RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador alimentar. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador alimentar. Mostrar todas as postagens

1/31/2019

Câmera flagra mulher levando ração de cães de rua

Todos sabem o que penso deste negócio de institucionalizar o abandono de animais.... Olha mais uma situação. Por estar sendo roubado, o dono não vai colocar mais comida. Daí, o cão que se acostumou comer lá naquele local, vai ficar com fome..... Será possível as pessoas compreenderem isto?
------------

1/10/2019

Idoso morador da Água Rasa alimenta Maritacas na varanda de sua casa



Queria muito fazer isto aqui em casa, mas, alem de errado, meus vizinhos iam me matar.......... elas gritam demais...... cuido de uma que perdeu a capacidade de voo e ela grita demais junto com as outras que vem aqui no telhado.... acho que são os pais dela..... o casal vem pela manhã e a tarde.....Vejam no segundo vídeo.



6/07/2018

Professor é condenado por alimentar tartaruga com filhote de cão vivo na frente de alunos

Que professor, hein? muito tabefe na carinha do mequetrefe.....
-------------
Um professor de Ciências foi condenado por alimentar uma tartaruga marinha com um filhote de cão vivo na frente de alunos adolescentes.

A aula de Robert Crosland ocorreu em 7 de março em uma sala da Preston Junior High School, escola de ensino médio em Idaho (EUA), onde a tartaruga onívora (que se alimenta tanto de vegetais como de animais) era mantida em um tanque.

Segundo Crosland, o filhote de cão estava quase morto ao ser jogado no tanque. Com boca como "lâminas afiadas" e mandíbulas poderosas, a tartaruga devorou o cachorro sem dificuldade.

O professor foi condenado por crueldade contra animal e sua pena pode chegar a seis meses de prisão, segundo o "Mirror". O americano também deverá ter que pagar multa de o equivalente a R$ 18,8 mil.

FONTE: extra.globo

4/17/2018

Protetora é denunciada e reabre polêmica sobre alimentar animais de rua - MS

Sinceramente, não entendi porque esta protetora não recorreu ao CCZ local que tem programa de adoção, incluindo microchipagem dos animais. A colega da ONG Cão Feliz, falou muito bem. Endosso totalmente, embora compreenda as dificuldades de certas pessoas entenderem como funcionam as coisas....
-------------
Os animais foram recolhidos pelo CCZ
É permitido alimentar cachorros e gatos de rua? Esta questão tem causado polêmica entre protetores de animais. Nesta semana, a dona de casa Ângela Silva foi denunciada por um vizinho após deixar alimento e água para os gatos de rua na calçada de sua casa.

Ângela conta que não é a única que faz isso na região e que só não adota os animais porque tem quatro cachorros no quintal. “Eu não posso trazer para minha casa porque meus cachorros não deixam, mas eu alimento e dou água”, afirma. Outros três moradores também foram denunciados ao CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), mas a dona de casa defende que os animais não incomodam ninguém.

“Eu cuido de três gatos, eles dormem no meu portão. Eu dou ração boa para sustentar os gatos, eu posto foto para doar e não consigo”. Após a denúncia, a dona de casa recebeu a visita do CCZ, que levou os gatos, situação que a deixou muito chateada. “Eu me senti aterrorizada, me botaram medo, falaram que eu podia ser responsável jurídica pelos animais. Eu só estava alimentando e ainda sou criticada”.

O Centro de Controle de Zoonoses afirma que a alimentação de animais de rua não é recomendada. Segundo o Centro, além de ocasionar transtornos à população vizinha, acarreta na exposição involuntária destes moradores a situações de insalubridade e risco de zoonoses. A presidente e fundadora da ONG Cão Feliz, Kelly Macedo, afirma que o ideal é adotar o animal, mas sabe que às vezes o coração fala mais alto. “Se você quer alimentar, é melhor levar para casa, cuidar dele. Eu sei que é complicado, quando a gente vê animais abandonados, o intuito é alimentar mesmo”.

A dona de casa Ângela não conseguiu novos donos para os bichos, mas a situação é enfrentada diariamente pela ONG, que já tem 121 cachorros no abrigo. “Eu não posso nem pegar mais porque já temos uma dívida enorme, um abrigo cheio e a adoção está muito fraca”, afirma.

Em nota, o CCZ afirma que a melhor maneira de cuidar dos animais é leva-los ao Centro no caso de impossibilidade de adoção, já que não há informações sobre a vacinação e seu histórico de saúde. “Lembramos que animais de rua são potenciais transmissores de raiva e outras zoonoses e nosso município frequentemente encontra morcegos contaminados com o vírus rábico. Reforçamos que, se o cidadão não pode assumir a responsabilidade sobre o cão ou gato deve levá-lo ao CCZ. Não é recomendado que o morador espere mais de 7 dias para não retardar o processo de adoção”.

O CCZ realiza microchipagem de cães e gatos mediante o pagamento de uma taxa de R$15. O microchip serve para que caso o cão ou gato seja abandonado ou encontrado possa ter o proprietário identificado.

FONTE: midiamax

3/26/2018

Protetor tem que ser mais responsável e deixar de ser iludido por político barato

Acho isto um acinte à inteligencia da proteção animal e me refiro aqueles protetores que, EFETIVAMENTE, pensam no melhor para os animais. Alimentar bichos nas ruas, fazer da rua um quintal dos crimes de abandono e deixá-los em situação de vulnerabilidade é uma das monstruosidades feitas em nome da politicagem.  

Um vereador deveria estar se preocupando em atender às necessidades dos protetores que recolhem, tratam e procuram adoção ou mesmo em fazer um canil municipal para funcionar decentemente...... Pela madrugada!!!!! e ainda tem protetor que aplaude? ah, me poupe....

Uma protetora, acredito bem intencionada e muito mal formada como tal, fazer uma petição ao Governo de São Paulo para   "Que todos os estabelecimentos coloquem ração e água e assim tenham abatimento nos impostos". Jesus, onde fica a responsabilidade daquele que abandona os animais? Será que não se percebe que isto é um total estímulo a largar bichos nas ruas porque "TEMPORARIAMENTE" teria alguém para cuidar daqueles cães? protetor não pode continuar a ser manipulado por políticos e, também, não pode continuar a agir sem informação e reflexão dos seus atos. Já é hora, pelas raízes da sequoia-gigante !!!!!! PRONTO, FALEI!!!!!!
----------------
Vereador propõe criação de casinhas e bebedouros para cães de rua em Santa Maria
Proposta de Adelar Vargas (PMDB) prevê que sejam disponibilizados ração e água “em condições de higiene e de uso”
Um projeto de lei de autoria de um vereador de Santa Maria quer fazer com que sejam instaladas casinhas para cães de rua da cidade. A proposta de autoria do parlamentar Adelar Vargas (PMDB) prevê ainda “bebedouros e comedouros” aos animais que fiquem soltos pelas vias dos bairros e vilas de Santa Maria.

O pontapé inicial para a formatação do projeto levou em conta, segundo o vereador, a necessidade de “abrigar com amor e carinho os bichinhos”: — Os cachorros são como pessoas. A gente sabe que esses cães de rua são bichinhos comunitários e, daqui a pouco, vem o inverno e precisamos dar conforto a eles. Acredito que seja um projeto viável e com o entendimento daquelas pessoas humanitárias.

O projeto prevê que caberá às pessoas que se somarem à iniciativa custear os gastos com a compra das casinhas assim como a aquisição de ração a ser dada aos animais. O vereador afirma que, tão logo o projeto venha a ser aprovado, buscará a prefeitura e a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) para viabilizar uma parceria para a castração desses animais. Após isso, eles poderiam ser colocados para adoção.

Ainda conforme o projeto, a pessoa que, por exemplo, tentar impedir o acesso dos animais às casinhas e aos bebedouros terá de pagar multa. Contudo, o vereador admite que a fiscalização – que, em tese, ficaria a cargo da prefeitura – é algo que poderia “encontrar alguma dificuldade”. — Mas imagino que uma pessoa em sã consciência e de boa fé não iria querer prejudicar o animalzinho.

O projeto está, no momento, tramitando nas comissões da Câmara de Vereadores. E, depois, em caso de não haver qualquer inconsistência, a matéria será colocada em votação. O parlamentar acredita que o projeto "passará com folga" e ele cita a cidade de Lages, em Santa Catarina, que conta com iniciativa idêntica.

Ainda em 2012, foi sancionada a lei que instituiu em Santa Maria a Central de Controle e Bem-Estar Animal. Um dos pontos desta lei aprovada e que ainda não foi colocada em prática é o que prevê a microchipagem de animais soltos em Santa Maria.

FONTE: gauchazh

2/21/2018

A eterna questão do abrigar e alimentar animais nas ruas

Juro que eu entendo que é uma atitude muito legal e generosa..... Mas, como sempre questiono o quanto animais correm riscos de envenenamento e o quanto uma sociedade irresponsável fica tranquila ao abandonar seus animais na rua.... "Ah, tem gente que bota comida nas ruas.... eles que se virem"... Eu já ouvi isto e acho que a maioria pensa igual a esta mulher que respondeu assim quando pega em flagrante abandonando um cachorro bem longe de sua casa. Ela tinha ouvido falar que naquele bairro tinha gente que colocava casinhas e comida para os cães de rua..... Gente, este é o pensamento geral e quando facilitamos tais oportunidades aí mesmo que a coisa descamba para o caos maior.....
-----------
Comerciante instala dispositivo com comida e água de graça para animais de rua, e ação viraliza
Uma ideia simples e criativa vem chamando atenção dos amantes dos animais de estimação em São José do Rio Preto (SP). Uma comerciante da cidade está alimentando animais de rua em comedouro feitos de cano de PVC. O sistema foi instalado na calçada da loja dela, mas agora está ganhando a internet.

Ela fotografou, colocou na rede social e em alguns dias as fotos viralizaram. Quem teve a ideia do comedouro e o bebedouro é a Wancleia Soares. Ela conta que ficava morrendo de dó dos cachorrinhos de rua que apareciam famintos em frente à loja dela.

“Nossa até meu coração acelerou quando vi o primeiro cachorro comendo no comedouro, fiquei muito feliz. É muito bom matar a fome de um animal, não tem coisa melhor nesse mundo e em Rio Preto tem muito cachorro e gatos abandonados, estou muito feliz que deu certo”, afirma.
A invenção não fez sucesso apenas entre os cachorrinhos não, fez sucesso também nas redes sociais. Ela postou as fotos pensando só em inspirar outras pessoas. Em três dias já são quase seis mil curtidas e mais de 31 mil compartilhamentos e o número não para de aumentar.

A Wancleia montou o comedouro de ração no balcão em frente à loja dela e com produtos simples, como tubo de PVC, cotovelo também de PVC e cola. “Nem em 15 minutos fica pronto, é muito rapidinho, peguei na internet o modelo. É muito fácil e até criança consegue fazer”, afirma Wancleia.

Confira como fazer
Cano PVC 100 milímetros de 80 centímetros
Dois cotovelos de cano de PVC de 90º
Tampa de PVC
Cola
Como fazer: Colar os dois cotovelos na base do cano, formando uma base para a ração ou a água ficar. Depois de colocar o alimento, use a tampa para fechar o outro lado do cano.



Fonte: G1 Mundo Pet

12/17/2017

Estaleiro em Angra dos Reis no RJ faz campanha contra animais... Proteste!

O Estaleiro Brasfels colocou, segundo moradores da cidade de Angra dos Reis, um cartaz falado para não dar comida aos animais porque eles transmitem "doenças que podem matar"....
Tem um Facebook onde o pessoal está metendo o cacete na direção que mandou fazer este cartaz.....






12/05/2017

Criança alimenta macacos desde os seis meses

Eu acho muito legal, mas, na verdade o menino representa comida para os macacos. Se começar a faltar, será que terão a mesma reação? macacos são confiáveis até a página dois.... Depois não adianta chorar o leite derramado... Bem, eu penso assim porque respeito muito o instinto dos animais....
------------
Uma criança de 18 meses tirou o sossego dos seus pais
depois de fazer amizade com alguns macacos. O filme mostra a criança que vive no distrito de Hubli, em Karnataka, na Índia, alimentando os macacos Vervet no seu jardim. Ele é visto abraçando, beijando e até mesmo alimentando-os com sua mão, mas os macacos nunca mordem mesmo quando ele provoca puxando suas caudas.


O menino parece estar completamente à vontade com os macacos enquanto eles arrancam comida de suas mãos. Mais tarde, a criança que dormia numa tenda é vista sendo despertada pelos macacos 


De acordo com seus pais, o menino é acordado por macacos todos os dias às 6 da manhã na aldeia Allapur do distrito Hubli. Eles então tomam café da manhã juntos antes de sair para brincar. A criança alimenta os macacos desde os seis meses de idade e a família insiste que eles nunca atacaram ou machucaram o menino enquanto estão com eles.


Fonte: Daily Mail

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪