RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador abandono de animais. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador abandono de animais. Mostrar todas as postagens

12/16/2018

Dezembro Verde contra o abandono de animais

Nunca consegui apurar este comportamento .... Inventaram isto aqui no Brasil há uns 4 anos e, agora, pelas informações vinculadas na mídia, pode até ter virado verdade..... Nunca consegui comprovar....
Este tipo de abandono acontece muito em países europeus onde o costume de viajar é normal.... Mas, no Brasil, viajar de férias é bem re$trito, ou não?
------------
O abandono de animais é uma prática cada vez mais frequente no Brasil. Em época de férias, como agora, o problema aumenta já que as pessoas acabam comprando um animal por impulso para presentear um membro da família,

10/04/2018

Guardas são treinados para evitar abandono de animais no Parque Municipal de BH

Aplausos!!!!! aplausos!!!!!!
-------------------
Quem for flagrado abandonando um animal no parque, que fica no Centro de BH, será detido e levado a uma delegacia. Animais futuramente receberão atendimento veterinário e ficarão disponíveis para adoção.

Guardas Municipais que atuam no Parque Municipal Américo Renné Gianneti, no

5/11/2018

FLAGRANTE ABANDONO: Mulher abandona 3 cães ao Deus dará






Gente, ver cenas covardes faz a gente ter vontade de se enfiar vídeo adentro e arrebentar com esta desgraçada junto com o carro.... canalha, covarde..... Mesmo com uma pessoa chamando atenção dela, a bandida não perde o foco, larga os cachorros e vai embora no carro dirigido pelo capeta.....






Publico o vídeo como exemplo da capacidade humana. Os animais foram recolhidos pela pessoa que filmou e estão com ela até encontrar dono que fique com os três..... 


4/16/2018

Dono de pet shop começa a expor pessoas que abandonam animais na porta da loja

Olha, eu já conheci protetores de todo jeito.... Um deles costumava abandonar gatos na casa de uma outra protetora da qual era amigo. Quer dizer, amigo da onça.... Depois conversava com a pessoa como se não soubesse de nada..... Mal caráter, sem dúvida!!!!! Acho que este dono de pet da matéria está reagindo muito bem porque é preciso acabar com estes abusos...
-------------
Registros foram feitos durante os últimos cinco dias
Anápolis costuma ser conhecida pelos inúmeras grupos que atuam em defesa aos animais em situação de rua. No entanto, os últimos dias tem mostrado com clareza uma outra face dessa história.

Desde terça-feira (10), circula nas redes sociais vídeos de câmera de segurança de uma casa de rações, no Bairro Paraíso, onde três pessoas aparecem com animais escondidos em caixas e sacolas para simplesmente os largarem na porta do estabelecimento. Nas imagens, é possível ver que os responsáveis chegam no local com receio e têm o cuidado para que ninguém na rua os veja.



Proprietário da casa de rações, João Urias utilizou os registros para fazer um desabafo sobre o descaso desses proprietários. Na publicação, ele alega que começará a levar as imagens à delegacia para denunciá-los. ‘Abandono de animais também se enquadra em maus-tratos. Nos últimos cinco dias, foram três registros de abandono de cães e gatos aqui na loja’, escreveu.

Ao Portal 6, a vereadora e defensora da causa animal, Thais Souza (PSL), contou que, apesar de ser uma ação ‘comum’, o número de abandonos cresceu de forma significativa neste ano. “Apenas na última semana, 30 gatos e 10 cães foram abandonados na porta da Aspaam. Outras ONG’s também estão passando por esse problema. Essa é uma tentativa irresponsável de transferir a responsabilidade para pessoas que não tem condições. Tudo tem limite. A população precisa se conscientizar e parar de tentar dispensar um animal como lixo todas as vezes que surgir a oportunidade. Aqui nós temos a castração a baixo custo, só que as vezes a pessoa tem R$100 para tomar uma cerveja, mas não tem para cuidar do próprio animal”, desabafou.

Segundo a parlamentar, também é dever do poder público promover ações para que esse o alto índice de animais nas ruas diminuam em Anápolis. “Precisamos e estamos lutando por uma fiscalização eficiente. As pessoas que abandonam um animal fazem isso porque sabe que não serão responsabilidades e precisa ter uma punição. A Lei que protege os animais tem de ser cumprida. Se não alinharmos essa política de fiscalizar e conscientizar, não vamos mudar essa realidade”.

Procurado pela reportagem para comentar o caso, João Urias explicou que estava a caminho de um compromisso importante e que retornaria em outro momento.

FONTE: portal6

3/11/2018

Polícia ouve dono de caminhão no caso de cães jogados fora do caminhão

Publicamos no último dia 06 sobre  caso: Cães jogados do caminhão são resgatados, graças a Deus! E como apostei o dono do caminhão estava envolvido. Só que ele não confessou e jogou em cima dos dois caras envolvidos.... Repara só.
-------------
A Polícia Civil já ouviu o dono do caminhão do qual dois cachorros teriam sido abandonados -- um deles jogado com o veículo em movimento -- no último sábado, na Vila Fiori. A polícia pretende localizar os dois homens que seriam os responsáveis pelos animais.

O comerciante de 55 anos, dono de um espaço destinado à compra e venda de materiais de construção usados, contou ter sido procurado sábado pelos dois homens que ele afirmou apenas conhecer de vista, e que os mesmos, acompanhados dos dois cachorros, lhe disseram saber de um local no Mineirão onde poderia ser adquirido material de construção, ficando acertado que eles ganhariam pela intermediação. Ainda segundo o comerciante, proprietário do caminhão, a dupla seguiu dirigindo o veículo, e os cães na carroceria, enquanto o comerciante os seguida de moto.

Já na rua Ministro Salgado Filho, um dos cães teria saltado da carroceria no momento em que o caminhão, com velocidade reduzida, passava sobre uma lombada. Naquele momento o motorista parou o caminhão e soltou o outro que ainda estava na carroceria, mas segundo seu entendimento, isso teria ocorrido porque os cães já estariam perto de suas casas e saberiam o caminho de volta. O comerciante contou ter tomado conhecimento da repercussão e acrescentou que havia percebido vínculo afetivo entre os animais e os homens, e que enquanto um dirigia, o outro que também estava na cabine ia com a mão para trás a fim de tranquilizar os cachorros na carroceria.

Por conhecer os dois homens de vista, e inclusive já tê-los visto em companhia de cachorros, embora não saiba precisar se eram os mesmos, o comerciante vai tentar localizá-los, para que os mesmos possam também se explicar.

De acordo com o delegado titular do 2º DP, Carlos Lourenço, não há boletim de ocorrência sobre o caso, mas que a delegacia irá instaurar inquérito policial.

Os cães foram resgatados e estão no abrigo Amor Animal.

FONTE: jornalcruzeiro

2/18/2018

Abandono de animais em Niterói entra na mira da Polícia Civil

Quando o poder público quer, resolve tudo....
-----------
Mais de 10 animais foram deixados no Campo de São Bento em duas semanas
A Coordenadoria de Proteção Animal (Ceda) de Niterói e a Polícia Civil estão investigando os abandonos de animais no Campo de São Bento, em Icaraí e em outros parques de Niterói. A prática é proibida por lei e a iniciativa se deu após um aumento de animais encontrados nesses locais nas últimas duas semanas.

Nesta quinta-feira (8), o coordenador da Ceda, Daniel Marques, e dois agentes da 77ª DP (Icaraí) recolheram imagens das câmeras de segurança do Campo de São Bento para tentar identificar os responsáveis pelos animais.

Segundo a Lei 3153/2015, que versa sobre a proteção e bem-estar de animais domésticos em Niterói, a multa para quem abandonar os bichanos em logradouro público varia de R$ 500 a R$ 3,3 mil.

“Nas últimas duas semanas, aqui no Campo de São Bento, foram deixados seis gatinhos em uma caixa, além de um cachorro preso e um outros gatos soltos. Devemos lembrar que é crime abandonar animal e em Niterói existe uma multa para isso. Hoje nós recolhemos imagens das câmeras de segurança do Campo de São Bento e espalhamos cartazes em todas as entradas alertando para o crime”, disse Daniel Marques.

O diretor do Campo de São Bento, Wendel Eletherio, contou que as imagens das 13 câmeras de segurança são integradas ao Cisp, o que facilitará a identificação dos responsáveis pelos animais.

“Acreditamos que as pessoas abandonam os bichos por volta de 6h, quando abrimos aqui e quando fechamos, já que são horários de pouco movimento”, relatou. 

FONTE: ofluminense

2/13/2018

Vídeo mostra crianças abandonando cachorro na rua e geral revolta

O que esperar de crianças deste tipo? e sem esta, porque ele já era grandinho pra dizer que não faria.....
---------
O caso que começou a ser compartilhado nas redes sociais esta semana aconteceu próximo a ETEC Jaraguá, em São Paulo, Capital.

No vídeo é possível ver um carro parado de onde desce um menino um carro para e desce um menino que corre com um filhote de cão e solta no mato. O menino volta correndo para o carro e o adulto que dirige, mal espera a criança entrar no carro já dando partida com o veículo.

Dá para ver ainda o pequeno cão correndo atrás do menino e do carro que o abandonou.

Ao menos outras duas crianças estão no veículo enquanto ocorre a ação. O motorista não foi identificado.

Nas redes sociais, o clima de revolta é geral, desde pessoas tentando identificar o adulto, até críticas à forma como um suposto pai ensina desde cedo seus filhos a serem cruéis.

Veja o debate na Página Direitos dos Animais, que compartilhou o vídeo abaixo:

FONTE: paraiba

2/12/2018

Três atos covardes de abandono de animais

É tão lamentável a gente ver a covardia de humanos, não é mesmo? podre....
-----------
Mulher grava cão correndo atrás de um carro e acusa situação nas redes sociais como abandono. Segundo denunciante, cachorro correu cerca de 2 km. Suposta dona alega que animal escapou.

Uma cena em tom de denúncia de abandono de animal tomou conta das redes sociais de Bauru (SP) e virou caso de polícia. No vídeo (assista abaixo), um cão aparece correndo atrás de um carro pelas ruas de bairros da região do Parque Vista Alegre, sem conseguir alcançar o veículo. Depois, a autora do vídeo para o carro, resgata o cão e persegue o carro até registrar a placa. Outra mulher, que se identificou como dona do animal, diz que o cão fugiu e que ela não percebeu. A mulher também registrou ocorrência como vítima de exposição indevida nas redes sociais.

Denúncia
De acordo com a cabeleireira Laura Brandão, de 20 anos, autora do vídeo e da postagem, o episódio é um abandono de animal. Segundo a cabeleireira, o cão teria corrido por cerca de dois quilômetros atrás do carro dos supostos donos, que não teriam parado mesmo diante dos latidos do animal ao lado do carro quando este parava nos cruzamentos. O vídeo publicado na internet só registra parte da perseguição do animal. “Tenho convicção de que foi abandono. O cachorro correu por quase dois quilômetros e só resolvi filmar quando percebi que o carro não ia parar", diz.

Ao ver a tentativa frustrada do cão, a cabeleireira conta que resgatou o cão e o levou para casa. "Quando o peguei ele estava totalmente esgotado e ofegante. Ele latia durante o percurso, até mesmo ao lado do carro quando ele parava nos cruzamentos. Fica difícil acreditar que não foi um caso de abandono.”

O caso chegou à polícia e, segundo o delegado Luiz Massa, que estava no plantão, o simples fato de um animal estar solto em rua movimentada e correr atrás de um carro por tanto tempo sem ser recolhido já caracteriza crime de abandono, pela negligência em sua guarda.

Como a autora do vídeo não quis registrar boletim de ocorrência, a própria autoridade policial decidiu fazer o registro para que o caso fosse investigado. Neste momento, o delegado percebeu que já havia uma ocorrência sobre o caso, registrado pela suposta dona do cão. “O caso será enviado para delegacia especializada neste tipo de crime e será fácil apurar, com base nos endereços dos envolvidos e nas imagens, se foi ou não um caso de abandono. Mas a situação flagrada no vídeo já caracteriza por si só um crime, pela negligência”, explica o delegado.

Cão escapou
A cozinheira Adrelaine Borges Roberto, que registrou o boletim como vítima de uma exposição indevida nas redes sociais, alega que não abandonou o cão e sustenta que ele apenas escapou pela grade de sua casa e ela não percebeu que o animal seguia o carro. “Ela [Laura] me expôs, divulgou a placa do meu carro, e colocou a minha família em perigo. A gente não sabe o que pode acontecer. Não abandonei, apenas não percebi que o cão escapou. Se fosse fazer isso mesmo, jamais faria numa via movimentada como aquela. Quero meu cão de volta”, sustenta Adrelaine.

A cabeleireira Laura Brandão diz que a intenção inicial de sua postagem foi a de encontrar os donos do cão resgatado, mas que a suposta dona a procurou apenas para ameaçá-la pela postagem, sem pedir o animal de volta. “A própria polícia me orientou a não devolver o cão, pelo menos até que o caso seja totalmente esclarecido. Não quero conflito, apenas o melhor para o animal. Como tenho convicção que ele foi abandonado, vou lutar para ficar com ele”, afirmou Laura.

O caso será investigado pela delegacia de crimes ambientais, cujo titular é o delegado Dinair José da Silva.


Câmera flagra homem abandonando filhotes de cães dentro de caixa em Ariranha

1/02/2018

Dezembro e janeiro representam risco adicional de abandono de animais

Volto a repetir: discordo radicalmente disto. Esta cultura de abandono de animais durante as férias é coisa de europeu que pode e leva muito a sério este lance de férias. No Brasil não há esta "realidade". Não quero chamar ninguém de mentiroso e conversei muito com a falecida Bebel (SUIPA) a respeito e, por fim, ela disse: "ora, Sheilinha, alguém falou isto e vamos aproveitar para falar sobre adoções.". De qualquer maneira, fica o espaço aberto para qualquer  pres. de ONG que possa comprovar esta realidade....
-----------
Perto de datas festivas, como o Natal e o Réveillon, os abrigos de animais recebem ainda mais denúncias de casos de abandono. Parece até difícil de acreditar, mas muita gente viaja nessa época e deixa os bichos de estimação na rua. Vale lembrar que, de acordo com a lei, o abandono de animais é crime e pode dar de três meses a um ano de prisão.


EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪