RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador Vietnã. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Vietnã. Mostrar todas as postagens

3/20/2019

Corridas de elefantes: tradição é aplaudida e criticada no Vietname

Veja o vídeo ao final da matéria...
-----------------
Numa altura em que o direito dos animais é defendido e discutido mais do que nunca, as tradições que envolvem abusos e maus-tratos aos animais são criticadas, mas há quem ainda continue a defendê-las. É o caso desta corrida de elefantes no Vietname.

O festival de elefantes de Buon Don realiza-se de dois em dois anos e é

12/28/2018

Seis homens são presos por comerem macaco ameaçado de extinção no Vietnã

Que canalhas, bandidos, mequetrefes do inferno......... Por que não transmitiram a mãe transando..... Malditos filhos do demo!!!!!
-------------------
O langur é uma das espécies mais ameaçadas da Ásia; suspeitos transmitiram a morte do animal pelo Facebook 
HANÓI — Seis homens foram presos por matarem e comerem um macaco langur,

8/20/2018

Cafeteria no Vietnã cria espaço com peixes nadando entre os clientes

As formas de exploração dos animais praticadas por humanos, decididamente, se superam a cada momento da vida..... Imaginem o estresse dos pobres peixes com aquele bando de doidos e suas crianças usufruindo da exploração animal? Quantos peixes devem morrer por dia? Minha Santa, vê se meu passaporte para Plutão foi assinado, pleaseeeeee.....
---------------------
As inundações são um pesadelo para qualquer comerciante na cidade

6/06/2018

REJEIÇÃO MUNDIAL: Bílis de urso usada na medicina tradicional chinesa é alvo de reprovação

É de uma crueldade sem tamanho a exploração destes animais pela China. Ainda bem que ao menos, um país asiático vai proibir isto.....
---------------
O comércio da bílis de urso fatura milhões por ano no leste asiático. O Vietname vai acabar com a barbaridade que fazem aos animais, mas a China nem quer ouvir falar disso

A indústria da bílis de urso tem os dias contados no Vietname, mas noutros países da Ásia de leste, como a China e o Japão, o negócio fatura milhões todos os anos.

Falar da utilização de bílis de urso é tão invulgar como outras idiossincrasias destes países, cuja cultura difere muito da ocidental. Mas falar de maus tratos a animais é tema universal. Nestes países existem quintas de ursos cuja única finidade é a extração da bílis dos animais para ser vendida como cura para as hemorroidas ou a ressaca, por exemplo.

Os animais são mantidos em jaulas, demasiado pequenas para que se consigam mexer alguém de poucos centímetros, e persistem num estado apático devido aos medicamentos que lhes dão. De poucos em poucos dias, são sedados e é-lhe injetada uma agulha na vesícula biliar para lhes extrair a bílis.

Mais de 20 mil ursos, segundo a reportagem do The Washington Post, são mantidos nestas condições, no leste da Ásia, para satisfazer “as necessidades” de quem vive obstinado com os poderes mágicos dos produtos feitos a partir de animais exóticos.

Se, no ano passado, o governo do Vietname se comprometeu a acabar com as quintas de ursos até 2022, através de um protocolo assinado com a Asia Animal (associação de defesa dos animais), já na China o caso muda de figura. Os cerca de 10 mil ursos, mantidos por 70 produtores, têm muita procura, e a extração de bílis continua a ser legal.

A estranha ideia de tirar bílis começou na chamada Dinastia Tang, à volta do ano 650, mas só nos anos 1980, na Coreia do Sul, começaram a existir as quintas de ursos que rapidamente se expandiram a outros países. Alguns estudos dizem que o ácido da bílis tem benefícios médicos na dissolução de cálculos biliares ou no tratamento de algumas doenças do fígado, assim como algumas propriedades anti-inflamatórias e anti microbianas. A crença popular também diz que um pouco de bílis misturada com vinho de arroz trava as ressacas

No Vietname, o governo proibiu a caça furtiva de animais selvagens, em 1992, mas permitiu que a criação de ursos continuasse – embora se soubesse que a indústria continuava a ser mantida através das populações selvagens. Mas o interesse pelo produto começou a decrescer e houve pressão da população para que terminasse de vez.

Já na China, quando, em 2006, uma carta do Parlamento Europeu a pedir ao governo chinês que acabasse com agricultura da bílis, fez efeito boomerang. Nada aconteceu. “O governo chinês tem um péssimo hábito: quando percebem que alguma coisa está errada, mudam-na, a não ser que isso seja apontado por estrangeiro”, refere, ao The Washington Post, Toby Zhang, um ativista chinês que luta há 10 anos pelo fim destas quintas. Aliás, cientistas da Shenyang University criaram uma alternativa sintética à bílis de urso, mas as autoridades nunca aprovaram a sua utilização.

FONTE: visao.sapo.pt

3/25/2018

Javalis são trucidados por cães graças a psicopatas no Vietnã. Aqui no Brasil não é diferente.

Gente, a denúncia que fazemos desde 2010 quando conseguimos a suspensão da caça dos javalis, era por causa disto. Infelizmente, em 2013 os malditos caçadores conseguiram retornar com a caça e, então, os "espetáculos" como este abaixo voltaram a acontecer aqui no nosso país. Estes malditos caçadores psicopatas publicam vídeos idênticos a este e, pior que tudo, sob os auspícios do governo. Tenho pavor, gente, do Bolsonaro ganhar pois ele prometeu liberar a caça esportiva e aí isto vai acontecer com tudo que é bicho, sem contar com o sofrimento dos cães feridos e abandonados nas matas, como já publicamos aqui várias vezes. 
------------
Luta de morte "bárbara" entre cães de caça e um javali no Vietnã
O jogo da morte realizado perto de Hanói, no Vietnã, foi anunciado nas mídias sociais  
Centenas de espectadores assistiram para incentivar os cães em seu ataque vicioso 
Essas imagens bárbaras mostram cães atacando um javali durante um jogo de morte segundo a polícia, que contou com centenas de espectadores. Os policiais estão procurando os organizadores que colocaram um grupo de mastins contra o animal selvagem em um campo perto de Hanói, no Vietnã, enquanto filmavam tamanha crueldade para os fãs online.

A briga horrível foi filmada por uma testemunha que capturou as imagens dos espectadores que encorajavam os cães a rasgar o javali. Assim que o javali é solto de uma pequena gaiola, os donos do cão os soltam das coleiras. Os mastins selvagens imediatamente se apressam a atacar o javali, que grita de dor e surpresa.

Dezenas de pessoas são vistas perseguindo a ação, incitando os cães a uma violência cada vez maior.
Os mastins levam o javali para  uma vala, onde é ouvido guinchando e bufando em agonia. Eles são instigados a matar o animal naquele local.

O especialista em animais Vu Ngoc Thanh foi citado na mídia local por ter considerado o evento como "bárbaro e incivilizado". Ele acrescentou: "Onde está a humanidade nisso?" . O diretor de bem-estar animal da Animals Asia, Nguyen Tam Thanh, concordou que tais lutas encenadas entre animais não deveriam ser vistas em um país civilizado. Ele advertiu: "Isso é abuso intencional de animais, e se este caso for negligenciado, certamente criará um precedente para casos futuros".

Apesar do vídeo mostrando uma grande multidão reunida para assistir à luta, a polícia disse que ela foi organizada espontaneamente. Mas  que estariam tentando encontrar as pessoas responsáveis. O senso público no Vietnã parece estar se afastando da crueldade contra os animais como entretenimento incluindo as tradicionais lutas de búfalos agora fortemente combatidas pelos ativistas dos direitos dos animais.

Fonte: Daily Mail

3/19/2018

O trágico comércio de carne de gatos no Vietnã

Realmente, o comércio de carne de gatos naqueles países orientais não é muito falado como o da carne de cães. A tragédia é a mesma e estamos falando mais uma vez sobre o assunto aqui em nosso blog. Só lembrando que na Europa também existe este consumo. Confira AQUI. Saibam mais sobre o assunto CLICANDO AQUI.
------------
Essas imagens horríveis mostram o interior de um mercado vietnamita de carne de gato onde os animais de estimação são esfolados e massacrados por uma iguaria conhecida como "tigre pequeno". 
Quyen e seus gatos
Um gato resgatado, identificado apenas pela protetora local chamada Quyen (conheça seu trabalho AQUI), foi filmado dentro do mercado em Quan Binh Tan, Cidade de Ho Chi Minh, no mês passado, em uma tentativa de aumentar a conscientização sobre o comércio.  A carne de gato, ou "tigre pequeno", como é sabido, acredita ser uma fonte de força e vitalidade no Vietnã, além de ser comido para evitar a má sorte. Os pratos podem custar até £ 57. O vídeo de Quyen mostra que alguns dos gatos estão usando coleiras, sugerindo que poderiam ter sido arrebatados de casas amorosas e agora estão esperando seu destino de serem mortos, cozidos e vendidos.

Michele Brown, CEO da Fight Dog Meat, lançou o clipe impactante em uma tentativa de aumentar a conscientização sobre o pouco conhecido comércio de carne de gato. "Os gatos são como vítimas esquecidas do comércio de carne de cachorro", disse Brown, diretamente de Gold Coast da Austrália

"Os gatos são as vítimas esquecidas do comércio de carne de cachorro", disse Brown. "Recentemente, a carne de cachorro chamou muita atenção, mas os gatos quase não obtiveram a mesma atenção. Isso me frustrou, então eu decidi divulgar imagens de um dos mercados de rua. A tradição está envolvida na superstição. A carne é comida no início de cada mês para evitar a má sorte, aumentar a libido e até ganhar a agilidade do gato", disse ela.

Brown continua:  "Mas é uma situação terrível. Os açougueiros querem carne dura para que eles aterrorizem os gatos com a crença de que os inundará com adrenalina. Os gatos são sensíveis ao espaço, então eles os jogam todos nas gaiolas da morte e os tiram para matá-los fora, depois colocam as carcaças no topo". A Sra. Brown disse que alguns desses gatos são animais de estimação de casa robados por ladrões, acrescentando: "Você pode ouvir o quão aterrorizado eles estão".

Restaurantes especializados que servem carne de gato - uma iguaria no país do sudeste asiático - estão crescendo, com pratos entre £ 43 e £ 57 (1,36 a 1,82 milhões de Dong vietnamita). Os relatórios dizem que o Vietnã proibiu os restaurantes de venderem carne de gatos em 1997 durante uma praga de ratos, mas a indústria prosperou apesar da lei.

Brown afirmou que a carne do "pequeno tigre" é tão popular que muitos dos gatos são contrabandeados em caminhões bem empacotados da vizinha China e Laos para abastecer a demanda. Mas há riscos para a saúde envolvidos com o consumo da carne, disse ela, já que às vezes é proveniente de gatos vadios.

Michele Brown (foto), o CEO da organização de caridade Fight Dog Meat, lançou
o clipe impactante em uma tentativa de aumentar a conscientização
sobre o pouco conhecido comércio de carne de gato
 
No entanto, ela diz que isso não é suficiente para impedir turistas oportunistas de tentar comer a carne em busca de um conto de viajante exótico. "As pessoas morreram por comer carne de gatos no Vietnã, existem riscos significativos para a saúde, já que muitos dos gatos são pegos nas ruas e carregam infecções", disse ela. "Apesar disso, ainda estou encontrando estrangeiros com vontade de experimentar a carne de gato. Este é mais um motivo para ajudar as equipes de resgate de animais e aumentar a conscientização", encerrou Brown.

Fonte: Daily Mail

12/05/2017

Gang no Vietnã caça cães com arpão para vender nos restaurantes

Em junho falamos e mostramos imagens desta gang que mata os cães com arpão e besta para vende-los em restaurantes. Confira: Flagrante cruel de ladrões matando cães da família para vende-los à restaurantes - Vietnã . Eles entram até na casa das pessoas para arpoar os animais conforme o vídeo.
------------



Fonte: LiveLeak

11/09/2017

Mais uma flagrante de tráfico de pangolins - Vietnã

Esta gente asiática não né mole não!!!! Depois não venham dizer que a gente está fazendo discriminação racial.... Apenas, mostramos o porquê ficamos horrorizados com o que fazem.... É assustador..... Massacram os pangolins a ponto do próprio país criar leis contra este uso. Ou seja, não é invenção nossa e sim constatação da verdade. Leiam nosso dossier sobre os pangolins.
-----------

A alfândega ouve um pequeno grito vindo do porão de uma casa e descobre uma enorme rede de tráfico de animais selvagens

Foi durante a semana que a Alfândega do Vietname entrou na casa de um suspeito de tráfico de animais, para fazer uma descoberta terrível no seu porão. Lá encontraram mais de 32 pequenos pangolins envolvidos em sacos de plástico.

Os Pangolins estão à beira da extinção e o seu tráfico é recorrente, uma vez que seus corpos estão cobertos com escamas. Esses animais estão entre os mais ilegalmente caçados no mundo, especialmente na China e no Vietname, onde suas escamas são usadas para suas propriedades medicinais. Mais de um milhão de pangolins foram capturados ilegalmente na última década, tornando-se o mamífero mais vendido do mundo…


A polícia vietnamita acredita que o homem detido estava planeando contrabandear os 32 pobres animais, sendo o seu transporte feito de autocarro pela fronteira. Eles também encontraram em casa, 69 tartarugas que estavam se preparando para sofrer o mesmo destino. A organização Save Vietnams Wildlife Animal foi chamada para ajudar todos esses animais que estavam em cativeiro.

Os Pangolins são animais que se enrolam quando se sentem ameaçados. Mas, quando foram resgatados, a equipe viu que os pobres animais começaram se abrindo lentamente, enquanto se sentiam mais seguros. Felizmente, quase todos os animais estavam de boa saúde, apesar de todos os horrores que haviam passado.

Assista ao momento do resgate desses pobres animais no vídeo abaixo:


Esses seres vivos estavam destinados a morrer, mas felizmente, as autoridades chegaram a tempo para lhes dar uma segunda chance na vida… Compartilhe essa história para aumentar a consciencialização contra situações cruéis como essa!

Fonte: Histórias com Valor

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪