RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

1/19/2019

Cadelinha com câncer é resgatada com sinais de zoofilia

Deus meu, ainda bem que ela foi resgatada destes tarados malucos...
--------------
O resgate de uma cadelinha que teria sido vítima de zoofilia (sexo com animais) tem causado comoção. O animal apresentava sangramento na genitália e teria gritado à noite durante dois dias seguidos. O resgate foi realizado pela ONG Bento III e exames já comprovam que ela está acometida por um câncer.

"Ela estava muito machucada, pingava sangue pelas partes íntimas e tinha muita febre. Um exame já comprovou que ela tem câncer vaginal, uma doença que é transmissível entre os animais. Ela está
com um nível de estresse muito alto e só depois serão realizados os exames que vão comprovar se houve ou não o abuso", disse Raíssa Rocha, uma das voluntárias da ONG.

A cadelinha, batizada de Vitória, permanece internada. O local onde foi encontrada é uma casa abandonada frequentada por usuários de drogas.


Nas redes sociais, o post sobre o resgate tem comovido internautas.
"Quando a gente pensa que já viu de tudo, aparece mais um caso absurdo de covardia! Recebemos uma denúncia e pedido de socorro, de que essa cachorrinha estava sendo possivelmente violentada por drogados que moravam num terreno baldio na cidade. Checamos a informação e mesmo sem condições de fazer qualquer resgate no momento, a levamos para a @criarcentroveterinario. Essa pequena, batizada de Vitória, estava altamente assustada, sangrando e com a vulva rasgada... então tínhamos que fazer algo! Pequena, inocente e mais uma vítima de maus tratos. MAIS DO QUE NUNCA PRECISAREMOS DE TODOS VOCÊS!", disse o post da ONG Bento III.

Vitória permanece internada e está há dois dias sem conseguir se alimentar.

"Do dia do resgate até hoje, ela não se alimentou. O nível de estresse está muito alto. Participei do resgate e foi um choque muito grande. Estupro já é algo horrível quando acontece com seres humanos e com um animal que só está ali para lhe dar carinho", lamenta a voluntária.

Doações para ajudar no tratamento de Vitória podem ser realizadas por meio de transferência bancária.

MAUS-TRATOS 

Desde dezembro de 2018, a pena para quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, ainda que por negligência, passou a ser de 1 a 4 anos. Além disso há previsão de estabelecer punição financeira para estabelecimentos comerciais que concorrerem para tal prática.

FONTE: cidadeverde

Um comentário:

EM DESTAQUE


Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪