RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador Reino Unido. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Reino Unido. Mostrar todas as postagens

8/20/2019

Fazenda de criação de porcos é denunciada - Reino Unido

É uma barbaridade estas fazendas de criação de animais de consumo. Este caso foi no Reino Unido e devidamente denunciado pela ONG Viva! com imagens comprovando tamanha crueldade. As duas empresas citadas na matéria são super mercados gigantescos. Fico pensando: se isto acontece num país onde iniciou a defesa dos animais, imaginem nos outros..... Minha Santa, orai por eles!!!!!

6/11/2019

Os macabros chapéus de peles de ursos usados pela Guarda Real da Rainha Elizabeth II do Reino Unido

A família real inglesa dá um embrulho no meu estomago apesar de achar bonito toda aquela pompa e beleza da tradição. Mas, considerando que esta família foi responsável pela extinção de dezenas de animais da Africa, que comprava centenas de animais brasileiros (sim, nós já vendemos animais silvestres, sabia?) e que ainda pratica caça para manter seus costumes sangrentos, tenho que optar por declarar meu nojo por tudo isto. Tenho fé que a mais nova integrante desta família Meghan Markle e seus herdeiros irão modificar tudo isto..... 

Todo ano os membros da realeza participaram do desfile "Trooping the Colour" para marcar o aniversário oficial da rainha. Neste evento, a Guarda Real exibe centenas de chapéus feitos com peles de ursos do Canadá.

12/19/2018

Fogo no Jardim Zoológico de Chester matou vários animais

Coisa desesperadora..... bichos queimados vivos por um incêndio.... Já li que alguns macacos foram salvos, mas, várias espécies morreram...
-----------------
Prejuízo em zoo inglês está avaliado em 55 mil euros. Insetos, sapos, peixes e pequenos pássaros não conseguiram ser salvos.

12/03/2018

CRUELDADE TOTAL: Reino Unido permite caça de animais que quase foram extintos

Gente, só podemos ajudar assinando as petições para dar força aos companheiros locais. Não sejamos preguiçosos para assinar, coisa que leva segundos..... Sejam ativistas, ASSINEM E DIVULGUEM, pelo amor de Deus!!!!!!!
-----------------
Fúria contra empresa de caça de troféus que organiza viagens de caça ao interior da Inglaterra, onde os entusiastas pagam até £ 17.500 para matar 'veados da classe recorde mundial'
Caçadores de troféus no Reino Unido estão caçando animais que já foram salvos da extinção 
As mortes podem custar até £ 17.500 por animal através do site Europehunts
Caçadores se gabam de matar "monstros" quando posam com veados mortos e corça  

11/27/2018

A questão dos chamados "troféus de caça" no Reino Unido

Este negócio de caça, troféus, caçadores e o escambau deveria ser proibido imediatamente em nome da civilização humana. como não reconhecer tamanha crueldade, insensibilidade e psicopatia destas pessoas que pagam fortunas pela morte de um animal?  Meu Deus, só em pensar que a caça esportiva pode ser liberada no Brasil (promessa de campanha do presidente eleito Bolsonaro), me dá um engasgo na garganta inimaginável..... Nos países que aceitam a caça, a encrenca é pela

10/03/2018

Rapazes atiçam cão contra gato em ataque mortal

Deus que me perdoe!!!! mas, eu gostaria muito que as ameaças fossem levadas a cabo..... Não dá para ser samaritana diante de uma ação desta.... Quando eu falo que cães pits estão sempre em mãos erradas não atoa.....
---------------------
Dois adolescentes britânicos foram filmados a atiçar um cão contra um gato numa rua de Methyr Tydfill, uma cidade do sul do País de Gales. As imagens captadas por uma câmara de vigilância

9/04/2018

Meghan Markle proíbe Harry de participar de caçada de animais

Viva Meghan!!!!! é de impressionar a realeza do Reino Unido matar animais sendo patronesses de abrigos de cães e gatos como a madrasta e avó do príncipe... Será que eles não sabem que o que eles matam são animais, também?
------------------
Recentemente, aconteceu em Balmoral, na Escócia, um passeio de caça às aves, muito tradicional na Família

8/26/2018

Reino Unido proíbe venda de filhotes em pet shops

Juro que achei que tal proibição já tinha algum tempo, mas, pelo jeito foi agora. Tô lelé!!!! A matéria está muito boa porque revela o terror que são as "fazendas de criação de cães de raça.... Terrível!!!!!
-----------
Os países vão proibir a venda de cães e gatos com menos de dois meses em pet shops. Uma cadela maltratada motivou a criação da lei, que entrará em vigor em outubro.

5/28/2018

COVARDIA: Gatinho é imobilizado e usado para treino de cães

Meu Deus, por que você não acaba com esta gente cruel, covarde e nojenta? Pra que o mundo precisa de gente assim? Responde, vai.... Ainda bem que um anjo conseguiu resgatá-lo antes do pior.....
-----------------
Embrulham gato bebê em fita adesiva e usam-no como isca para cães
Um gato bebé foi embrulhado em fita adesiva e, posteriormente, usado como isca para treinar os cães de vários dos seus agressores em Derbyshire, no Reino Unido. De acordo com o jornal britânico Mirror, as autoridades locais andam à procura de quatro ou cinco homens que levaram a cabo este crime. 

Os agressores têm entre 20 a 30 anos e estavam, na altura, vestidos com roupas de treino, de acordo com a polícia. Um dos agressores possui uma tatuagem de uma andorinha no pescoço e os restantes terão tatuagens nas mãos.  

O incidente aconteceu nas florestas entre a Unstone Green, Chesterfield e a A61, na propriedade industrial de Sheepsbridge, em Derbyshire. O gato está agora são e salvo e a viver com quem o encontrou. O novo dono afirma que o pequeno gato ficou traumatizado mas está, lentamente, a recuperar.

Fonte: CMJornalPT

5/27/2018

ZOOFILIA: Homem proibido de ter animais de estimação após abusar sexualmente de dois cães

Um "serumano" nojento deste merece o quê? Ainda bem que no Reino Unido a lei funciona, né? Aqui, no Brasil, tem muitas ong´s e ativistas eficientes nas denúncias, mas, a justiça não funciona mesmo ... é lamentável!!!!!
------------------
Homem proibido de ter animais de estimação após abusar sexualmente de dois cães
Robert Gwynn, de Wales, Reino Unido, também foi condenado a uma pena suspensa de três meses.

Robert Gwynn, de 60 anos e residente em Wales, no Reino Unido, foi proibido de ter animais domésticos durante 10 anos e condenado a uma pena suspensa de três meses após ter confessado no tribunal de Newport que abusou sexualmente dos seus dois cães, de raça Terrier.

Izzi Hignell, da Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals, uma associação na Inglaterra que promove o bem-estar dos animais, contou ao jornal Mirror que os animais foram submetidos a análises e tratamentos, dado que ambos ficaram com lesões.

"Este foi um caso repugnante e horrível e obter provas em casos desta natureza pode ser extremamente difícil. Este foi um caso claro e deliberado de abuso sexual. Felizmente os cães já se encontram protegidos e vão permanecer na nossa instituição", declarou ainda Izzi.

Robert não poderá voltar a ter contacto com os dois cães.

FONTE: cmjornal.pt

3/12/2018

Milhares de estrelas do mar e outros animais morrem após onda de frio na Europa

Realmente, este frio vitimou muitos animais e humanos.....
-------------------
A onda de frio chamada "Besta do Leste" foi a responsável pelas mortes dos animais, além de já ter vitimado ao menos 50 pessoas no continente europeu

Um grande número de estrelas do mar, lagostas, caranguejos e mexilhões foram encontrados mortos na costa do norte do Reino Unido. Segundo o The Guardian , as mortes foram causadas pela “Besta do Leste”, uma onda de frio que tem baixado bruscamente as temperaturas na Europa.

“Houve uma queda de 3ºC na temperatura do mar na última semana, o que fez com que os animais [como as estrelas do mar ] reduzissem seus níveis de atividade”, explicou Bex Lynam, da Yorkshire Wildlife Trust, que monitora a vida selvagem na região. “Isso faz com que eles fiquem vulneráveis no mar agitado: são levados pelas grande ondas até a costa, onde não sobrevivem às tempestades e baixas temperaturas”.

As autoridades já encontraram as criaturas – na sua maioria invertebrados, por mais que alguns peixes tenham sido mortos também – ao longo da costa Holderness, em Yorkshire, além de casos semelhantes em Kent e Norfolk. Para Lynam, a baixa mortalidade entre animais maiores, como golfinhos, pode ser explicada pela sua maior mobilidade: “eles podem se salvar nadando para longe quando este tipo de fenômeno acontece”, disse.


Os únicos organismos ainda encontrados vivos foram as lagostas, resgatadas pelas equipes da Yorkshire Wildlife Trust e levadas para tanques de água em Bridlington. A ideia da organização é soltá-las na natureza assim que as temperaturas aumentarem, garantindo a sobrevivência dos crustáceos. “Essa área é muito importante para a pesca de frutos do mar e, por isso, estamos trabalhando junto de pescadores para promover uma caça sustentável e proteger a reprodução das espécies. Vale a pena resgatá-los [as lagostas] para que, depois, elas voltam ao mar e continuem a se reproduzir”, Lynam pontuou.

"Besta do Leste"
O fenômeno responsável pelas mortes também já vitimou pelo menos 50 pessoas na Europa desde que atingiu o continente, em meados de fevereiro. De acordo com o  Independent , as bruscas quedas nas temperaturas e a presença de neve contribuíram para as mortes, que chegaram ao número de 21 somente na Polônia.

Os mais atingidos são as pessoas em situação de rua, porque, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o frio extremo aumenta o risco de doenças e também piora alguns casos de condições crônicas, físicas ou limitações mentais. Sendo assim, "pessoas em situação de rua, refugiados e imigrantes estão especialmente vulneráveis . Seu risco aumenta quando não há abrigo apropriado, roupas preparadas para as temperaturas, comida e atendimento médico".

"Serviços sociais e de saúde são os responsáveis por tomar conta do número crescente de pacientes com condições relacionadas ao frio. Problemas nos serviços e na infraestrutura podem também, de forma indireça, agravar os efeitos na saúde", explicou a organização.

FONTE: IG

3/10/2018

No Reino Unido há quem venda pelo de animal por pelo sintético

Agora vejam só.... Se no Reino Unido que tem um povo dito "civilizado" se encontra este tipo de pessoa, imagina num país sem tradição de bons costumes.... Céus!!!! 
-------------
Um especialista em fibras testou alguns dos produtos importados e encontrou vestígios de coelho, vison, raposa, guaxinim e gato.

Há comerciantes britânicos, os principais retalhistas, que estão a vender peças com pêlo verdadeiro, mas anunciam que é sintético. A Sky News fez uma investigação e agora o tema vai ser levado ao Parlamento, noticia a cadeia televisiva.

Foi há um ano que a Sky News denunciou o caso de retalhistas que importavam pêlo verdadeiro, apesar de a sua utilização ser proibida no Reino Unido desde 2000, e que o vendiam como sendo sintético. Então, um especialista em fibras testou alguns dos produtos importados e encontrou vestígios de coelho, vison, raposa, guaxinim e gato.

Além da Sky News também a organização de protecção dos animais Humane Society International denunciou o caso, tendo testemunhos orais sobre o tema. Tanto as notícias como os testemunhos serão apresentados no comité para o meio ambiente, alimentação e agricultura, do Parlamento. Neil Parish, presidente do comité, já declarou que o Governo quer que os comerciantes corrijam o erro.

Enquanto estava a anunciar o inquérito, o presidente do Comité do Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais, Neil Parish, afirmou que é essencial que o Governo e os comerciantes corrijam o erro.

Representantes das cadeias House of Fraser, Boohoo, Missguided e outros comerciantes que foram identificados na investigação da Sky News também terão de responder perante o comité. No entanto, já todos declararam que têm políticas rigorosas no que às peles dizem respeito e disseram que só vendem pêlo sintético.

Segundo a Humane Society International, o Reino Unido continua a importar pêlo verdadeiro de países onde não existem padrões que defendam o bem-estar animal. "Este inquérito apresentará provas que proibirão as importações de pêlo e que marcarão o fim de um negócio desactualizado, que não tem lugar na sociedade moderna", declarou Andrea Borel, directora-executiva da organização não governamental.

FONTE: publico.pt

3/08/2018

Cachorro encontrado tremendo dentro de lata de lixo é resgatado

Com este frio que anda pela Europa, o pobrezinho devia estar sofrendo muito. Graças a Deus, deu tudo certo e ele já está abrigado.
-----------
O animal foi levado para um abrigo, onde foi aquecido, recebeu todos os cuidados necessários e ganhou uma cama quentinha para descansar

Os cachorros abandonados ou que já nasceram nas ruas acabam tendo que fuçar o lixo para tentar encontrar algo para comer. Porém, ver um cachorro largado dentro de uma lata de lixo é de partir o coração ainda mais.

Foi assim, triste e tremendo de frio dentro de uma lata de lixo que um cachorrinho foi encontrado em um parque no Reino Unido durante uma manhã muito gelada de fevereiro.

Ao serem informados sobre o caso através de um funcionário do parque, imediatamente socorristas da Birmingham Dogs Home, abrigo que resgata e cuida de animais na Inglaterra, foram até o local buscar o cachorro.

Apesar de já terem visto muita coisa triste relacionada aos animais, os socorristas ficaram muito tocados com a cena que viram a encontrarem o cachorro. Ninguém sabe dizer se ele foi abandonado ou se já vivia nas ruas e nem se ele conseguiu entrar no lixo sozinho ou se foi colocado por alguém. Todos só sabiam o que podiam ver, que o cão precisava de ajuda.

O animal foi imediatamente levado para o abrigo, onde ele foi aquecido, recebeu todos os cuidados necessários, foi vacinado e alimentado. No local também foi comprovado que ele não tinha microchip de identificação e tem cerca de um ano e meio de idade, ainda um filhote.

Depois dos primeiros cuidados, o cão ganhou uma cama quentinha onde ele pode descansar de forma bem confortável e assistido por pessoas que estão lhe dando muito amor. Agora, o cãozinho já está bem melhor e já está até brincando na neve.

FONTE: portaldodog

1/08/2018

Quase 20 mil texugos são mortos por programa de extermínio do Reino Unido

Lamentavelmente, os animais é que levam a pior em se tratando de soluções apresentadas por humanos...... mataram os bichos sem nenhuma comprovação..... eita nojeira!!!!!
---------
Um total de 19.274 animais foi morto neste outono, apontam as estatísticas do governo. Isto representa um grande aumento em relação ao número de mortes do ano anterior quando 10.886 texugos foram assassinados.

O maior número de mortes ocorreu em Dorset, que teve 4004 animais assassinados na natureza ou confinados em gaiolas e baleados em até seis semanas.

Os animais faleceram em 21 zonas em Dorset, Cornwall, Devon, Gloucs, Herefordshire, Cheshire, Somerset e Wilts, em uma tentativa de combater a tuberculose em bois e vacas.

Os especialistas culpam os texugos por propagar a doença nas áreas rurais. Porém, nenhuma das vítimas foi testada por meio de um exame pós-mortem para saber se estavam infectadas.

De acordo com o Mirror, os dados anuais estão em um relatório de quatro páginas do Departamento de Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais.

“Os níveis de precisão de tiro controlado alcançados nas operações deste ano foram similares aos dos quatro anos anteriores”, disse equivocadamente o documento.

As licenças para matar os animais foram fornecidas em Setembro deste ano. Os atiradores reportaram a morte de pelo menos 21797 texugos em sete condados ingleses. Eles foram autorizados a matar até 33437 animais.

Porém, o relatório diz que os números mínimos foram revisados posteriormente e que 15.812 deve ser os “menores números necessários de mortes para que o programa seja efetivo”.

A matança foi iniciada em 2013 e ocorreu de noite porque os animais são noturnos.

FONTE: anda

1/04/2018

Incêndio mata macacos em Zoo no Reino Unido

Gente, que horror! dias atrás publicamos: Animal morre durante incêndio em zoológico de Londres . E agora, outro incêndio em Parque Safari? Aí tem....
----------
Restantes animais foram retirados sem ferimentos.

Um incêndio que deflagrou na madrugada desta terça-feira matou 13 macacos no Woburn Safari Park, no Reino Unido. O fogo começou na ala destes animais que não resistiram à força das chamas.

"O incêndio deflagrou na ala dos macacos sendo que foi impossível conseguir salvá-los. Todos os outros animais foram retirados antes de serem atingidos", disse um porta-voz do parque, segundo avança õ jornal britânico News Sky.

O alerta para o incêndio foi dado por volta das 02h40 desta terça-feira.

Segundo as autoridades britânicas, o fogo consumiu cerca de 90% do parque.

Foi aberta uma investigação para apurar as causas do fogo.

FONTE: cmjornal.pt

12/17/2017

Príncipe Harry despacha a noiva pra fazer visitas e vai para uma caçada na Alemanha

Quando eu falo da hipocrisia da família real não é a toa.... fazem campanha a favor dos animais na África, mas, vão às caçadas na Irlanda, Alemanha, Escócia e outros mais com a desculpa que a caça equilibra o meio ambiente..... Ah que nojo eu tenho das pessoas que acham esta gente maravilhosa!!!! eles poderiam modificar esta realidade no mundo inteiro, mas, me parece que não têm interesse nisto...
----------
Principe Harry vai numa viagem de caça internacional. Como a sua noiva e amante dos animais, Meghan, vai responder ao saber que 15 javalis foram mortos nesta caçada?

PRINCE Harry partiu em uma viagem de caça com seu amigo apelidado de 'The Boar Terminator' poucos dias depois de sua noiva Meghan Markle voar para casa. O piloto de 33 anos viajou para a Alemanha em um avião privado na sexta-feira para uma festa de caça realizada há dez anos. 

Mas a noiva Meghan é conhecida por ser uma ardente amante de animais e defensora dos direitos dos animais, com fontes especulando que a atriz dos EUA provavelmente desencadeará uma discussão no dia que se encontrar novamente com a família real para o Boxing Day shoot (caçada entre o natal e ano novo). 

A rainha e o marido no dia da tal caçada  Boxing Day nojenta

Depois de desembarcar em Berlim, o Príncipe e o grupo se dirigiu a Görlsdorf, em Brandenburg, no Nordeste da Alemanha. O jornal alemão, Bild am Sonntag, informou que o príncipe Harry foi acompanhado pelo aristocrata alemão Franz-Albrecht Oettingen-Spielberg. 

Até a Diana participava da Boxing Day

Ele ganhou seu apelido 'The Boar Terminator' depois que os vídeos on-line apareceram online mostrando que ele matava vários javalis por esporte. Os dois são amigos íntimos e Harry no ano passado participou do casamento dele com a atriz Cleopatra von Adelsheim von Ernest no Castelo de Oettingen. 

O guarda-costas de Harry teria dito ao jornal alemão, Bild: "Sim, os dois são amigos". O príncipe, que se casará em maio, chegou com suas próprias armas a bordo da aeronave Gulfstream, que embarcou no vôo de sábado à tarde, de acordo com Bild. 


O príncipe Harry aprendeu a filmar quando criança e, aos 12 anos de idade, ele já estava se juntando ao pai no tradicional Boxing Day shoot perto de Sandringham.  Mas seu amor ao esporte contrasta radicalmente com a noiva de sua vida, Meghan Markle , de 36 anos, que é um entusiasta animal. 

Uma fonte disse ao The Sun: "Não se encaixa bem com o amor dos animais e a família real tem uma longa história de viagens de caça para que ela precise se acostumar com isso. "Sem dúvida, o príncipe Philip tentará convencê-la de que o tiro dos pássaros precisa de seus números mantidos para fins de conservação". 

Fonte: Express
=======

Leiam a matéria do Daily Mail que escreve:
"Harry era parte do grupo de dez pessoas que voou para fora do Reino Unido na sexta-feira em um jato particular ....Eles se juntaram a um grupo de outros 60 caçadores por dois dias de esportes sangüíneos na Alemanha"

Outro trecho:
"Harry foi fotografado de forma memorável com um búfalo de água de uma tonelada que ele filmou na Argentina em 2004, enquanto estava em uma viagem de um ano sabático ao país.

E em 2014, ele e seu irmão foram criticados por caçar javalis em uma viagem de tiro para a Espanha, apenas um dia antes de William ter feito um grande endereço público para acabar com o comércio ilegal de vida selvagem.

Em 1961, em uma visita oficial à Índia com a Rainha, Prince Philip, ex-presidente do World Wildlife Fund, atirou em um tigre em Ranthambhore, enquanto um convidado do Maharajah de Jaipur.

Na mesma viagem, o real, uma vez que um grande caçador de grandes jogos que também atirou veado, faisão e galo silvestre até recentemente, matou um crocodilo e seis urials, um tipo de ovelha da montanha.

Suas ações provocaram uma condenação generalizada dos políticos britânicos e indianos, mas, significativamente, não eram contra a lei na época."





12/05/2017

Depois de explorados em corridas, galgos britânicos são vendidos para serem comidos

Gente do Céu!!!!! estou em choque!!!! como o Reino Unido está deixando praticar tamanha crueldade? Na verdade achava que lá nem tinha corrida de cães quanto mais que são vendidos para serem comidos na China.... Estou em choque, gente!!!!! Veja ao final algumas matérias que pesquisei sobre o assunto de corridas em Portugal e Irlanda.... que horror!!!!!!
--------------

Os cães de corrida britânica aposentados estão sendo vendidos para a China pelos seus donos onde são cozidos vivos e vendidos em restaurantes. O tratamento chocante foi revelado por um ativista que está tentando salvar mais cães desse destino cruel quando eles são tirados da pista.

Os galgos oferecem aos proprietários lucros variáveis ​​durante suas carreiras de corrida, dependendo do sucesso que são. Mas uma vez que essa fonte de renda seca, eles são enviados para a China por um montante fixo final, ao invés de ter permissão para desfrutar de uma aposentadoria digna.


Uma vez lá, eles são mantidos em condições miseráveis ​​- morrendo de fome, despojado de sua pele e espancado antes de ser cozido em caldeirões de água quente. Kerry Elliman vem aumentando a conscientização sobre a situação de galgos tanto no Extremo Oriente, como em outros países asiáticos, como o Paquistão.


Uma postagem no site Birmingham Greyhound Protection mostrou sua foto com um galgo que ela salvou. Era a cadela Frankie e seus oito cachorros. Ela postou: "Ela foi resgatada pelo Candy Cane Rescue, já que ela estava à venda por uma quantia mínima de dinheiro, junto com seus 8 filhotes de cachorro. "Quando ela foi recolhida, quatro de seus cachorros estavam mortos ao lado dela e mais morreram nos veterinários".

Este galgo estava sendo anunciado on-line para venda à China, 
com suas honras de corrida apresentadas por baixo

Sites chineses também mostram galgos sendo anunciados

Ela salvou 758 galgos em cinco anos através de seus dois centros, o Birmingham Greyhound Protection e Candy Cane Rescue, em Pequim. Ela descreveu os horríveis estados em que encontrou galgos, com muitas infecções carregadas quando foram trazidas. Ela acrescentou: Eles [os proprietários] não estão felizes em ganhar dinheiro com um negócio digno, eles exportam galgos de corrida por muito dinheiro para completar seus ganhos. Sabemos que eles também exportam para o Paquistão.

"Espero que esses vilões gananciosos estejam felizes com o que fizeram e com os problemas e o sofrimento que criaram para esses cães nobres. Já é tempo do setor de corridas de cães ser derrubado. Está cheio de abuso e ganância.  Mas a Sra. Elliman está agora em uma campanha para tornar as vendas de cães na China ilegal sob a lei do Reino Unido.

Ela disse ao Sunday Mirror: "Eu entendo que há valores diferentes e uma cultura diferente na China. Isso me incomoda que os animais sejam tratados com tão pouco respeito.

----------

Na Irlanda

Em Portugal

11/19/2017

Dono deixa cão morrer no carro enquanto bebia num bar - Reino Unido

Olha a cara do mequetrefe!!!! agora, não sendo a primeira vez, como ele manteve o cachorro com ele? No Reino Unido costumam ser muito enérgicos nestes casos...
----------
Carlo, um cão da raça staffordshire bull terrier, morreu de calor dentro do carro do dono, no Reino Unido, enquanto este estava a beber num bar. O homem, Ian Czajkowskyj, não vai ser detido. O animal, de sete anos, foi deixado dentro do veículo durante um período de tempo que pode ter ido de uma a nove horas, em sofrimento. As temperaturas, de acordo com o jornal britânico Metro, terão variado entre os 32,5º e os 51º graus. 


O terrier foi encontrado já sem vida no Fiat 500 do dono, vítima das altas temperaturas que se fizeram sentir. "É um claro caso em que o dono coloca as suas necessidades à frente das do animal", afirma o advogado Mark Harper, citado pela publicação. Esta não seria a primeira vez que Carlo era deixado abandonado dentro do carro. Ian já teria sido avisado pelo menos duas vezes antes da morte do animal acerca deste tipo de comportamento. 

O veterinário que examinou o cão concluiu que este morreu com dificuldades respiratórias que o levaram a sufocar. Quando foi encontrado, o animal já estava morto há algum tempo - uma vez que o carro tinha um forte odor - e havia muito sangue dentro do veiculo. O dono do terrier vai pagar uma multa e foi condenado a 12 semanas de prisão com pena suspensa por um ano.

Fonte: CMJornal - Portugal

11/09/2017

Pugs, o mais novo acessório da moda no Reino Unido

Este negócio de moda de raça de cachorro traz um prejuízo enorme à nossa causa. Uma sociedade que ainda não se conscientizou da urgência de absorver os cães abandonados ao invés de compra-los, precisa receber maciças campanhas educativas. Agora, adorei a frase final da vet na matéria:  "mostrar seu amor por um animal é levá-lo para passear, não a um bar".... Show!!!!!
---------

Apaixonados por seu aspecto ranzinza e seus olhos enormes, os ingleses transformaram os pugs em seu mais novo acessório da moda, chegando, inclusive, a tomar coquetéis e chá em cafeterias dedicadas a essa raça canina.

No bairro moderno de Brick Lane, no leste de Londres, cerca de dez pessoas esperam diante do Pugs & Pals Cafe. Escutam-se latidos no interior. No dia da inauguração, este bar destinado aos apaixonados por pugs é um sucesso, mesmo sendo um dia de semana.  "É fantástico poder ir a um café com seu cachorro!", diz Sally Afrasiab, de 46 anos, dona de Dude, de oito anos, com um gorro peruano e uma gravata-borboleta.

Sally costuma publicar fotos de seu pug fantasiado no Instagram. "Ele tem mais roupas que eu", brinca. "No Halloween, nas festas... Ele adora! De qualquer modo, não acredito que o incomode", acrescenta, observando Dude, que permanece imóvel.


- "São adoráveis" -
Para entrar na cafeteria é necessário reservar um lugar e pagar cinco libras (6,56 dólares), ou o dobro para quem chega sem cachorro.

Enquanto os humanos conversam e ficam encantados com os animais, estes se cheiram e comem pãezinhos de queijo com presunto. Alguns pugs fazem suas necessidades discretamente em algum canto. Lauren Lowe acaba de passar uma hora mimando cachorros e tirando fotos com eles. "Adoro os pugs. Faz séculos que quero um, mas trabalho muito, então não posso. Por isso hoje vim ver alguns deles, são adoráveis".

Aida Martínez conta que as pessoas pedem para acariciar sua cadela de oito meses, Mia, quando passeia com ela pelas ruas. Por isso, decidiu abrir com seu namorado o Pugs & Pals Cafe. No primeiro fim de semana de seu negócio, esperava receber cerca de mil clientes.


Outros bares temporários dedicados e essa raça canina abriram no bairro londrino de Shoreditch, em Manchester e em Brighton, atraindo muitos clientes, segundo Anushka Fernando, organizadora de um desses "pop up cafés".

"O Reino Unido é um país que ama os cães", e "os pugs têm temperamentos brilhantes. São incrivelmente carinhosos e simpáticos, e se dão bem com os outros cachorros e com as crianças", diz. "Notamos um enorme aumento na popularidade dos pugs nos últimos dois ou três anos", conta Gudrun Ravetz, vice-presidente da associação britânica de veterinários.

- Estrelas das redes sociais -
Esses cães se tornaram estrelas nas redes sociais, como "Doug the pug", que tem 1,45 milhão de seguidores no Twitter, 2,9 milhões no Instagram e produtos derivados com sua imagem.

No Reino Unido, o número de pugs quase quadruplicou nos últimos 10 anos, chegando a 10.408 em 2016. O pug é a quarta raça favorita dos britânicos, atrás do labrador, do cocker e do buldogue francês.


Esta moda preocupa os veterinários. "As pessoas pensam que eles são fofos, com sua cara esmagada e seus olhos grandes, mas isso é justamente o que lhes causa problemas de saúde" como dificuldades para respirar, problemas oculares ou hérnias de disco, avisa Ravetz. "Muitas pessoas não são conscientes disso e não se informam antes de comprar um cachorro", lamenta.

Aida e Anushka asseguram que tentam informar seus clientes sobre os problemas de saúde dos pugs e que trabalham com associações. Mas a veterinária duvida que isto seja suficiente, e lembra que as guloseimas compradas nesses cafés podem favorecer a obesidade dos animais e agravar seus problemas de saúde. Para ela, "mostrar seu amor por um animal é levá-lo para passear, não a um bar".

FONTE: yahoo

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪