RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Mostrando postagens com marcador RJ. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador RJ. Mostrar todas as postagens

4/05/2019

ONGs de proteção aos animais apostam em campanhas para se manter

Esta turma tem trabalhado muito por nossos bichos amados..... Axé para esta gente querida.....
----------------
Atuantes na região, Paraíso dos Focinhos e Focinhos de Luz estão com campanha de arrecadação para manutenção dos trabalhos

RIO — A ONG Paraíso dos Focinhos

3/30/2019

Nova lei para sacolas de supermercados no Rio de Janeiro

Posso estar enganada, mas, já houveram outras tentativas de acabar com as famosas sacolinhas.... Os animais e o meio ambiente agradecem o sucesso da causa....
--------------------
Acordo firmado entre representantes do setor, Ministério Público e o Instituto Estadual do Ambiente prevê substituição do plástico a partir de junho de 2019

3/29/2019

Cão baleado na Vila Aliança perde sangue e retorna para clínica veterinária; testemunha descreve policiais acusados por moradores

Pobre Guilherme!!!! mais uma vítima do destempero de um policial que se irritou com o latido dele... Veja a matéria anterior aqui.
--------------- 
O cão Guilherme, que foi baleado nesta quarta-feira na Vila Aliança, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, teve que retornar à Fazenda Modelo, em Guaratiba, nesta manhã. O animal, que amputou uma das

3/26/2019

Vídeo mostra homem espancando filhotes de gatos que ele adotou no RJ

Deus do Céu!!!!! a gente acha que os animais vão ter um lar e nos damos conta que quem adotou é um psicopata!!!!! O mundo precisa de um ser destes?
-------------------
Um vídeo mostra um homem dentro de um carro espancando dois filhotes de gato que ele havia adotado. O crime aconteceu em Petrópolis, na Região Serrana do Rio,

2/06/2019

Preso veterinário que assaltou clínica usando ratazana suja de ketchup

Que cara safado!!!!! Tá vendo como também tem veterinários que envergonham a classe? Que horror!!!!!
-----------
O veterinário Leandro Valverde da Silva, 43 anos, que já foi preso por maus-tratos a animais, voltou a entrar em cana desta vez acusado de assaltar a clínica veterinária Saúde Animal, no Rio de Janeiro, da qual já foi dono. No ataque, ocorrido no ano passado, ele usou uma ratazana morta suja

2/04/2019

Cães a gatos soltos serão apreendidos - Quatis - RJ

A apreensão não é o problema e sim que, antes das apreensões, tem que ser destinado um local apropriado para fazerem a castração e adoção, certo?
----------------
Em apenas uma semana, nove animais foram apreendidos, a maioria deles no Centro da cidade

Quatis – Desde a sexta-feira passada, dia 25 de janeiro, nove animais de pequeno foram apreendidos nas vias públicas de

12/21/2018

SHOW: Loja no Rio libera entrada para cachorros de rua escaparem do calor

Vamos divulgar o gesto simples de uma loja comercial..... Propaganda do bem.... Isto sim!!!! Diferença do Carrefour que manda enxotar os bichos a qualquer preço....
-------------
Em São Gonçalo (RJ), a loja de departamentos Leader permitiu que animais se resfriassem em sua unidade
O verão definitivamente começa a mostrar a sua cara nas grandes capitais brasileiras. Nesta última semana, por exemplo, os termômetros do Rio de

11/28/2018

Cachorro fica ferido ao despencar de viaduto em Volta Redonda

Será que ele caiu ou foi jogado? a dona do cachorro apareceu, mas, a reportagem não dá muitas informações.....
---------------
Um cachorro da raça border collie ficou ferido ao despencar de uma altura de cerca de 10 m na manhã desta sexta-feira (23) em Volta Redonda, no Sul do Rio de Janeiro. Segundo testemunhas, ele caiu do viaduto que liga a Radial Leste, no bairro Aero Clube, à Vila Americana.

9/30/2018

Polícia estoura rinha de galo do tráfico no Vidigal - RJ

É triste isto acontecer no Vidigal que é uma das favelas onde moram muitas pessoas evoluídas e amantes de animais.... 
------------------
Policiais militares da UPP Vidigal, na Zona Sul do Rio, descobriram nesta quinta-feira (20),  na localidade de 50, no alto do morro, um lugar utilizado para prática de 'rinha de galo', onde as aves também ficavam em cativeiro. O Comando de

8/28/2018

Ações de inconstitucionalidade sobre leis estaduais contra a experimentação animal... Viu só?

Pois é.... Quando eu falei da inconstitucionalidade destas leis feitas pelos deputados visando, tão somente, ganhar votos da proteção que não quer se ligar na resenha podre destes caras, taí a prova. Pergunta se os representantes das ações vão ganhar? claro que sim...... É lamentável, mas, é assim que funciona. Aliás, a lei do RJ está valendo desde dezembro do ano passado, certo? alguma fiscalização

8/06/2018

Animais sofrem com descaso em comunidades do Rio de Janeiro

Concordo plenamente com as protetoras. Quando eu era conveniada tínhamos o Programa Atendimento às Comunidades onde íamos às favelas fazendo atendimento veterinário (consultas), castração (íamos buscar e entregar) e formávamos voluntários para os primeiros socorros aos animais. Pois é, em quase 20 anos que roubaram meus projetos, a tal SEPDA (atual SUBEM), não fizeram nada parecido..... ô nojo!!!!
-------------

6/21/2018

RESGATE: Bombeiros resgatam cão perdido há dois dias em mata na Tijuca - RJ

Aqui no Rio, às vezes, temos que usar de tudo que é recurso para bombeiros atenderem.... Tem gente boa, mas, tem uns deles que acham que ganham pouco, que não recebem salário, que não tem obrigação..... enfim, só vão na marra..... é dose!!!! Parabéns a mobilização dos moradores locais.....
----------------
Bombeiros resgatam cão perdido em mata na Tijuca Bombeiros resgatam cão perdido em mata na Tijuca
Agentes do Corpo de Bombeiros conseguiram resgatar um cão que estava perdido desde quarta-feira em uma área de mata na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro. O animal foi recuperado após forte mobilização de moradores da rua Coronel Correia Lima, que, apreensivos com a situação do cachorro, relataram o caso nas redes sociais, pedindo ajuda para pressionar os bombeiros a irem ao local. A vizinhança disse que estava ouvindo o cão latindo em desespero há dois dias. Ele foi resgatado sem ferimentos por volta das 15h20

Uma das moradoras do local, a bióloga Carmen Matar havia dito à reportagem do EXTRA, antes do resgate, que estava desesperada com o sofrimento do cachorro, que, afirmou ela, gemia o dia inteiro. Agora, ela se diz aliviada.

— Desde ontem que eu estava arrasada com a essa historia, escutando o gemido. Hoje, de manhã, resolvi levar a público, no Facebook, para ver se alguém me dava uma solução para isso. Estou muito feliz com o resgate. Eu cuido de uma gata de rua, porque sou muito ligada a animais. Me corta o coração ver um bicho assim, sofrendo. Agora estou mais tranquila, estou mais calma — afirmou ela.

Os moradores estavam desde cedo tentando chamar a atenção do Corpo de Bombeiros para a situação do animal. Agentes do quartel da Tijuca chegaram a ir à localidade pela manhã para tentar o resgate, mas não chegaram a escalar a pedra onde o cachorro estava, porque não viram nenhuma movimentação do animal. Nas redes sociais, a vizinhança chegou a dizer que os bombeiros "não tiveram boa vontade". Subtenente do batalhão responsável pela região, Roberto Silva destacou, no entanto, que estava à disposição para ajudar.

— Os moradores disseram que a última vez que ele latiu foi por volta das 6h da manhã. Como o local é de difícil acesso, com cerca de 100 metros de altura, nós quisemos evitar que a equipe se mobilizasse em vão. Mas estamos à disposição dos moradores. Se eles ouvirem o cachorro latindo, eles podem ligar que nós vamos ao local. Estamos só aguardando. — disse o bombeiro pela manhã. Após à operação bem-sucedida, os agentes do Corpo de Bombeiros posaram para fotos com o cachorro.

6/02/2018

FLAGRANTE: Forma de gato ser apreendido gera revolta nas redes sociais

Gente, quem foi resgatar foi o Randel. Acabou resgatando, também,  um outro gatinho da redondeza. Realmente, não dá para deixar para trás, né? Olhem os dois gatinhos.... Parabéns pelo trabalho!
-------------
Vídeo gera revolta ao mostrar brigadista de shopping pressionando gato contra o chão
Caso ocorreu no Uptown Barra; vídeo tem mais de 650 mil visualizações.  Shopping, que recebe feira de animais, diz que episódio foi interpretado de forma equivocada -  

RIO — Um vídeo publicado na última terça-feira na internet gerou revolta nas redes sociais. Nas imagens, gravadas um dia antes no estacionamento do shopping Uptown Barra, é possível ver um funcionário da brigada do empreendimento, munido de um objeto, pressionando um gato que está imprensado entre um canteiro e um cone contra o chão.

A postagem, feita pela engenheira Juliana Maltez em sua página no Facebook, recebeu milhares de compartilhamentos em poucas horas. Até a última quarta-feira, o vídeo tinha mais de 650 mil visualizações. Já a página do shopping foi alvo de uma enxurrada de críticas que sugeriam maus-tratos e truculência por parte do funcionário.
  
— Pelos gritos, imaginei que estivesse machucado. Ele gritava e chorava sem parar. Quando chegamos perto, vimos o gato sendo arrastado pelo funcionário como se fosse um saco de lixo. Depois, o homem começou a pressioná-lo pelo estômago com um objeto que parecia ser um enforcador. Foi aí que comecei a gravar. Pedimos para ele soltar o animal, disse que poderia levar o gato comigo, mas ele se recusava. Disse que não podia haver gato ali, e que a equipe do shopping agia daquela forma todos os dias — relata a engenheira.

De acordo com Juliana, assim que foi solto, por pressão de pessoas como ela, que se comoveram com a cena, o animal se escondeu em uma das lojas do Uptown que não estão ocupadas. No dia seguinte, o bichano foi resgatado pela Associação Quatro Patinhas, e será colocado para adoção. O vídeo do resgate também foi compartilhado nas redes sociais de Juliana, que se diz surpresa com a repercussão do caso. — Postei o primeiro vídeo para mostrar apenas aos meus amigos, mas, quando acordei no dia seguinte, a história tinha tomado uma proporção enorme — relembra.

Procurado, o Uptown, que frequentemente recebe feiras de adoção de animais, avalia que o episódio foi interpretado de maneira equivocada. Em nota, a assessoria de imprensa do empreendimento diz que, na última segunda-feira, por volta das 18h30m, um cliente pediu ajuda à administração após ver um gato embaixo de seu carro, e que, por isso, a brigada do shopping, representada pela empresa Dimensional 19, foi acionada.

Ainda segunda o shopping, o manejo do gato foi realizado com equipamento homologado para resgate de animais. A Dimensional 19 não respondeu aos pedidos de esclarecimentos do GLOBO-Barra.

Fonte: O Globo

5/15/2018

INAUGURAÇÃO: Hospital Popular Veterinário inaugura unidade na Barra da Tijuca

Isto é muito bom!!!!! Parece que é o segundo aqui na cidade que está prestando ótimos serviços para o pessoal de baixa renda.... Fico muito feliz porque, à cada dia, aparecem opções para mantermos nossos amados bichos em boas condições de saúde....
-------------
Segundo responsável pela unidade, economia no valor da consulta pode chegar a 80%
RIO — Quem tem um animal de estimação sabe o quanto uma consulta médica inesperada ou um exame para o pet pode pesar no bolso. A boa notícia é que uma unidade do Hospital Popular Veterinário será inaugurada, na quinta-feira, na Barra. Segundo Brunno Galvão, CEO da rede, será possível fazer economia de até 80% nas consultas. — No novo hospital, a consulta custa R$ 45, bem abaixo dos R$ 180, em média, cobrados em clínicas veterinárias da região — compara Galvão.

Com uma equipe de 25 veterinários, o hospital oferecerá ainda exames laboratoriais por preços a partir de R$ 12, e raios X por a partir de R$ 50. Exames e consultas nas áreas de dermatologia, neurologia, endocrinologia, odontologia, oftalmologia, fisiatria, oncologia, cardiologia e ortopedia também estão disponíveis. Além de cães e gatos, a unidade atenderá animais silvestres como pássaros, répteis e porquinhos-da-índia.

Na primeira semana, o hospital funcionará das 8h às 22h, diariamente. Depois, o horário será estendido até a meia-noite. A partir de junho, o centro cirúrgico estará funcionando, com internação e monitoramento 24 horas. — Nosso plano é democratizar o acesso à medicina veterinária. Mais de 70% dos animais domésticos vivem em lares de classes C, D e E — observa Galvão.

Responsável pela supervisão veterinária do hospital, Rafael Torres promete atendimento de excelência: — O hospital é bem completo e tem aparelhos de qualidade.

FONTE: oglobo

5/11/2018

CASTRAÇÃO: Jacarepaguá terá projeto de castração gratuita de cães e gatos

Achei interessante porque ninguém tem ideia do que acontece quando cães e gatos são abandonados em áreas de conservação..... Toda fauna local é dizimada.... Ou seja, os animais das matas periféricas merecem todo direito de viverem, certo? Tomara que dê tudo certo!!!!! Estamos aqui torcendo pelo sucesso....
-----------
Jacarepaguá terá projeto de castração gratuita de cães e gatos a partir de segunda-feira
Projeto Ambiente Animal é uma iniciativa da Secretaria de Estado do Ambiente e Inea e pretende castrar cinco mil animais
A Secretaria de Estado do Ambiente e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) lançam, no próximo sábado (12/05), às 10h, o Projeto Ambiente Animal, que vai castrar cães e gatos gratuitamente na região de Jacarepaguá. 

Os beneficiários, por enquanto, serão os que vivem nas comunidades situadas dentro dos limites ou na Zona de Amortecimento do Parque Estadual da Pedra Branca, na Taquara, um dos bairros abrangidos pela unidade de conservação. A expectativa é castrar, até janeiro de 2020, cerca de cinco mil animais entre cães e gatos.

As cirurgias, que se iniciam na próxima segunda-feira (14/5), acontecerão na unidade móvel do projeto que ficará no pátio do Clube do Professorado (Estrada Pau da Fome 2.930, Taquara, onde também acontecerá seu lançamento). O serviço será feito a partir de agendamento pelo 9-6725-2527 (que é também Whatsapp).

Abandono de cães e gatos impactam as unidade de conservação ambiental 
Os limites ou a Zona de Amortecimento do Parque Estadual da Pedra Branca foram escolhidos para abrigar o projeto para minimizar os impactos causados por cães e gatos na fauna silvestre das unidades de conservação. Segundo o Inea, esses impactos estão associados a condutas inadequadas e até mesmo ilegais dos seus tutores.

Dentre elas, a principal é o abandono. De acordo com a secretaria, estes animais, quando abandonados em áreas naturais e seu entorno, podem causar danos significativos a esses ambientes ao se alimentarem da fauna nativa, competir por alimento, disseminar doenças e parasitas e destruir ambientes frágeis. 

Além da castração, o projeto também tem um caráter educativo, já que levará ainda aos moradores noções de educação ambiental e guarda responsável desses animais. O programa será executado e desenvolvido pelo Viva Rio Socioambiental, que firmou Termo de Cooperação Técnica com a Can & Fel, com recursos da Câmara de Compensação Ambiental. 

Acompanhe o projeto pelo Facebook Ambiente Animal RJ.

Fonte: Jornal O Dia

5/01/2018

APURAÇÃO: Audiência pública na Câmara do Rio vai apurar envenenamento e Parcão

Reunião da Comissão de Defesa dos Direitos dos Animas também pretende discutir a polêmica sobre o funcionamento do "Parcão" do Leblon.

A Comissão de Defesa dos Direitos dos Animas da Câmara do Rio vai convocar uma audiência pública para apurar denúncias de envenenamento de cães no Leme, na Zona Sul do Rio. Além do envenenamento dos cães, a audiência também pretende discutir a polêmica sobre o funcionamento do "Parcão" (área de lazer para cães) do Leblon.

“Ontem fui com uma amiga no veterinário porque o cachorro dela foi envenenado. Conversamos com o delegado e vamos fazer o registro de ocorrência, estamos aguardando só o laudo do veterinário. Tem gente matando os cachorros aqui e estamos fazendo um levante no Leme contra isso. É muita crueldade. Estamos conversando com todos os moradores e vamos nos unir contra isso”, afirmou a Presidente Associação Viva Leme, Dea Maria de Faro Orlando.

Em relação ao envenenamento de cães no Leme, o vereador Luiz Carlos Ramos Filho, presidente da Comissão, pretende recorrer à Polícia Civil para tentar identificar quem está por trás dos casos de envenenamentos.

Sobre a polêmica envolvendo o Parcão no Leme, Ramos garante que o melhor caminho é o diálogo para encontrar uma solução adequada para ambas as partes. Ainda de acordo com o vereador, a comissão também apura denúncia de envenenamento de cães no local. "É papel da Comissão debater e encontrar caminhos para garantir o cumprimento dos direitos dos nossos bichos. O caso do Parcão, no Leblon, pode ser resolvido com diálogo entre as partes. Para isso, vamos convidar os moradores favoráveis e os contrários ao funcionamento do espaço. Acredito que o bom senso vai prevalecer" diz o presidente da comissão.

FONTE: G1

4/30/2018

ESPECISMO: Reinstalação de área para cães coloca vizinhança do Leblon em pé de guerra

Que horror!!!! não sei se o negócio incomoda tanto a ponto de entrarem na justiça como falaram....  Mas, será que um parquinho de cães é tão nocivo? eu, heim!!!!! que especismo idiota....
---------------
RIO - Uma briga digna de pit-bull voltou ao Leblon. O motivo da batalha é um "parcão" que a prefeitura reinstalou na Praça Cláudio Coutinho, entre as ruas Fadel Fadel e Adalberto Ferreira, em frente ao condomínio Selva de Pedra. Uma área para cachorros tinha sido implantada no local em 2013, mas foi desativada oito meses depois, com a vitória de um grupo contrário à ideia.

Num novo round, os defensores dos cães apresentaram um abaixo-assinado com 1.800 nomes e um termo de compromissos e limites firmado com a OAB. A Secretaria municipal de Conservação e Meio Ambiente (Seconserma), então, incluiu o cantinho dos cães no projeto de revitalização da praça. Mas a contenda está longe do fim. Diante das queixas, a secretaria informa que não há data para a inauguração e diz que ainda avalia se mantém ou não o espaço.

Os que são contra o "parcão" têm o apoio da Associação de Moradores do Leblon (Ama-Leblon) e da Associação dos Moradores da Selva de Pedra. O projeto está em fase de teste, mas eles já reclamam do barulho dia e noite, pois o cercadinho é aberto às 7h e fechado às 19h por um guarda municipal. A presidente da Ama-Leblon, Evelyn Rosenzweig, anuncia que as duas entidades estão dispostas a ir à Justiça.

PARECE GUERRA DE FACÇÕES
Os protetores dos cães são liderados pela Associação Viva Selva de Pedra e pelo Grupo Cachorreiros do Leblon. Eles têm um trunfo: um documento firmado com a Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da OAB do Rio. Ele proíbe, por exemplo, animais no cio no local. Os mais brigões deverão estar com guia, e os donos precisam recolher a sujeira dos bichos.

- Parece guerra de facções - diz uma moradora do Leblon, sem se identificar, que ontem levou seu cachorro ao "parcão". Um dos argumentos da presidente da Ama-Leblon é que há três "parcões" próximos: no Largo da Memória, no Jardim de Alah e na Lagoa. - Não vejo necessidade de infernizar os moradores da Fadel Fadel, da Cupertino Durão e da Adaberto Ferreira - dispara.

A arquiteta Lilian Gonzaga, que trabalha no seu apartamento, faz coro: - As pessoas soltam os animais, e eles brigam e latem muito. Não posso sair da minha casa. Quem tem que se mudar é o "parcão". Por que não levam o "parcão" para a Praça Milton Campos (no meio da Selva de Pedra)?

O professor Roger de Moraes, que também mora na vizinhança, tem dois cachorros, mas admite que viraria bicho se tivesse que suportar algo parecido. - Adoro animais. Mas não gostaria de ser condenado a viver todos os dias em frente a uma área de lazer para cães, que latem alegremente o dia todo.

Representante do Cachorreiros do Leblon, Sandra Greenhald contesta: - Estão querendo minar o "parcão". A lei do silêncio será respeitada. Nós temos o documento firmado com a OAB. O presidente da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da OAB-RJ, Reynaldo Velloso, entra no debate: - Estamos diante de um paradigma: o respeito por todos os seres viventes, não só o homem. Provocada a opinar, a passeadora de cães Jéssica Martins, que estava no "parcão", desconversa: - Não quero me meter nessa polêmica.

FONTE: gsnoticias

4/20/2018

Idoso é detido por praticar rinha de galo em Cantagalo, no RJ

A situação dos animais é de revoltar qualquer cristão!!!! a droga é que o camarada faz um depoimento na delegacia e vai pra casa dando uma banana para quem denunciou....
----------------
Na casa do suspeito foram apreendidos 28 galos e materiais que eram usados para a prática.
Um homem de 77 anos foi detido em Cantagalo, na Região Serrana do Rio, nesta segunda-feira (16) por praticar rinhas de galo. De acordo com a Unidade de Polícia Ambiental (Upam), a fiscalização aconteceu após uma denúncia ao Linha Verde. A polícia disse que o idoso confessou o crime.

Na casa do suspeito, a Upam disse que foram apreendidos 28 galos que estavam separados em viveiros de madeira. Os policiais informaram que os animais estavam com ferimentos, principalmente na cabeça.

No local, a polícia também encontrou um cercado feito com varas de ferro e lona, onde os galos eram colocados para brigar. A Upam apreendeu ainda materiais que eram usados para a prática, como bicos de metal, esporas de plástico, biqueiras de borracha, buchas para espora e tesouras. O material foi levado para a 153ª Delegacia de Polícia, em Cantagalo.

Segundo a Upam, o suspeito também foi conduzido até a delegacia, onde foi ouvido e liberado. A polícia disse que ele vai responder, em liberdade, pelo crime de maus-tratos a animais.

A Upam disse ainda que os galos foram devolvidos ao idoso, como fiel depositário, ou seja, ele fica responsável por zelar pela conservação dos animais, sob pena de prisão, se não o fizer. De acordo com a Upam, os crimes ambientais podem ser denunciados ao Linha Verde, pelo telefone 0300-253-1177 ou pelo aplicativo de celular "Disque Denúncia RJ".

FONTE: G1

3/23/2018

Moradores denunciam maus tratos a animais em parque no norte do RJ

Já repararam que a maioria dos serviços públicos não funcionam? Porque? hoje os cargos são ocupados não por eficiência, conhecimento e técnica, mas, sim por cabos eleitorais totalmente distantes da realidade daquele setor. Quer apostar que é o caso abaixo?
-----------
Um vídeo feito pelos denunciantes mostram ossadas de animais em baias e no mato. As imagens foram feitas após moradores receberem denúncias de maus tratos a animais que estavam no Parque de Exposições de São Fidelis, no norte do Rio de Janeiro. Segundo integrantes de um grupo de apoio aos animais, desde o início do ano passado, muitos cães e gatos foram recolhidos das ruas e levados para o antigo parque. O local é uma área da União sob responsabilidade da prefeitura.


Fonte: R7

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪