RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador animais de rua. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador animais de rua. Mostrar todas as postagens

6/04/2019

Esta é a Ambudog, a primeira ambulância gratuita para animais de rua do México

Dá um certo alívio saber que, apesar de tantos casos de crueldade, humanos andam modificando seu olhar nas questões da causa animal.....
-------------------
O aumento da população de animais de rua é um problema grave em várias partes do mundo. O quadro vem fazendo com que muitos países adotem medidas

3/26/2019

Mulher que alimentava cães e moradores de rua é assassinada em São Paulo

Minha Santa, olha que maldade..... Um canalha morador de rua atrai uma companheira nossa e a mata por nada........ Isto não é justo!!!!! alguém a conhecia?
------------------
Rafael, 26 anos, confessou ter matado Laura, 56. A mulher costumava alimentar cachorros e moradores de rua na região de Guaianases, zona leste de São Paulo.

7/05/2018

CURITIBA SHOW: Ambulância equipada atende animais em alto risco nas ruas

Gente amiga, olha que barato o que acontece em Campinas... É de fazer a gente ter vergonha por não ser capaz de ter um serviço de excelência naquela cidade. Por aqui, contamos com esta legião de protetoras linha de frente que fazem o que pode.... Enfim, chegaremos lá bem como tantos outros municípios que deveriam copiar este belo exemplo!!!!! Parabéns Curitiba e os autores da iniciativa!!!!
----------------
Serviço inovador e pioneiro no País, o Samu Animal atende animais abandonados em situação de alto risco. O programa conta com uma ambulância equipada para o transporte de bichos feridos por atropelamento, maus-tratos ou os que estão gravemente debilitados por doenças. O Cidadão Repórter traz os detalhes.

6/18/2018

PERIGO: Cerca de 20 gatos são mortos a pauladas em ponto de abandono em Fortaleza

Vejam porque sou contra alimentar e colocar casinhas para animais nas ruas. O tal "serumano" é podre e não dá para confiar...... Espero que as pessoas comprovem meus dados sobre tal assunto.... O ideal é recolher, tratar e fazer adoção. 
----------------
Protetores independentes encontraram os bichos ensaguentados e agonizando por volta de 6h30 desta sexta (15).

Cerca de 20 gatos foram mortos a pauladas no polo de lazer Gustavo Braga, na Avenida João Pessoa, em Fortaleza. O local é ponto de abandono de animais. Os gatos foram encontrados com sinais de violência por protetores independentes na manhã desta sexta-feira (15).

De acordo com Floriana Oliveira, protetora de animais que atua na área, uma equipe esteve no local por volta de 6h30 e se deparou com animais ensanguentados; dois deles estavam agonizando e foram levados ao veterinário. Os protetores aguardam laudo para comprovar os maus-tratos.

"A violência naquele local é uma constante. Desde 2014 a gente vem lutando pra conseguir câmeras de segurança. Já houve envenenamento e de 2014 pra cá perdemos mais de 400 animais envenenados... são violências diversas. A gente sempre se depara com animais jogados num canal que tem lá, não tem fiscalização", denuncia.

Ela afirma que a população do entorno é intolerante à permanência dos bichos. "Reina a lei do silêncio. A gente suspeita que moradores do entorno pagam alguém pra praticar a violência, porque lá 'ninguém sabe, ninguém viu'", comenta.

Segundo a protetora, são feitos boletins de ocorrência sempre que constatados casos de violência contra animais no local, porém, por falta de câmeras de segurança, o trabalho da polícia é dificultado. "A polícia acaba não tendo o que fazer, porque não tem pistas", completa.

Intolerância
Presidente da ONG de proteção animal Deixa Viver, Gabriela Moreira frisa que a comunidade, como a maioria da cidade, não aceita os animais serem alimentados e cuidados. "Isso acontece em todos os pontos de abandono que a gente cuida."

Com apoio da ONG, os protetores independentes denunciaram a situação para a Coordenadoria Especial de Proteção Animal de Fortaleza (Coepa), pedindo ajuda para outros órgãos competentes que possam intervir na área. "Estamos aguardando algum tipo de ação do poder público. Eles são constantemente agredidos e mortos, lá também é ponto de droga e piora ainda mais a situação", destaca Floriana.

Conforme o Código Penal, a pena para quem "praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos" é detenção de três meses a um ano e multa. A pena é aumentada de um sexto a um terço se ocorre morte do animal.

FONTE: G1

5/27/2018

AÇÃO PRODUTIVA: MP ajuíza ação para que município faça controle de animais de rua - PR

Olha, todo MP deveria fazer isto nos diversos municípios brasileiros que ignoram sua responsabilidade.....
----------------
O Ministério Público (MP) da Comarca de Mamborê, ajuizou ação civil pública contra o município para que a prefeitura solucione o problema de cães e gatos de rua na cidade. Segundo o MP, atualmente, alguns dos animais são recolhidos e abrigados em condições precárias em um espaço da Associação de Solidariedade Animal de Mamborê (Asam), que tem encontrado dificuldades para manter as atividades.

“Como o local sob responsabilidade da Asam não tem capacidade suficiente, muitos cães e gatos ainda perambulam pelas ruas, o que pode causar problemas ao meio ambiente como a contaminação por dejetos e a dispersão do lixo revirado pelos animais, à saúde pública com a transmissão de doenças, e à segurança do trânsito”, sustentou a promotoria.

Para o MP, a responsabilidade pelo recolhimento, tratamento e destinação dos animais é da prefeitura, e não da Associação, que faz um trabalho voluntário. Para resolver a situação, o Ministério Público requer que o município tome as providências como captura e retirada dos animais domésticos das vias públicas; criação e manutenção de local adequado para abrigo e tratamento de pelo menos 60 animais.

A promotoria quer que o município faça também o fornecimento imediato e enquanto não for construído um novo abrigo de ração, material de limpeza, medicamentos, vermífugos e vacinas para a Asam; implantação de controle da população canina e felina do município; realização de programa de esterilização e de colocação de microchip de identificação nos animais; e implantação de serviço de vacinação preventiva.

O MP solicitou à Justiça que as obrigações sejam determinadas em caráter liminar, sob pena de multa diária de R$ 5 mil em caso de descumprimento. (Com informações da Assessoria do MP).

FONTE: tribunadointerior

5/21/2018

PROIBIÇÃO: Prefeitura de SP proíbe ONGs que ajudam cães de sem-teto

Pelo que entendi, parece que a Prefeitura está tentando organizar a bagunça. Eu não entendo a pessoa não querer ser atendida pelos programas sociais de uma cidade. Pelo que sei SP tem e parecem bons já que até canis para os cães dos sem tetos possuem..... Bem, a Prefeitura revogou a proibição.... Então. aos trabalhos.... Trabalhar com esta turma de rua não é mole não.....
-------------
Prefeitura de SP proíbe ONGs que ajudam cães de sem-teto a atender na rua
Regional da Sé negou autorização para ação social que dava café de manhã e kit de higiene aos sem-teto, e banho, vacina e comida aos bichos.

No dia 27 de maio, um domingo, uma ação social no Pateo do Collegio, no centro de São Paulo, ia oferecer serviços para pessoas em situação de rua e para seus cachorros. A ação, no entanto, está cancelada. A ONG Moradores de Rua e Seus Cães realiza mensalmente a distribuição de café de manhã e kit de higiene para os humanos. Os bichos podem ganhar um banho, tomar vacinas, serem vermifugados e comer. Mas, pela primeira vez nos dois anos e meio em que existe a ação, a Prefeitura Regional da Sé negou sua autorização.

O e-mail com a negativa, a que o BuzzFeed News teve acesso, diz: “Informamos que devido a determinações por parte dos setores de assistência social da prefeitura, não são mais autorizadas atividades deste tipo em solo público, devendo as mesmas ocorrerem nos Centros Temporários de Acolhimento (CTAs)”.

Eduardo Leporo, o fotógrafo à frente da ONG, recebeu a notícia na quarta (16). E procurou saber o que tinha acontecido. “Funcionários da prefeitura me disseram que essa é a nova política. Que o prefeito pediu que se proíba todo mundo de fazer esse serviço em espaço público. Convidaram a gente para fazer o evento dentro de CTAs, para que essas pessoas fossem obrigadas a passar pelo abrigo.”

Reprodução
O BuzzFeed News conversou com funcionários da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, citada no e-mail da proibição. Eles afirmaram em sigilo que desconheciam a nova norma, e discordam dela. Nos últimos meses, nove abrigos com canis foram inaugurados na capital, justamente para atrair as pessoas em situação de rua que não querem se separar dos seus bichos de estimação.

Um dos motivos que leva pessoas em situação de rua a não procurar os abrigos é que muitas vezes seus cães têm de ficar do lado de fora, ou não podem entrar nos albergues. A artesã Beatriz Silva, que dorme nas ruas do centro há 18 dos seus 25 anos, recebeu a notícia da proibição enquanto segurava no colo seu cão, Malhado, 11, que estava com medo do barulho do escapamento de uma moto. “É muita ruindade isso. Tem que deixar ajudar o animal. O animal é melhor que o ser humano”, disse a artesã.

Prefeitura suspende a proibição
Um dia após ser procurada pelo Buzzfeed News, a Prefeitura Regional da Sé afirmou em nota que apenas “sugeriu que o evento fosse realizado num dos CTAs, onde há canil e espaço apropriado para banho dos cães”.

A proibição do evento foi suspensa. Diz o texto: “Foi feita uma nova comunicação informando ao responsável pelo evento que, para prosseguirmos com o pedido, será necessário envio de cópia de certificado de manipulação de alimentos (Decreto 55.058 de 6 de Maio de 2014), documento assinado pela administração do Pateo do Collegio, informando estarem de acordo com o evento, e uma autorização da Vigilância Sanitária e Controle de Zoonose - uma vez que o evento prevê a distribuição de vacinas para os cães”.

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪