RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador RS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador RS. Mostrar todas as postagens

9/03/2019

Com saída de moradores para construção da nova ponte, animais são abandonados na Ilha dos Marinheiros

Que situação!!!!! Mas, galera de POA não brinca em serviço....  vai ajudar os pobrezinhos abandonados por quem jamais deveria deixá-los...... 
-------------------
Desde março, as famílias atingidas pelo novo traçado da ponte do Guaíba estão saindo de suas casas na Ilha Grande dos Marinheiros. A ação é necessária para que as residências sejam demolidas e as obras da ponte sigam em frente. No entanto, o que se transformou em um novo capítulo

9/01/2019

Caçadores de javalis são presos pela polícia - RS

O que falar, meu Deus!!!! olha o aramamento encontrado com os bandidos.... E que bom que esta delegada levou a cabo sua missão..... a maioria das autoridades ignora tudo isto como se o barco estivesse à deriva.....
----------------------------
Ação do Deic, que resultou na apreensão de armas de caça e animais abatidos, foi desencadeada em Lagoa Vermelha e Erechim. Mais de 100 quilos de animais abatidos! Os javalis foram introduzidos no Brasil, se tornando uma praga dentro

8/27/2019

Estudo revela perfil de agressores de animais no Rio Grande do Sul

Achei bem interessante o trabalho da veterinária e acho que não diferencia de outros Estados brasileiros. Vale a pena ler....
--------------------------------------
Um estudo sobre maus-tratos animais identificou as principais características das pessoas que agridem e abandonam animais no Rio Grande do Sul. Entre os perfis analisados, homens com idades entre 20 e 40 anos lideram a lista dos principais causadores de agressão e abandono.

8/24/2019

Centro de reabilitação no Rio Grande do Sul cuida de animais marinhos

Trabalho muito legal!!!!
-------------------
Pinguins, lobos-marinhos e baleias passam pelo litoral brasileiro nesta época do ano fugindo do frio rigoroso na Antártica. Alguns acabam ficando no meio do caminho. Um centro de reabilitação no Rio Grande do Sul cuida desses animais para depois devolvê-los ao mar. band.com.br/jornaldaband

7/15/2019

Ministério nomeia produtora rural para chefiar parque de preservação

A sensação de impotência, de tristeza e de revolta só me dá vontade de me rasgar toda mesmoooooooooooooo!!!!! As coisas são feitas nas nossas barbas e pior que tem gente que ainda defende esta patifaria de colocar uma raposa para cuidar dos ovos da galinha!!!!!!!! É nojento!!!! 
------------------
O Ministério do Meio Ambiente nomeou uma produtora rural para chefiar uma das

5/27/2019

Morador de rua e seu cachorro morrem de frio e são encontrados abraçados

 ATUALIZAÇÃO:
Devido comentário de leitores, fui pesquisar a foto e encontrei a citação mais antiga em 2012 no site Taringa  https://www.taringa.net/+mascotas/si-ellos-los-que-nunca-te-abandonan_134mxz . Ou seja, de lá pra cá existem dezenas de matérias citando a mesma (com outras sobre o mesmo tema) e criando histórias a respeito. Sinto muito não ter pesquisado a veracidade do fato. Agradeço a quem nos enviou informações por e-mail e por comentários aqui no blog. 
=====================

4/10/2019

A quem de fato pertence a floresta amazônica?

O tal presidente   já está liberando as áreas para exploração da caça..... Leiam só: Bolsonaro entrega dois Parques Nacionais de conservação no RS de bandeja à iniciativa privada 
-----------------
Presidente Jair Bolsonaro intensifica ameaças aos povos indígenas ao incentivar investimentos econômicos para a exploração dos recursos naturais do país

Sônia Guajajara, líder indígena brasileira, faz oposição ao presidente Bolsonaro. Os povos indígenas  da floresta amazônica são as tropas de choque na luta

3/21/2019

Cachorra recém-adotado é abandonado mais uma vez - RS

Eu sempre penso nos animais que não tiveram a sorte desta cadelinha que foi abandonada, mas, resgatada por uma ONG de proteção animal. Adoção é muito difícil.... Todo cuidado é pouco...
--------------------
Animal foi abandonado por um veículo. Caso ocorreu na Serra gaúcha

Uma cadela que havia sido adotada em janeiro do ano passado, foi novamente abandonada em Farroupilha, na Serra gaúcha. O caso aconteceu na quinta-feira (14), mas só foi registrado na noite de sexta (15) na Delegacia de Polícia Civil por uma representante da ONG Peludos.

3/17/2019

Cães de caçadores atacam ovelhas no interior de Ipê - RS

Agora, vejam só.....  quando falo que caçadores são psicopatas não é a toa... pobres animais.... todos são vítimas de humanos podres....
------------
Seis animais foram mortos e seis gravemente feridos
Proprietário de uma área de terra na Capela de Santa Barbara teve parte de seu rebanho de ovelhas atacado por cães no último domingo dia 10 de março.

11/17/2018

Adestrador treina cães de rua em Rio Grande: 'Eles querem o nosso carinho'

Eu não entendi muito bem a matéria, mas, tudo que vem a favor dos animais é lindo e maravilhoso. Merece nosso aplauso e muito Axé!!!!!!
---------------
Adestrador há oito anos, o morador de Rio Grande Anderson Silva Souza chama atenção na cidade treinando cães de rua. Ele teve a ideia de ensinar os bichinhos depois que adotou seu primeiro cachorro, o Xirú. "Eles querem o nosso carinho,

Mais de 80 animais morrem em incêndio em propriedade na Região Central do RS

Meu Deus!!! que tragédia.... pobres animais....
-------
Fogo consumiu o galpão onde também ficavam instrumentos de trabalho dos moradores, na madrugada de domingo (11). Ainda não se sabe o que causou as chamas.

Mais de 80 animais morreram em um incêndio no interior de Santa Maria, na

8/26/2018

Prefeitura tira os cavalinhos da chuva - Cachoeira do Sul - RS

Gente do Céu, inacreditável isto estar acontecendo...  Maravilha!  Eitcha, eu jamais esperava isto de uma Prefeitura.... Será que tem algum companheiro lá de Cachoeira que possa nos dar mais informações?
---------------------
Seis animais foram recolhidos entre a noite chuvosa de segunda-feira e a manhã desta terça-feira
A ofensiva para retirar os cavalos soltos

8/23/2018

'É como se um pedaço de mim morresse', diz homem que perdeu nove cães em Herval

A gente entende bem o que o protetor fala.... Cada dia de um matadouro, de um rodeio ou vaquejada, de uma caçada doentia, de uma experimentação animal indevida, de uma agressão cruel à um animal, de uma tourada, de um dia da Festa muçulmana e outros tantos atos humanos abstruso, um pedaço de nós todos morre...... É lamentável mesmo!!!!
---------------

6/23/2018

RESGATE: 40 cães abandonados por semanas em um galpão, são resgatados - RS

Meu Deus, meu Deus, meu Deus!!!! olha a situação destes animais..... Quem puder ajudar não deixe de fazê-lo....
--------------
Desnutridos e doentes, 40 cães trancados em galpão por semanas são resgatados por protetoras
Veterinário da prefeitura fez o primeiro atendimento aos animais, que receberam água e comida.
Cerca de 40 cães denutridos e doentes foram resgatados por três protetoras de animais em Sapucaia do Sul na semana passada. Abandonados em um sítio, os animais estavam trancados em um galpão há pelo menos três semanas.

Segundo foi informado às mulheres pela antiga cuidadora, que os deixou no local e, na semana passada, autorizou o acesso ao sítio para que fossem retirados de lá, seriam inicialmente cerca de 70 cachorros, a maioria de porte médio ou grande. Por falta de comida e água, quase metade dos animais teria morrido — segundo as protetoras, alguns teriam comido os restos mortais de outros.

— Estou há muitos anos na proteção de animais, mas poucas vezes vi casos tão chocantes — relatou a vendedora Ana Paula Schmitt, que é voluntária na proteção de cachorros há mais de 15 anos.

Um veterinário da prefeitura fez o primeiro atendimento aos animais, que receberam comida e água. Os mais debilitados foram encaminhados a clínicas veterinárias para receber cuidados. Uma cadela prenha perdeu a ninhada, e diversos apresentavam sarna ou dermatites. Todos estavam em estado de desnutrição.

— Eles estavam desnutridos, com afecções de pele. Devido à baixa imunidade, vários estavam com sarna. Prestamos os primeiros atendimentos, de emergência. Agora,vamos autuar a proprietária por maus tratos e dar suporte técnico até que a situação seja resolvida — afirma Carlo Henrique Machado, diretor do setor de bem-estar animal da Secretaria do Meio Ambiente de Sapucaia do Sul.

Agora, as protetoras trabalham para construir um canil no sítio de uma delas — onde já estão abrigados 150 animais. O local, que será erguido por voluntários, deve servir como casa de passagem até que os cachorros se recuperem e sejam castrados, para então serem encaminhados à adoção.

Além dos materiais de construção, elas estão arrecadando ração para alimentar os cães durante os próximos meses. As doações podem ser feitas por depósito em conta bancária ou em um sistema de apadrinhamento que está sendo organizado pelas protetoras em parceria com uma agropecuária. É possível contatá-las pelo perfil de Ana Paula no Facebook, onde também é feita a prestação de contas: www.facebook.com/anapaula.schmitt.961

FONTE: gauchazh

5/19/2018

DÁ GOSTO VIVER: Cão Orelha é homenageado em formatura do curso de Biologia

Gente do Céu, nem tudo está perdido!!! A geração atual tem apresentado um percentual bem grande de respeito e zelo pela vida animal.... Muita coisa ainda tem que ser trabalhada, mas, dou total valor a fatos como este..... Axé Orelha!!!!!!
--------------
Turma de Biologia da UFPel homenageia cachorro no quadro de formatura
Orelha, o mascote do grupo, foi o grande companheiro dos alunos durante os cinco anos de graduação 
Durante cinco anos, os formandos da turma 2017/2 do curso de Biologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) tiveram um amigo fiel.  Orelha, o cachorrinho mascote da turma,  recebia os alunos todos os dias, os acompanhava até a sala de aula e depois esperava  na porta para os levar na parada de ônibus. Essa amizade foi tão verdadeira que quebrou protocolos: Orelha foi um dos homenageados no quadro de formatura.

A  oradora da turma, Yasmin Mello, disse que a homenagem começou como uma brincadeira. A turma criou uma faixa de "animal homenageado" para a festa que normalmente ocorre com os professores, mas depois os alunos amadureceram a ideia: —  Eu e uma colega, Elisa Aires, corremos atrás da documentação pra conseguir fazer com que ele entrasse no quadro como homenageado.No início, as pessoas acharam que era piada e só acreditaram mesmo quando viram a homenagem pronta.

O professor Althen Teixeira, diretor do Instituto de Biologia da UFPel, teve de assinar um documento liberando a colocação do Orelha no quadro. Segundo a aluna, ele deu apoio para que a turma seguisse com a homenagem, pois a identificação deles com o animal era notável. — O Orelha pode não entender muito o que significa ele estar lá, mas nós acreditamos que ele é um ser pensante, com sentimentos. Ele sabe que no nosso carinho por ele é enorme, assim como sabemos que o dele por nós também é — conta Yasmin.

O mascote da turma não foi só homenageado no quadro. Ele também fez parte do discurso de Yasmin que, mesmo sem a presença do amigo na plateia, dirigiu as palavras a ele, agradecendo o apoio durante os cinco anos juntos. — Nenhum de nós gosta de estar só e graças a ti isso sempre foi raro no nosso cotidiano. Sempre dizem que os animais amam imediatamente e são gratos eternamente, hoje somos nós que lhe juramos amor eterno e gratidão por todo o carinho que tu demonstrou a nós — disse a formanda no discurso. 


O amigo da turma já morava no campus e era cuidado por todos que por ali passaram. Agora, a turma que homenageou Orelha não estará mais lá, mas isso não preocupa  os alunos. — Muitas pessoas perguntam se vamos adotar ele, mas ele já foi adotado. Por todos! Ele não era só cuidado por nós, todos sempre cuidaram dele, os que vieram antes de nós e os que vieram depois. Ele é o cachorrinho da Biologia. Nós que nos formamos sentiremos falta dele, mas, quando a saudade bater forte, a gente sabe onde é a casa dele para levar biscoito de goiabada que é o preferido dele.

Fonte: Gaucha ZH

5/15/2018

TRANSPORTE DECENTE: Prefeita faz a entrega de carro adaptado para a SMA - RS

Aí, sabe aquele vereador que inventou implantar castramóvel aqui no Rio? se ele quisesse fazer algo de bom, juntava grana com "sua turma" e comprava um veículo útil como este.... Muito legalzinho!!!!! E o Rio precisa muito... Postos de castração, temos o suficiente que parece não funciona direito por falta de grana.... Como é que vai sustentar um castramóvel que custa o triplo de um posto atual?
----------------
Automóvel modelo Chevrolet Montana, adquirido com recursos do Fundema, será utilizado pelo Cempra para transportar cães e gatos
Novo Hamburgo – No início da tarde desta sexta-feira, 11, a prefeita Fátima Daudt fez a entrega no pátio do Centro Administrativo Leopoldo Petry de um novo carro para a Secretaria de Meio Ambiente, mais especificamente para o Centro Municipal de Proteção aos Animais (Cempra) de Novo Hamburgo. “Parabenizo a equipe do Canil Municipal pelo projeto de adaptação do veículo às suas necessidades do dia a dia na proteção animal”, disse a prefeita. O veículo é um modelo Chevrolet Montana, adquirido com recursos do Fundo de Defesa do Meio Ambiente (Fundema).

A picape compacta recebeu gaiolas de apoio, projetadas com o auxílio de veterinários da Semam, que deslizam para fora do veículo sobre uma estrutura de ferro com roldanas, guardada no Cempra, o que facilita a organização do traslado e garante todo a comodidade durante a viagem para gatos e cães de pequeno, médio e grande porte. O novo veículo irá reforçar as estratégias de atenção a animais comunitários de Novo Hamburgo e de estímulo à adoção dos amigos peludos. Para estrear o novo sistema, um dos mascotes da Prefeitura de Novo Hamburgo, o cachorro Faísca, participou de um test drive e se mostrou bastante tranquilo com a novidade.

Durante o ato simbólico, a prefeita Fátima passou as chaves do automóvel para o secretário de Meio Ambiente, Udo Sarlet. Também estavam presentes no momento da entrega o primeiro-cavalheiro, o veterinário Marcelo Nunes, a diretora de Controle e Bem-Estar Animal do Cempra, a veterinária Deisy Heck, a chefe de Gabinete da Semam, Cristiane Hermann, mais os veterinários Maicon Faria e Karen Souza e o motorista do Cempra Sérgio Barriquel. “Além de seguro, tanto para o condutor quanto para os animais, o veículo é confortável e de fácil higienização”, frisou o secretário Sarlet. O automóvel tem carroceria revestida internamente de alumínio, ar-condicionado e não apresenta janelas para evitar o estímulo luminoso que pode estressar os passageiros de quatro patas.

FONTE: revistanews

4/29/2018

Comissão de Saúde aprova audiência sobre transporte de cargas vivas

Eu espero de coração que encontrem uma solução para esta barbaridade que acontece no transporte de carga viva.... e olha, não é só por navio, mas também, pelas estradas do país em caminhão. Temos vasto material em nosso arquivo à diposição.
----------------
A Comissão de Saúde e Assembléia Legislativa aprovou, nesta quarta-feira (25), a realização de uma campanha pública para debater uma parte do transporte de vidas na área urbana e de expansão da área urbana do município de Rio Grande. A proposta foi apresentada pela deputada Regina Becker e pelas nove assembléias parlamentares presentes à reunião da comissão, inclusive pelo presidente, deputado Altemir Tortelli.

O parlamentar ficou chopping ao tomar conhecimento das condições em que os animais são transportados, de navio, com embarque nos portos de Rio Grande, Santos e Belém do Pará. “É uma situação de total crueldade e desrespeito a seres vivos”, assevera. Em primeiro lugar, o dinheiro brasileiro destina-se especialmente a países árabes, que adotam as suas próprias formas de abate.

Tortelli question is a economic economic and financial export export, already that a sale of carnes embalada has not virtual jobs and arrecadation. Ele observa, ainda, que os animais são confinados em quarentena e só depois de embarcados em direção aos países compradores, transportados sem condições de higiene e cuidados de saúde.

A audiência deve acontecer na segunda quinzena de maio e já foi inaugurada com o prefeito daquele município, Alexandre Lindenmeyer. Serão convidados, além de liderados por locais, produtores de agentes de proteção aos moradores, representantes da prefeitura e da Câmara de Vereadores do município de Santos (SP), que publicaram lei sobre a transferência de cargas na cidade. Confederação Nacional da Agricultura, na última terça-feira (24), liminar no Supremo Tribunal Federal, reformada pelo Porto de Santos.

FONTE: jornalboavista

2/28/2018

Fazenda do RS é proibida de dissecar animais para dar aulas de anatomia

Não imaginava que poderia haver uma fazenda destas aqui no Brasil.... Não sei quem conduziu a denúncia, mas, quero parabenizar o resultado...
----------
Todo animal tem direito à existência e ao respeito, e o homem não pode exterminar nem explorar os bichos. É o que diz a Declaração Universal dos Direitos dos Animais, de 1978. Mas o documento da ONU está longe de ser cumprido. No Sul do Brasil, um dos passeios oferecidos a alunos de 6ª a 8ª séries era a uma fazenda onde animais eram dissecados e usados em aulas de anatomia. A Justiça Federal acabou com essa prática. Os desembargadores do TRF4 levaram em conta uma lei federal que restringe a utilização de animais apenas a estabelecimentos de ensino superior e escolas técnicas. A reportagem é de Marcelo Magalhães.

Fonte: TRF4oficial

1/24/2018

Cãodomínio abriga cachorros abandonados no Litoral Norte - RS

Paulinho é um dos nossos, sem dúvida, mas, este tipo de matéria costuma trazer mais problemas do que soluções, concordam? Pobre Paulinho.... tomara que não e ele tenha apoio de gente bacana por lá....
-------------
Sítio tem 141 animais, que dispõem de guarda-sol e até de "espaço gourmet"
Paulo Giglio, o Paulinho da Filler, é o dono do sítio às margens da RS-407
 As casas, em sua maioria, seguem um padrão: pintadas de verde, com ampla área arborizada e "espaço gourmet" individual para cada morador. O serviço de limpeza é diário.
"Que acharam? Não tem segunda impressão aqui. Para mim, a primeira é a que fica. Então, gostaram?" indaga, ansioso, o representante comercial aposentado Paulo Roberto Giglio, às vésperas de completar 65 anos.

Paulinho da Filler, como Giglio ficou conhecido no Litoral Norte  — o apelido faz referência à empresa de alimentos para a qual trabalhou por anos  —, é o feliz proprietário do Cãodomínio, um pequeno sítio às margens da RS-407 que abriga 141 cães, muitos com alguma deficiência ou sequela de doença grave. São animais abandonados, alguns em plena rodovia, uma das mais movimentadas da região, outros nas praias de Xangri-lá, Capão da Canoa, Imbé e arredores.

À beira da estrada que poderia ser o caminho sem volta desses bichos, Paulinho organizou o acolhimento. São gastos cerca de R$ 8 mil mensais em cem quilos de ração por dia, além de medicamentos e consultas ao veterinário. O trabalho já foi alvo de críticas, mas, ao longo dos anos, ganhou apoio e, hoje, o aposentado conta com a ajuda (pouca, porém, valiosa) de doações e parcerias que viabilizam a assistência aos cães. — Não, não estão para doação, nem para a venda. São meus filhos e sou feliz em cuidá-los. Um bom pai não dá, não vende nem abandona seus filhos — adianta Paulinho.

Na área, a matilha se divide entre os que ficam soltos no pátio enorme e os que ficam amarrados na área externa, nas casinhas verdes que se enxerga da pista. Onde não há sombra suficiente para aplacar o sol escaldante, Paulinho colocou guarda-sóis. Tudo é diariamente higienizado para evitar odores desagradáveis, parasitas e reclamações dos vizinhos. Os visitantes podem comprovar o resultado dessa dedicação.

Paulinho conta que em outros tempos havia mais abandono na RS-407. Carros paravam e, sem dó nem piedade, abriam as portas e deixavam, ao deus-dará, cães de todas as raças e idades. Muitos morriam por ali mesmo, atropelados, se não tivessem a sorte de serem avistados pelo cuidador. A época de veraneio, conta ele, é a mais dramática, porque muita gente deixa os bichos para trás.— Já foi pior, acho que o pessoal está mais consciente. Vez ou outra ainda encontro animais na estrada — diz.

Paulinho preocupa-se com o destino dos animais. Não quer ampliar o grupo, mas se dedicar aos que lá estão. Há cinco anos, ele sofreu um infarto; pouco tempo atrás, ficou viúvo. Sozinho, percebe que a idade começa a apresentar suas contas, tanto para ele quanto para os próprios cachorros, que vão se fragilizando com o passar dos anos. Alugou um cantinho em Capão da Canoa e deixou o sítio para os animais. Na agropecuária Casa da Lavoura, ele busca a ração quase que diariamente, porque estocá-la no sítio não é seguro. Já furtaram doações inteiras do lugar. Paulinho vira-se como pode, com o dinheiro da aposentadoria e a colaboração de quem acredita no trabalho. Muita gente vai à agropecuária e deixa pago um tanto de alimentos para os bichos ou remédios. Tudo espontaneamente.
— Não sou pedinte. Nunca faltou e nunca vai faltar.

Para ajudar
Contatos com Paulinho pelo fone (51) 99791-2606. 
A Casa da Lavoura, em Capão da Canoa, também recebe doações, informações pelo fone (51) 3665-4153.

Fonte: Gaucha ZH

11/09/2017

Quase 100 cães vítimas de maus-tratos são encontrados em residência em Cidreira - RS

Minha Nossa!!!!! um dos piores casos já vistos..... Terrível!!!!!! Quero ver a fila de "interessados" em adotar um destes pobrezinhos como teve no caso da Luisa Mell que resgatou aqueles cães de raça, lembram? Pois é..... O nome da ONG que está a frente do caso é Pega Bicho e separei uns vídeos para terem uma ideia.... um horror!!!!!!!! Vão precisar de muita ajuda!!!!!
------------

Após denúncia de uma moradora do bairro Salinas, em Cidreira, no Litoral Norte, a ONG Pega Bicho chegou em uma residência com quase cem cães vítimas de maus-tratos. No interior da casa, a Polícia Civil encontrou, nesta quarta-feira (8), 15 filhotes mortos. Os animais sobreviventes apresentam quadro de saúde grave — a maioria com sarna, feridas e desnutrição. A prefeitura tenta retirar a proprietária do imóvel, uma senhora com cerca de 85 anos, para lhe dar atendimento clínico e psico- social. 

Com o mau cheiro e a falta de higiene, o Corpo de Bombeiros e a ONG só conseguiram entrar na residência utilizando luvas e máscaras. Além dos 15 filhotes mortos, chamou a atenção das autoridades o acúmulo de fezes e a insalubridade no interior da casa. Na mesma cama onde a proprietária do imóvel dormia, cães com sarna e viroses foram encontrados.


— Há três anos, tentamos oferecer ajuda para esta senhora. Ela não quis dialogar e nos expulsou. Mas a situação de maus-tratos que nos deparamos é surpreendente. Jamais imaginei que teriam quase 100 cães nesta residência. O cheiro era tão forte que tivemos dificuldade para respirar. É provável que ela seja acumuladora ou sofra de algum transtorno. Não é normal conviver com fezes, filhotes em decomposição e cães famintos — afirmou Araci Maria de Jesus, presidente da Pega Bicho. 

A prefeitura de Cidreira tenta localizar familiares da proprietária do imóvel e afirma que fará tudo que estiver ao alcance do poder público para solucionar o problema. Com a situação de penúria dos cães vítimas de maus-tratos, foi lavrado um auto de infração pela vigilância sanitária na residência por crime ambiental. 

— É algo singular. Nunca aconteceu nada parecido na cidade. Assim que soube do caso, tomei todas as providências possíveis. Unimos forças com a Polícia Civil, Secretaria Municipal do Meio Ambiente e de Saúde, Vigilância Sanitária e assistentes sociais para tentar dar todo suporte para a proprietária do imóvel e, a partir de agora, nossa luta é pela sobrevivência dos quase cem animais encontrados — explicou Pedro Teixeira, secretário de Administração de Cidreira. 

De acordo com a Pega Bicho, por falta de local para acomodar os cães na cidade, eles permanecerão em tratamento veterinário na residência e, quando curados, serão encaminhados para adoção.

Fonte: Gaucha ZH








EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪