RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador Suécia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Suécia. Mostrar todas as postagens

1/16/2018

Zoológico sueco afirma ter sacrificado nove filhotes de leão por falta de espaço.

Em se tratando de Suécia, o que falar? Presumidamente pessoas inteligentes..... Gente, me diz uma coisa: por que deixaram cruzar? não era mais fácil?
------------------
Berlim, 14 jan (EFE).- O diretor do zoológico sueco de Boras, Bo Kjellson, afirmou que a instituição sacrificou nove filhotes de leão saudáveis por problemas de espaço, e após ter tentando colocá-los em outros lugares, sem sucesso.

"É difícil explicar, mas é certo que não podemos manter determinados animais no nosso zoológico", justificou Kjellson à emissora de televisão sueca "SVT", após a divulgação da notícia de que essa medida foi tomada durante anos com filhotes do felino.

Dos 13 animais existentes nesse parque desde 2012, que foram apresentados aos meios de comunicação com grande orgulho e inclusive receberam nomes próprios, restam apenas dois, segundo o jornal sueco "Aftonbladet".

Segundo Kjellson, a falta de espaço faz com que cresça o potencial de agressão no grupo dos leões, o que gera a necessidade de sacrificá-los, apesar de se tratar de animais jovens e saudáveis.

Apesar de serem filhotes, não podem ser considerados "bebês" uma vez que logo começam a desenvolver caráter de "adultos jovens", segundo o diretor do zoológico, razão pela qual é necessário "separá-los" do grupo.

A notícia desses sacrifícios causou polêmica nos meios de comunicação escandinavos, que lembram que no passado ocorreram casos parecidos, tanto com leões como com outras espécies animais, seja por falta de espaço ou outras razões.

Em 2014 houve uma onda de indignação quando uma girafa chamada Marius foi sacrificada e esquartejada em um zoológico de Copenhague, e seus restos servidos como alimento aos leões perante o olhar de grupos de visitantes.

FONTE: UOL

1/10/2018

A temporada de caça ao lobo abre na Suécia

É muito triste a gente saber que países  supostamente tão evoluído pratique tamanha barbárie...
-----------
Suécia quer reduzir sua população de lobos em torno de uma atual 350 a 300 - mas os grupos de direitos dos animais estão consternados com a morte de lobos, como esta em 2010

Para aborrecimento de grupos de direitos dos animais e conservacionistas, a temporada de caça ao lobo abriu na Suécia na terça-feira, depois que as autoridades permitiram um abate de 22 dos animais.

Em 28 de dezembro, os ativistas dos direitos dos animais apelaram para o tribunal supremo para impedir o abate depois que um recurso anterior ao tribunal administrativo de Sundsvall no oeste da Suécia caiu de surdo.

 “Em 29 de dezembro de 2017, o Supremo Tribunal Administrativo rejeitou o recurso contra a decisão de (permitir) a caça ao lobo”, afirmou o tribunal em uma decisão da AFP.

“A temporada de caça ao lobo 2018 começará em 2 de janeiro”, disse a federação sueca de caça em seu site. A temporada licenciada, cobrindo cinco municípios centrais, vai até 15 de fevereiro.

Na terça à tarde, três lobos já haviam sido abatidos, de acordo com o instituto veterinário nacional que é encarregado de realizar autópsias nos animais mortos.

A caça tem sido uma questão quente que vai de ida e volta entre os tribunais desde 2009, depois que o parlamento finalizou uma proibição de quase 50 anos.

A Suécia tem cerca de 350 lobos de acordo com estimativas de proteção ambiental, mas as autoridades querem ver que o total baixou para 300.

Os ativistas anti-caça tomaram a questão sensível aos tribunais acusando que os regulamentos suecos violam a legislação européia que protege as espécies nos termos de uma convenção de Berna de 1979.

“É uma pena, mas não podemos mais fazer”, disse Torbjorn Nilsson, presidente da Associação dos Carnivores Suecos.

“Esperamos que o tribunal administrativo supremo acabe por encontrar uma solução razoável”, disse ele à agência de notícias TT.

Hunts em 2010 e 2011 viu 46 lobos culminados em qualquer ano, em 2015, 44, 14 em 2016 e 24 no ano passado. Os juízes cortaram a temporada de 2013 depois que três lobos foram caçados.

A Suécia e vários outros estados europeus permitiram que as populações de lobo aumentassem nas últimas décadas, à consternação dos proprietários de gado.

FONTE: Jornal Folha de Goiás

12/17/2017

Homem resgata alce preso em balanço preso em árvore

Fiquei tão envolvida que sem me dar conta fiquei serrando a corda enquanto assistia.... kakakaka..
----------
O residente sueco Leif Gisslen resgatou um alce que ficou preso num balanço em uma árvore na cidade de Vindo, condado de Estocolmo, na Suécia, em 6 de dezembro. Gisslen disse a Storyful que ele seguiu sua habitual caminhada matinal em sua pequena cidade quando ele notou o alce em perigo. Ele caminhou suavemente em direção ao bicho e viu que estava preso nas cordas de um balanço preso a uma árvore.

O alce tentou se soltar movendo-se de forma selvagem, e Gisslen tentou acalmar o animal antes de ir para a casa do vizinho em busca de uma barra com serra para cortar as cordas do balanço. O vizinho, Pentti Valkama, deu-lhe o apetrecho e seguiu Gisslen de volta ao alce, onde filmou o resgate que levou cerca de 20 minutos. Gisslen estimou que o animal tinha cerca de dois anos com um peso de 200 kg.

Fonte: LiveLeak

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪