradores tentam cuidar e ajudar, para que haja uma convivência harmoniosa. “Só quem viu de perto o desespero da mãe do macaquinho sente”, lamentou. Para Knabach, o problema se resume a excesso de velocidade dos motoristas e falta de um passa-fauna para os animais. “Colocaram uma placa de velocidade por aqui, mas falta mesmo é um redutor de velocidade.”

A Secretaria Municipal de Comunicação informou que está prevista ainda para o primeiro semestre a instalação de passadores de fauna na Rua Vereador Benno João Kist, assim como em outros pontos da cidade. O projeto de proteção era uma parceria com a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e está em vias de ser retomado. Quanto ao redutor de velocidade, a Secretaria de Transportes e Serviços Urbanos vai verificar a viabilidade da instalação.

FONTE: gaz

2/11/2018

Centenas de ovelhas mortas pelo motorista de caminhão

Pelo jeito isto é comum lá pela  Síria ... Olha outro caso em 2016 que aconteceu na Austrália clicando AQUI.  Como pode um camarada ver que atropelou um animal e continuar fazendo este massacre? tem que estar drogado ou bêbado para fazer isto .....só falta ele dizer que sofre de epilepsia..... 
-------------
Novamente, divulgado pelo Instagram, em 4 de fevereiro de 2018 um novo vídeo registra um acidente onde um caminhoneiro, de alguma forma acidental ou propositalmente, passou por cima de um rebanho de ovelhas que estava na estrada... O que você faria para salvar os animais? Foi terrível. 
IMAGENS FORTES

Fonte: LiveLeak

2/08/2018

Um cachorro atingido por uma moto é resgatado por um motorista

Eu mostro os capetas da China, mas, mostro os anjos também.... Este aí é um dos nossos.... Como já falei, naquele país temos grandes companheiros que enfrentam uma luta danada, principalmente, na conquista da sociedade para respeitarem a vida animal. Há uma grande pressão mundial para a China ter uma lei de proteção aos animais domésticos igualmente a dos silvestres. Chegaremos todos lá!!!!!
----------------
Um cachorrinho branco perdido atravessa a rua e é atropelado por uma motocicleta cujo condutor nem se preocupou em socorrer o animal.. O pobrezinho sentindo muita dor se esconde debaixo de um carro estacionado. Um homem que assistiu o atropelamento desce do seu carro e o recolhe. Sabe-se que ele notificou a polícia que acabou por achar seu dono.   

Fonte: LiveLeak

2/02/2018

Quatro cães abandonados observam o amigo atropelado pelo carro

Este é o momento emocionante em que quatro cães perdidos guardam outro canino que foi atingido e morto por um carro no noroeste da China. .

No vídeo, filmado em 19 de janeiro na cidade de Lanzhou, na província de Gansu, no noroeste da China, quatro cães cercam o cão branco falecido que se encontra no meio de uma estrada.

De acordo com os espectadores, o cão branco foi atingido por um carro e morreu.

Depois disso, vieram seus quatro amigos e sentaram-se ao lado dele na rua movimentada.


FONTE: liveleak

1/20/2018

Atropelamento de onça que teria ocorrido em rodovia viraliza nas redes sociais

Os idiotas que fizeram fotos não se dignaram a providenciar um socorro para o pobre animal? que lamentável.....
-------
Imagens do animal ferido no meio da pista têm sido compartilhadas

Fotos de uma onça pintada que teria sido atropelada por um automóvel Gol vermelho  viralizam na internet como se fosse em Mato Grosso do Sul. Conforme enviado por leitores no WhatsApp do Correio do Estado, o acidente teria acontecido na rodovia MS-339, entre os municípios de Bonito e Bodoquena.

Entretanto, o caso aconteceu no Mato Grosso, há um bom tempo. Nenhuma das unidades da Polícia Militar Ambiental (PMA) tinha conhecimento da ocorrência.

As imagens do bicho ferido no meio da pista têm sido compartilhadas no Facebook e em grupos de WhatsApp. É possível ver curiosos bem perto da onça. A dianteira do automóvel foi arrancada com o impacto da batida. O caso ocorreu, na verdade, na rodovia MT-170, em Juína (MT), em dezembro de 2016, conforme publicação do Mídia News.

Em Mato Grosso do Sul, quando algum animal é atropelado, o procedimento é de que a PMA seja acionada, faça o resgaste e encaminhe para alguma unidade especializada, como o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras).

A reportagem entrou em contato com batalhão da PMA de Bonito, que afirmou desconhercer a ocorrência. Já a unidade de Miranda, que atende Bodoquena, informou que as fotos têm sido compartilhadas já há dias, mas não soube precisar nem a data e nem o local do acidente, pois também não foi acionada. Tais alegações desmentem o boato de que o caso teria sido registrado em território sul-mato-grossense.

FONTE: correiodoestado

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪