RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

3/03/2019

Marisa Matias apoia campanha pela dieta vegan do Papa

Está perto.... será que o Papa Francisco vai topar o desafio? 
-----------------
Marisa Matias é um dos 40 eurodeputados que assinaram uma declaração conjunta de apoio a Genesis Butler, ativista que fez o repto ao Papa para ser vegetariano durante a Quaresma.

Os eurodeputados estão a associar-se à Campanha Million Dollar Vegan, que prometeu um milhão de dólares a uma
instituição escolhida pelo líder da Igreja Católica se este se comprometer a fazer refeições compostas exclusivamente por vegetais, pondo de parte todos os produtos de origem animal, durante os 40 dias da Quaresma.

A iniciativa europeia partiu do eurodeputado alemão Srefan Eck, que conseguiu reunir o apoio de 40 colegas do Parlamento Europeu, pertencentes a 17 países. A bloquista Marisa Matias juntou-se à causa.

O rosto desta campanha internacional é a jovem de 12 anos, de Los Angeles, Estados Unidos, Genesis Butler. A menina deixou de consumir produtos de origem animal aos seis anos depois de descobrir a proveniência da carne e do leite que lhe chegava à mesa.

Em 2017, Genesis tornou-se popular por ser a mais jovem oradora das conferências TEDx. Num discurso de sete minutos, a ativista explicou as suas opções alimentares e os motivos. A associado à defesa dos animais colocava em simultâneo a defesa do planeta.

Se todas as pessoas do planeta não comerem carne durante os 40 dias da Quaresma - período que vai do Carnaval à Páscoa - as emissões de dióxido de carbono reduziriam o equivalente à produção anual de um país como o da Alemanha.

FONTE: jn.pt

7 comentários:

  1. São apenas quarenta dias sem produtos de origem animal. Seria muita tolice o Papa não aceitar o desafio, ainda mais durante a quaresma.

    ResponderExcluir
  2. Não conseguir ficar sem comer carne, sequer por quarenta dias, ainda mais durante a quaresma é uma vergonha para qualquer pessoa religiosa, ainda mais se tratando do Papa. Isso deveria ser obrigação e não desafio.

    ResponderExcluir
  3. Será que é mesmo muito importante para a sociedade vegana, o Papa se tornar ou não vegano, por quarenta dias ou para sempre ou será que está na hora de virar o foco para outras celebridades, isto é, aquelas que realmente estão motivadas a fazer isso com a mesma repercussão positiva para o mundo, do fundo do coração, com pureza da alma, por compaixão aos animais e de graça. Líderes religiosos não deveriam precisar de convites para serem bons e misericordiosos com os animais nem deveriam ser motivados por dinheiro, ainda que por uma boa causa, a mudar o seu cardápio, como se disso dependesse a vida na Terra e o aplauso de Deus. Líderes religiosos é que nos deveriam convencer a não matar animais para comê-los, atentos ao mandamento divino NÃO MATARÁS e já deveriam ter aprendido isso há muito tempo sem que ninguém precisasse ensina-los.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com vc.... mas, acho que toda campanha que tente dar um passo á frente é importante....

      Excluir
    2. Certo, colega, tudo é válido ainda mais pela repercussão mundial, tudo é lucro mas penso que o Papa já teve tempo de fazer, mas não fez, pelos animais, pelo menos metade do que se esperava dele, começando por aboli-los do cardápio em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

      Excluir

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪